Morte de diretor adia contratação de Palocci

No início de abril, o ex-ministro informou que seria contratado como assessor de planejamento do  Instituto Universal Brasileiro

Mônica Bergamo  - Folha de S.Paulo

ex-ministro Antonio Palocci ainda não conseguiu começar seu trabalho no Instituto Universal Brasileiro (IUB), empresa de cursos do ensino fundamental, médio, técnico e profissionalizante a distância.

O diretor-presidente do IUB, Luiz Fernando Diniz Naso, morreu há algumas semanas. Ele foi o responsável pela oferta da vaga de trabalho e era o interlocutor do ex-ministro dentro da empresa. 

Por isso, ainda não se sabe se haverá alguma mudança no planejamento de trabalho apresentado pelo ex-ministro à Justiça.

No início de abril, Palocci informou à 12ª Vara Federal de Curitiba que seria contratado como assessor de planejamento da empresa e cumpriria jornada de trabalho no horário comercial. 

Publicado em: 15/05/2019