Strip-tease da cebola corrupta

MONTANHAS DA JAQUEIRA – Meu artigozinho desta semana, sempre politicamente incorreto, é baseado numa palestra que eu ouvi na Net, de um psicólogo e psicanalista cuja graça é Luiz Hanns, da Casa do Saber, sobre o bicho de sete cabeças apelidado de corrupção. Vamos fazer o strip-tease de uma cebola corrupta. Nova York é a Big Apple, a grande maça, fonte do pecado original de Eva e Adão e dos pecados capitalistas. O Brazil é uma Big Cebola, um cebolão, impregnado de corrupção. Vamos fazer o strip-tease do cebolão. 

Adquira um exemplar de cebola, uma cebola virgem, que nunca tenha sido comida, nunca antes deflorado ou desfolhada. Apesar da aparente inocência, esses frutos da nossa flora são indivíduos com altos teores de corrupção. Faça o strip-tease das primeiras camadas da senhora cebola, tipo retirar a blusa e o sutiã. Estas camadas iniciais são chamadas de corrupção sistêmica, onde se encontram pessoas de mau caráter, amorais, imorais, bandoleiros, tipo ministros, parlamentares, governantes, a gatunagem graúda em geral.       

Os primeiros lances do strip-tease da cebola já revelam o conluio entre os protagonistas dos poderes constituídos e grandes empreiteiros, gangsteres, doleiros, corrupção ativa e corrupção ativa, negociatas, patifarias incrustadas mais visíveis da nossa flora socioeconômica. A cebola faz revelações cabeludas e às vezes tira onda de inocente. Houve uma cena em que um cebolão muito popular proclamou o vegetal mais honesto e mais puro da flora auriverde.  

Segundo ato do strip-tease: tire o sutiã e as roupas íntimas da cebola. Aparece a corrupção endêmica, do varejo no dia a dia: os magotes de prefeitos que desviam ou superfaturam obras e contratos em conluio com seus compadrios, os secretários que superfaturam os contratos de artistas safadões nas festas das prefeituras e nos réveillons, os tecnocratas e burocratas que emprenham licitações e contratos fraudulentos. Os dirigentes de estatais que comandam negociatas e recebem propinas.

E mais, no dia a dia, os burocratas dos cartórios, doutores em carimbos, que massacram os clientes com exigências descabidas a pretexto de formalismos legais, por instinto de perversidade ou mandonismo. Quanta mesquinhez!  Existem os chefetes de repartições que impõem contratos abusivos para receber propinas.  O médico que queima o expediente nos postos de saúde e ganha sem trabalhar.

As camadas internas do cebolão, a miudeza, estão infestadas pelos guardas da esquina que recebem propinas, os cartolas corruptos dos times do futebol, traficantes de influência nas repartições e empresas, vivaldinos que roubam e exploram os clientes, os caras que cometem uma batida de carro no trânsito e fogem do local do sinistro. As corrupções sistêmica e endêmica interagem e se realimentam.

O Brazil é um cebolão corrupto e está impregnado de corrupção em todos os poros, desde os cabelos da cabeça até o talo da macaxeira vermelha. O coração e as tripas gaiteiras do Brazil adoram a corrupção. O crime perfeito existe. Foi implantado pelo sistema financeiro e funciona impunemente no Brazil com a cumplicidade de todos os governantes. A República dos Banqueiros manda nesta pinoia E priu! O ovo de serpente auriverde pariu a corrupção sistêmica e a corrupção endêmica e continua vivíssimo da silva.

Profeta Adalbertovsky
[email protected]

Publicado em: 04/09/2017