Raquel pressionada: querem aumento de salário. Quem não quer?

Integrantes do MPF que pressionam a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a ampliar pagamentos à categoria para igualar seus salários aos de juízes não descartam convocar o Colégio de Procuradores, que reúne todos os 1.100 membros da classe, para tratar do assunto.

A ameaça de chamado ao colegiado vem após quadros da Procuradoria anunciarem que poderiam renunciar a cargos em grupos de trabalho como protesto.

Realizada pela última vez em 2013, a reunião com todos os integrantes da carreira aconteceria entre 11 e 15 de março. (FSP)

Publicado em: 12/02/2019