MP quer rejeitar queixa-crime de Temer contra Joesley

O presidente quer processar o empresário e delator do grupo J&F por crimes contra a honra

ÉPOCA – Coluna Expresso - Marcelo Rocha

A Procuradoria Regional da República em Brasília emitiu um parecer pela rejeição do recurso do presidente Michel Temer contra a decisão da primeira instância da Justiça Federal de rejeitar a queixa-crime apresentada por ele contra o empresário Joesley Batista, do grupo J&F.

Temer decidiu processar Joesley por crimes contra a honra após a divulgação do conteúdo da delação premiada do empresário, mas a ação foi recusada. Temer recorreu ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região.

Enquanto isso, o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, deixará o cargo provavelmente em abril para se lançar numa candidatura ao Senado pelo estado de Alagoas. Quintella não pretende se desligar por completo da Pasta e, por isso, articula para que o secretário executivo, Fernando Fortes, ocupe seu lugar. Como o ministério é um feudo do Partido da República (PR), de Valdemar Costa Neto, a solução não deverá ser contestada pelo Palácio do Planalto. Fortes, assim como Quintella, é alagoano.  

Publicado em: 12/01/2018