PF efetua prisões por fraude junto a prefeituras

Duzentos policiais federais de quatro estados e do Distrito Federal, em 42 viaturas, efetuam, neste momento, uma grande operação junto a prefeituras do Interior de Pernambuco, a fim de desarticular uma organização criminosa, investigada desde 2005, responsável por desvios que já ultrapassam R$ 10 milhões.

Várias pessos já foram presas nesta Operação Alcaides da PF, dentre elas duas mulheres que chegaram agora há pouco de Agrestina, de nomes Tereza e Claudilene, com sobrenomes não divulgados pela PF. Dos chefes da quadrilha já foi identificada uma mulher, Adriana, que deverá ser presa a qualquer momento.

A quadrilha agia, sobretudo, com fraudes em licitações, e é responsabilizada por crimes de formação de quadrilha, falsidade ideológica, tráfico de influência, entre outros crimes, atuando junto a prefeituras  interioranas. O efetivo da Polícia Federal que age neste momento no interior de Pernambuco é constituído por policiais de Alagoas, Sergipe, Paraíba, Distrito Federal e Pernambuco. 

Publicado em: 14/11/2006