No 2º mês de governo, Bolsonaro começa a seguir Mourão no Twitter

O Globo

Usuário assíduo das redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) adicionou na manhã deste domingo, dois meses após o início do mandato,  o vice-presidente Hamilton Mourão na lista de perfis que ele acompanha no Twitter.

Mourão tem uma conta na rede social desde o dia 3 de novembro de 2018, pouco depois do segundo turno nas eleições presidencias. O vice-presidente segue apenas três contas: o perfil do presidente, do Planalto e do Governo do Brasil. Nos últimos quatro meses, Mourão constantemente repostou publicações de Bolsonaro e marcou o presidente em tweets feitos por ele.

 Em dezembro, reportagem publicada pelo GLOBO mostrava que embora pequena, a lista de quem Bolsonaro acompanhava no Twitter é eclética o suficiente para contar com um Donald Trump fake, uma cantora de forró que só posta fotos de biquíni, um site com depoimentos de supostos ex-homossexuais, além de artistas, esportistas e políticos de direita.

Na época, o presidente tinha 2,6 milhões de seguidores e acompanhava 246 perfis na rede social. Atualmente, esses números cresceram para 3,3 milhões e 319, respectivamente.

Apesar de não seguir o próprio vice, na categoria chefes de estado, Bolsonaro acompanha publicações de representantes da direita no mundo todo: os presidentes da Argentina, Mauricio Macri; do Chile, Sebastian Piñera; do Paraguai Mario Abdo; e da Colômbia, Iván Duque; além do primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu.

Publicado em: 10/02/2019