Filho do presidente: enxurrada de palavrões no YouTube

Aliados de Carlos Bolsonaro dizem que os militares cobraram já no domingo (21) uma declaração de Bolsonaro contra o vídeo postado em seu canal no YouTube. Na polêmica peça, Olavo dizia que as Forças só fizeram “cagada” e que o presidente está cercado “de filhos da puta”.

Bolsonaro optou por tirar o vídeo discretamente e tentou se equilibrar entre os ministros, a família e o guru, condenando nesta segunda (22), em nota, os termos usados por Olavo, mas salientado o patriotismo do escritor.

A questão entre o presidente e seu vice, Hamilton Mourão, é diferente. Há, de fato, um desconforto com o protagonismo que o contraponto a falas de Bolsonaro deu ao general. O problema é tão evidente que se tornou alvo de preocupação entre o time e amigos do militar. (Painel – Folha)

Publicado em: 23/04/2019