A travessia do Mar Vermelho

O Capitão Marvel tem todos os defeitos, menos um: é vacinado contra o veneno das serpentes comunistas. Isto é essencial para o Brazil, fazer a travessia do Mar Vermelho. Zil-zil! Vrum-vrum!

Oh lacraias vermelhas, o Capitão Marvel chegou para botar moral junto com Mourão, constitucionalissimamente!

Alcançamos um novo patamar nesta travessia do Mar Vermelho e do Mar Morto. O Mar Vermelho concentra os naufrágios dos  cofres públicos das estatais e dos fundos de previdência e os sonhos de mais de 12 milhões de desempregados. No Mar Morto estão sepultadas as assombrações e o diabo a quatro das ditaduras de esquerda na América Latina e republiquetas africanas.  

Sob a direção do cineasta Cecil B. DeMille, o profeta Moises libertou o povo hebreu da escravidão no Egito e o conduziu à terra prometida. Ao assumir o governo estrelou o filme os 10 Mandamentos no alto das montanhas do Sinai. O 9º Mandamento, “Não roubar”, continua em vigor, apesar dos habeas corpus impetrados em Brasília pela turma politicamente correta para tentar revoga-lo.

O Governo do Capitão Marvel tem a missão de fazer a travessia do Mar Vermelho da corrupção, esmagar os ovários das serpentes comunistas e conduzir nosso Brazil rumo à prosperidade econômica e social. Missão heroica número 1: derrotou a seita vermelha. Ó glória!        

Mas, sem ilusão: a cebola chamada Brazil está contaminada de corrupção até o tutano. 

Também muda o alinhamento do Brazil na geopolítica internacional. Os Estados Unidos e Israel, potências econômicas e democráticas, são aliados preferenciais e de primeira hora, noves fora as ideologias terceiro-mundistas de ditaduras corruptas e falidas.   

A ausência da mundiça vermelha na posse do Capitão Marvel é benfazeja. A presença é que seria indesejável. Os bichos estão tresvariando, com a síndrome da abstinência de poder.    

Estiveram presentes, sim, de mão cheia, no financiamento e apoio às ditaduras comunistas de Cuba, da Venezuela, ao regime narcotraficante da Bolívia e aos ditadores ladrões de republiquetas africanas tipo a Guiné Equatorial.

O guru da seita cumpre quarentena de repouso numa jaula no Paraná. Hoje é um santo de pau oco, como se diz no lendário popular, idolatrado apenas por legiões de alienados ideológicos.  Prender e manter preso por corrupção um ex presidente da República, todo poderoso, não é pouca coisa.

Vai ser difícil tira-lo da cadeia. Tem mais cinco ou seis processos no lombo. A derrota atrai todos os raios e tempestades. Os vitoriosos são incensados, chamados de lindos, charmosos e joiados. Faz parte da natureza humana, ou desumana. 

Publicado em: 31/12/2018