Câmara não pode ser panelinha diz adversário de Maia

'Nós vamos acabar com esse negócio de alto e baixo clero', afirma o deputado

Angela Boldrini – Folha de S.Paulo

Queridinho dos parlamentares do chamado "baixo clero" e candidato à presidência da Câmara, Fábio Ramalho (MDB-MG), o Fabinho, afirma que, se ganhar, fará uma gestão "sem panelinhas".

"Nós vamos acabar com esse negócio de alto e baixo clero", afirmou à Folha em seu gabinete nesta quinta-feira (10).

O vice-presidente da Casa —conhecido pelos jantares com comida mineira farta que oferecida aos pares durante as noites de votação e as festas que dá em seu apartamento funcional— criticou a atuação do atual presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

"Faltou ao presidente a defesa da casa, a defesa da instituição da Câmara", disse ele, que também afirmou que há entre os candidatos de oposição à reeleição de Maia um pacto para apoio mútuo num eventual segundo turno.

Com bom trânsito entre os novatos, Ramalho pode amealhar cerca de cem votos, estimam aliados.

Publicado em: 11/01/2019