As tripas gaiteiras do Brazil

MONTANHAS DA JAQUEIRA – O Brazil está doentíssimo. Os gurus das seitas vermelhas padecem de fraturas expostas nas tripas. É sangria desatada nas tripas gaiteiras. As universidades estão infestadas de sacrilégios vermelhos, infravermelhos e ultravermelhos.

Quem irá estancar a sangria desatada nas tripas gaiteiras do Brazil? Depende do que sair das urnas, ou seja, sabe, do que sair das tripas gaiteiras. A campanha para a eleição presidencial está nas ruas, nas estradas, roda de busão, on the Road. O que diz a Justiça Eleitoral? Nada, nadinha. Liberou geral.

Que tiro foi esse no busão, Jo-Jo Danoninho? Foi um tiro fake.

Os tronos são ocupados por pessoas de maus sentimentos, “uma mistura do mal com atraso e pitadas de psicopatia. O organismo dessas criaturas destila “bílis, ódios, mal secreto, uma coisa horrível”.

O canibalismo impera na sociedade brasileira. Os brasileiros querem devorar uns aos outros. Aliás, o canibalismo sempre imperou na sociedade brasileira, desde a Escravatura no período da Colônia e nas guerras fratricidas tipo o massacre de Canudos.

Dizem que estão acontecendo mil arrastões no Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa da corrupção. Zero novidade. Os arrastões sempre foram uma honorável tradição da sociedade brasileira, da parte do governo. Abril é o mês do arrastão da Receita Federal.

Todissimos os santos dias os supercomputadores da Receita fazem arrastões em nossas choupanas. Quem reclamar será chamado de sonegador, esculachado, escrachado, multado.

O Papa Francisco disse que o fogo do inferno não existe. Ah, inocente! Francisco nunca entrou numa fila do SUS, nunca caiu na malha fina da Receita Federal, nunquinha encarou, face to face, sua excelência um auditor da Receita Federal ou da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. Francisco nunca recorreu ao Eduardo, o atendente virtual da Oi, para reclamar de uma cobrança telefônica indevida.

A burocracia no Brazil é um inferno, eu juro por Zeus.

O Papa Francisco pensa que o céu é perto porque nunca se apaixonou por uma mulher ingrata para viver na sofrência.

O coração do Rii de Janeiro, como dizem os cariocas, tem catedrais imensas de corrupção. O presidente bananão Michel Temer e o ministro da Guerra, Raul Jungmann, decretaram intervenção nas bocas de fumo das favelas e dos morros. Eu acho é pouco, pouquíssimo. Quando irão decretar intervenção nas catedrais, palácios e palacetes da corrupção. Nunquinha.

Quem irá estancar a sangria desatada das tripas gaiteiras do Brazil? Imagine o presidiário, preso na segunda instância, eleito para o supremo cargo da República e comandando os destinos do País de dentro da cadeia. Este é o ponto fora da curva que está sendo traçado pelos seus discípulos do cordão encarnado.

Santa Madre Paulina do Coração Agonizante de Jesus, São Lucas, médico de homens e de almas, rogai por nosso Brazil conflitado com fraturas expostas no coração! Orater, Frater, orai, irmãos!

Publicado em: 02/04/2018