Coluna da quinta-feira

Briga no PR provoca disputa de cargos

A disputa interna pelo comando do Partido da República (PR) gerou fraturas expostas entre o presidente da legenda, Sebastião Oliveira, e o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira.

Integrantes do PR afirmam que "não há mais clima para engolir as indicações de Anderson Ferreira" na Secretaria de Transporte do Estado.

O mesmo grupo argumenta que, ao contrário de Sebastião Oliveira, fiel a Paulo Câmara, Anderson vem tecendo ameaças de rompimento com o Palácio do Campo das Princesas, contou com o apoio de Armando Monteiro e Mendonça Filho nas eleições de 2016 e, agora, quer manter cargos na secretaria. 

"A briga terá que ser resolvida pelo governador Paulo Câmara", alerta um experiente membro da legenda.

PT Estadual tenta decidir seu rumo – O diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) confirmou, através de nota, emitida hoje, a pré-candidatura de Lula a Presidente da República e o aval para que petistas possam dar início às articulações e formar uma chapa majoritária. Em breve, um encontro deve ser realizado para debater o cenário eleitoral e formalizar as chapas majoritária e proporcional. Até o momento, os pré-candidatos são a vereadora Marília Arraes, o deputado Odacy Amorim e o militante José de Oliveira.

Editais para contratação de policiais até junho – O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse, ontem, que os editais para a contratação de 500 policiais federais e de 500 policiais rodoviários federais, anunciados em fevereiro, estão em elaboração pelos órgãos de segurança e serão lançados ainda neste semestre. Ele foi questionado sobre se haveria tempo hábil para a contratação dos novos agentes ainda neste ano. “O edital está sendo elaborado pela Polícia Rodoviária Federal e pela Polícia Federal. Eles estão elaborando o edital. Porque o resto já está tudo ok, já está tudo disponível para que isso possa ser feito. A diferença é administrativa, meramente administrativa. Mas ainda neste semestre nós vamos ter o lançamento do edital do concurso da PRF e da PF”, declarou Jungmann.

Jucá: impeachment de Temer é factoide – O líder do governo no Senado, Romero Jucá (MDB-RR), afirmou que o novo pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer é um "factoide". Ele disse que o autor da denúncia por crime de responsabilidade, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), "deveria ter mais o que fazer". "Ele fica entrando com factoides que não levam a nada e só perturbam o ambiente político do País", criticou Jucá. Uma das justificativas apresentadas por Randolfe é a reforma realizada na casa de uma das filhas do presidente, Maristela, que teria sido paga em dinheiro vivo pela mulher do coronel João Baptista Lima Filho, amigo do emedebista.

Julgamento de Maluf fica para hoje – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspendeu, na noite de ontem, a sessão de julgamento do recurso do deputado Paulo Maluf (PP-SP), que será retomado na sessão de amanhã. Até o fim da sessão, quatro ministros votaram contra o cabimento de embargos infringentes (um tipo de recurso) da defesa de Maluf para contestar decisão da Primeira Turma do STF que o condenou a 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime fechado. Maluf foi condenado por lavagem de dinheiro devido a movimentações bancárias de US$ 15 milhões entre 1998 e 2006 em contas na ilha de Jersey, paraíso fiscal localizado no Canal da Mancha.

Lula diz que vale a pena morrer – Em novo recado à militância que o acompanha em frente à Polícia Federal, em Curitiba, o ex-presidente Lula disse que valerá a pena morrer por seus apoiadores. O recado foi repassado por seus advogados e lido aos manifestantes, ontem, pelo vice-presidente do PT, Márcio Macedo. "Queridos e queridas, companheiras e companheiros, vocês são o meu grito de liberdade todo dia. Se eu não tivesse feito nada na vida e construído com vocês essa amizade, já me faria um homem realizado. Por vocês valeu a pena nascer e por vocês valerá a pena morrer", diz o texto.

CURTAS

SEM APOIO – O deputado estadual João Eudes (ex-PDT) e atual PP deixou de apoiar o suplente de deputado federal Fernando Monteiro (PP). Eudes, cuja esposa é prefeita de Pesqueira, decidiu apoiar o deputado federal Marinaldo Rosendo, que trocou o PSB pelo PP.

BARBOSA AMBIENTADO – A cúpula do PSB se reúne, hoje, em Brasília, com o ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa. Será uma recepção com o objetivo de ambientar Barbosa no meio político, já que o ex-ministro se filiou ao partido no último dia 6, após meses de negociação. No encontro, também devem ser discutidas diretrizes econômicas e sociais.

Perguntar não ofende – Quem vence a queda de braço no PR?

Publicado em: 18/04/2018