Recado a Bolsonaro: acabou o recreio

Bolsonaro será tratado como gente grande. Sentirá o rigor e a vigilância destinados aos demais candidatos. Acabou o recreio. DO CIENTISTA POLÍTICO CARLOS MELO, professor do Insper, sobre a lupa que será imposta a Jair Bolsonaro (PSC-RJ) com a aproximação das eleições.

Disposto a evitar ao máximo mais sobressaltos à empreitada de Jair Bolsonaro, o PSL decidiu contratar um serviço de compliance para auditar todas as doações que forem feitas para a campanha do deputado presidenciável.

Integrantes do Livres que ainda presidiam oito diretórios estaduais do PSL e cogitaram permanecer na sigla mesmo após a entrada de Bolsonaro decidiram deixar a legenda neste sábado (13).

Relutaram pois havia temor de acusações de infidelidade partidária.

O senador Magno Malta (PR-ES) segue com forte apoio entre os principais aliados de Bolsonaro para ser o candidato a vice.  (Painel – Folha de S.Paulo)

Publicado em: 14/01/2018