Deputado nomeia amante em cargo de comissão

A Operação Furna da Onça, deflagrada hoje na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, identificou que o deputado estadual Marcos Abrahão (Avante) nomeou a amante para um cargo na Fundação de Apoio à Escola Técnica do Rio.

"Descobriu-se, ainda, a partir da interceptação telefônica, que Marcos Abrahão nomeou sua amante para exercer cargo em comissão na Faetec, como coordenadora de unidade", afirmou o Ministério Público. As investigações apontaram que mais de 54 milhões foram usados para compra de parlamentares, "mensalinho", durante o mandato do ex-governador do Rio Sérgio Cabral. 

Publicado em: 08/11/2018