Frente cobra de Onyx Reforma Tributária paralela

Onyx é cobrado por Reforma Tributária Paralela. Bancada da reforma não aprova texto protocolado.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em solenidade no Palácio do Planalto Foto: Jorge William / Agência O Globo

Época - Guilherme Amado

 

Em meio à queda de braço para saber quem vai ser o protagonista da reforma tributária, o Congresso ou o Planalto, deputados estão irritados com o ziguezague de Onyx Lorenzoni. 

A frente parlamentar tem uma proposta própria, em fase final de elaboração, para a qual volta e meia Onyx acena — mas sem, entretanto, bancá-la publicamente.

]Foi protocolada outra proposta, baseada em estudos do economista Bernardo Appy, e que tem o apoio de Rodrigo Maia. Esta, contudo, é rechaçada pela bancada.

Nos últimos dias, Onyx tem tentado apagar o incêndio. Prometeu marcar uma reunião da bancada com Paulo Guedes. Os deputados mais insatisfeitos lembram ao Planalto que a frente tem 200 colegas, e não pode ser desprezada.

Publicado em: 21/04/2019