Panela de pressão nas ruas

Com a convocação de Abraham Weintraub ao plenário da Câmara na véspera do protesto contra sua política educacional marcado para esta quarta (15), deputados do PSL simularam sabatina com o ministro.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação espera que os 4,5 milhões de servidores das escolas públicas de ensino fundamental e médio parem nesta quarta.

A UNE pediu que as pessoas saiam às ruas, pacificamente, com livros e camisetas de cursos, além de fardas e jalecos. O Ministério da Justiça teme protestos violentos. (Daniela Lima – FSP)

Publicado em: 15/05/2019