ArcoVerde

27/06


2012

Caruaru ganha avenida reformada

Foi inaugurada, no fim da tarde de ontem, pelo prefeito José Queiroz (PDT), a Avenida Brasil, em Caruaru (Agreste Central, a 135 km do Recife). Um dos principais corredores de Caruaru, a via teve seus 2,3 km reformados.

 

A Avenida Brasil, que ainda é a principal entrada para quem vem do Agreste Setentrional e da Zona da Mata Norte, ganhou nova pavimentação, sistema de drenagem, sinalização, abrigos para transporte coletivo e sistema de iluminação.

 

A reforma favorece o comércio em torno da via, que conta com oficinas, armazéns e restaurantes. A avenida reformada deve, ainda, atrair empreendimentos para a região. Foto: Rafael Lima


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Aldenes coutinho

O GOVERNO DE ZÉ QUEIROZ DEIXOU ESSA AVENIDA TÃO IMPORTANTE PRA CARUARU POR 2 ANOS INTERDITADA SE NÃO FOSSE A INTERVENÇÃO DA IMPRESSA E DOS MORADORES AINDA ESTARIA DO MESMO JEITO. AGORA PRÓXIMO A ELEIÇÃO ELES FICAM FAZENDO JOGO DE CENA PRA TENTAR NOVAMENTE ENGANAR O POVO. AS PESQUISAS SÃO UM CLARAS!

Oswaldo

Reformar às vezes dá mais trabalho do que se fosse fazer a obra pela primeira vez... Parabéns a Queiroz pela luta travada com aquela avenida. Ela tinha tanta, mas tanta bronca que se fosse outro, deixaria (como Tony Gel deixou) ela se acabar.


Asfaltos

27/06


2012

BNB pode readmitir 700 funcionários

O Senado pode analisar nesta semana projeto de Inácio Arruda que, uma vez aprovado, provocará um verdadeiro fuzuê no Banco do Nordeste, segundo o Radar Online. O texto de Arruda determina a reintegração no emprego dos funcionários do Banco do Nordeste demitidos entre 1995 e 2003.

Levantamento da associação de servidores do banco mostra que foram demitidos 694 servidores nesse período. O projeto de Arruda concede o benefício aos trabalhadores despedidos do banco sem justa causa ou que tenham sido coagidos a pedir demissão do banco. Garante ainda o cômputo de tempo de serviço, a progressão salarial e o pagamento das contribuições previdenciárias em relação ao período compreendido entre as dispensas ou suspensões contratuais.

Se for aprovado na CCJ do Senado, o projeto seguirá para a Câmara. Caso vire lei, o texto dará sessenta dias para que os demitidos manifestem o desejo de voltar ao banco — ex-funcionários desempregados terão prioridade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Arnaldo Amaral

Esses comunas do B., não tomam jeito: quanto mais asseclas no aparelho estatal mais $$$ nas suas indecentes e deltianas burras. Vai te catar Arrudão !



27/06


2012

Minha cidade é linda

A contribuição para o painel de hoje é do leitor Antonio Pessoa e traz imagem da Praça São Sebastião, localizada no Centro de Bom Jardim (Agreste Setentrional, a 110 km do Recife). As origens de Bom Jardim datam do século XVIII, quando uma fazenda, denominada Santana, ocupava o seu território. O nome fazia referência à Capela de Nossa Senhora de Santana, em torno de onde surgiu um povoado.

Bom Jardim tem esse nome devido à fertilidade do solo da região. O lugar, cuja vila foi criada em 1870, passou à condição de cidade em 1879, quando se desmembrou do município de Limoeiro. O pau-d´arco, mostrado na foto, é um exemplo típico da vegetação de Bom Jardim, que é repleto de árvores frondosas.

O município oferece um rico roteiro para quem quer fazer turismo ecológico. Bom Jardim é conhecido por suas rochas de granito marrom, de diversas formas e tamanhos.

O destaque vai para a Pedra do Navio, uma formação de quase dez metros de altura, assim batizada por se assemelhar a uma embarcação, ficando logo na entrada do município. Faça uma foto bonita da sua cidade e nos mande agora: [email protected]


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Que lindo !!!!

Vital Cordeiro

Parabens Toinho de Lauro pela postagem da nossa cidade, Bom Jardim é linda, torrão amado que nasci. Meus pais e irmãos ainda residem neste belo município.



27/06


2012

A charge do dia

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Décio Rangel

E nós eleitores somos fantoches para sermos manipulados, pelo Ungido do governador?O seu candidato, nunca pisou na lama, nem nunca conviveu com o suor do povo.O povo dará a resposta nas urnas.

josival Coelho de Amorim

Um caso inédito de Intervenção da ONU!

Ednaldo Ferreira

Nada a ver...

milton tenorio

..Muito boa Thiago..

milton tenorio

KKKKKKKKKKKKKKKKK



27/06


2012

Ouça o programa Frente a Frente de ontem

 Sevocê perdeu o Frente a Frente de ontem, programa que apresento em companhia de Adriano Roberto pela Rede Pernambucana de Rádio, formada por 30 emissoras, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no horário das 18 às 19 horas, clique aqui e ouça agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/06


2012

Coluna da quarta-feira

         Telhado de vidro ideológico

Seria cômico se não fosse trágico ler, ontem, a nota do deputado Raul Henry (PMDB) classificando o então aliado da União por Pernambuco, Mendonça Filho, do DEM, de conservador. Reações com fígado sempre resvalam para agressões muitas vezes injustas.

É verdade que o partido de Mendonça tem pecha e imagem de atrasado, especialmente depois em que um dos seus principais ícones, o senador Demóstenes Torres, de Goiás, saiu do céu para o inferno a partir do envolvimento com o contraventor Carlinhos Cachoeira.

É oportuno perguntar se Mendonça tivesse apoiado Henry como candidato da unidade também receberia dele igual tratamento. Henry tem telhado de vidro no campo ideológico. Basta lembrar que serviu e muito à direita, sendo vice-prefeito de Roberto Magalhães.

Que moral tem, agora, com a mudança dos ventos, para carimbar Mendonça de conservador? A política, sabe ele, se faz com o olho no retrovisor da história. Quando José Mendonça Bezerra, o pai de Mendonça Filho, liderou uma frente no PFL para fazer Jarbas governador, certamente Henry não viu ali nele um gesto atrasado.  

O erro de muitos políticos é só agir pensando nos seus interesses imediatos. Esquece Henry que Mendonça foi seu aliado histórico, vice-governador de Jarbas por oito anos, e sempre elogiado por ele como uma figura exponencial no cenário político estadual.

Como passou a estar em campo oposto, virou uma espécie de laranja chupada, como disse certa vez Roberto Magalhães, um dos gurus de Henry.

CORREU- O pré-candidato do PPS, Raul Jungmann, revelou, ontem, que, numa das reuniões em busca da unidade das oposições, o seu partido e o PSDB admitiram abrir mão da disputa em apoio ao pré-candidato do PMDB, Raul Henry, que não topou. Certamente, segundo ele, por já ter assumido o compromisso de apoiar o candidato do governador, Geraldo Júlio, do PSB. Pelo visto, Henry estava no processo apenas para cumprir tabela em favor do bloco chapa branca.

Receio de expulsão - O prefeito João da Costa não assumiu de fato que recorrerá à justiça comum para continuar na briga com o PT porque teme ser expulso do partido. Em Brasília, ele acenou para o diretório nacional que a contenda estaria encerrada, mas aliados como Fernando Ferro acham que ele deveria ir a todos os tribunais que tenha direito.

 

 

 

PP com Humberto - Pré-candidato do PT a prefeito do Recife, o senador Humberto Costa amanheceu o dia ontem em São Paulo para uma conversa com o ex-presidente Lula. Na pauta, a intervenção do velho cacique petista junto ao PP nacional para que se alie ao PT na capital. O presidente estadual da legenda, Eduardo da Fonte, já deu o sinal verde, mas aguarda uma posição do ex-presidente.

Maluf contra - Liderança mais importante do PP no plano nacional, o deputado Paulo Maluf (SP) não vai interferir na decisão do seu partido no Recife, mas deixou escapar para um aliado que, se dependesse dele, o partido apoiaria o candidato do PSB, Geraldo Júlio. Ele anda elogiando a postura altiva que o governador teve em São Paulo no apoio do PSB a Haddad.

Assunto local - O vice-prefeito do Recife, Milton Coelho, entende que a aliança do PSB com o PMDB no Recife não tem nenhum tipo de interferência no plano nacional para 2014. “Quando esteve com Lula, recentemente, o governador reafirmou o seu propósito de apoiar a continuidade do projeto do PT para o País, seja com Dilma à reeleição ou com Lula”, disse Coelho.

 

 

CURTAS

VISÃO NACIONAL – O presidente do PPS, Roberto Freire, é um dos maiores entusiastas da retirada da candidatura de Jungmann no Recife com o apoio automático a Geraldo Júlio, do PSB. Para ele, o fato do governador se afastar do PT no Recife merece uma carta de crédito para um projeto nacional em 2014.

UNIDADE– O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, foi a São Paulo e Brasília, mas já regressou, ontem, para cuidar da sucessão no Recife e em vários municípios onde o partido disputará a eleição de prefeito com candidato próprio. No caso do Recife, trabalha para unir a oposição em torno do tucano Daniel Coelho.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Lula acabou a lua de mel com o governador Eduardo Campos?

''Não ponhas muito os pés na casa do teu próximo; para que se não enfade de ti, e passe a te odiar''. (Provérbios 25:17)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

O MELHOR DISTO TUDO É QUE DEPOIS DAS ELEIÇÕES DE PREFEITO TEREMOS REALMENTE UMA OPOSIÇÃO EM MEU QUERIDO PERNAMBUCO. RACHA É RACHA!

Arnaldo Amaral

Ô Antunes: R.Azevedo e O. de Carvalho são valentes combatentes na luta anticomunismo globalista. Meu único guia é o Leão de Judá. Enquanto os teus, ao que parece,- Lula e súcia -, estão sucumbindo por overdose de safadeza. A história está nas ruas e na foto com Maluf !

stefano

Se o moderno é o que dudu, jarbas, siqueira e similares estão fazendo ou o que MM representa também é moderno, prefiro que me considerem anacrônico ou atrasado.

stefano

Se o moderno é o que dudu, jarbas, siqueira e similares estão fazendo ou o que MM representa também é moderno, prefiro que me considerem anacrônico ou atrasado.

altamir jose bezerra rodrigues

O leste europeu varreu o comunismo em 1989,a exatos 23 anos,até a Rússia acabou,com esse regime horroroso,mais aqui ainda existe PCdoB,PCB,meu Deus do céu quanto atraso,deveriam se modernizar mais esses atrasados.



27/06


2012

Rompimento Lula x Eduardo não é intriga. Está no forno

 Não é uma simples rusga passageira que move Lula contra o governador Eduardo Campos, como querem fazer crer alguns petistas pernambucanos, que insinuam ser ‘’intriga’’ o noticiário dando conta de que o ex-presidente está ‘mordido’’ com o fato de Eduardo ter chutado o PT e se aliado ao inimigo mais ferrenho do lulismo, o senador Jarbas Vasconcelos. O fato é mais grave do que vem sendo noticiado. Lula vem se esquivando de contatos com o governador. A assessores mais chegados, o ex-presidente não poupa adjetivos para fustigar a deserção de Eduardo, a qual ele jamais esperava, por considerar o governador pernambucano uma espécie de afilhado, a quem ele preparava para o futuro. Esse futuro (2014) concluiu Lula e seus aliados, não passa mais por ele, e sim pelo senador Jarbas Vasconcelos, e sendo por aí vai ter guerra.

Ante o quadro que se formou, com tendência a se agravar mais ante a articulação do governador para juntar o PSDB a seu grupo, o troco dos petistas em Eduardo e seu PSB está montado, e com aval de Lula. Fala a verdade o senador Humberto Costa quando informa que o ex-presidente vai estar presente na sua campanha, reforçando o seu palanque com gravações de mensagens e mobilizando todos os esforços em torno da vitória petista no Recife. O partido reforça a determinação de que todos os seus integrantes que ainda estão engajados na administração de Eduardo desembarquem do governo.

PROMESSAS

Eduardo Campos, quando afastado do senador Jarbas Vasconcelos viu abrirem-se as torneiras do governo Lula para o Estado, transformado num canteiro de obras que possibilitou ao governador uma posição de se aproxima dos quase 100% de aprovação popular. Pois esse detalhe vai ser explorado pelo PT de Lula e em favor de Humberto batendo sempre na tecla de que o derrame de verbas continuará com o senador no cargo de prefeito do Recife. Vai ser uma briga boa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose gilvan macedo filho

pra o gov. se lancar cand. em 2014 contra o PT ele tem q entregar os cargos q tem no governo federal ir de vez pra oposicao se retirar do governo pq como ficar no gov. e depois sair cand. contra o gov. q ajudou a construir sem logica nao.

CALVES

Jarbas tinhas planos de voos nacionais, ñ teve paciência, deu no q deu, agora teve de aliar-se ao seu maior inimigo político local p sobreviver politicamente. Eduardo Campos está trilhando o mesmo caminho, vai se destruir pela sua ambição a curto prazo. Quem viver verá.

Arnaldo Amaral

Quer dizer que o treloso "minino" de d. Lindu, o chefão da pelegagem, mensaleiros, aloprados, e do Foro de S.Paulo, só reconhecia o direito de PE a ser feliz para manter Eduardo Campos no seu curral? Dá-lhe Dudu ! Toda porrada(política !)é pouca na camarilha de Zé Dirceu !



27/06


2012

Jarbas acerta dois coelhos em uma só cajadada

A entrada do senador Jarbas Vasconcelos no xadrez político relacionado com a sucessão municipal recifense agitou o noticiário político não só local mas nacional, e vai permanecer na cena por muito tempo. Uma opiniáo colocada ontem sobre o tema por colunista do sudeste - Tales Faria - no blog Poder Online:

''''Entre as motivações do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) para se aliar ao antigo rival e atual governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), nas eleições para prefeito do Recife está a questão nacional. Jarbas acredita estar acertando em dois coelhos com uma só cajadada.

Primeiro porque acende a chama da discórdia entre o PSB de Campos e o PT nacional. O comando nacional do PT está uma arara com o governador, por não ter concretizado seus acenos de aliança com os petistas se eles barrassem a candidatura do prefeito João da Costa. Pois bem, o PT barrou João da Costa, mas Eduardo Campos resolveu lançar candidato próprio do PSB contra o petista Humberto Costa.

Depois, porque, ao se aliar ao PSB, Jarbas também bate no comando nacional do PMDB, contra quem vive uma guerra particular. O PMDB nacional desconfia de que Eduardo Campos quer tomar o lugar do vice-presidente da República, Michel Temer, numa eventual chapa à reeleição de Dilma Rousseff.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

stefano

Requião e Eduardo não se suportam, Requião foi o relator do processo dos precatórios que pediu a cabeça de Arraes e dudu, mas como dudu não tem vergonha na cara é capaz de ele ir procurar Requião, que tem vergonha na cara.

Arnaldo Amaral

Sonhar não ofende: em 2014 Eduardo Campos pra presidente e Pedro Simon pra vice. Redenção do velho MDB de guerra. Jarbas e Requião, penso, serão os avalistas. Viver pra ver !


BM4 Marketing

27/06


2012

Rolo compressor de Lula arrasta PP para Humberto

 O rolo compressor conduzido por Lula em cima da sucessão municipal recifense continua num crescendo desde a sua primeira ação, que foi a destituição do prefeito João da Costa da condição de candidato à sua própria reeleição. A ação é reforçada pela determinação do ex-presidente de castigar a deserção do governador que se uniu ao seu adversário Jarbas Vasconcelos. Agora é a vez do PP, que vai embarcar no palanque do senador Humberto Costa, adesão amarrada após a viagem urgente do presidente do partido, deputado Eduardo da Fonte, chamado às pressas a Brasília para definir tudo. O PP conservará a estrutura que tem no governo Dilma Rousseff.

A ação de Lula sobre o PP se deu por intermédio do secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Este, segundo informações, ficou encarregado de pressionar Eduardo da Fonte pelo apoio do partido a Humberto, o que, a julgar pelos acontecimentos das últimas horas foi conseguido. O PP, por sinal, esteve reunido ontem no Recife, embora sem a presença de Eduardo da Fonte, chamado às pressas a Brasília. Na reunião, a tarefa de integrar o partido à campanha de Humberto foi facilitada ante a conclusão de que a maioria esmagadora dos candidatos a vereador se dispõem a apoiar Humberto  Costa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

DUDU DA FONTE fala prá o BIÔNICO prometer baixar o preço da enérgia que a parada tá ganha.

Arnaldo Amaral

Tudo que Geraldo Júlio não necessita pra ser prefeito do ora massacrado Recife é Maluf no palanque dele. Deixem o PP malufista com o aloprado PT de Humberto Costa.Eis a união da maldade !

Ednaldo Ferreira

Pra ser rochedo mesmo, tem que trazer Maluf pra gravar para o guia de Humberto.



27/06


2012

Netinho e o trator Lula: "O coração do negão tá ferido"

 O trator Lula continua funcionando com toda a fúria onde quer que o ex-presidente ache isso seja necessário a seus interesses e do PT. Depois do turbilhão que provocou em Pernambuco, Lula guerreia no sul-sudeste. É o que acaba de ocorrer em São Paulo, onde o cantor Netinho de Paula(PCdoB) foi despejado de sua candidatura para que o partido aderisse ao lulista Fernando Haddad. ''''O coração do negão está ferido'''', disse Netinho ante a realidade de ter que abdicar de um projeto que vinha acalentando há muito tempo. Sua postulação não era uma mera aventura já que ele começava a fazer furos nas pesquisas entre os bambas da política paulista. O ex-presidente está funcionando a pleno vapor, tudo indicando que ainda não parou. Ao contrario: o próprio até já avisou que em agosto, já recuperado da saúde, vai morder a canela dos adversários. É bom muita gente sair da frente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

É O KIT GAY DE FERNANDO HADDAD AUMENTANDO. MALUF, DILMA, ERUNDINA, LULA, NETINHO E VEM MAIS POR AÍ É SÓ AGUARDAR.

josenildo tenorio

Preá.. A esteira desse trator quebrou e não tem mais peça de reposição.



27/06


2012

PT quer "Voz do Brasil" porque "pobre gosta de ouvir"

 Ao falar sobre a manutenção da veiculação da Voz do Brasil às 19h nas rádios, o líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto (SP), afirmou ontem que é preciso manter o programa porque "pobre gosta de ouvir", informa a Folha de S.Paulo desta quarta-feira.  A proposta estava prevista para ser analisada nesta semana pela Câmara, mas foi retirada a pedido de Tatto. Segundo o petista, 18 milhões de brasileiros são ouvintes do programa. "Quem não quiser ouvir bota um CD. Pobre gosta de ouvir. Querem o horário nobre para ganhar dinheiro com publicidade? Por que flexibilizar? Flexibilizar é para acabar", disse. O novo texto permitiria que o programa começasse entre 19h e 22h.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/06


2012

Datafolha: apoio de Maluf a Haddad tem 62% de rejeição

 O apoio do deputado Paulo Maluf (PP-SP) ao petista Fernando Haddad é rejeitado por 62% dos eleitores de São Paulo, mostra pesquisa concluída ontem pelo Datafolha. Entre os que declaram preferência pelo PT, a reprovação da aliança chega a 64%. Os números indicam que a foto com Maluf pode prejudicar Haddad na corrida à prefeitura. A maioria dos entrevistados (59%) disse que não votaria num candidato apoiado pelo ex-prefeito. Outros 12% seguiriam sua indicação, e 26% seriam indiferentes.

A pesquisa mostra que 70% dos eleitores ainda não sabem quem Maluf apoiará na eleição municipal. Só 17% sabem que ele apoia Haddad. A desistência de Erundina, em protesto contra a aliança do PT com o adversário histórico, teve ampla aprovação popular: 67% dos eleitores disseram que ela "agiu bem". Outros 17% reprovaram a atitude, e 16% não opinaram. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Cuidado DUDU, LULA vai trazer MALUF prá campanha do SENADOR BIÔNICO FALA FINA VAMPIRO HUMBERTO á prefeitura do Recife. KKKKKKKKK

Arnaldo Amaral

Maluf é a guilhotina de Lula et caterva. E viceversa.Eles se merecem...

Arnaldo Amaral

Maluf é a guilhotina de Lula et caterva. E viceversa.Eles se merecem...



27/06


2012

Veto a refinarias enfurece Sarney, Cid e Roseana

 Caiu como uma bomba no gabinete da presidência do Senado a notícia de que a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, decidiu suspender a construção de refinarias no Maranhão e no Ceará, informa Gerso Camarotti no seu blog. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), não esconde a contrariedade com essa decisão. Isso porque a construção dessas refinarias tinham sido prometidas pelo ex-presidente Lula. Além de Sarney, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, foram surpreendidos pela notícia. Avaliação feita no gabinete do presidente Sarney é de que puxaram o tapete do ministro Lobão com essa  decisão de adiar as obras das duas refinarias. A notícia também foi mal recebida pelo governdor do Ceará, Cid Gomes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/06


2012

Interesses contrariados, Maia tem pacote de maldades

 Bem que Marco Maia avisou que iria abrir sua caixa de ferramentas para cima de Guido Mantega. Na reunião de líderes desta tarde, sem consultar ninguém (Ideli Salvatti e Arlindo Chinaglia estão tentando anotar a placa até agora), Maia pautou uma lista de projetos que representa um verdadeiro pacote da desgraça para a Fazenda, a Saúde e, claro, para o Planalto. Se tudo correr como Maia planejou, a Câmara votará amanhã o projeto que determina novas regras de distribuição dos royalties do petróleo, a regulamentação das cooperativas de trabalho, a Política Nacional de Irrigação, os projetos da jornada de trinta horas para enfermeiros (Alexandre Padilha já está ligando para todos os líderes para tentar barrar a votação) e os projetos que tratam do salário de periculosidade para vigilantes, empregados em transporte de valores.(Lauro Jardim - Veja)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilson Belarmino Pereira do Nascimento

Esse é o velho e conhecido PT, onde prefeitos, governadores e presidentes NÃO PRECISAM de oposição nem de inimigos. Já estão no partido.



27/06


2012

Dilma e Cristina prevenidas contra golpes disfarçados

DO BLOG DE CHRISTINA LEMOS

De todos os aspectos preocupantes relacionados à crise no Paraguai, o precedente político é o que mais temor causa entre os parceiros sulamericanos. Nesta sexta-feira, em Mendoza, Argentina, as nações do Mercosul devem emitir o sinal mais duro possível de reprovação ao empeachment de Fernando Lugo, como forma de se precaver da repetição de rupturas democráticas na região. Apesar do alarde que tentarão fazer os governantes reunidos em Mendoza, o efeito da eventual suspensão do Paraguai do Mercosul e da Unasul, terá resultado principalmente simbólico. A possibilidade de reversão do quadro no Paraguai é nula, mesmo porque a reação popular ao empeachment não chega sequer a pressionar o Congresso.

Assim sendo, o recado dos vizinhos ao Paraguai será dado: as relações só serão normalizadas com o resgate das regras democráticas. Mas o estrago está feito.  A direita tomou de volta o poder de um presidente sem respaldo congressual, ignorando o resultado eleitoral que o colocou no posto.

Com novas eleições previstas para abril, espera-se que a “normalidade democrática” seja restabelecida no Paraguai, que, no entanto, deve enfrentar um turbulento processo eleitoral. A presidente Dilma e seus colegas do Mercosul, membros titulares ou associados, marcarão posição para tentar evitar novos retrocessos. Mas estão distantes da vacina para golpes brancos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Arnaldo Amaral

A presidente Dilma, como cristã redimida ( disse isso na campanha), deve apelar mesmo pra nossa senhora em geral( também falou assim na campanha), prá livrá-la das influências da louca da Casa Rosada e do bufão venezuelano et caterva lat(r)ina. O ex-padre tarado caiu face à Lei paraguaia. Ponto !


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores