Ciro rompe o silêncio sobre o Ceará

Ciro Gomes finalmente rompeu o silêncio sobre a crise de segurança no Ceará. O pedetista, quieto até então, veio a público após o deputado federal eleito, Kim Kataguiri e Arthur do Val (o “Mamãe Falei”), eleito para a Alesp, especularem na internet que a crise seria benéfica para os opositores do presidente Jair Bolsonaro. “Pedi permissão ao Governador Camilo Santana para repudiar, com toda a força, as palavras criminosas de dois irresponsáveis destes tantos que infernizam a vida brasileira”, escreveu Ciro.

Tanto Kataguiri quanto do Val levantaram a hipótese que Santana gostaria de forçar uma intervenção federal no Estado para impedir a votação da reforma da Previdência. “Na ânsia incontida de aparecer, estes dois delirantes foram para a internet anunciar uma pseudo trama em que, pasme a opinião pública brasileira, todo o sofrimento que passamos juntos com nosso povo seria um plano político maquiavélico para apimentar nossa discordância politica com o atual presidente”, afirmou o pedetista, que aproveitou a polêmica para elogiar as ações do governador petistas.

Publicado em: 08/01/2019