Coluna da terça-feira

O Plano “A” do PCdoB

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Uma corrente dentro do PCdoB defende, já há algum tempo, que o projeto de reconstrução da sigla em Olinda, onde está fora do poder depois de 16 anos ininterruptos, tem um nome. Aliás, um nome composto bem conhecido no meio político: João Paulo. Esse grupo, que ainda enfrenta resistência dentro da cúpula comunista, entende que só o deputado estadual e ex-prefeito do Recife tem condições de trazer de volta os dias de glória do partidão na Marin dos Caetés.

Alô, pessoal do PCdoB, ele topa o desafio, viu. Não é segredo para ninguém que João Paulo aceita o concorrer – dizem até que ele já se mudou na prática para Olinda, onde tem participado de agendas políticas em segredo. E o que falta para dar match? A cúpula comunista (leia-se Luciana Santos, Renildo Calheiros e companhia limitada) dar o aval. O deputado só avançará na postulação se receber um sinal claro da vice-governadora e do deputado federal, principais caciques do partido. Isso passa também pela garantia de que o PCdoB dará estrutura financeira para a majoritária.

Em uma outra linha de atuação, João Paulo, inclusive, ainda aceita disputar a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, caso o Palácio peça ao PCdoB para deixar Olinda de lado e apoiar a reeleição do prefeito Professor Lupércio. Bastante plausível, o movimento, vale destacar, deve ser usado pelo Solidariedade como pré-requisito para permanência na base. Uma vez em Jaboatão, onde já foi candidato a prefeito em 1992, João Paulo poderia ameaçar a reeleição de Anderson Ferreira, adversário da Frente Popular.

Alternativas não faltam. Disposição do deputado estadual também não. O que precisa é a cúpula do PCdoB, normalmente fechada em copas e intolerante às sombras, liberar a fera no picadeiro. Porque enquanto os comunistas hesitam, seus adversários – em Olinda e Jaboatão – estão soltos colocando em prática suas estratégias. Já diz o ditado: “time que não joga não tem torcida”.

Palanque Estelita – Para além da questão técnica, onde temos um debate que divide opiniões, o Cais do Estelita virou mesmo foi um belo de um palanque para futuros candidatos fazerem política. Foi assim durante todo o dia de ontem. Vereador do Recife, Ivan Moraes, do PSOL, fez uma Live um uma rede social durante a demolição. Já Túlio Gadelha, pré-candidato a prefeito, não só foi ao local como produziu um vídeo com imagens da ação. Não se enganem: por trás da nobre causa tem é uma busca desenfreada por holofotes e votos.

Chile – O presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, participa em Santiago, capital do Chile, do Congresso Latino Americano de Autoridades Locais, entre os dias 26 e 29 de março. Com ele vai também um grupo de prefeitos. Patriota será palestrante – ele mostrará as experiências em boas práticas do seu município. O Congresso vai difundir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) com o propósito de construir uma agenda de trabalho para os próximos dez anos. 

Solidariedade – A Prefeitura de São Bento do Una pede doações para as vítimas da enchente do rio que corta a cidade. Para tal, o Poder Público montou um ponto de apoio para recebimento de gêneros alimentícios, roupas, colchões, fraldas e produtos de higiene pessoal para ajudar os necessitados. O local é na Secretaria de Assistência Social, que fica na Avenida Osvaldo Celso Maciel, em frente à Braga Calçados.

Recorrer – O Ministério Público vai recorrer da decisão que determinou a soltura do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco, e de outras seis pessoas. Em nota, o órgão informou que “a expectativa é recorrer para que os habeas corpus sejam julgados pela 1ª Turma”. A decisão de liberar Temer e sua corja partiu do desembargador Antonio Ivan Athié, do TRF da 2ª Região, que ficou sete anos afastado do cargo por denúncias de estelionato. O Brasil é o país da piada pronta mesmo!

CURTAS

BAIXA – O extremamente combalido Ministério da Educação do Governo Bolsonaro sofreu mais uma baixa ontem. A secretária de Educação Básica, Tania Leme de Almeida, pediu demissão após não ter sido consultada sobre a decisão de suspender a avaliação de alfabetização. É a quarta saída no alto escalão do MEC.

CARGA – Gustavo Matos Ribeiro continua sua agenda de visitas às lideranças políticas de Camaragibe – domingo esteve no bloco do vereador Léo Família. Gustavo tem mantido uma agenda intensa que engloba conversas com lideranças partidárias em prol da construção de uma nova agenda para a cidade.

FALECIMENTO – Faleceu em Maceió, aos 48 anos, vítima de um infarto agudo do miocárdio, o secretário-executivo de Direitos dos Animais da Prefeitura do Recife, Robson Melo, que era médico veterinário. A coluna lamenta o ocorrido e deseja muita força à família de Robson.

Perguntar não ofende: Temer deveria ter sido solto?

Publicado em: 26/03/2019