Coluna da segunda-feira

Tiro de misericórdia

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Em governo, nada não está tão ruim que não possa piorar. Depois de ver sua popularidade derreter em tempo recorde – é o presidente com aprovação mais baixa no início do primeiro mandato –, Jair Bolsonaro pode levar um tiro de misericórdia já no próximo dia 30 de março, caso estoure outra greve dos caminhoneiros. Isso mesmo, meus amigos. Chamem do que quiserem: inferno astral, karma, Lei de Murphy ou macumba. O fato é que o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, que tem, entre outras missões, a de antecipar crises, está monitorando uma articulação via WhatsApp que pode culminar em uma nova paralisação, segundo relatou o Estadão.

Os líderes do movimento argumentam que os principais pontos do acordo que o Governo Temer assumiu com a categoria no ano passado não foram cumpridos. O que ensejaria uma nova greve, daquelas capazes de parar o País e levar o caos novamente aos brasileiros. O que Bolsonaro tem a ver com isso? Tudo! Mesmo não tendo criado o problema – está no cargo há apenas três meses –, o presidente terá de administrá-lo. Mais uma crise pode cair no colo do mandatário cujo desgaste só aumenta.

Como ponto positivo, o Estadão informa que os primeiros relatórios dão conta de que o movimento não tem a mesma força do ocorrido em 2018. Mas há sempre o temor de que os caminhoneiros possam se fortalecer, fazendo a eventual greve ganhar corpo ao ponto de tornar-se irreversível. E a oposição ao presidente (leia-se, sobretudo, PT e os movimentos sociais ligados ao petismo), em uma postura antidemocrática, certamente, vai estimular a paralisação nos bastidores, acirrando ainda mais os ânimos. É, inclusive, parte da estratégia deles.

Junte-se a esse cenário a incapacidade do atual governo de negociar em situações tensas, como temos visto diariamente nas polêmicas envolvendo a reforma da Previdência e o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Com habilidade zero para defender seus pontos de vista, e a disposição gigantesca para brigar e destratar os outros que Bolsonaro e seus filhos apresentam, não precisa ser médium para antever o desastre que esse episódio pode gerar. Vamos torcer para que Deus ilumine a consciência dos caminhoneiros e se chegue a um posicionamento favorável a todos. Se depender das nossas autoridades, já era!

Carluxo desmascarado – Alguém, por favor, interdite o 02 do presidente. Carluxo foi desmascarado no Twitter ao postar, no perfil do pai, uma foto e um texto que deveriam ir para o seu próprio perfil. Logo depois de fazer a besteira, o vereador apagou a postagem e a publicou no seu perfil. Tarde demais, já tinham dado print – a internet não perdoa! Esse jovem merece um estudo. É um descontrolado que não faz ideia do mal que está causando ao governo. Vou lançar a campanha aqui: interditem o Carluxo! 

Melhor para Maia – Na guerra contra Sérgio Moro, Rodrigo Maia parece estar levando a melhor. Depois de brigar com o ministro da Justiça, que queria velocidade na tramitação do seu pacote anticrime, o presidente da Câmara fez beicinho e ameaçou abandonar a articulação para aprovar a reforma da Previdência na Casa. A turma do deixa disso entrou em cena. Maia já recebeu apoio somente de Paulo Guedes, Flávio Bolsonaro e Janaina Paschoal. Só falta, agora, o guru Olavo de Carvalho sair em defesa do democrata.

João, Marília e Humberto – Humberto Costa e Marília Arraes são alguns dos nomes confirmados na audiência pública a ser comandada pelo vereador João da Costa, marcada para hoje, às 9h, com o objetivo de discutir a Reforma da Previdência. O senador e a deputada aceitaram o convite para participar do evento, que será no Plenarinho da Câmara do Recife. O presidente da CUT-PE, Paulo Rocha, e o especialista em Previdência Social, Francisco Alexandre, também marcarão presenças.

Pague meu dinheiro! – Vamos torcer para que o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, pelo menos mande pagar o salário atrasado dos contratados da prefeitura que estão sem receber, segundo eles, há dois meses – médicos, enfermeiros, dentistas e técnicos de enfermagem. Este blog antecipou que Meira estava em uma temporada de férias com a noiva, Taty Dantas, e outros familiares-secretários nos Estados Unidos. Enquanto o prefeito curte um descanso, os profissionais atrasam os boletos porque estão trabalhando sem receber.

CURTAS

VOTO DE APLAUSO – O Plenário da Alepe aprovou, por unanimidade, voto de aplauso formulado pelo deputado Sivaldo Albino ao prefeito do Recife, Geraldo Julio, pela implantação do terceiro Laboratório de Ciência e Tecnologia do projeto Escola do Futuro, na unidade de ensino Doutor Rodolfo Aureliano, na Várzea - a iniciativa tornou-se uma referência nacional no segmento.  

REIVINDICAÇÕES – A deputada estadual Fabíola Cabral esteve no Cabo para participar da entrega de algumas ruas e repassar novidades ao povo. Por meio de duas Indicações já publicadas no DO, a parlamentar enviou apelos ao governo: um para providenciar iluminação na PE–60, em determinado trecho; e outro para realizar a manutenção da passarela sob a mesma rodovia.

APOIO – O prefeito de Aliança, Xisto Freitas, anunciou o seu apoio ao presidente da Alepe, Eriberto Medeiros, para deputado estadual. Xisto esteve reunido com o parlamentar e o ex-deputado estadual José Humberto Cavalcanti (presidente estadual do PTB). Na ocasião, declarou que, a partir de agora, integra o grupo político de Eriberto.

Perguntar não ofende: E Aécio?

Publicado em: 24/03/2019