Guedes nega correção da tabela do IR

Mais um anúncio feito por Jair Bolsonaro começa a se mostrar inócuo. O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ontem na Comissão Mista de Orçamento que não faria sentido corrigir a tabela do Imposto de Renda pela inflação, como propôs o presidente, pois isso implicaria uma perda de arrecadação da ordem de R$ 50 bilhões a R$ 60 bilhões.

“O presidente (Jair Bolsonaro) que falou que atualizaria a tabela de IR pela inflação. Eu não disse nada. Estamos no meio de uma batalha (da Previdência) . Não adianta me distrair com outra”, afirmou. Ele disse que, mais para a frente, a ideia é acabar com todas as deduções do IR para evitar privilégios à classe média. Bolsonaro havia prometido a correção em entrevista à apresentadora Luciana Gimenez.

Publicado em: 15/05/2019