PCR decreta luto em homenagem a Fernando Coelho

O advogado, ex-deputado federal e ex-presidente da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara, Fernando Coelho, falecido ontem, motivou luto oficial de três dias no Recife, decretado pelo prefeito Geraldo Julio. O decreto será publicado na edição de amanhã, do Diário Oficial do Município.

Ontem, o prefeito Geraldo Julio divulgou Nota de Pesar sobre o ocorrido. "A voz firme de Fernando Coelho em defesa dos Direitos Humanos fará falta ao Brasil. Sua dedicação e carinho com os menos favorecidos, por onde passou em sua vida pública, são o legado de sua trajetória. Destaco sua atuação na defesa da Democracia e dos Direitos Humanos, como deputado federal, durante a ditadura militar, o mais duro período da vida política do país. Esse trabalho pôde ser concluído quando presidiu a Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara, cujo brilhantismo da sua atuação ajudou a restabelecer a verdade histórica dos crimes cometidos pelo Estado Brasileiro durante o regime de exceção. Fernando Coelho é um exemplo inspirador a todos que fazem a boa política. Que seus familiares encontrem conforto neste momento de profunda dor”, declarou o prefeito.

Fernando Coelho faleceu aos 86 anos, em João Pessoa (PB). Era advogado, foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Pernambuco, deputado federal pelo MDB, durante a Ditadura Militar, professor de Direito da UFPE e da Unicap. No Congresso Nacional, foi um dos pilares da resistência democrática à Ditadura Militar e continuou contribuindo com o trabalho de restabelecimento da verdade histórica à frente da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara.

Publicado em: 24/04/2019