Preconceito a militares: general cancela debate

Após aceitar convite do Instituto dos Advogados de São Paulo para um debate sobre direitos humanos e combate à corrupção, o general Sergio Etchegoyen, chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) do Planalto, cancelou sua participação no evento, marcado para quinta (19).

Em carta aos organizadores, o general revelou desconforto com as críticas feitas por advogados ao evento: “Me chocou profundamente a explícita manifestação de censura prévia, especialmente porque expressada em termos que denotam claro preconceito em relação aos militares”.

Já o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) alegou preocupação com segurança para cancelar em cima da hora um encontro que teria com 60 investidores reunidos pela corretora XP na quarta (11), em Nova York.

Dias antes, Bolsonaro pediu à organização a lista de presenças e as perguntas que seriam feitas. (Painel Folha de S.Paulo)

Publicado em: 13/10/2017