Funaro segue exig├¬cias da Justi├ža

Medo de voltar para a cadeia faz Funaro seguir exigências da Justiça à risca. O operador cumpre prisão domiciliar.

(Foto: Reprodução) da revista Época                        (Foto: Reprodução Naji Nahas) Foto: ultimosengudo

Época - Coluna Expresso

Por Murilo Ramos e Marcelo Rocha

 

O jornalista Murilo Ramos, titular da coluna, conta que O operador Lúcio Funaro segue à risca as condições impostas pela Justiça que lhe permitiram deixar a Papuda em dezembro e cumprir prisão domiciliar em São Paulo. A disciplina está relacionada ao medo que tem de voltar para a cadeia.

Enquanto isso, o seu colega, o jornalista Marcelo Rocha, informa que o discreto empresário João Alves de Queiroz Filho, o Júnior da Hypermarcas, disse à Polícia Federal que foi o investidor Naji Nahas quem tirou uma fotografia em que aparece descontraído ao lado de Lúcio Funaro. O operador distribuiu a foto a várias pessoas na  tentativa de provar intimidade com Júnior. Nahas e Funaro são próximos.

Publicado em: 13/01/2018