Coluna da sexta-feira

Duque embala Marília

O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), que promove, no próximo dia 27, naquele município, um ato para confirmar o interesse das lideranças sertanejas pela candidatura da vereadora Marilia Arraes ao Governo do Estado, está surpreso com tamanha adesão à iniciativa. De tanto receber manifestações favoráveis e confirmações de lideranças de todas as regiões, foi obrigado a transferir o local da Câmara de Vereadores para um ginásio de esportes.

Segundo ele, o espaço da Câmara ficou pequeno para tamanha demanda e por isso mesmo a decisão de dar um suporte mais adequado para que o brilho e a repercussão sejam bem maiores. Duque está satisfeito e entusiasmado na condição de anfitrião, mas faz a ressalva de que o ato não tem como objetivo colocar a faca no pescoço da executiva estadual para acolher a tese da candidatura própria ou mesmo de prévias, já que existe outro nome colocado – o deputado estadual Odacy Amorim.

“O que nós queremos e temos todo o direito é defender um nome que tem viabilidade, que vem ganhando aderência no Estado e levando o PT a buscar de fato uma saída inteligente e proativa para o partido caminhar em faixa própria". Há rumores – e até conversas extraoficiais também – de que o PT estaria propenso a se realinhar com o PSB – leia-se neste caso o apoio à reeleição do governador Paulo Câmara.

Isso em função de uma imposição da executiva nacional do PT. Candidato ou não ao Planalto, o ex-presidente Lula vai querer interferir em vários estados para ter o PSB como aliado e Pernambuco não é uma ilha. Neste caso, a candidatura de Marília vai por água abaixo, apesar do entusiasmo de muitos adeptos do seu projeto, que ganha aderência também nos movimentos sociais, refratários a todo e qualquer entendimento com o PSB.

De qualquer forma, o ato de Duque, por si só, já dá um balanço no PT, força a discussão da tese da candidatura própria e aponta, igualmente, um novo caminho para o partido, que esteve alinhado ao PSB por uma estratégia bem articulada pelo ex-governador Eduardo Campos. Tira, por fim, o PT do isolamento, podendo atrair, inclusive, o apoio de outros partidos de esquerda. Ao mesmo tempo, Duque força o G-4 - PSDB-PMDB-DEM e PTB - que se tentam a unidade da oposição, a agilizar a escolha do nome entre Armando Neto, Mendonça Filho, Bruno Araújo e Fernando Bezerra Coelho.

Justiça mantém interrogatório de Lula na Zelotes – A Justiça Federal em Brasília negou pedido da defesa de Lula e manteve para o próximo dia 20 de fevereiro o interrogatório do ex-presidente no processo da Operação Zelotes – no qual o petista é acusado de editar a MP 471 para supostamente favorecer com benefícios fiscais montadoras das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. No próximo dia 24, Lula será julgado no âmbito da Operação Lava Jato, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

TSE deve inscrever candidaturas avulsas – A juíza eleitoral Ana Claudia Veloso Magalhães, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Goiás, concedeu uma liminar determinando que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) faça inscrições de candidaturas avulsas (não vinculadas a partidos políticos) nas eleições gerais deste ano, em outubro. A decisão acolhe um pedido feito pelo advogado Mauro Junqueira e pela União Nacional dos Juízes Federais (Unajuf). Em setembro do ano passado, Junqueira já havia obtido uma liminar também no TRE de Goiás para registrar sua candidatura nas eleições deste ano de forma independente, sem estar filiado a partido político. Agora, a determinação vale para todo o País.

Testemunha da Lava Jato é morta na Bahia – Dois meses depois de prestar depoimento à Polícia Federal, foi assassinada a principal testemunha das investigações que resultaram na prisão do ex-gerente da Transpetro na Bahia José Antonio de Jesus. José Roberto Soares Vieira, 47, foi morto, na última quarta-feira, com nove tiros na rodovia BA-522, em Candeias, Região Metropolitana de Salvador. Ele era um dos donos da JRA Transportes, empresa que teve como sócio entre 2011 e 2013 o filho do ex-gerente da Transpetro, conhecido como Zangado. José Antônio de Jesus foi preso provisoriamente no dia 21 de novembro do ano passado na 47ª fase da Operação Lava Jato. Ele foi acusado de receber propinas de subsidiárias da Petrobras por meio de empresas e contas bancárias de familiares. Os recursos, segundo o Ministério Público Federal, seriam destinados ao PT da Bahia.

Cresce o número de turistas na capital – Segundo dados da Infraero, 2017 registrou um recorde na movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional do Recife. Ao atingir a marca de 7,77 milhões de usuários, o terminal superou o fluxo de 7,2 milhões em 2014, ano da Copa do Mundo do Brasil. De acordo com o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, o resultado reflete o trabalho de atração de novas conexões. “Se engana quem pensa que nos damos por satisfeitos. Aqui, todos têm consciência de que há muito pela frente ainda”, destacou Carreras. Em março deste ano, serão inauguradas novas frequências com destino a Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, e Córdoba e Rosário, ambas na Argentina.

Lula pretende ir a julgamento em Porto Alegre – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a petistas que deseja ir a Porto Alegre na semana que vem, quando ocorrerá seu julgamento pelo TRF4. Segundo petistas, o mais provável é que Lula participe de ato na noite do dia 23 na capital gaúcha, véspera do julgamento. Mas não está descartada a possibilidade de estar no tribunal durante o julgamento. Esse seria o desejo de Lula. Petistas, no entanto, temem que sua presença na cidade provoque transtornos. Ontem, o ex-presidente se reuniu com petistas, artistas e intelectuais em São Paulo, em evento em defesa de sua candidatura.

CURTAS

CHUVAS – O Recife deve ter chuvas moderadas a fortes nas próximas 48 horas. O alerta foi emitido no fim da tarde de ontem pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). A previsão é válida até o início da tarde de amanhã. A Defesa Civil mantém um plantão permanente de 24h, podendo ser acionada pelo Fone: 0800 081 3400. 

GREVE – Médicos municipais do Recife deflagraram greve ontem. A principal reclamação é a insegurança, por conta da retirada dos serviços de segurança em 2016. São aproximadamente cinco mil pessoas sem atendimento nas unidades de saúde da cidade. A greve se estenderá pelo menos até quinta-feira da próxima semana (25), quando a categoria aguarda chegar a um denominador comum com a Prefeitura do Recife.

Publicado em: 19/01/2018