Encheu: Exército não vai mais responder a Olavo

Integrantes do Exército dizem que os comandantes das Forças têm muito claro que os generais que estão no Planalto representam o governo, não o Estado ou a instituição.

Por isso, a ordem é não responder a qualquer ataque de Olavo de Carvalho ao vice ou a ministros.

Enquanto isso, Luciano Coutinho, ex-presidente do BNDES informou que vai recorrer da decisão do TCU que o condenou a pagamento de multa e inabilitação para cargos públicos por seis anos. Segundo sua assessoria, ele considerou o veredito “flagrantemente injusto e descabido”.

Em nota, a assessoria diz que Coutinho “foi um gestor diligente e não se omitiu na cobrança das chamadas ‘pedaladas fiscais'”. “Ao contrário, conseguiu junto com o Ministério da Fazenda a quitação, em 2015, de todo o montante devido ao BNDES.”  (Daniela Lima – Painel –FSP)

Publicado em: 26/04/2019