Polícia Federal apura se TSE foi hackeado nas eleições

A Polícia Federal  instaurou um inquérito para investigar se hackers invadiram o sistema da Justiça Eleitoral e colheram dados sigilosos do Tribunal Superior Eleitoral durante as eleições. O TSE também abriu uma sindicância interna para apurar o ocorrido.

Os invasores teriam tido acesso, entre outras informações, a documentos sigilosos da Corte e ao login do ministro substituto Sérgio Banhos e do chefe da tecnologia da informação do TSE, responsável pelas urnas eletrônicas, Giuseppe Janino. Segundo o Jota, os hackers dizem ter invadido o sistema Gedai-UE, que é o gerenciador de dados, aplicativos e interface com a urna, que fornece às equipes dos Tribunais Regionais Eleitorais  o suporte de software à carga das urnas eletrônicas.

Publicado em: 09/11/2018