FMO


27/11


2019

Coluna desta quarta na Folha

Mais uma derrapada de Guedes

Condutor da política econômica com sinais positivos, o ministro Paulo Guedes foge à regra dos antecessores e dá pitacos políticos. Nem os ministros que fizeram o Plano Real, como Fernando Henrique, saiam do seu habitat para mergulhar na seara política. Quem entende de economia, com raríssimas exceções, acaba não conjugando bem o verbo da futrica política.

Por isso, Guedes deu uma tremenda pisada de bola, ontem, ao defender, como o deputado Eduardo Bolsonaro lá atrás, a reedição do AI-5 – Ato Institucional Número 5 – o maior símbolo da ditadura militar, que reprimiu, ceifou vidas, cassou mandatos, fechou o Congresso e banou a liberdade de expressão.

A derrapada é prova mais do que inconteste de que as crises na gestão Bolsonaro não têm origem na oposição, mas no próprio Governo, em ministros desavisados, em presidente que dá canelada, em filhos maluquinhos, que dobram o pai facilmente.

A casca de banana – Paulo Guedes derrapou na casca de banana dos jornalistas provocando sua opinião se o Brasil corria riscos de manifestações nas ruas contra a política econômica semelhante ao que está acontecendo no Chile. “Não se assustem se alguém pedir o AI-5 diante de quebradeira nas ruas”, ameaçou. Em seguida, se desculpou. Disse que o Brasil não tinha espaço para repressão.

Na assessoria – O presidente do Sindicato dos Jornalistas, Severino Júnior, ao invés de condenar um não-jornalista na Secretaria de Imprensa de Olinda, me destilou ódio e ainda usou a Fenaj como avalista. Descobri, porém, que sua defesa pelo ex-jogador Chiquinho, amigo de Lupércio, tem razões mais “reflexivas”: o sindicalista Severino é, também, assessor do prefeito.

Na jugular – Em duro discurso, ontem, diante de prefeitos, no Recife, o presidente da Amupe, José Patriota (PSB), bateu duro nos governadores. Jogou a culpa neles pelos municípios não terem entrado na reforma da Previdência. “Pagamos um preço pelo capricho político dos governadores”, resmungou. Com a palavra, Paulo Câmara, que fez coro contra a reforma, aliado de Patriota.

Nota zero – O prefeito de Tabira, Sebastião Dias (PTB), deu um péssimo exemplo, ontem, em mais uma reunião da Amupe, no Recife: foi flagrado por este colunista jogando baralho no celular enquanto pegava fogo na plateia de mais de 80 prefeitos o debate sobre o chamado Pacto Federativo.

Pressão – Representante da Confederação Nacional dos Municípios no encontro da Amupe, o ex-prefeito de Cumaru, Eduardo Tabosa, fez coro para os prefeitos irem a Brasília, na próxima semana, pressionar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a desengavetar a proposta de acrescentar mais 1% no FPM.

BOI NA LINHA – O Tribunal de Contas do Estado barrou uma licitação fraudulenta da Prefeitura de Ipojuca para contratação de uma empresa de remoção de esgotos públicos. Iam ser jogados pelo esgoto, literalmente, R$ 2,5 milhões. A prefeita Célia Sales (PTB) terá que refazer o processo licitatório.

Perguntar não ofende: O Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco está sendo aparelhado?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

É muita hipocrisia ver uma postagem mostrando Bolsonaro fazendo politicagem numa igreja evangélica. Me da asco! Deus está vendo..

marcos

Lula o Carniça levou 17 anos de condenação a mais no seu Rabo!

Fernandes

Oposição derrota Bolsonaro e retira trabalho aos domingos de MP. O senador Humberto Costa (PT-PE) comemorou a mudança.

Fernandes

Partido da Família, da Bala e da Bíblia ameaça democracia. Imprensa vai continuar a se omitir diante de nova sigla de Bolsonaro?

Fernandes

Witzel detona Moro e diz que ele protege Bolsonaro no caso Marielle.


Governo de PE


26/11


2019

Coluna desta terça na Folha

Economia dá sinais de reação

Nas últimas passagens por Brasília, termômetro da cena nacional, ouvi com mais frequência avaliações otimistas em relação à reação da economia.

Selecionei seis itens mais ouvidos: 1 – Consumo das famílias puxando o crescimento; 2 – Criação de emprego formal subindo há sete meses; 3 – Investimento privado em 12 meses cresceu 4,87%. 4 – Previsão do mercado para o PIB de 2020 subindo para 2,17%; 5 – Taxa Selic em baixa; e 6, por fim, déficit fiscal do ano no patamar de R$ 86 bilhões, cerca de R$ 50 bilhões a menos do que o previsto graças a receitas extraordinárias que foram viabilizadas.

Há, entretanto, sinais ruins: o Governo provoca instabilidade política, os investidores andam inseguros com incertezas políticas, jurídicas e regulatórias.

O desemprego ainda muito alto, atingindo 12,5 milhões de brasileiros. O Governo tem dificuldades na agenda legislativa com o Congresso e até a reforma administrativa acabou adiada.

PT fora da cabeça – Enquanto no Recife Lula mantém suspense se apoia Marília Arraes (PT) ou João Campos (PSB), na corrida pela Prefeitura do Rio já decidiu apoiar Marcelo Freixo (PSol), com o PT indicando, provavelmente, a deputada Benedita da Silva para vice. Em Porto Alegre, também o PT não terá a cabeça de chapa. Ali, Lula, que se acha Deus, vai subir no palanque de Manuela D’Ávila, do PCdoB.

Causa mortis – Sepultado, ontem, no Recife, sob forte impacto emocional, o ex-vereador Carlos Gueiros, da bancada do PSB na Câmara, regimentalista de carteirinha, penou por 18 dias na UTI do hospital Mirante da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, para tentar solucionar um dano nos pulmões, que acabou irreparável, decorrente do processo de troca da válvula mitral.

Péssimo exemplo – De licença maternidade, a secretária de comunicação da Prefeitura de Olinda, Patrícia Cunha, passou o bastão para o ex-jogador Chiquinho, que não entende patavina da área. O mais engraçado foi o critério para escolha: amigo do rei, o prefeito Professor Lupércio. O Sindicato dos Jornalistas em Pernambuco ainda serve para alguma coisa?

Recusas – Já em Belo Horizonte e São Paulo, a tendência do PT é ter candidato próprio. Em BH, o ex-prefeito Patrus Ananias foi sondado, mas não aceitou. É o mesmo caso de Fernando Haddad, em São Paulo. Quanto à Marta Suplicy, é carta fora de baralho. Só entraria numa chapa como vice.

Marcha – A Amupe – Associação Municipalista de Pernambuco – promove, hoje, mais um encontro estadual de prefeitos, em sua sede, na Avenida Recife, Jardim São Paulo. Na pauta, o pacto federativo e a marcha a Brasília, na próxima semana, para pressionar o Congresso pelo 1% a mais no FPM.

VITRINES 2020 – O prefeito Geraldo Júlio (PSB) tem duas grandes obras para entregar até o final da sua gestão: a requalificação do Ginásio de Esportes Geraldão, na Imbiribeira, projeto que se arrasta há mais de dez anos, e o Hospital do Idoso, além do Compaz em mais dois bairros periféricos.

Perguntar não ofende: Bolsonaro vai deixar a economia reagir ou dar cotoveladas?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Lula agora é 17,....... Anos de prisão!

Fernandes

O pessoal que bateu panela agora tá procurando frigideira! Pra fritar ovos! KKKK

Fernandes

PROGRAMA MINHA CARNE MINHA VIDA.

Fernandes

Quando a Friboi era do Lulinha a carne era mais barata.

Fernandes

Ovo de galinha vira símbolo da prosperidade de Bolsonaro e Paulo Guedes. KKKK


EMPETUR


25/11


2019

Coluna desta segunda na Folha

Por usina, Feitosa bate em Marília

Pré-candidata do PT à Prefeitura do Recife, a deputada Marília Arraes estendeu o debate sobre a instalação da usina nuclear em Itacuruba, com forte pronunciamento contrário em seminário do PT, em São Paulo. “Mostrou que está desconectada com os aspectos positivos que o projeto levará para Itacuruba e região”, reagiu o deputado Alberto  Feitosa (SD).

Na cruzada para Pernambuco abocanhar o maior investimento dos últimos anos no Nordeste, orçado em mais de U$ 40 milhões, o deputado já esteve em Angra dos Reis, para conhecer o funcionamento das usinas nucleares em operação há 40 anos e, na semana passada, em Itacuruba, onde esquentou o debate com a própria população.

“Itacuruba tem uma taxa de suicídio dez vezes maior que a média nacional pelo seu vazio demográfico, falta de emprego e déficit social”, lembra, adiantando que a usina tem tudo para mudar esta realidade brutal, ignorada por Marília.

Fora da real – Feitosa acha que Marília tem que sair da posição cômoda em que se encontra, de criticar o que não conhece, para se atinar aos fatos. “Não sabe ela de uma pesquisa divulgada pelos blogs da região na qual 70% da população de Itacuruba já se convenceu de que a usina não é bicho papão, mas algo da mais alta relevância para criar um novo polo de desenvolvimento no Estado”, afirmou.

Drama sertanejo – Depois de levar tanta pauleira em Afogados da Ingazeira, a Compesa informa que encontrou a saída para o drama da falta de água: a construção de uma estação de tratamento em Tabira, que, segundo a estatal, mesmo em outro município, beneficia Afogados. “Hoje, a estação de Afogados reforça Tabira, isso vai acabar”, diz a direção da Compesa. Será?

Vai de carona – Consultados pela coluna, especialistas em legislação eleitoral não têm receio de inferir que não há mais tempo hábil até as eleições municipais para criação do Aliança pelo Brasil, o novo partido do presidente Bolsonaro. Mesmo com a caneta na mão e um exército de aliados, a tendência é Bolsonaro é pegar carona em outros partidos para eleger prefeitos e vereadores.

Republicanos – Não é só o Avante que tem seminário, dia 6, em Gravatá. O PRB, presidido no Estado pelo deputado Sílvio Costa Filho, realiza o Encontro Regional do Republicano, na próxima sexta-feira, no Recife Praia Hotel, às 14 horas, com a presença do presidente nacional, Marcos Pereira.

Até com Wi-Fi – A obra de Miguel Coelho (MDB) em Petrolina, que desperta inveja de muitos gestores pelo elevado índice de investimentos, não é apenas alicerçada no cimento. Entregou 88 ônibus para atender 22 linhas de diversos bairros da cidade com serviços até de Wi-Fi e tomadas USB para celular.

Cabeça dura – A prefeita de Itaíba, Regina Cunha (PTB), não se curva às regras da destinação dos recursos dos precatórios do Fundef e reforça a decisão, tomada em acordo com os servidores, segundo ela, para usar o dinheiro em pagamento de pessoal. A União não permite. Vai se ferrar.

Perguntar não ofende: Por que a Compesa passou a ser tão bombardeada depois que fritou Roberto Tavares, uma das melhores revelações de Eduardo Campos?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Pobre de direita é masoquista! Gosta de ser escravos.

marcos

E Lula coitado, aonde passa é falando merda, levando vaia e ovo na cara!

marcos

PDT É 12 ___ PL É 22 ___ PSDB É 45 ___ PSOL É PONTO 50 SÓ FALTA O 38, Dá - lhe mito!

Fernandes

José Simão: Slogan do partido do Bozo. Corra que a milícia vem ai.

Fernandes

Assessores de Carlos Carluxo Bolsonaro entregaram ele. Depois dessa seu Jair não pode mais ajudar o filho.


Prefeitura de Paulista


23/11


2019

Coluna deste sabadão na Folha

Marília é o bicho papão para PSB

Marília Arraes, paparicada pelo ex-presidente Lula, é o bicho papão do PSB. Na eleição para governador em 2018, já despontava como favorita e só não comprometeu a reeleição do governador Paulo Câmara, porque o PSB fez uma aliança, ao apagar das luzes, para colocar a pré-candidatura dela, literalmente, num grande caldeirão.

Como a história não se repete, 2020 se apresenta com um cenário mais alentador para a petista, aliás, ex-socialista. Em jantar na casa de Marília, domingo passado, Lula sinalizou que o PT não repetirá o jogo sujo de 2018, delegando a ela a confiança de representar o partido, em sua plenitude, na disputa pela Prefeitura do Recife.

O PT não prega em deserto. Na última pesquisa do Opinião, contratada pelo meu blog, Marília aparece empatada, tecnicamente, com o socialista João Campos, já escolhido por Geraldo Júlio para disputar a sua sucessão. Vem muitas emoções pela frente.

Bomba atômica – A ida do deputado Felipe Carreras, de saída do PSB, para o PSD ou MDB, antecipada, ontem, nesta coluna, caiu como uma bomba na seara governista. Ninguém imagina que, pelas suas amarras com a estrutura governista, ele tivesse tamanha ousadia. Felipe só não deu ainda o cartão vermelho para o PSB porque o TSE não respondeu a consulta sobre sua entrada em uma outra legenda sem perda do mandato.

Rejeição à usina – No seminário de Mulheres do PT, ontem, em São Paulo, houve reprovação a ideia de se instalar uma usina nuclear em Itacuruba, no Sertão de Itaparica. Presente ao evento, a deputada Marília Arraes, pré-candidata do PT à Prefeitura do Recife, também se posicionou contra. Com a palavra, o deputado Alberto Feitosa (SD), maior defensor do projeto.

Palmas para Tebet – Convidada pelo MDB para o seminário pernambucano sobre os direitos da mulher, a senadora Simone Tebet (MDB=MS) encheu os olhos da plateia, dando um verdadeiro show. Pode ter surpreendido a quem não a conhecia, menos aos que acompanham sua trajetória parlamentar em Brasília. É um quadro que honra a saia no Congresso Nacional.

Preço alto – A Compesa não deu um pio ainda sobre o drama da falta de água nas torneiras em Afogados da Ingazeira, registro na coluna de ontem. Péssimo para o prefeito José Patriota, presidente da Amupe, que tem pago um preço caro pela incompetência da Compesa no Sertão do Pajeú.

O sanfoneiro – No lançamento do Partido Aliança pelo Brasil, o pernambucano Gilson Neto, presidente da Embratur, roubou a cena. Rasgou na sanfona o Hino Nacional, aplaudido pelos bolsonaristas presentes. Aliado de primeira hora do presidente, Gilson é dono da famosa banda Brucelose.

REPÚDIO AO ÓDIO – O pastor Jairinho entrou com queixa-crime no Ministério Público contra a mãe de santa Beth de Oxum, que na passagem do ex-presidente Lula pelo Recife, domingo passado, aproveitou a mídia nacional para destilar seu ódio contra os evangélicos e o presidente Bolsonaro.

Perguntar não ofende: Felipe Carreras terá coragem cívica para cortar o cordão umbilical com o PSB?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Polícia desconfia que porteiro foi ameaçado por Bolsonaros.

Fernandes

Bomba: no caso Marielle vai derrubar o Planalto, alerta advogado. O advogado Edu Goldenberg, conhecido por fornecer informações privilegiadas à imprensa, afirmou, na noite de ontem (22), que uma bomba envolvendo o caso Marielle está por vir e “vai derrubar o Planalto. A mensagem enigmática causou polêmica entre os internautas da rede social.

Fernandes

Neoliberalismo: Argentina, Equador, Chile, Bolívia e agora Colômbia demonstraram que Maduro estava certo. Será Brasil a bola da vez

Fernandes

Globo x falsos profetas, estou do lado da briga.

Fernandes

Tem muita gente se escondendo atrás de uma bíblia e sendo um capeta.




22/11


2019

Coluna desta sexta na Folha

PSD e MDB abrem alas para Carreras

Punido pelo PSB por ter votado favorável à reforma da Previdência, o deputado Felipe Carreras e mais sete parlamentares da bancada refratária socialista entraram com uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral. Querem que a corte máxima da justiça eleitoral interprete que ficar sem exercer o mandato de fato, rifados de comissões, toda e qualquer atividade parlamentar em nome do PSB, se traduz em cassação branca.

Se o TSE julgar que sim, Carreras e os demais poderão se desfiliar sem risco de perda do mandato. A resposta do TSE não tem prazo, mas Carreras já assume que é candidatíssimo a prefeito numa aliança nem tanto ao sol nem tanto à lua, ou seja, com discurso de oposição sem extremismo.

Quando foi golpeado em sentença que lhe feriu a alma e o orgulho, Carreras ganhou o ombro amigo do PSD e do MDB, alternativas para entrar na briga pela Prefeitura do Recife.

Tapete vermelho – Com densidade eleitoral, conhecimento da geografia política do Recife e a vantagem de subtrair votos do balaio de João Campos, Felipe Carreras será recebido com tapete vermelho estendido por qualquer das duas legendas que optar, entre PSD e MDB. Aparentemente, a que lhe deixaria mais confortável seria a seara pessedista.

Mais uma baixa – O MDB, entretanto, teria outras vantagens para Carreras: tempo de televisão, maior fundo eleitoral para montar a logística de campanha e arrastaria mais um partido da frente de João Campos. O primeiro, já dado como fora da coligação, é o PT. Lula deu aval para Marília Arraes colocar a campanha na rua.

Os atores – Em Brasília, QG das suas articulações políticas, Carreras já tratou da mudança partidária com atores do jogo: no MDB, o senador Jarbas Vasconcelos e o presidente Raul Henry. No PSD, a ponte é o líder na Câmara, André de Paula, colocado como pré-candidato, mas de cabeça boa o suficiente para ser substituído por Carreras.

No sereno – O colapso de água em Afogados da Ingazeira, de responsabilidade da Compesa, expõe e desgasta o principal aliado do governador Paulo Câmara no Pajeú: o prefeito José Patriota, presidente da Amupe, que quer eleger o sucessor de todo jeito.

Risco – Enquanto o TSE não se pronunciar sobre a consulta de Carreras e aliados punidos, nenhum deles pode avançar o sinal. No Paraná, um deputado do PSD que mudou de partido responde na justiça a processo de perda de mandato requerido por dois suplentes.

BRIGA FEIA – Carlos Bolsonaro seria suspeito de ter mandado matar a ex-vereadora Marielle Franco pelas brigas históricas que travou com ela na Câmara do Rio. Detinham tamanha animosidade que não se cumprimentavam e sequer dividiam o mesmo elevador na Câmara.

Perguntar não ofende: Se o novo partido de Bolsonaro não se viabilizar, qual legenda servirá de adoção para ele na eleição municipal?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Brasil é refém da paralisia mental do dogmatismo evangélico.

Fernandes

O cérebro de Bolsonaro, e seus aliados evangélicos só funciona em um lado

Fernandes

América do Sul em luta: chegou a vez da Colômbia. Após Equador, Chile e Bolívia, chegou a vez da Colômbia de registrar grandes manifestações contra o governo. Teve alta adesão uma jornada de paralisação e protestos contra a política econômica do presidente direitista Iván Duque.

Fernandes

Conta de luz vai aumentar 20% com a venda da Eletrobras. A privatização da Eletrobras trará consequências graves aos consumidores brasileiros e à soberania nacional, afirmam especialistas do setor elétrico.

Fernandes

No Brasil agora oficializou um partido político de homicidas, o novo partido do presidente Jair Bolsonaro e família. APBala38.


Prefeitura de Ipojuca


21/11


2019

Coluna desta quinta na Folha

Pré-sal já sai em dezembro

Estados e Municípios vão ter o dinheiro da cessão onerosa do pré-sal mais cedo do que esperavam. A boa notícia foi dada, ontem, em Brasília, pelo presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi. Segundo ele, o Governo Federal vai depositar R$ 5 bilhões nos cofres dos governadores e prefeitos no dia 27, com liberação três dias depois, dia 30.

O anúncio foi festejado, mas Estados e Municípios só podem usar a grana em investimentos ou cobrir o passivo da Previdência. Folha de pessoal está proibida. O volume de recursos poderia ter sido bem maior se o Governo tivesse arrecadado o que previa - um valor acima de R$ 1 trilhão. Os lotes leiloados renderam R$ 70 bilhões.

Mesmo assim, é uma grana razoável para Estados e Municípios quebrados, sufocados, sem uma política arrojada de ajuste fiscal. A agilidade na liberação também foi algo extremamente positivo.

Liderança nacional – Tem um pernambucano em alta no Congresso na esfera municipalista. É o deputado Silvio Costa Filho (PRB). Presidente da Frente Nacional Mista por um Novo Pacto Federativo, Silvinho, como é mais conhecido, ganhou visibilidade nacional pelas causas mais nobres que vem defendendo em busca do fortalecimento dos municípios.

Nem parece – Silvio Costa Filho chama atenção também na Câmara pelo jeito fino de tratar os companheiros de parlamento. Alguns que começam a ligar ele ao pai, o ex-deputado Silvio Costa, marcado pelo pavio curto e a forma barulhenta de pautar a mídia, tomam susto. “Esse deputado tão educado é filho de Silvio?”. Assim, reage a maioria.

Bomba – Brasília virou um pandemônio, ontem, com a notícia antecipada pela mídia online de que estaria prestes a ser estourada uma bomba de alto teor explosivo no gabinete do presidente Bolsonaro. O tic-tac deixou muita gente nervosa. Pegaria um dos filhos do rei.

Independente – Numa sinalização de que não se rende às pressões do PSB, pelo qual foi punido por ter votado a favor da reforma da Previdência, o deputado Felipe Carreras já se decidiu em apoiar a proposta de prisão após condenação em segunda instância.

Contramão – Já o senador Humberto Costa, líder do PT no Senado, age para atrapalhar a tramitação da PEC que trata da prisão em segunda instância. Tem as suas digitais o pedido que atrasa a tramitação na Casa Alta da proposta do senador Lasier Martin (Podemos-RS).

JUSTIÇA – Duas homenagens justas prestadas pela Câmara Federal, ontem, com a Medalha do Mérito Legislativo: os ex-senadores Marco Maciel e Armando Monteiro Neto, o primeiro por indicação de Augusto Coutinho (SD) e o segundo por sugestão de André de Paula (PSD).

Perguntar não ofende: Recife campeã em desemprego: culpa do PSB ou consequência da crise econômica?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Só lembrando: O PT, Psol, e demais partidos de esquerda votaram favorável a bandidos ficarem soltos. Também, com a penca de políticos desses partidos já condenados e outros para serem, tinha que votar contra a prisão em segunda instância. O povo, bem, o povo que se exploda. O que eles querem mesmo é roubar. Falar em roubo, praticamente 01 ano do governo Bolsonaro, com a imprensa fuçando tudo, inclusive mentindo, não encontraram uma notícia de corrupção. Quem fizer será afastado sumariamente. Porem, não é a imprensa e a esquerda corrupta e canalha que, levantando \"suspeitas\" vão demitir quem ele querem.

Fernandes

Aliança pelo Brasil, é uma seita com ameaças de morte a críticos e opositores.

marcos

E agora PT, perdeu as ruas, acabou a Mortadela e o ladrão presidiário Lula aonde passa é vaiado. Tchau Querido.

marcos

Só lembrando, Lula o ladrão presidiário saqueou a Petrobras, quebrou o Brasil, deixou 13 milhões de Desempregados e mandou matar Celso Daniel.

Fernandes

Presidente Jair Bolsonaro garante que o óleo não chegará às praias de Minas Gerais.


Prefeitura de Abreu e lima


20/11


2019

Coluna desta quarta na Folha

PSB confia no taco de Geraldo

Tem político, no sapato alto da soberba, que se acha Deus. Lula tem certeza. Já se comparou aos judeus perseguidos pelo holocausto. Disse também ser a alma mais honesta do planeta e o mais influente líder do mundo. Nem a cadeia quebrou a arrogância de Lula.

Na passagem pelo Recife, ao invés de calçar as sandálias da humildade, deixou que o cordão vermelho estendido no Pátio do Carmo inflasse seu ego. Saiu da casa de Marília Arraes, já tarde da noite, com o bico excessivamente molhado, anunciando que a petista seria a sua candidata.

Engana-se quem imagina que o PSB vai lamber as botas de Lula para manter o PT na aliança reafirmada em 2018. Firme com a pré-candidatura de João Campos, Geraldo Júlio prioriza os partidos aliados, confia no taco da sua gestão bem avaliada e vai construir o seu tempo, que sabe que não é o tempo de Lula nem do PT.

Sem ceder os anéis – Líderes do PSB nacionais ouvidos, ontem, pela coluna, em Brasília, rechaçam a tese de que poderão dar a Lula os últimos anéis da coroa socialista para evitar uma candidatura do PT no Recife. Márcio França, favoritíssimo na corrida pela Prefeitura de São Paulo pelo PSB, não vai servir de troca de moeda para rifar Marília.

Já engoliu – Decidido a criar um novo partido, o presidente Bolsonaro não moveu uma palha para impor dificuldades na recondução, ontem, do deputado pernambucano Luciano Bivar, na presidência nacional do PSL. Na escolha, por unanimidade, não se ouviu o choro de nenhum parlamentar bolsonarista. Sinais do tempo.

Na jugular – De passagem, ontem, por Brasília, para votar pela recondução de Bivar à presidência do PSL, o pré-candidato do partido a prefeito de Abreu e Lima, Flávio Gadelha, aproveitou para dar uma pauleira no prefeito Pastor Marcos. “É o pior prefeito do Estado, que criou fama por pagar uma folha de 11 meses ao invés de 12”, ironizou.

Baque – O PT tende a sofrer um baque no Nordeste, perdendo um governador para o PDT: Rui Costa, da Bahia. No comando das articulações, o presidenciável Ciro Gomes está bem próximo de bater o martelo. Na Paraíba, o governador João Azevedo também arruma as malas para o PDT, já tendo deixado o PSB.

Empate – Em Araripina, uma pesquisa do Instituto Opinião, postada ontem no meu blog, mostrou um cenário embolado: o prefeito Raimundo Pimentel (PSL) aparece na frente com 26%, mas configurando um empate técnico com Bringel Filho (PSDB) e Tião do Gesso (SD), ambos com 23%.

Drama – A população de Afogados da Ingazeira não suporta mais sofrer com tamanho descaso da Compesa. Água nas torneiras rareia e deixou de ser exclusividade dos bairros em áreas mais altas e afastadas. Tomar banho, só de cuia. E olha lá!

Perguntar não ofende: Por que Bolsonaro só liberou o seguro safra para dois Estados do Nordeste, excluindo Pernambuco?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Porteiro afirmou que suspeito de matar Marielle pediu para ir à casa de Bolsonaro, diz TV Élcio Queiroz disse na portaria de condomínio que iria à casa do então deputado, segundo depoimento obtido pelo Jornal Nacional. Folha de São Paulo.

Fernandes

Polícia trabalha com tese de participação de Carlos Bolsonaro na morte de Marielle.

Fernandes

Toda tragédia atual tem Israel e EUA no comando.

Fernandes

HOJE,DIA DA CONSCIENCIA NEGRA, DOIS TERÇOS DOS DESEMPREGADOS, PRETOS E PARDOS, ABANDONADOS. 66 por cento foram atingidos pela maior tragedia que atinge a sobrevivencia individual e logicamente coletiva. A falta de trabalho, a desesperança, a certeza, pelo menos para 5 milhões de pessoas, que nem adianta procurar mais, nenhuma possibilidade. Alem dos 13 milhões de sem trabalho, existem outras formas de iniquidade, crueldade, selvageria, desigualdade, que atingem milhões, segundo a pesquisa publicada ontem pelo IBGE. Dos 13 milhões de desempregados, pelo menos 8 milhões e 500 mil, \"são pretos ou pardos\". BARBARIDADE. Alem de não estar havendo criação de emprego, os pretos e pardos, naturalmente têm e terão maiores dificuldades para conseguirem trabalho. PS- Não existe esperança para os 13 milhões de desempregados. PS2- E as promessas garantidas pelo mistificador Paulo Guedes, não merecem a menor consideração. PS3- Afirmação do ministro da Economia:\"Em 10 anos criaremos 8 milhões de empregos\". PS4- Um numero irrisorio de empregos, num tempo incalculadamente longo. Jornalista Hélio Fernandes.

Fernandes

Bolsa Família não tem dinheiro para pagar o 13º prometido por Bolsonaro.


Prefeitura de Serra Talhada


19/11


2019

Coluna desta terça na Folha

Preço de Lula ao PSB será alto

Aos ansiosos em relação ao prumo que o ex-presidente Lula tomará nas eleições do Recife, um conselho: é bom esperar sentado. Maquiavélico, o petista adotará a mesma estratégia de 2018, quando usou Marília como ameaça em Pernambuco para levar o PSB na maioria dos Estados ao palanque do PT.

Da cadeia, tirou de cena o candidato favorito do PSB a governador de Minas, Márcio Lacerda, em apoio a Fernando Pimentel (PT), derrotado no segundo turno. Em 2020, vai exigir a cabeça de Márcio França (PSB), favorito nas pesquisas em São Paulo.

Agora deputada federal, Marília vale mais do que como vereadora. Lula, portanto, vai cobrar alinhamento eleitoral e político do PSB, quebrando a busca dos socialistas por independência no campo da esquerda. Vai pedir e levar tudo, porque para o PSB o que está em jogo não é só a Prefeitura do Recife, mas a candidatura do filho de Eduardo Campos.

Pés no Recife – Estrela de primeira grandeza na nova constelação da Câmara dos Deputados, a paulista Tábata Amaral, em processo de expulsão do PDT por ter votado a favor da reforma da Previdência, está colocando a cara no Recife pela primeira vez, na próxima sexta-feira. Na pauta, o seminário sobre mulher na política promovido pelo MDB.

Efeito lulista – Santo sagrado nos currais eleitorais do Nordeste, o ex-presidente Lula teve que atender a uma chuva de pedidos para posar ao lado de prefeitos candidatos à reeleição e postulantes ao mesmo cargo entre o Agreste, Zona da Mata e Sertão. Eles diziam que uma foto ao lado de “mito” era quase um passaporte para eleição.

Rendição – Os grandes e até poderosos jornais antes da internet começam a se render ao Governo Bolsonaro. A Folha de São Paulo, em editorial, comemorou os dados da economia brasileira. “Nem de longe é a salvação da lavoura, mas já serve como um alívio”, destacou, referindo-se à tímida reação do comércio e agricultura.

O ANTIPSB – Em Paulista, o PSB, que encerra o segundo mandato de Júnior Matuto, já tem um adversário de peso: Yves Ribeiro, que deixou a seara socialista para ingressar no MDB contra o candidato oficial. É bom lembrar que o MDB é da cozinha palaciana do PSB.

Gafe – Lula molhou o bico no almoço com o PSB da cozinha de Renata Campos e no discurso andou trocando as bolas. Citou Sérgio Rezende, pernambucano, como melhor ministro de Ciência e Tecnologia, esquecendo que foi na mesma pasta que Eduardo ressuscitou.

Sem mudança – Diferentemente do que noticiamos a Secretaria Executiva de Ressocialização continua com a advogada Albenice Gonçalves no comando da Gerência Técnica Jurídico-Penal. Entendi errado. Achei que ela havia sido nomeada recentemente.

Perguntar não ofende: Quando Lula vai deixar de ser a Diana do Pastoril na pré-campanha para prefeito do Recife?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Dólar 4,20 Gasolina 4,85 Gás 85,00 Desemprego 13%

Fernandes

GASOLINA SUBIU DE NOVO HOJE - 19/11/19 - 2,7%... VIVA O MITO....

Fernandes

Todo (direitalha) é , cruel, arrogante.e megalomaníaco

marcos

Não contem pro Lula - por FERNANDO FABBRINI Ao final da Segunda Guerra, os generais de Hitler, certos da derrota inevitável, poupavam o combalido ego do “führer” de novos dissabores. Temerosos, peneiravam as más notícias que chegavam ao bunker, deixando o ditador convenientemente iludido. Na comédia “Adeus, Lênin”, uma velha senhora comunista entra em coma e não presencia a derrubada do Muro de Berlim. Ao despertar, tempos depois, a capital alemã já era outra. Com dó da mãe, seu filho esconde dela os últimos acontecimentos, fazendo-a crer que Berlim Oriental continuava como sempre: atrasada, feia e comunista. Os discursos do ex-presidente assim que ele saiu da cadeia fizeram-me lembrar ambas as histórias. Preso por mais de um ano, paparicado e endeusado pela militância, Luiz Inácio colecionou elementos para criar uma avaliação equivocada de si mesmo, de sua influência, de seu carisma e – o mais grave – do Brasil que seguiu em frente. Prisão não é fácil mesmo, embora a dele fosse cheia de regalias. Certamente, todos que o visitavam enfeitavam as grades com elogios, esperanças, exortações à “resistência”, recados carinhosos – tudo perfeitamente compreensível, até por questões humanitárias. O problema é que, ao saírem, tais visitantes deixavam o ex-presidente em uma companhia desonesta: a imagem congelada de um passado recente. Atordoados pelos resultados das urnas de 2016 e 2018, sobrou para os derrotados, no sonho de um retorno ao poder, manter um retrato negativo do país com fins eleitoreiros. No entanto, esqueceram-se de que os responsáveis por tal desastre eram eles mesmos. Assim, a esquerda continuará ofegante, soprando as brasas indispensáveis ao calor costumeiro de seus discursos. Pergunta: quem ainda se inflamará com isso, além dos de sempre? Pouco a pouco, novos ventos arejam a vida do brasileiro. Surgem boas notícias; a maioria quase sempre ignorada pela grande imprensa. Jornalista que não sou – mas apenas um cidadão que gosta de escrever (–, listei alguns indicadores interessantes. A Caixa Econômica vai fechar o ano de 2019 com um lucro maior que o dos bancos Bradesco e Itaú. As alíquotas de importação de 498 bens de capital e 34 bens de informática e telecomunicações foram zeradas. A taxa de crédito imobiliário se aproxima do nível menor da história. A construção civil captou R$ 4,4 bilhões na Bolsa e prepara uma expansão marcante. Bilhões de dólares do exterior virão para revolucionar nossa infraestrutura ferroviária. A Embraer saiu do prejuízo e lucrou R$ 26 milhões no segundo trimestre; a receita líquida cresceu 19%. Um site especializado mostra que o Brasil registrou uma queda de 22% nas mortes violentas no primeiro semestre do ano – e continua baixando. O INSS passou um pente-fino em benefícios suspeitos; cancelou 254 mil deles e poupou R$ 4,37 bilhões na brincadeira. Fábricas de caminhões e implementos agrícolas agora só aceitam encomendas para entrega em 2021. Vem aí uma produção recorde de grãos – previstos 245,8 milhões de toneladas, 3,9 milhões a mais em relação à safra anterior. Estamos brilhando na produção de café, ovos e leite, este último com destaque para Minas Gerais. Novos mercados internacionais se abrem. Movimentos como o MST – aqueles que estripavam vacas prenhes por motivos ideológicos – sumiram. O Banco do Brasil anuncia lucro líquido de R$ 4,543 bilhões no terceiro trimestre, uma alta de 33,5% em relação ao mesmo período do ano passado. O famigerado risco país atingiu o menor nível desde 2013. Taxa Selic nos 5%. Inflação controlada. Em consequência, o desemprego começa a cair; devagar, mas vai. Que bom, hein? Então, não contem nada disso pro Lula. É sacanagem.

marcos

Pergunta que não quer calar :, Será que Lula e Humberto vão botar no cu da gordinha Marília outra vez?


Prefeitura de Limoeiro


18/11


2019

Coluna desta segunda na Folha

Futuro de Lula nas mãos de Melo

Festejado, ontem, no Recife, pelo lulismo versos socialismo da aliança com o PSB no Estado, o ex-presidente Lula (PT) já percorre o País acenando para uma pré-candidatura ao Planalto em 2022, mas seus direitos políticos continuam cassados.

Condenado em segunda instância pelo ex-juiz Sérgio Moro, o petista está inelegível até que a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal julgue o pedido de anulação da sentença da Lava Jato por suspeição de Moro. São cinco ministros, o placar hoje é de empate, cabendo ao decano Celso de Melo o voto de minerva.

Da mesma forma que ocorreu com Dias Toffoli, presidente do STF, que deu o voto do desempate no julgamento da segunda instância para prisão, Melo entra no olho do furacão da justiça brasileira. Historicamente, sua atuação tem sido pautada pelo tecnicismo jurídico. Se isso prevalecer, seu voto será pelo reconhecimento à sentença de Moro, cortando as pernas de Lula para mais um voo presidencial.

Visão do TSE – Presente, hoje, no Centro de Convenções, para falar no 1º Curso de Capacitação para candidatos em 2020, o ministro Tarcísio Vieira, do Tribunal Superior Eleitoral, deve dar sua visão também sobre a anulação da sentença de Moro do ponto de vista de devolver a Lula seu direito de disputar a Presidência em 2022. Vieira vai mostrar sua visão quanto às regras eleitorais para o pleito municipal.

João cirandeiro – O ex-prefeito do Recife e agora deputado estadual João Paulo (PCdoB) roubou a cena puxando o bloco da ciranda no Marco Zero, no fim de semana, durante ato preparatório para a vinda de Lula. De camisa vermelha e calça jeans, era o mais animado e já discursa com a possibilidade do ex-presidente ganhar a briga com Moro, anulando a sentença da condenação do ex-juiz.

Sinal verde – A CPI do Vazamento de Óleo nas praias nordestinas deve sair, finalmente, do campo ilusório para o real. Segundo o líder do PSB na Câmara, Tadeu Alencar, o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) assinou o despacho acatando o pedido, de autoria do deputado João Campos (PSB), que deve ser o relator. O óleo cru derramou uma mancha negra no turismo.

Estagiário – Preocupado em perder espaço em sua pré-candidatura a presidente pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes atira para todos os lados. Diz que Lula devia dar um tempo em projeto majoritário e considerou o apresentador global Luciano Huck de amador e estagiário. É um poço de fel.

Precatórios – O prefeito da alagoana União dos Palmares, conhecido como Kil, deu um péssimo exemplo ao assinar uma minuta perante os vereadores do município com o compromisso de ratear 60% dos precatórios do Fundef com os professores. A União não permite usar a grana para pagamento de pessoal.

OBRA SUSPEITA – Parece não estar dentro dos padrões técnicos de engenharia a requalificação das obras da BR-101, nos trechos em Pernambuco. O Tribunal de Contas do Estado já deu início ao trabalho de acompanhamento e verificação do controle tecnológico dos trechos já implementados.

Perguntar não ofende – Por que os baianos, mesmo o Estado sendo governador por um petista, esvaziaram o ato da volta de Lula em Salvador?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Este País precisava de mais Chilenos, Equatorianos e menos Brasileiros.

Fernandes

Lula o fodástico, a direitalha Gadominion morre de inveja.

Fernandes

Este País precisava de mais Chilenos, Equatorianos e menos Brasileiros.

marcos

Embora tenha sido solto por um supremo acovardado como ele próprio diz, todo mundo sabe que Lula é Ladrão.

Fernandes

Bolsonaro já caiu do PSL e só falta cair da presidência, diz Frota.


Banner de Arcoverde


16/11


2019

Coluna deste sabadão na Folha

TSE no tira dúvidas de 2020

Em eleição, não basta apenas ter a melhor logística, a mais ampla aliança ou o melhor candidato. Tem que ter, também, uma bagagem invejável, principalmente quando o pleito municipal que se avizinha chega recheado de mudanças nas regras eleitorais. O maior diferencial, o fim das coligações na proporcional, tira o sono de muita gente.

O uso mais adequado da internet pode ser uma arma infalível em tempos do mundo online, na captura do eleitor por apenas um clique no celular. Candidatos a prefeito, vereador e profissionais envolvidos não podem perder o 1º Curso de Capacitação para as eleições 2020, na próxima segunda-feira, no Centro de Convenções, iniciativa do Instituto Eleitoral e Público de Pernambuco (IDEPPE).

Especialistas das diversas áreas do processo eleitoral foram selecionados a dedo, como o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Tarcísio Vieira, que abordará a temática “Expectativa para as eleições 2020 do ponto de vista do TSE”.

Terror das fake news – Mestre e doutor em Direito pela PUC-SP, o advogado paulista Diogo Rais fará uma imperdível palestra sobre Direito eleitoral digital, propaganda na internet, mídias sociais, impulsionamento e fake news, este um dos maiores problemas que os candidatos devem enfrentar nas eleições municipais. Ele é autor de livros sobre a propagação de fake news (notícias falsas).

Fim das coligações – Já advogada Diana Câmara vai explicar o que mudou nas regras para o jogo municipal destrinchando a minireforma eleitoral aprovada pelo Congresso, o fim das coligações e os chamados mandatos coletivos. Tem, ainda, Marcela Montenegro, do Ipespe, falando sobre pesquisas eleitorais e Orson Lemos, do TRE, apontando as inovações da justiça eleitoral.

Inscrições – O 1º Curso de Capacitação para as eleições de 2020 conta o apoio da Comissão de Direito Eleitoral da OAB, do Tribunal Regional Eleitoral e do Conselho Regional de Contabilidade. Para garantir a sua vaga, corra e faça sua inscrição online no site www.ideppe.com.br. “A ideia é orientar quem vai enfrentar as urnas”, diz o presidente da Amupe, José Patriota.

Mudança – A Gerência Técnica Jurídico-Penal, da Secretaria Executiva de Ressocialização, passa ao comando da advogada Albenice Gonçalves, que priorizará as ações de promoção da defesa dos legítimos interesses do preso no complexo sistema penitenciário de Pernambuco.

Lobista – O ministro da Economia, Paulo Guedes, deu uma canelada entre as medidas do pacote enviado ao Congresso. Desobriga, simplesmente, os governos de construir escolas onde faltam vagas para as crianças. Na verdade, assumiu o lobby pela ampliação do ensino privado no País.

RENOVANDO – O Grupo Baterias Moura fez mudanças no seu comando e já tornou pública. O modelo de gestão, compartilhado atualmente por Sérgio Moura e Paulo Sales, passa a contar com Edson Viana Moura na presidência do Conselho de Acionistas, remanejado do Conselho de Administração.

Perguntar não ofende: Até quando o Túnel da Abolição vai continuar infernizando a vida do cidadão recifense?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Lula é fodástico, parou o Recife.

marcos

Lula o defensor dos pobres só se Hospeda em Hotel 5 estrelas beira mar e as conversas do social são regadas a Jhonny Walker Blue Label, Pitu vitoriosa, lagosta, camarão e Caviar Iraniano.Como é bom ser Chefe em brincadeira de Comunista!

Fernandes

Este País precisava de mais Chilenos, Equatorianos e menos Brasileiros.

Fernandes

Achei brilhante e inovador esse lance de taxar o seguro desemprego. Falta agora cobrar IPTU de quem mora nas ruas...

Fernandes

A FAMILICIA, ESTÁ DESESPERADA COM TOFFOLI. QUEM APOIA O MINISTRO?




15/11


2019

Coluna desta sexta na Folha

Trânsito no Recife vira pandemônio

Recife viveu uma manhã caótica, ontem, no trânsito. Por um lado, protesto dos motoristas de aplicativos e por outro o alagamento no Túnel da Abolição, ligando o bairro da Madalena com a Avenida Abdias de Carvalho. Ali, uma bomba de drenagem de água apresentou um problemão, tudo em consequência da tentativa de roubo da sua fiação.

Capital do Nordeste, como “vende” em seus comerciais de TV e rádio a Prefeitura, o Recife não sofre uma grande intervenção viária desde que concluiu a Via Mangue, em 2016. Basta chover ou ocorrer um mero incidente, como o do túnel, ontem, para a cidade mergulhar num verdadeiro caos.

Até nos finais de semana, que antigamente não apresentavam engarrafamentos, andar pelas principais vias de acesso nas zonas norte e sul se traduz num estresse enlouquecido. Diferente do Recife, Fortaleza, concorrente em turismo, fez, nos últimos anos, inteligentes intervenções em seu trânsito.

De cofres raspados – Em nome da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, o secretário Rubens Júnior (Governo) rebate o ex-prefeito José Queiroz (PDT), que disse ter passado para a tucana as contas da sua gestão em ordens. “Ele entregou com R$ 35 milhões em restos a pagar, a Previdência quebrada e apenas R$ 200 mil de saldo”, disse. Segundo ele, Queiroz tentou, ainda, sem sucesso, R$ 250 milhões com a CEF.

Acidental – O incêndio em Floresta, que reduziu a pó mais de dois mil hectares de caatinga, foi provocado, aleatoriamente, por um agricultor ao queimar um enxame de abelhas. Ele não percebeu que uma chama caiu sobre uma extensa área de palha seca na corrida que deu para não ser picado pelas abelhas. A versão não é oficial, mas confirmada por vários moradores.

Fraudes – Em Olinda, a eleição para escolha dos conselheiros tutelares acabou em CPI. O relatório parcial da investigação de que houve fraude e interferência política, divulgado ontem, já teve um desfecho ruim para o prefeito Lupércio (SD): o cancelamento do pleito. Foram constatadas fraudes na licitação, improbidade de agentes da Prefeitura e suposta interferência do prefeito.

Fake news – Especialista em legislação eleitoral digital, o advogado paulista Diogo Rais, presença garantida no Curso de Candidatos, na próxima segunda-feira, no Centro de Convenções, disse, ontem, no Frente a Frente, que apresentará o caminho para os candidatos identificar fake news.

Vazamentos – A Compesa dá a mão à palmatória e admite estrangulamento no abastecimento de água em Afogados da Ingazeira, mas atribui a problemas mecânicos no sistema Zé Dantas, que provocaram diminuição da velocidade na distribuição e vazamentos de grande porte na tubulação.

DRAMA – A problemática da falta de água aflige também as áreas altas de Arcoverde. Nas emissoras da cidade, a população reclama que só enxerga o líquido nas torneiras uma vez por mês. Só resta aos esquecidos da Compesa meter a mão no bolso para comprar água nos carros pipas.

Perguntar não ofende: A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal vai anular a sentença do então juiz Sérgio Moro, para permitir Lula disputar à Presidência em 2022?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

O porteiro não mentiu Bolsonaro estava em casa no dia do assassinato de Merielle.

Fernandes

Bebiano diz que foi Bolsonaro quem lhe falou do dossiê da suruba gay. É por isso que o bozo anda com o Hélio negão. E não com a Micheque.

Fernandes

Partidos cobram pagamento por aprovarem Previdência.

marcos

De Lula para Janja, você botou gaia quando eu estava na cadeia. Eu acho que sim, e vocês?

marcos

Cadê o Cabuloso do PT com o PCC?




14/11


2019

Coluna desta quinta na Folha

Falta coragem cívica a Henry

Não teve a repercussão esperada o ato de filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao MDB, segunda-feira passada, naquela cidade sertaneja. Embora só tenha faltado o senador Jarbas Vasconcelos, estavam lá o presidente nacional Baleia Rossi (SP), o presidente estadual Raul Henry, o governador do DF, Ibaneis Rocha, e o senador anfitrião Fernando Bezerra Coelho, pai do prefeito.

FBC fez o discurso mais incisivo, colocando a bola na marca do pênalti para Henry fazer o gol, quando o lançou candidato à Prefeitura do Recife. O acanhamento, típico da personalidade dele (Henry), ou frouxura, impediram que a solenidade reverberasse. O deputado, de perfil urbano, identificado com as causas da capital, só não será candidato se não quiser.

Baleia Rossi disse que da parte da direção nacional não faltará oxigênio (apoio logístico, político e financeiro). Henry, entretanto, ainda não criou a chamada coragem cívica.

Briga em Araripina – O ex-prefeito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB), diz que o prefeito Raimundo Pimentel (PTB) mente quando afirma que não assinou contrato com a CEF porque o adversário e antecessor deixou uma dívida de mais de R$ 1 milhão em empréstimos consignados. Pimentel, entretanto, enviou à coluna documentos que comprovam de fato o papagaio herdado do socialista.

Baixaria – Rasteja o nível da Câmara de Vereadores de Jaboatão, segundo maior colégio eleitoral do Estado. Na sessão de ontem, o vereador Nando Ceres (PDT), insuflado pelo colega Márcio do Curado (PTdoB), partiu para agressão no campo físico, sendo contido. Na semana passada, Toto (PP) trocou impropérios impublicáveis com o presidente da Casa, Adeildo da Igreja (PSDB).

Escuridão – A missa de sétimo dia da morte do ex-prefeito Fanão, de Santa Cruz da Baixa Verde, ao lado de Triunfo, no Sertão do Pajeú, assassinado na semana passada, está marcada para hoje sem que, até o momento, a polícia tenha esclarecido tratar-se de crime político, passional ou vingança. Ele foi alvejado por vários tiros no trecho da estrada entre Calumbi a Serra Talhada.

Caiu de pau – O sinal vermelho da Justiça ao empréstimo feito pela prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), à CEF, provocou a ira do ex-prefeito José Queiroz. “Deixei a Prefeitura arrumada do ponto de vista fiscal. A prefeita mostra incompetência até num pedido de empréstimo. Lamentável”, alfinetou.

Colapso – Depois que Roberto Tavares foi rifado da Compesa, a administração no Interior foi ao fundo do poço. Em Afogados da Ingazeira, o gerente foi mudado, mas a falta de água virou pandemônio para a população. Bairros inteiros ficam sem abastecimento por mais de uma semana. 

ADESÃO – Vice-líder do PRB na Câmara Federal, o deputado Silvio Costa Filho diz que o governador Paulo Câmara (PSB) se rendeu à política de Bolsonaro, ao enviar para apreciação da Assembleia Legislativa projetos para aderir ao Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal do ministro Paulo Guedes.

Perguntar não ofende: A suspensão do empréstimo da CEF tomado pela Prefeitura de Caruaru aponta para o desequilíbrio fiscal da tucana Raquel Lyra?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Frota denuncia práticas sexuais de bolsonaristas.

Fernandes

Testículo. Novo apelido do gado eleitor do Bolsonarco... participa mas não entra!

marcos

Atenção todos, Lula gosta de ser ovocionado. Aonde ele estiver podem jogar ovos nele!

Fernandes

Partidos cobram pagamento por aprovarem Previdência.

Fernandes

Testículo. Novo apelido do gado eleitor do Bolsonarco... participa mas não entra!




13/11


2019

Coluna desta quarta na Folha

Na briga, o SUS paga o pato

Na ânsia de esvaziar os negócios do presidente do PSL, o deputado pernambucano Luciano Bivar, dono da Excelsior Seguros, o presidente Bolsonaro anunciou, ontem, a extinção do DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres. Criado em 1974, 45% do seu valor arrecado por ano se destinam a reforçar o caixa do SUS, o Serviço Único de Saúde.

Na prática, são R$ 2 bilhões que deixarão de serem injetados na melhoria dos hospitais públicos e na compra de remédios para distribuição gratuita nas farmácias. Donos de veículos podem até achar justa e comemorar a medida, mas no fundo acidentados ou aposentados por invalidez ficarão sem seguro, descobertos.

Não sabe ou ignora o presidente que os R$ 2 bilhões excluídos do SUS contribuirão ainda mais para deixar os serviços públicos de saúde do Brasil na liderança do ranking como um dos piores do mundo.

Mais uma maldade – Para a deputada Marília Arraes, pré-candidata do PT à Prefeitura do Recife, a extinção do DPVAT é mais uma medida do pacote de maldades de Bolsonaro com os brasileiros. “Pessoas acidentadas, com invalidez permanente ou famílias de pessoas mortas no trânsito, ficarão sem o auxílio do Estado. O fim das fraudes foi a desculpa esfarrapada do presidente”, afirmou.

Tristinho – Numa longa entrevista, ontem, ao site da revista Época, o presidente do PSL, Luciano Bivar, afirmou que não estava desapontado com o presidente da República. “A gente só fica entristecido e decepcionado com alguém que conhece, eu não conhecia Bolsonaro”, justificou. Irado com Bivar, o presidente pretende tirar mais de 20 deputados do PSL para seu novo partido.

Ligação histórica – A nova superintendente do Metrorec, Renta Tetti, segundo uma fonte consultada ontem, tem ligação histórica com o presidente da CBTU, José Marques, a quem assessorou por mais de três anos no Rio de Janeiro, embora com residência fixa no Recife. Já Marques não tem ligação com o deputado Eduardo da Fonte, mas sim com o alagoano Arthur Lira (PP).

Herança – O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), poderia ter assinado com a CEF, como outros prefeitos, a exemplo de Raquel Lyra (PSDB), de Caruaru, uma linha de crédito para investimentos no valor de R$ 50 milhões. Foi impedido, segundo ele confessou à coluna, pela herança maldita do ex-prefeito Alexandre Arraes, que deixou um papagaio de R$ 2 milhões de consignados.

Tiro no pé – Ninguém está entendendo o interesse do presidente da Câmara de Camaragibe, Toninho Oliveira (PP), em dificultar o andamento do processo de impeachment do prefeito afastado Demóstenes Meira (PTB), preso no Cotel. Manobra a favor de um grupo na contramão da história.

O REJEITADO – Em Salgueiro, o prefeito Clebel Cordeiro (MDB) continua misterioso em relação à sua disposição cívica de disputar a reeleição. Uma hora acena que topa, outra não. Há quem diga que não sai candidato devido ao altíssimo índice de rejeição da sua gestão e do seu estilo de governar.

Perguntar não ofende: Por que Raul Henry não quis assumir sua pré-candidatura no Recife ao discursar em Petrolina no ato de filiação do prefeito Miguel Coelho ao MDB?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Santistas fazem campanha para Bolsonaro não comparecer à Vila Belmiro.

Fernandes

GOLPISTAS. Que pessoal hipócrita! Eles não estão nem aí pra bíblia ou Deus, mas apostam todas as fichas na ignorância religiosa.

Fernandes

Estou pensando nos motoqueiros que votaram 17 não tem mais DPVAT, eu avisei Um conselho Faz arminha, faz?

Fernandes

Vendo cristãos bolsominions e bolivianos, tenho certeza de que se Cristo vivesse hoje ele não chegaria nem aos 33 anos de idade.

Fernandes

DEPUTADO FEDERAL PAULO PIMENTA-RS,EXPULSOU NO TAPA OS INVASORES DA EMBAIXADA DA VENEZUELA,ESSE É DE RESPEITO.




12/11


2019

Coluna desta terça na Folha

Inaldo amava a notícia e o Sertão

Tem uma máxima de Gabriel Garcia Márquez, autor do best-seller Cem anos de Solidão, que jornalismo é uma paixão insaciável. Inaldo Sampaio, colunista político que Deus abreviou, ontem, sua missão na terra, era como o escritor colombiano, mas com uma diferença: amava também a arte musical.

Quando o conheci, só soube que era saxofonista e pajeuzeiro como eu, informado por amigos. Tinha muitas coisas parecidas comigo, a maior delas o amor pelo Pajeú e sua gente simples. Inaldo deixava de curtir o carnaval com a família para soprar o seu sax numa orquestra de São José do Egito, vizinha de minha Afogados da Ingazeira, nas quatro noites de folia.

Enquanto tocava, colhia notícias, porque jornalismo, para ele, era tirar a venda dos olhos de quem não conhece a verdade. Inaldo deixa uma lacuna enorme na Imprensa nordestina. Para mim, seu ofício de bem informar era um fio, que ligava as pessoas aos fatos da política.

Apego ao torrão – Inaldo Sampaio era tão apegado ao seu torrão natal que, embora tenha feito cursos no Exterior, reclamava quando aparecia viagens, porque não gostava de quebrar a rotina na província. Em Brasília, o encontrei raramente. Mas mesmo assim, tinha faro para a notícia como o pastor Alemão em busca da caça. Deixa o legado da honestidade e da imparcialidade.

Mandachuva – A superintendente do Metrorec, Renata Peti, não é obra da imaginação criadora do deputado Eduardo da Fonte (PP), como desconfia a bancada federal. Servidora do quadro, sua escolha foi do presidente da CBTU, José Marques. O nome de Dudu é Marcela Campos, sua cunhada, que assumiu a diretoria Financeira. E dizem que é a mandachuva do pedaço.

Cintra na Sudene – Dado o start da nomeação do segundo escalão federal em Pernambuco, o ex-suplente de senador Douglas Cintra (PTB), que ocupou a vaga de Armando Monteiro por um curto período, da sua licença para disputar o Governo do Estado, está cotado para assumir o comando da Sudene. Cintra mergulhou em Caruaru e vive, hoje, dedicado à sua fazenda.

Multados – Os prefeitos de Timbaúba e Parnamirim, Ulisses Felinto (PSDB), e Tácio Carvalho (PSB), respectivamente, se ferraram pela contratação ilegal de servidores temporários. Relator da matéria, o conselheiro substituto Luiz Arcoverde Filho aplicou multas de R$ 11,748 mil.

Vingança – O presidente Bolsonaro dará adeus, hoje, ao PSL, partindo para criação de um novo partido. Além de sair atirando no presidente da legenda, Luciano Bivar, como tem feito nos últimos dias, anuncia arrastar em torno de 20 deputados, esvaziando o balão do pernambucano Bivar.

EXPECTATIVA – Com presença confirmada no Recife para o próximo domingo, num ato marcado na Praça do Carmo, o ex-presidente Lula deve se manifestar em relação à pré-candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife, mesmo num ambiente cercado por socialistas.

Perguntar não ofende: Será que o líder do Governo na Alepe, Isaltino Nascimento (PSB), vai dançar, novamente, amanhã, no plenário da Casa, na sessão em homenagem ao Bita?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Moro e bolsominions defendem a prisão em 2° instância só por causa do Lula mas não pedem a prisão do Queiroz nem na 1°

Fernandes

Denúncias de Alexandre Frota na CPI das Fake News pode levar a cassação da chapa de Bolsonaro.

Fernandes

Brasil é o país onde ao invés de se criar imposto sobre grandes fortunas, se cria imposto sobre grandes pobrezas...

Fernandes

Parabéns, bancários gado bolsominions! MP aumenta jornada de trabalho de bancários e permite abertura de agências aos sábados!

Fernandes

Paulo Guedes decidiu taxar os cachaceiros! Agora o Bozo cai!




11/11


2019

Coluna desta segunda na Folha

STF não limpou ficha suja de Lula

O lulismo-petismo se vestiu de vermelho e ganhou às ruas para comemorar a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confundindo soltura com pré-candidatura presidencial. Que fique claro: o chefe da quadrilha dos escândalos do mensalão e do maior assalto aos cofres públicos da República – a quebradeira na Petrobras, operação que resultou na Lava Jato – é ficha suja, inelegível.

O ato insano do Supremo, que envergonhou a Nação, só interfere na retirada dele da cadeia. À luz do direito eleitoral, Lula continua fora de qualquer disputa, até que o processo ande e chegue ao veredito final aos olhos das excelências do Superior Tribunal Eleitoral. Diz a lei que condenado em segunda instância, como ele está, não pode disputar nem eleição para síndico.

Ressalte-se ainda que, pelas atrocidades cometidas pela “alma mais honesta do País”, para não dizer ao contrário, restam pela frente mais 11 processos em suas costas.

Falta a Lei Seca – O soco no estômago da sociedade dado sem piedade pelo STF me fez relembrar uma canção de Cazuza, feita há 30 anos: “Te chamam de ladrão, bicha, maconheiro, transformam o País inteiro num puteiro, pois assim se ganha mais dinheiro”. Só falta Lula ser flagrado dirigindo embriagado para sepultarem também a lei seca. O 6 X 5 causou mais vergonha do que o 7 X 1.

Deus livre o Brasil! – Em seu discurso inflamado ao sair da prisão, Lula insuflou o povo brasileiro a copiar o Chile, nas ruas em guerra civil, e ainda disse que iria ensinar seus adversários a governar. Se Bolsonaro se render à cartilha lulista de governar, o País vai se ferrar. Não haverá cofre público que resista. Só na Petrobras foram surrupiados R$ 48 bilhões.

Longe da política – Joana Maranhão, nadadora orgulho de Pernambuco, nega que tenha pretensão política. “Nunca disputei nem para representante de turma colegial. Estou em Belo Horizonte em licença maternidade”, disse, em nota enviada à coluna, na qual nega também que seu nome tenha sido ventilado para fechar a chapa de Túlio Gadelha como vice no Recife.

Start da campanha – Pré-candidato do PSB a prefeito de Olinda, Pedro Mendes recebeu homenagem dos amigos depois da sinalização do partido para entrar de vez na disputa, com diversos outdoors na cidade saudando o seu niver, sábado passado. Mendes é bom camarada!

Petrolina 1 – O ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lossio (PSD), nega que os últimos acontecimentos – a indisponibilidade dos seus bens e uma conta rejeitada da gestão passada – impeçam sua candidatura. Estranha também informações de um suposto acordo com Lucas Ramos.

Petrolina 2 – Deputado estadual, Lucas Ramos é o candidato do PSB e, num provável entendimento com Lossio, teria Andrea, esposa do ex-prefeito, na vice. “Nunca tive conversas nessa direção. Candidaturas múltiplas são inerentes para levarmos a eleição ao segundo turno”, revela Lossio.

Perguntar não ofende: Quando falar de eleição municipal, Lula vai pregar que o PT tenha candidatos próprios nas capitais?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

aloisio

Um grande homem, mesmo preso injustamente, enfrenta a injustiça de cabeça erguida. Já um sujeito fraco, mesmo empregado, com salário bom, casa, família, etc..., vive deprimido.

Fernandes

Bomba : Seu Jair mandou matar Marielle Franco!

Fernandes

Bolsonaro propõe trégua a Bivar e o convida para comer pizza de laranja.

Fernandes

Desespero total de Bolsonaro é sinal claro de que a situação é muito séria. Ele vai cair.

Fernandes

Dois milhões de Índios descem para La Paz. O sangue vai dá no meio da canela.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores