Rede recomenda que filiados não votem em Bolsonaro

No entanto, partido evitou falar em apoio a Haddad

Jornal do Brasil

A Rede Sustentabilidade, partido de Marina Silva, decidiu em reunião na noite desta quarta-feira, 10, recomendar que 'seus filiados e simpatizantes não destinem nenhum voto ao candidato Jair Bolsonaro'. 

Apesar do posicionamento contra Bolsonaro, o partido também fez críticas ao PT e afirmou que, no segundo turno, não se alinha e não apoia nenhum dos candidatos .

Nota da Rede Sustentabilidade sobre o segundo turno

"Nestas eleições, a Rede Sustentabilidade apresentou à sociedade brasileira um projeto alternativo à polarização. Frente ao ódio e à mentira, oferecemos a face da verdade e da união em prol de um Brasil mais próspero, justo e sustentável. Infelizmente, os dois postulantes no segundo turno representam projetos de poder prejudiciais ao país, atrasados do ponto de vista da concepção de desenvolvimento, autoritários em relação ao papel das instituições de Estado, retrógrados quanto à visão do sistema político e questionáveis do ponto de vista ético.

Publicado em: 11/10/2018