Luciano Bivar é rochedo

Pense num cara rochedo, o líder nacional do PSL, deputado Luciano Bivar. Este é um dos motes da cantoria do Profeta Adalbertovsky, do alto das montanhas da Jaqueira. Lá vai o bicho-grilo: “Num momento decisivo da pré-campanha eleitoral, quando muitos desdenhavam da aura vitoriosa do Capitão Marvel, o deputado Luciano Bivar ofereceu a legenda do PSL para ele ser candidato e ser eleito presidente da República”.

“O novo presidente nacional do Incra é o general João Carlos Jesus Correa. Vejamos se os stalinistas comandantes dos sem-terra terão o topete de desafiar o Exército auriverde para invadir e depredar propriedades e desestabilizar o governo. Aqui nesta terra dos altos coqueiros, infestada de zumbis da seita do cordão encarnado, que seja indicado um fiel escudeiro do Capitão Marvel para a direção do Incra. As infestações vermelhas continuam no ar. O deputado Luciano Bivar está na linha”.

“Os desvalidos do MST são apenas massa de manobra dos vivaldinos. No jargão marxista, formam o lumpem proletariado, ou a “ninguenzada” de que falava Darcy Ribeiro, sem eira nem beira e que se presta a qualquer manobra em busca da sobrevivência. São doutrinados pela esquerda radical, e poderiam ser doutrinados em qualquer direção. Distribuir uma gleba de terra em nada resolve o problema de famílias indigentes”.

“Reforma agrária é agenda de meados do século passado. Vem dos tempos da enxada e do gemido do carro de boi. É um gemido do passado. A realidade agrária em Pernambuco é de minifúndios. Terras do semiárido, aí são outros quinhentos, demandam investimentos públicos em irrigação, mecanização e tecnologia”. A cantoria do bicho-grilo Adalbertovsky está postada no Menu Opinião. Metam os peitos!  

Publicado em: 11/02/2019