Congresso Nordestino de Educação Médica


27/03


2019

Coluna da quarta-feira

O que mais falta?

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Eu passei o dia ontem me perguntando o que danado falta acontecer para o Tribunal de Justiça de Pernambuco afastar do cargo o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira. Se mantiver essa inércia, eu só consigo entender que o TJ estará se omitindo mais uma vez – o que não seria nenhuma novidade, por sinal. Aliás, a pergunta não é só essa. O questionamento que caberia neste momento é quando o petebista vai ser preso mesmo?

O homem é investigado de tudo que é jeito, por tudo que é órgão. A Polícia Civil pintou o sete, ontem. Teve de um tudo. Mandado de busca e apreensão dentro da prefeitura e na mansão de Meira, entre outros lugares; afastamento do secretário de Obras; bloqueio das contas do prefeito; suspensão das atividades de duas empresas que estariam de conluio com a gestão. Até uma BMW do petebista apreenderam. Eu disse uma BMW!

É inacreditável. Tive a certeza de que Camaragibe é a versão na vida real da famosa Sucupira, cidade fictícia da novela “O Bem-Amado”, do grande Dias Gomes (da época em que novela prestava). Meira é o nosso Odorico Paraguaçu, prefeito caricato afeito a gestos, falas e ações espalhafatosas – na telinha, foi a mais brilhante atuação de Paulo Gracindo. Os mais jovens procurem no Google, vão morrer de rir.

Voltando ao Odorico da vida real, parece que Meira não está muito preocupado com as graves investigações – até uma medida protetiva a Justiça emitiu para evitá-lo de coagir testemunhas. O petebista voltou à Camaragibe apenas anteontem, depois de uma viagem de descanso com a noiva Taty Dantas; estavam nos States. Taty, para quem não lembra (se é que alguém não lembra), é a cantora que o amado mandou que todos os comissionados da prefeitura prestigiassem durante show no pre-carnaval. O áudio que o prefeito gravou em um grupo de WhatsApp faz inveja ao mais elaborado texto de Dias Gomes. Sucupira total!

Troca justa? – Já se fala em Brasília que os nossos nobres ministros do Supremo podem trocar a Lava Toga pelo Impeachment de Gilmar Mendes; talvez a figura pública mais odiada da República hoje. Não que não existam motivos para o afastamento dele. Mas será mesmo que a troca seria justa? Abrir mão de investigar todos os ministros, alguns tão corruptos quanto, em troca da cabeça de Gilmar? Eu, particularmente, fico com a Lava Toga. Justiça neles!

Governismo eterno – Um deputado famoso pela eterna vocação governista, muito amigo de um prefeito que acabara de perder uma eleição, foi perguntado se continuaria na base ou se mudaria para a oposição. Não teve dúvida para responder. Foi curto e grosso: “Eu estou precisando é de um prefeito e não de um amigo. Diga a ele que fico”. É mole?!

Arrumadinho – Sem mandato desde fevereiro, o ex-deputado federal João Fernando Coutinho vai para a assessoria do presidente da Codevasf, conforme noticia o blog “A Língua”, de Petrolina. Quem o emplacou no cargo foi o senador Fernando Bezerra Coelho. Já a mulher que deu a vaga a João será acomodada no gabinete de Antônio Coelho, filho de FBC, na Alepe. Está vendo? Se organizar direito, todo mundo...

CURTAS

CONTUR – A Secretaria de Turismo e Lazer apoia o 51º encontro do Conselho Estadual de Turismo de Pernambuco (Contur-PE) em Petrolândia. A primeira reunião ordinária de 2019 acontecerá hoje, das 18h às 20h, na casa de eventos Velho Chico, com a participação do secretário Rodrigo Novaes e dos conselheiros, que seguem depois em caravana até o Sertão.

ROTINA – Virou rotina; daqui a pouco nem mais notícia é. Caiu mais um no MEC! Desta vez foi o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Vinícius Rodrigues – é o quinto no alto escalão da pasta a deixar o governo. No ritmo que vai sobrará apenas o ministro Ricardo Veléz para apagar a luz.

REPUGNANTE – É repugnante ver um presidente da República democraticamente eleito mandar celebra aniversário de um golpe que deu início a uma Ditadura. É desumano o que Jair Bolsonaro está propondo; desrespeitoso com as tantas vítimas do regime. A quem esse homem quer impressionar? O que ele tem na cabeça?

Perguntar não ofende: O TJ afasta ou não Meira?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Provocações de Bolsonaro esfriam relações diplomáticas com a França

Fernandes

Aos eleitores arrependidos que estão abandonando o Bozonaro, lembro que isso isso constitui um crime: Chama-se abandono de Incapaz.

Fernandes

Não quero aqui ser vulgar mais nunca vi um governo mais medíocre do que esse.

Fernandes

Por que? A embaixada tem autonomia para retirar os caças da Venezuela?

Fernandes

Datena pergunta a Bolsonaro Sobre os aviões russos na Venezuela Bolsonaro responde : A Embaixada está tratando sobre isso !!


Governo de PE


25/03


2019

Coluna da terça-feira

O Plano “A” do PCdoB

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Uma corrente dentro do PCdoB defende, já há algum tempo, que o projeto de reconstrução da sigla em Olinda, onde está fora do poder depois de 16 anos ininterruptos, tem um nome. Aliás, um nome composto bem conhecido no meio político: João Paulo. Esse grupo, que ainda enfrenta resistência dentro da cúpula comunista, entende que só o deputado estadual e ex-prefeito do Recife tem condições de trazer de volta os dias de glória do partidão na Marin dos Caetés.

Alô, pessoal do PCdoB, ele topa o desafio, viu. Não é segredo para ninguém que João Paulo aceita o concorrer – dizem até que ele já se mudou na prática para Olinda, onde tem participado de agendas políticas em segredo. E o que falta para dar match? A cúpula comunista (leia-se Luciana Santos, Renildo Calheiros e companhia limitada) dar o aval. O deputado só avançará na postulação se receber um sinal claro da vice-governadora e do deputado federal, principais caciques do partido. Isso passa também pela garantia de que o PCdoB dará estrutura financeira para a majoritária.

Em uma outra linha de atuação, João Paulo, inclusive, ainda aceita disputar a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, caso o Palácio peça ao PCdoB para deixar Olinda de lado e apoiar a reeleição do prefeito Professor Lupércio. Bastante plausível, o movimento, vale destacar, deve ser usado pelo Solidariedade como pré-requisito para permanência na base. Uma vez em Jaboatão, onde já foi candidato a prefeito em 1992, João Paulo poderia ameaçar a reeleição de Anderson Ferreira, adversário da Frente Popular.

Alternativas não faltam. Disposição do deputado estadual também não. O que precisa é a cúpula do PCdoB, normalmente fechada em copas e intolerante às sombras, liberar a fera no picadeiro. Porque enquanto os comunistas hesitam, seus adversários – em Olinda e Jaboatão – estão soltos colocando em prática suas estratégias. Já diz o ditado: “time que não joga não tem torcida”.

Palanque Estelita – Para além da questão técnica, onde temos um debate que divide opiniões, o Cais do Estelita virou mesmo foi um belo de um palanque para futuros candidatos fazerem política. Foi assim durante todo o dia de ontem. Vereador do Recife, Ivan Moraes, do PSOL, fez uma Live um uma rede social durante a demolição. Já Túlio Gadelha, pré-candidato a prefeito, não só foi ao local como produziu um vídeo com imagens da ação. Não se enganem: por trás da nobre causa tem é uma busca desenfreada por holofotes e votos.

Chile – O presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, participa em Santiago, capital do Chile, do Congresso Latino Americano de Autoridades Locais, entre os dias 26 e 29 de março. Com ele vai também um grupo de prefeitos. Patriota será palestrante – ele mostrará as experiências em boas práticas do seu município. O Congresso vai difundir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) com o propósito de construir uma agenda de trabalho para os próximos dez anos. 

Solidariedade – A Prefeitura de São Bento do Una pede doações para as vítimas da enchente do rio que corta a cidade. Para tal, o Poder Público montou um ponto de apoio para recebimento de gêneros alimentícios, roupas, colchões, fraldas e produtos de higiene pessoal para ajudar os necessitados. O local é na Secretaria de Assistência Social, que fica na Avenida Osvaldo Celso Maciel, em frente à Braga Calçados.

Recorrer – O Ministério Público vai recorrer da decisão que determinou a soltura do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco, e de outras seis pessoas. Em nota, o órgão informou que “a expectativa é recorrer para que os habeas corpus sejam julgados pela 1ª Turma”. A decisão de liberar Temer e sua corja partiu do desembargador Antonio Ivan Athié, do TRF da 2ª Região, que ficou sete anos afastado do cargo por denúncias de estelionato. O Brasil é o país da piada pronta mesmo!

CURTAS

BAIXA – O extremamente combalido Ministério da Educação do Governo Bolsonaro sofreu mais uma baixa ontem. A secretária de Educação Básica, Tania Leme de Almeida, pediu demissão após não ter sido consultada sobre a decisão de suspender a avaliação de alfabetização. É a quarta saída no alto escalão do MEC.

CARGA – Gustavo Matos Ribeiro continua sua agenda de visitas às lideranças políticas de Camaragibe – domingo esteve no bloco do vereador Léo Família. Gustavo tem mantido uma agenda intensa que engloba conversas com lideranças partidárias em prol da construção de uma nova agenda para a cidade.

FALECIMENTO – Faleceu em Maceió, aos 48 anos, vítima de um infarto agudo do miocárdio, o secretário-executivo de Direitos dos Animais da Prefeitura do Recife, Robson Melo, que era médico veterinário. A coluna lamenta o ocorrido e deseja muita força à família de Robson.

Perguntar não ofende: Temer deveria ter sido solto?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Não existe religião que mude a ruindade de um ser que já tem em seu DNA, o instinto da maldade!

Fernandes

IBOPE: Bolsonaro é pior presidente da história. Avaliação já é a Pior em 30 anos.

Fernandes

Até agora nem um piu do desequilibrado sobre Moçambique . Avise para o bozonaro que Cuba já enviou 300 médicos e medicamentos

Fernandes

Dia 31 de Março será comemorado em todo território nacional como o Dia do Miliciano, em homenagem ao capitão presidente.

Fernandes

Eleitores do Bozo me digam só uma coisa: O que foi que esse Pulha fez de bom até agora?


Prefeitura de Caruaru


25/03


2019

Coluna da segunda-feira

Tiro de misericórdia

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Em governo, nada não está tão ruim que não possa piorar. Depois de ver sua popularidade derreter em tempo recorde – é o presidente com aprovação mais baixa no início do primeiro mandato –, Jair Bolsonaro pode levar um tiro de misericórdia já no próximo dia 30 de março, caso estoure outra greve dos caminhoneiros. Isso mesmo, meus amigos. Chamem do que quiserem: inferno astral, karma, Lei de Murphy ou macumba. O fato é que o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, que tem, entre outras missões, a de antecipar crises, está monitorando uma articulação via WhatsApp que pode culminar em uma nova paralisação, segundo relatou o Estadão.

Os líderes do movimento argumentam que os principais pontos do acordo que o Governo Temer assumiu com a categoria no ano passado não foram cumpridos. O que ensejaria uma nova greve, daquelas capazes de parar o País e levar o caos novamente aos brasileiros. O que Bolsonaro tem a ver com isso? Tudo! Mesmo não tendo criado o problema – está no cargo há apenas três meses –, o presidente terá de administrá-lo. Mais uma crise pode cair no colo do mandatário cujo desgaste só aumenta.

Como ponto positivo, o Estadão informa que os primeiros relatórios dão conta de que o movimento não tem a mesma força do ocorrido em 2018. Mas há sempre o temor de que os caminhoneiros possam se fortalecer, fazendo a eventual greve ganhar corpo ao ponto de tornar-se irreversível. E a oposição ao presidente (leia-se, sobretudo, PT e os movimentos sociais ligados ao petismo), em uma postura antidemocrática, certamente, vai estimular a paralisação nos bastidores, acirrando ainda mais os ânimos. É, inclusive, parte da estratégia deles.

Junte-se a esse cenário a incapacidade do atual governo de negociar em situações tensas, como temos visto diariamente nas polêmicas envolvendo a reforma da Previdência e o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Com habilidade zero para defender seus pontos de vista, e a disposição gigantesca para brigar e destratar os outros que Bolsonaro e seus filhos apresentam, não precisa ser médium para antever o desastre que esse episódio pode gerar. Vamos torcer para que Deus ilumine a consciência dos caminhoneiros e se chegue a um posicionamento favorável a todos. Se depender das nossas autoridades, já era!

Carluxo desmascarado – Alguém, por favor, interdite o 02 do presidente. Carluxo foi desmascarado no Twitter ao postar, no perfil do pai, uma foto e um texto que deveriam ir para o seu próprio perfil. Logo depois de fazer a besteira, o vereador apagou a postagem e a publicou no seu perfil. Tarde demais, já tinham dado print – a internet não perdoa! Esse jovem merece um estudo. É um descontrolado que não faz ideia do mal que está causando ao governo. Vou lançar a campanha aqui: interditem o Carluxo! 

Melhor para Maia – Na guerra contra Sérgio Moro, Rodrigo Maia parece estar levando a melhor. Depois de brigar com o ministro da Justiça, que queria velocidade na tramitação do seu pacote anticrime, o presidente da Câmara fez beicinho e ameaçou abandonar a articulação para aprovar a reforma da Previdência na Casa. A turma do deixa disso entrou em cena. Maia já recebeu apoio somente de Paulo Guedes, Flávio Bolsonaro e Janaina Paschoal. Só falta, agora, o guru Olavo de Carvalho sair em defesa do democrata.

João, Marília e Humberto – Humberto Costa e Marília Arraes são alguns dos nomes confirmados na audiência pública a ser comandada pelo vereador João da Costa, marcada para hoje, às 9h, com o objetivo de discutir a Reforma da Previdência. O senador e a deputada aceitaram o convite para participar do evento, que será no Plenarinho da Câmara do Recife. O presidente da CUT-PE, Paulo Rocha, e o especialista em Previdência Social, Francisco Alexandre, também marcarão presenças.

Pague meu dinheiro! – Vamos torcer para que o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, pelo menos mande pagar o salário atrasado dos contratados da prefeitura que estão sem receber, segundo eles, há dois meses – médicos, enfermeiros, dentistas e técnicos de enfermagem. Este blog antecipou que Meira estava em uma temporada de férias com a noiva, Taty Dantas, e outros familiares-secretários nos Estados Unidos. Enquanto o prefeito curte um descanso, os profissionais atrasam os boletos porque estão trabalhando sem receber.

CURTAS

VOTO DE APLAUSO – O Plenário da Alepe aprovou, por unanimidade, voto de aplauso formulado pelo deputado Sivaldo Albino ao prefeito do Recife, Geraldo Julio, pela implantação do terceiro Laboratório de Ciência e Tecnologia do projeto Escola do Futuro, na unidade de ensino Doutor Rodolfo Aureliano, na Várzea - a iniciativa tornou-se uma referência nacional no segmento.  

REIVINDICAÇÕES – A deputada estadual Fabíola Cabral esteve no Cabo para participar da entrega de algumas ruas e repassar novidades ao povo. Por meio de duas Indicações já publicadas no DO, a parlamentar enviou apelos ao governo: um para providenciar iluminação na PE–60, em determinado trecho; e outro para realizar a manutenção da passarela sob a mesma rodovia.

APOIO – O prefeito de Aliança, Xisto Freitas, anunciou o seu apoio ao presidente da Alepe, Eriberto Medeiros, para deputado estadual. Xisto esteve reunido com o parlamentar e o ex-deputado estadual José Humberto Cavalcanti (presidente estadual do PTB). Na ocasião, declarou que, a partir de agora, integra o grupo político de Eriberto.

Perguntar não ofende: E Aécio?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaro. Patético, não sabe o que é articulação política, o pior brasileiro de todos os tempos.

Fernandes

Quem iria imaginar que Bolsonaro não teria capacidade para articulação política?!

Fernandes

O óbvio aconteceu Temer solto , algum general tuitando? Moro fazendo alguma coisa pra impedir ? Delagnol orando ?

Fernandes

Os caminhoneiros estão chamando greve para o dia 30 ! Pega fogo, cabaré !

Fernandes

Articulação política que o congresso não quer é MILICIANO, nisso o psl dá SHOW.


São João Petrolina


22/03


2019

Coluna da sexta-feira

Fim da linha

Por Arthur Cunha – especial para o blog

A iminente prisão do ex-presidente Michel Temer, concretizada ontem, deu um fim quase cinematográfico à carreira política de um dos principais caciques do MDB pós-redemocratização. Encerra, também, a hegemonia de um grupo de corruptos que tomou de assalto o partido de Ulysses Guimarães e Tancredo Neves; e manchou a imagem combativa do antigo PMDB, referência na luta contra o regime militar. A derrocada do ex-presidente e do ex-ministro Moreira Franco, também detido ontem, foi a cereja do bolo nesse processo de desgaste eterno ao qual a sigla vem sendo submetida desde que essa tropa ascendeu ao poder.

Some-se a esse cenário de caos para os bandidos as prisões de Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves; a derrota nas urnas de Romero Jucá e Edson Lobão; além da aposentadoria de José Sarney, que deixou a vida pública pela porta dos fundos. A prisão de Temer traz, ainda, outro triste símbolo para a nossa Democracia: a humilhação da Presidência da República enquanto instituições. Logo ela, que deveria ser a mais respeitada. Temos a vergonhosa estatística de dois ex-presidentes presos por corrupção. Que chaga!

Alheio (ou não) à fim do caciquismo emedebista, uma liderança ainda continua de pé, apesar dos revezes que tem recebido: Renan Calheiros – o coronel das Alagoas tem sobrevivido (não sei até quando) às rajadas diárias que recebe. Ironicamente ou não, Renan continua aí, assistindo seus aliados de outrora caindo um a um. Sabe que a mira está apontada para. Mas é dotado de um instinto de sobrevivência aguçado. Vai fazer de tudo para não cair. Eu fico imaginando o que pensou o velho Renan no seu íntimo ao ver a notícia da prisão de Temer. No fundo, ele sabe que seu dia está chegando.

O futuro do MDB, assim como a maioria dos partidos poderosos do passado, ainda é incerto. O partido tem poucas lideranças emergentes capazes de aglutinar; nenhuma tem mostrado força e capacidade de unir em torno de sua liderança as outras forças regionais que formam essa colcha de retalhos partidária. Os líderes remanescentes, distante do moribundo núcleo de poder, a exemplo do senador Jarbas Vasconcelos, estão mais próximos da aposentadoria do que qualquer outra coisa. Se não se reinventar, o MDB pode estar fadado ao mesmo destino de outras siglas, como o antigo PFL: a mediocridade. E isso nunca teve cara de PMDB. Nem quando se fala do de hoje, corrupto que só ele. É aguardar para ver; a história está sendo escrita. 

Chefe da quadrilha – Chama atenção os termos usados pelos procuradores do MPF para descrever as ações do grupo do ex-presidente Michel Temer, que levaram ele e outros figurões para a cadeia. Foi de “organização criminosa” à “máfia”. A quadrilha chefiada pelo emedebista tem recebido propina para favorecer empresas do setor portuário há mais de 40 anos. Ou seja, um criminoso de colarinho branco. Um gângster! Cadeia nele e na sua turma! #DentroTemer.

Chuva de memes – A prisão de Michel Temer produziu uma chuva de memes engraçadíssimos ao longo do dia. De Gilmar Mendes atendendo ao sinal do Batman à imagem de fogos no Réveillon da Austrália, onde o ministro do STF já teria determinado a soltura do emedebista. O próprio Temer foi retratado de todas as formas – um áudio com uma risada para lá engraçada teria sido a reação de Dilma Rousseff ao ver a notícia. Até para José Sarney sobrou. Ele aparece em uma foto de óculos escuro chamando os correligionários de “amadores”.

 

Marília no PTB – De olho na disputa pela Prefeitura do Recife, em 2020, e com a porta fechada no PT, a deputada federal Marília Arraes estaria conversando com vários partidos para uma filiação com o objetivo de assegurar legenda. Já se falou em PDT e PSOL. A novidade é o PTB, do ex-senador Armando Monteiro, que poderia ser o destino da neta de Arraes. Lembrando que, se optar mesmo pela desfiliação do PT, Marília pode perder o mandato.

Janela de troca – Apesar de que já se fala em Brasília da abertura de uma nova janela para permitir aos futuros candidatos a prefeito mudarem de partido sem perder o mandato. Além de Marília Arraes, que não terá legenda do PT, a manobra, inclusive, pode beneficiar também o deputado federal Túlio Gadelha aqui no Recife. Se perder a queda de braço para o também deputado Wolney Queiroz no PDT, ele poderia pular para outra sigla e concorrer à PCR.  

Curtas

GESTÃO – Surubim será o primeiro município do projeto Gestão Cidadã da Amupe, uma parceria com a União Europeia, a aplicar a metodologia para elaboração de planos municipais com a finalidade de fortalecer a participação e transparência local. A equipe da Amupe fará uma reunião com parceiros locais, hoje, no auditório da Secretaria municipal de Educação, das 8h30 às 16h. 

DIVISÃO... – O deputado João Paulo Costa vai tocar o debate sobre o Novo Pacto Federativo na Assembleia Legislativa de Pernambuco. O parlamentar destacou, na tribuna da Casa, ontem, que irá realizar uma audiência pública para discutir o tema no mês de abril. O objeto é reunir representantes da Amupe, UVP; o secretário estadual da Fazenda, Décio Padilha, e a sociedade civil organizada, além do secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida.

... JUSTA – “É importante incluir a Alepe nesse tema, pois os estados e municípios, que estão mais próximos da população, não podem receber uma fatia menor da arrecadação”, destacou João Paulo Costa. Seu irmão, o deputado federal Silvio Costa Filho é o criador da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Novo Pacto Federativo.

Perguntar não ofende: Quanto tempo Temer passará preso?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Um homem expulso do Exército por problemas mentais, não poderia ser presidente do Brasil. Tá provado agora o país tá sem rumo

Fernandes

Calma marluxa amarelinha de camaragibe. Cuidado com o Meira!

marcos

Temer não é cavalheiro. Tomou a vez de Dilma burra.

marcos

Prenderam mais um inocente. TEMER LIVRE.

marcos

Qual bandido é mais ladrão. Lula ou Temer?




21/03


2019

Coluna da quinta-feira

Odacy esclarece mal-entendido

Por Arthur Cunha – especial para o blog

O presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco, Odacy Amorim, veio a público, ontem, esclarecer um mal-entendido utilizado pelos seus opositores para fazer jogo político da pior espécie, via setores da mídia. Diz a nota, no início: “com vasta experiência pública e ciente das leis brasileiras, Odacy informa que não solicitou e/ou autorizou a colocação de adesivo em caminhão entregue à Cooperativa de Produção Agropecuária de Afrânio, durante ato solene”.

O texto segue com os esclarecimentos. “A iniciativa partiu do presidente da Cooperativa de Criadores de Aves, Bovinos, Caprinos e Ovinos de Afrânio e Adjacências, Eliomar Pereira de Souza, que, por agradecimento à entrega do caminhão e ingenuidade, quis prestar homenagem a Odacy Amorim no ato de entrega. Ao constatar a situação, Odacy solicitou a retirada imediata do referido adesivo – o que foi feito de pronto –, informando que a homenagem iria ferir as leis vigentes”.

Por fim, o presidente do Instituto Agronômico explica que sua equipe de comunicação foi “induzida ao erro” ao postar a imagem do caminhão adesivado nas redes sociais do ex-deputado. “Fato que foi corrigido em seguida, com a retirada da postagem”, encerra Odacy, na nota.

Eu fico me perguntando se não tem coisa mais interessante para se questionar. Os opositores do presidente do IPA sequer quiseram saber, por exemplo, se o que estava na caçamba do caminhão se encontrava em boas condições. Ficam se apegando a questões menores para fazer futrica política que não constrói nada. Uma pena!

Take it easy – Eu queria ter a confiança do prefeito de Camaragibe. O pau cantando na cidade em pleno processo de Impeachment, Ministério Público e Tribunal de Contas em cima da gestão com uma lupa gigante, e Demóstenes Meira fez o que? Foi viajar com a noiva Taty Dantas para os Estados Unidos, onde está desde o último dia 14. A foto mostra o prefeito tranquilo, fumando seu cigarro e curtindo a vida em Orlando, na Flórida. Pelo menos de crime ninguém vai acusá-lo desta vez, já que ele pode ir para onde bem entender.

Derretendo – “Nunca antes na história deste país” a popularidade de um presidente da República derreteu tão rápido no início do governo quanto a de Jair Bolsonaro. Segundo pesquisa Ibope, divulgada ontem, mais do que dobrou o número de pessoas que consideram a gestão ruim ou péssima: foi de 11%, em janeiro, para 24%, agora – cinco desses pontos percentuais apareceram nos últimos 30 dias. Já o índice de bom e ótimo caiu 15 pontos desde a posse de Bolsonaro; e hoje está em 34%. É, amigo, a vida real é sempre mais difícil que nas redes sociais.

Discurso – João Campos fez seu primeiro discurso na tribuna ontem. Ao falar da prioridade que o pai deu à Educação, citou a última entrevista de Eduardo para dizer que, em sua opinião, a principal frase dita pelo ex-governador não foi a famosa “não vamos desistir do Brasil”. “Tem uma melhor, quando ele disse: ‘no dia em que o filho do pobre e do rico, do político e do cidadão, do empresário e do trabalhador estudarem na mesma escola; nesse dia o Brasil será o país que queremos’”, lembrou.

Aquele 1% - A música de Marcos & Belutti com participação de Wesley Safadão explica, no popular, os conceitos das novas previdências dos civis e militares, cujo modelo proposto foi divulgado ontem. Segundo os cálculos do próprio governo, a reforma nas aposentadorias da turma da farda só representará 1% (R$ 10,45 bilhões em dez anos) da economia a ser gerada pela mexida na dos civis. Isso explica porque a equipe econômica demorou tanto para tornar público o que pensava para o tema. Afinal: “99% anjo, perfeito. Mas aquele 1%...”

CURTAS

CASAS – A Prefeitura de São Lourenço da Mata contabiliza o número de novas moradias que reduzirão o déficit habitacional na cidade. Com a entrega dos residenciais Dona Lindu I e II, e do São Lourenço I, II e III, serão contempladas 1.476 famílias de baixa renda no município. O prefeito Bruno Pereira viajou à Brasília diversas vezes com objetivo de destravar recursos.

SE LIGA, MENTIROSO! – Nem só de semideuses vive o Ministério Público de Pernambuco. O órgão promoveu um curso para capacitar seus membros a detectarem mentiras em uma situação de entrevista ou interrogatório. Você aí, mentiroso, se ligue, viu. Imagina se a moda chega no Judiciário?!

CONGRESSO – A União dos Vereadores de Pernambuco promove um congresso em Gravatá, entre os dias 28 e 31 de março. No evento, a ser realizado no Hotel Canariu’s, o presidente da UVP, Josinaldo Barbosa, será reconduzido ao cargo já que não houve registro de nenhuma outra chapa para a eleição.

Perguntar não ofende: Terá sido ontem o dia mais quente da história do Recife?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

A queda de Bolsonaro já é acentuada nas periferias e nas grandes cidades.

Fernandes

Bolsonaro trai ruralistas , e libera 750 mil toneladas de trigo dos EUA para concorrer com produtos brasileiros.

Fernandes

Vida que segue: Temer e Cunha derrubaram Dilma e estão presos. Dilma fez palestra hoje em Madri...

Fernandes

O deputado Freixo do Psol analizará o pacote do Moro, é bom salientar que de segurança e Direitos Humanos o Freixo entende, melhor que qualquer um!

Fernandes

Continuo perguntando . Por quê a lava jato não conseguiu prender Eduard o Cunha antes dele liderar o golpe do impeachment? E pq não conseguiu prender Temer antes dele liquidar os direitos trabalhistas e entregar o pré sal? Pq ela queria o golpe e Bolsonaro presidente.




20/03


2019

Coluna da quarta-feira

Complexo de vira-lata

Por Arthur Cunha – especial para o blog

O jornalista Kennedy Alencar chamou de “complexo de vira-lata” a postura de subserviência do presidente Jair Bolsonaro em relação ao equivalente norte-americano, Donald Trump – a expressão foi cunhada por Nelson Rodrigues para designar a posição de inferioridade que o próprio brasileiro se submete. Acertou na mosca! Mais uma vez Bolsonaro deu mostras de que não faz ideia do tamanho do cargo que exerce. Sua viagem aos Estados Unidos foi outra prova cabal disso.

A tour na terra do Tio Sam começou com Bolsonaro tecendo loas a Olavo de Carvalho, guru-mor da Direita brasileira e do próprio bolsonarismo (se é que podemos dizer que existe um), e a Steve Bannon, estrategista-chefe da Casa Branca demitido por Trump ainda em 2017. Nunca antes na história deste país um “pensador” e um “agente do caos” foram tão venerados por um presidente da República. Em seguida, tivemos Bolsonaro e sua comitiva fazendo uma visita escondida a uma agência de espionagem. Sim, é isso que a famosa CIA é no final das contas. Esqueça os filmes, eles foram responsáveis por golpes de estado e torturas.

Depois, o nosso nobre presidente assinou um decreto autorizando turistas norte-americanos e de outros países a entrarem sem visto no Brasil. Eu te pergunto: Trump fez o mesmo? Não preciso nem responder... Mas tem quem argumente que o presidente de lá foi bonzinho ao defender a entrada do Brasil na OCDE, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Só que para isso nós teremos de abrir mão de participar da lista de países com tratamento diferenciado na Organização Mundial de Comércio.

Por fim, “coroando” a visita, tivemos o encontro entre os dois chefes de Estado das maiores democracias das Américas. A cara do nosso presidente na foto acima diz tudo. Bolsonaro se comportou como um deslumbrado, um borra-botas. Deixou claro que será um capacho de Trump na política externa do Brasil. E voltou para casa envaidecido como muito pouca coisa na bagagem em troca. Oh, boy!

“Carne e unha...” – Essa idolatria toda de Bolsonaro por Trump tem uma explicação até psicológica. Os dois se parecem muito. São frutos de uma guinada à direita no cenário político mundial, sem, necessariamente, terem sido ícones desse pensamento. São rasos, seus governos estão perdidos e eles nutrem uma necessidade quase patológica pela polêmica. Na verdade, se alimentam de brigas - foi assim que construíram as suas respectivas eleições, e dessa forma conduzem as suas presidências.

“... almas gêmeas” – Ambos vivem às turras com a Imprensa, a quem tratam como “inimigos da nação”. Sua comunicação tem como base as redes sociais, notadamente o Twitter. Aliás, quanta besteira os dois presidentes falam no microblog! Transpondo para o “pernambuquês”, Bolsonaro e Trump são dois papangus que deram certo. Best Friends Forever, a dupla BolsoTrump segue à frente das duas maiores potências das Américas; mais unidos do que nunca. “Carne e unha, almas gêmeas”, como diria Fábio Júnior.

Venezuela – Entre as baboseiras proferidas por Jair Bolsonaro nas vezes em que usou o microfone durante sua viagem aos Estados Unidos, estiveram presentes temas como o não à ideologia de gênero e a luta contra o avanço do socialismo. Se fosse só isso... O problema é que Bolsonaro sinalizou que pode apoiar os Estados Unidos, inclusive com homens, em uma eventual intervenção na Venezuela. Em janeiro, o próprio Bolsonaro havia descartado essa possibilidade.

Filho do rei – Merece um capítulo especial nesta primeira visita oficial de Jair Bolsonaro aos Estados Unidos a postura do seu filho Eduardo. A exemplo de Carluxo, vereador que despacha em Brasília, o “03” comportou-se como “filho do rei” – até da reunião reservada com Donald Trump ele participou. Isso sem falar que, com tal postura avalizada pelo pai, Eduardo acabou diminuindo o papel do Itamaraty. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, foi um mero figurante.

CURTAS

MAIS VAGAS – Os vereadores do Cabo de Santo Agostinho, aqueles mesmos que gostam de viajar e fazer farra com dinheiro público, agora, resolveram aumentar o número de vagas na Câmara Municipal. A partir de 2021 teremos quatro parlamentares a mais na Casa, totalizando 21. Uma emenda à Lei Orgânica do município já foi publicada no DO.

DOIS EM UM – O presidente do Ceasa-PE, Gustavo Melo, foi reconduzido, por unanimidade, à presidência da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen), cargo que já ocupa há nove meses. Ele aproveitou sua ida à Brasília e visitou o novo presidente da CONAB, Newton Júnior.

FIORDES – Os principais atores da política pernambucana já têm um novo ponto de encontro. Trata-se do Restaurante Fiordes, na Rua da Aurora, próximo ao Banco Central, Seplag e outros órgãos. O ambiente é excelente e a comida, melhor ainda. O casal de proprietários, Silvio Rodrigues e Mariana Lucena, estão de parabéns! 

Perguntar não ofende: E a Lava Toga, vinga?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Mimimi, teu miNto jumento vai cair.É só uma questão de tempo.

Mimimi

Fernandes diz: Ibope: Rejeição a bolsonaro explode nas periferias e grandes cidades. Eu pergunto; é o mesmo Ibope que dava Vitória a jumenta da Dilma e ao fantoche do Hadad?

Fernandes

Ibope: Rejeição a bolsonaro explode nas periferias e grandes cidades.

Fernandes

Parabéns aos brasileiros ilegais dos EUA onde a votação em bolsonaro superou 70% agora vcs serão denunciados pelo consulado brasileiro para a deportação rápida. A pedido Trump! Vcs pediram para se .....!

Fernandes

Só lembrando. Se vc conhece algum pobre de direita que está ilegalmente no EUA denuncie ao Itamaraty ! Agora eles vão lavar privadas no Brasil.


Asfaltos


19/03


2019

Coluna da terça-feira

Lava Toga, eu apoio!

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Vocês acham o Poder Executivo corrupto, com seus secretários, prefeitos e governadores – e até alguns presidentes da República – envolvidos em desvios de verbas e fraudes em licitações? Vocês acham o Poder Legislativo corrupto, com vereadores, deputados e senadores de toda espécie vendendo voto e lei ao custo de cifras milionárias? Isso, meus amigos, é porque vocês nem de longe têm a noção do que o Judiciário faz neste país. Perto de suas excelências juízes, desembargadores e ministros das mais altas cortes, os demais são fichinha. Ali, é a maior fábrica de corrupção e hipocrisia da institucionalidade brasileira. E o pior, seus entes estão secularmente acostumados com uma palavra bem em voga ultimamente. Vou até soletrar: im-pu-ni-da-de!

Justamente por isso, cada cidadão de bem do Brasil tem o dever cívico de apoiar a “versão jurídica” da Lava Jato, a Comissão Parlamentar de Inquérito conhecida como Lava Toga, que, aliás, nem foi instalada e já sofre ataque de morte. Sob o argumento de “não criar um embate desnecessário entre poderes”, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre – olha só! – afirmou, ontem, que não existe a menor possibilidade de levar adiante uma investigação contra os ministros do Supremo Tribunal Federal, como quer a CPI, assinada por três senadores do PSL: Major Olímpio (SP), Juíza Selma Arruda (MT) e Soraya Thronicke (MS) – filho do presidente, Flávio Bolsonaro não subscreveu o documento.      

Hoje, o também senador Alessandro Vieira, do PPS de Sergipe, vai protocolar até o final da manhã o requerimento de instalação da CPI, cujo objetivo, segundo ele, é apurar a existência de “ativismo judicial” nos tribunais superiores (ui, Gilmar Mendes e companhia limitada). Vieira afirma ter 29 assinaturas; está aguardando os petistas, que, contudo, não devem aderir ao movimento com a justificativa de que não há um fato determinante para a criação de uma CPI. Na prática, o PT, como sempre, não aceitará ser coadjuvante. Só seria favorável à comissão se fosse uma iniciativa sua.

Pois a Lava Toga tem tanto, mas tanto motivo para existir, que a sua área de abrangência não deveria ser apenas o STF, mas todos os tribunais inferiores. Oxalá essa investigação se estendesse não apenas ao Supremo, mas a todos tribunais de estados e outros órgãos do Judiciário, que, volto a dizer, é podre. Seus representantes vivem e se comportam como se fosse verdadeiros semideuses, dotados de graça e luz; dignos de terem seus desejos realizados por nós mortais. É CPI neles!

Meu pai mandou – Carluxo, o cão de guarda do Jair, circulou, ontem, pelo Palácio do Planalto, Senado e Câmara com pinta de filho do rei. Depois de ter sido flagrado ao telefone em um corredor criticando a comunicação do governo, o 02 trapalhão do presidente usou suas redes para dizer que estava em Brasília para cumprir missões dadas pelo pai. Foi painho quem mandou. O serviço de vereador do Rio de Janeiro ele não quer nem saber.

Agenda de candidato – A campanha de 2020 ainda está longe de começar, mas o deputado federal João Campos está virado cumprindo agenda de candidato nas periferias do Recife. Apontado como o provável nome do PSB para a sucessão de Geraldo Julio, o filho de Eduardo esteve, ontem, no Ibura, Dois Unidos e Vasco da Gama. No roteiro, reuniões com lideranças, conversas com populares e muitas fotos.

Inferno astral – No seu primeiro mandato, a prefeita de Glória do Goitá, Adriana Paes, vive mesmo um inferno astral. Depois de ter sofrido uma tentativa de homicídio em sua fazenda, a gestora teve seu governo muito mal avaliado. Foi o que detectou levantamento do Instituto Naipes. Que fase...

Ameaçado de morte – O presidente da Câmara Municipal de Camaragibe, Toninho Oliveira, revelou que está sendo ameaçado de morte. Autor do pedido de Impeachment contra o prefeito Demóstenes Meira, que tramita na Casa, o vereador mostrou conversas de WhatsApp do filho e da ex-mulher, que foram alertados sobre o perigo de vida que o parlamentar estaria correndo. Ele prestou queixa; o caso está com a delegacia da cidade.  

CURTAS 

CONTRA – Presidente do PDT-PE, Wolney Queiroz, liderou a delegação do estado na convenção nacional do partido, ontem, em Brasília. Os trabalhistas fecharam questão contra a reforma da Previdência. Candidato ao Planalto em 2018 pela sigla, Ciro Gomes não compareceu, mas participou pela internet defendendo a unidade e os movimentos sociais.

PALESTRA – Com um passado ligado ao PT, o escritor e teólogo Leonardo Boff realiza, hoje, às 19h, na Unipaz Recife, uma palestra sobre a Crise Social e Ambiental; e as Transformações Planetárias em curso. O filósofo abordará o momento de crise pela qual passa a sociedade contemporânea e os possíveis caminhos de superação. 

TROCA – Por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de PE, o Recife sedia, hoje e amanhã, no prédio da Sudene, a conferência final do programa Innov-AL, uma parceria com a União Europeia. No caso do nosso estado, em intercâmbio com a Hungria, o foco foi a disseminação de boas práticas na cultura de vinhos do Vale do São Francisco.

Perguntar não ofende: Mendonça Filho volta para o MEC?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Mimimi, agradeço ao idiota não fosse por você não faríamos tanto sucesso.

Fernandes

Esse Mimimi sofre de esquizofrenia cenestopática genética . Esse cara é típico direitopatas, seguramente vive as custas de alguém ou pai ou mulher .deve ser um parasita do serviço público.

Mimimi

Esse Fernandes sofre de síndrome de inferioridade. A cada 10 comentários, 8 são dele. O cara é um típico Ptista; finge que trabalha, sonha que é intelectual, jura que é inteligente, dorme na caixa e ainda é usuário ferrenho do CRT+C , CRT+V.

Mimimi

Lógica do Fernandes: Entrar no Brasil para gastar não pode!!! Entrar no Brasil para o Brasil sustenta-lo pode!!!! É muita asneira de um único jumento.

Fernandes

Agora graças a bolsonaro, qualquer norte-americano pode entrar no Brasil sem necessidade de visto, até aqueles malucos que atiram em gente, terroristas de todo tipo, espiões, assassinos, psicopatas, pedófilos...Basta dos EUA para entrar aqui.




18/03


2019

Coluna da segunda-feira

Dois lados da mesma moeda

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Em 1987, a banda gaúcha Engenheiros do Hawaii lançou seu segundo álbum: “A Revolta dos Dândis”, um clássico do Rock brasileiro, estilo cuja representatividade da época era o equivalente ao Sertanejo ou ao Funk dos dias de hoje. Sob forte influência das obras de Albert Camus e Jean-Paul Sartre, e de um mundo ainda dominado pela Guerra Fria, Humberto Gessinger escreveu, entre tantas músicas marcantes para os fãs, como eu, a letra de “A Revolta dos Dândis II”, que fala, na minha opinião, da dicotomia Direita versus Esquerda, fruto daquele conflito. Passados mais de 30 anos do lançamento da canção, seu conceito ainda continua sendo muito atual para traduzirmos a guerra de egos que se tornou a disputa entre bolsonaristas e lulopetistas.

Diz um trecho da letra: “Pensei que houvesse um muro entre o lado claro e o lado escuro. Pensei que houvesse diferença entre gritos e sussurros. Mas foi engano; foi tudo em vão. Já não há mais diferença entre a raiva e a razão”. Ouvindo a música, ontem, eu só enxergava um jogo de imagens na minha mente intercalando a figura de Olavo de Carvalho, guru do presidente da República, destilando ódio contra os esquerdistas via redes sociais do seu computador iMac de última geração, bem confortável em um escritório na Virgínia (EUA); com a do ator José de Abreu, uma das vozes controversas do petismo, zombando sem nenhum respeito da dor do povo venezuelano ao se “autoproclamar” presidente da República com o único objetivo de criticar Bolsonaro e seus seguidores.

Além de duas criaturas bisonhas em busca de reconhecimento e “likes”, Olavo e Zé de Abreu têm em comum a mesquinhez de uma visão turva do processo de poder, que caracteriza, em pleno 2019, o debate entre as duas correntes de pensamento e ação política no cenário brasileiro. O embate Direita versus Esquerda por aqui é grotesco. Seus argumentos são elementares, preconceituosos e cruéis – dos dois lados! Descambou para uma troca de acusações mais demente que a discussão sobre futebol, ou mesmo sobre religião (esse tema merece outra coluna, e terá). Parecem crianças birrentas sem reconhecer seus próprios erros e as qualidades do outro.

Enquanto isso, o país está parado, administrado por um governo de Direita (?), que, se fosse de Esquerda, estaria, com certeza, adotando a mesma postura excludente – vide a recente era do PT. Economia com parca recuperação, povo sem emprego, reformas de base à espera e um presidente falastrão mais preocupado com questões menores. É Jair Bolsonaro, mas poderia ser Dilma Rousseff ou Lula. Por isso, volto à canção de Gessinger para terminar este comentário, infelizmente, lembrando o óbvio. “Tudo é igual quando se pensa em como tudo poderia ser. Há tantos sonhos para sonhar, há muitas vidas para viver. Nossos sonhos são os mesmos há muito tempo. Mas não há mais muito tempo para sonhar”.

“Os três patetas...” – Ainda na vibe de “A Revolta dos Dândis II”, outra imagem desse final de semana, coincidentemente, se encaixa na música escrita por Humberto Gessinger há mais de 30 anos. Estou falando da foto publicada por Rodrigo Maia de um almoço onde, entre outros, estavam presentes Jair Bolsonaro e Davi Alcolumbre, representantes de setores conservadores, e Dias Toffoli, ex-advogado do PT. “Esquerda & Direita; Direitos & Deveres. Os três patetas, os três poderes”.

“... os três poderes” – Ironias (merecidas) à parte, que esses senhores, chefes dos nossos poderes constituídos, se iluminem e trabalhem unidos pelo Brasil. Rodrigo Maia fala na postagem que o “espírito do encontro” foi fazer com que haja um melhor diálogo e um pacto da “relação de governabilidade do Brasil”. Antevendo algo, o presidente da Câmara, faz tempo, já se posiciona como uma espécie de moderador entre a institucionalidade e a opinião pública. Está, com certeza, vendo uma oportunidade. Afinal, como diria Gessinger: "ascensão e queda são dois lados da mesma moeda”.        

Mandando recado – No melhor estilo Trump, Olavo de Carvalho está usando sua influência nas redes sociais e fora delas para mandar recados. Falando para uma plateia de cerca de 100 fãs e representantes da Direita americana, no Trump Internacional Hotel, em Washington, o guru do Bolsonarismo disse que, se continuar como está, o Governo Bolsonaro acaba em seis meses. Lembrando que o núcleo ideológico da gestão, ligado ao guru, está perdendo a quebra de braço para os militares. Olavo tem usado sua visibilidade para centrar fogo nos “milicos”.

Aniversário – Ontem (17), a Lava Jato completou cinco anos. Nesse período, além de inúmeras polêmicas e uma exposição monumental, a operação somou 2.294 anos de penas aplicadas e 159 condenados em primeira instância. Desbaratou um grande esquema de corrupção na Petrobras e em outros órgãos públicos. Um total de 47 pessoas permanecem presas pela Lava Jato, entre elas o ex-presidente Lula. O balanço ainda registra 426 denunciados, 269 mandados de prisão e 183 delações. Apesar dos números favoráveis, a operação ainda é alvo de muitas críticas por supostos exageros.

CURTAS   

ASSASSINATO – Ainda permanece sem a motivação conhecida o assassinato do vereador de Floresta, Beto Souza, morto a tiros por dois homens, ontem, na Fazenda Tabuado, zona rural do município. O parlamentar, que tinha 52 anos, presidiu a Câmara Municipal entre 2017 e 2018. Ele havia perdido um irmão nas mesmas condições.

REPRESENTAÇÃO – Representante do Grupo Ferreira Souza na reunião da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Alepe, Edésio Medeiros avaliou como positivo o encontro, mas lamentou a ausência de representantes de entidades e empresários do Sertão. “Especialmente do Araripe, a exemplo do setor gesseiro, da mandiocultura e da bacia leiteira de Bodocó. Precisamos ficar atentos e nos organizar para participar”, pontuou.

HOMENAGEM – O presidente da Câmara Municipal do Recife, vereador Eduardo Marques, foi o homenageado do bloco Galo Doido, nesse domingo. A folia pós-carnaval atraiu aproximadamente duas mil pessoas no bairro da Iputinga, na capital pernambucana.

Perguntar não ofende: E você, é mais para Olavo ou para Zé de Abreu? Resposta no (81) 9.9198-0838.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Mimimi pq tem gente como vc. Analfabeto político e ignorante .

Fernandes

Mimimi tu é mais um bolsoameba.

Mimimi

Fernandes pergunta: Um homem expulso do exército por problemas mentais pode ser presidente da República? Respondo; Se um animal, analfabeto, encantador de burros e cachaceiro pode ser presidente. E uma anta que possui o cérebro comandado por larvas da mosca branca e que ainda por cima de tudo saúda a mandioca também pode ser presidente; então um cara que se tornou militar com excelentes notas, será presidente sim.

Mimimi

Fernandes pergunta; Como um presidente tão ignorante irresponsável incompetente imoral conseguiu enganar tanta gente que se acha inteligente? Respondo: Fácil, basta usar vermelho, apoiar ditadores porém se chamar de socialista, ser contra o capitalismo mas não largar o seu celular de marca, ser contra a meritocracia porém fazer concurso público, acreditar que Max foi algo além de um bêbado, depravado e sustentado pela mulher. Sem falar que deve ser contra qualquer coisa que defenda a família e também contra a PM, mesmo que quando assaltado, ligue para ela para prestar queixa.

Fernandes

Retrato do Brasil de bolsonaro, menina de 10 anos pega o revólver do pra brincar e se mata em São Caetano do Sul SP.


bm4 Marketing 6


15/03


2019

Coluna do sabadão

Gestão reconhecida

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Após recuperar a Prefeitura de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana, a gestão do prefeito Bruno Pereira ganha fôlego. Com obras espalhadas pela cidade, além do apoio de 11 dos 15 vereadores que formam a Câmara Municipal, inclusive do presidente da Casa, Cícero Pinheiro, Bruno deslanchou e já vem ganhando forças para 2020.

No setor de Infraestrutura, o chefe do Executivo vem investindo em pavimentações de ruas; reforma do Centro Social Urbano; construção de uma moderna Clínica de Fisioterapia; reforma do Ginásio José Pereira (Pereirão) e da Academia das Cidades. Na Assistência Social, o Governo Municipal também cadastrou milhares de famílias que irão morar nos Residências Dona Lindu e São Lourenço da Mata I, II e III, que, juntos, oferecerão 1.476 moradias populares.

Já na área da Saúde, Bruno vem ampliando os serviços como a reabertura do bloco cirúrgico do Hospital e Maternidade Municipal Petronila Campos (HPC); reforma da maternidade; aumento do número de procedimentos em exames do laboratório e abertura da emergência odontológica, além de exames como eletrocardiograma e ultrassonografia.

No Centro de Especialidades Médicas do município, aumentou para 14 o número de especialistas, que, juntos, oferecem mais de 1400 atendimentos por mês. Mas não para por aí! Com uma equipe de secretários extremamente preparados, o prefeito Bruno Pereira conseguiu implantar no município o Procon, além de trazer diversos cursos de qualificação profissional, que são oferecidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

Empregos em São Lourenço – O prefeito Bruno Pereira vem se articulando não apenas no meio político. O chefe do Executivo conseguiu trazer para São Lourenço da Mata a indústria MOR, que irá gerar mais de 800 empregos. Com isso, o gestor, em tempos de crise, assegurou postos de trabalho para os cidadãos de São Lourenço.

Municipalização – A gestão de São Lourenço da Mata também está implantando a municipalização do trânsito, um desejo antigo dos moradores, que permitirá à prefeitura gerir o segmento de modo a assegurar mais qualidade para os usuários. E em breve, o prefeito também abrirá concurso para a Guarda Municipal, que ajudará na gestão do trânsito.

Poder Legislativo – Além do aliado, vereador Cícero Pinheiro, presidente da Câmara Municipal, Bruno Pereira também conta com o apoio do deputado estadual Guilherme Uchoa Júnior (PSC), na Assembleia Legislativa. O lastro forte que o prefeito montou o ajudará não apenas na gestão, mas na política – 2020 é logo ali.

Todos bem! – Aos amigos preocupados, o deputado federal Danilo Cabral explicou que seu acidente, ontem, não passou de um grande susto. O carro com o parlamentar bateu em uma boiada que atravessava a pista, em Betânia. “Graças a Deus, apesar da gravidade do acidente, ninguém sofreu nada. Para os que têm fé, como eu, foi um livramento divino”. Amém!

CURTAS

ESTOCADOS – Um sucesso a audiência pública promovida pelo vereador Alcides Teixeira Neto, ontem, na Câmara do Recife, para tratar da climatização dos ônibus que circulam na capital pernambucana. Durante o ato, foi revelado que 60 ônibus com ar-condicionado encontram-se estocados nas garagens da empresas. E por que essa turma não os bota pra rodar? Que mesquinhez!

ENTROSAMENTO – Dando aula de entrosamento em inúmeras ocasiões, os governadores do Nordeste se uniram em prol de um “manifesto” contra as propostas do Bolsonaro. O grupo, por exemplo, ataca pontos da reforma da Previdência, embora considere o debate “necessário”, e defende o controle de armas.

MARIELLE – Em Caruaru, a avenida que dá acesso à Universidade Federal de Pernambuco passou a se chamar vereadora Marielle Franco. Daniel Finizola foi o autor da proposição.

Perguntar não ofende: E Luciano Bivar, está mergulhado ainda?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

A maioria das pessoas que apoiam Bolsonaro não manifestam nenhuma solidariedade sobre a morte de Marielle. Porquê? BANDO DE CANALHAS!!!!!

marcos

Magno cadê a reportagem do povo contra o STF?

marcos

Acusado de matar Marielle negociava compra de armas no exterior, NOS GOVERNOS PETISTAS DE LULA E DILMA. .................../////////////////........... A promotora Simone Sibílio disse que Ronnie Lessa, acusado de matar Marielle Franco, negociava a compra de armas de empresas “americanas, alemãs, chinesas e inglesas”.

marcos

E aí mortadela cadê a denúncia de Bebiano que derrubaria o governo? Bando de CANALHAS!!!!!

marcos

O Brasil acima de tudo e Deus acima de Todos! Aprende boneca vermelha.




15/03


2019

Coluna da sexta-feira

Na pressão

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Os dois milhões de usuários de transporte público na Região Metropolitana do Recife penam todo santo dia em ônibus que mais parecem o inferno de tanto calor – isso sem falar nas outras mazelas. Enquanto isso, as empresas operadoras ganham cada vez mais dinheiro em um negócio extremamente lucrativo apenas para elas. Em troca, prestam um serviço de péssima qualidade.

Diante dessa triste e antiga realidade, mais do que um estímulo ao debate, a coluna de hoje é uma cobrança mesmo para que os barões do transporte público tratem seus clientes – sim, são os usuários que pagam a maior parte da conta – e seus próprios funcionários com dignidade e respeito. É hora da sociedade se mobilizar para agir.

O primeiro passo é a climatização dos coletivos. Hoje, às 9h, no Plenarinho da Câmara Municipal do Recife, o vereador Alcides Teixeira Neto vai realizar uma audiência pública para discutir seu projeto de Lei que obriga as empresas a instalarem ar-condicionado em todos os ônibus que circulam no Recife. Os movimentos que formam a luta por melhores condições no sistema prometem fazer muito barulho no ato.

E eles estão certos. O projeto de Alcides Teixeira cobra o mínimo. Não precisaria nem de uma lei para obrigar o óbvio; o bom senso deveria falar por si só. Pois as empresas de ônibus se preparem porque a pressão vai ser grande. Chega de descaso! O trabalhador já sofre muito. Ele precisa de dignidade, ao menos, para ir e vir.

Bons exemplos – Outras cidades do Brasil já têm leis semelhantes a que o vereador Alcides Teixiera Neto está propondo sobre a climatização dos ônibus, a exemplo de São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Fortaleza, essa aqui no Nordeste. Por que o Recife também não pode ter? A matéria do vereador já passou pelas comissões, e, após a audiência pública de hoje, vai ser apreciada no Plenário. Estamos de olho, viu, senhores vereadores!

Quentura – Segundo pesquisa da SPTrans, publicada há um tempo pelo Estadão, a temperatura dentro dos ônibus que não são climatizados fica até 12 graus mais quente. Agora, imagina isso nessa “lua” do meu Recife. Não tem quem aguente! Vou te dizer: não vai ter lobby de vereador ligado às empresas de ônibus que faça com que essa matéria não passe no Plenário da Casa José Mariano. E a proposição, inclusive, pode servir de modelo para outras cidades.

Sentença de morte – A decisão do STF, por seis votos a cinco, de permitir a tramitação na Justiça comum de processos da Lava Jato que envolvem crimes eleitorais, representou uma derrota para os procuradores da força-tarefa. O posicionamento do supremo está sendo lido pelos procuradores do MPF como uma sentença de morte para a operação – eles não querem ver as suas deliberações anuladas. Vocês esperavam mesmo algo diferente de suas excelências, os ministros do STF?

Acordar cedo – Participando de uma reunião de trabalho com prefeitos do Agreste Meridional e produtores de leite, ontem, em Bom Conselho, o presidente da Amupe, José Patriota, lembrou uma boa. “Eduardo Campos dizia que secretário tem que ser feito tirador de leite; acordar cedo porque a madrugada do tirador de leite é muito cumprida”. Resultado, arrancou aplausos da plateia! Patriota tem muito de Eduardo no modo de fazer política e entender como os governos devem funcionar: “moendo” para os que mais precisam.

CURTAS

APRESENTADOR – Que o deputado federal Túlio Gadelha gosta de redes sociais, isso não é novidade. Mas o pedetista, em um vídeo postado, ontem, no seu Instagram, mais parecia um apresentador – fazia jogo de câmera e tudo. Imagina aí um programa apresentado por ele e pela amada, a jornalista Fátima Bernardes.

PREVENÇÃO ... – Uma das experiências positivas da participação dos municípios na prevenção à criminalidade vem de Moreno, na RMR. A implantação do Programa Moreno em Ordem apresenta bons resultados. A queda no número de CVLIs mostra que a integração do trabalho da prefeitura com os órgãos de segurança do estado está surtindo efeito.

... DA CRIMINALIDADE – A redução dos homicídios em 2018 comparado ao ano anterior foi de 47%. Lideranças de diversos segmentos sociais passaram por capacitação. Outro fator que ajudou foi o trabalho conjunto realizado pelas polícias e pelo município nas operações. A melhoria na iluminação em todos os bairros é um dos exemplos desse trabalho.

Perguntar não ofende: Quem mandou matar Marielle e Anderson?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Já estamos no 3º mês de governo bolsonaro, qual foi o grande projeto dele para ajudar a população pobre do país?

Fernandes

Alguém sabe me explicar o que é pobre de direita?

marcos

Piada do dia segundo o blog 247: Atentado em Escola jamais mataria Lula! Num Bar talvez.

marcos

Ui mataram um primo de Ronnie, os advogados dele já pediram o comparecimento no velório. E aí Brasil deixa ou não? Se valeu para o bandido lula vale para o resto dos bandidos!

marcos

Quem diria JUPI com serviços de alta tecnologia em informática! Esses governos petistas são [email protected] na Corrupção e no Roubo!




14/03


2019

Coluna da quinta-feira

Armas não

Por Arthur Cunha – especial para o blog

O massacre como o que ocorreu em Suzano (SP), ontem, onde dois jovens mataram dez pessoas sem piedade, trouxe de volta ao debate nacional a questão do porte de arma de fogo. A tragédia fala por si só: é inadmissível que o Governo Federal (via decreto) ou o Congresso Nacional (via voto) permitam a flexibilização, a não ser em casos extremos. Não tem como defender essa bandeira, sendo você partidário do presidente Jair Bolsonaro ou não.

Nossa sociedade, nossos valores e nossas leis ainda são muito rudimentares para vivermos com tamanha liberação. Para além da questão técnica, ou de ideologia política, a saída continua sendo o diálogo, a conscientização e outros tipos de punição que não as que tenham como base a bala. Armas de fogo são para a Polícia, que é treinada para isso – quem sabe para os trabalhadores rurais, mas isso é uma questão que enseja outro debate.

Entrando na política, o massacre atinge ainda mais a já combalida popularidade do presidente e de seus filhos trapalhões, que defendem, inclusive por decreto, a flexibilização do porte. Se Bolsonaro queria um argumento para abandonar de vez esse debate, agora ele já tem.

Esse cenário piora quando pipocam as notícias da relação da família Bolsonaro com as milícias do Rio de Janeiro. E o que poderia piorar, piorou. Não podemos fazer ilação, é claro. Mas o fato dos executores da ex-vereadora Marielle Franco, morta junto com seu motorista Anderson, morarem no mesmo condomínio onde o presidente tem casa é mais um complicador. A hora, agora, é de desarmar pessoas e discursos. Façamos esse debate.

Água e óleo – Não dizem que água e óleo não se misturam? Pois em Caruaru isso está prestes a acontecer com a eventual aliança entre os ex-prefeitos e deputados estaduais José Queiroz e Tony Gel. Os dois grupos políticos devem se juntar para tentar tirar a prefeitura de Raquel Lyra, em 2020. A provável chapa terá Queiroz na cabeça de chapa com Toninho Rodrigues, filho de Gel, na vice. Quem está doido pelo sucesso dessa candidatura é Manoel Jerônimo, suplente de Queiroz na Alepe.

Coraçãozinho – É uma celebridade mesmo a delegada-deputada Gleide Angelo. Ontem, em discurso da socialista na tribuna da Alepe, um grupo de alunos na galeria parecia que estava em um show de Anitta. Era menino fazendo foto, menina gritando. Até coraçãozinho fizeram para a parlamentar, que devolveu o gesto abrindo um sorriso. Reza a lenda que ela vai mesmo é concorrer à prefeita, só falta decidir a cidade.

Gestão Cidadã – Surubim será o primeiro município do Projeto Gestão Cidadã da Amupe, uma parceria entre a entidade e a União Europeia, com o objetivo de aplicar metodologia para elaboração de planos municipais com a finalidade de fortalecer a participação e transparência local do município. A partir daí, as 15 cidades (Bezerros, Caruaru, Cumaru, Cupira, Águas Belas, Machados, Quipapá, Calumbi, Carnaíba, Flores, Santa Cruz da Baixa Verde, Solidão, Tabira e Toritama) que fazem parte do projeto também terão seus planos elaborados. 

Segurança – A deputada estadual Dulcicleide Amorim se reuniu com o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, para debater medidas de redução da violência nos municípios de Dormentes, Petrolina e Afrânio. Entre as pautas, a parlamentar solicitou a implantação de plantões nos fins de semana e feriados na Delegacia da Mulher, além da ampliação do policiamento com uma Patrulha Maria da Penha em Petrolina, objetivando reduzir o índice de criminalidade contra a mulher. 

CURTAS

SALÁRIOS – Em meio à tantas pautas sem pé nem cabeça, o Senado Federal aprovou uma proposta importante, ontem, que prevê multa para o empregador que não pagar o mesmo salário para homens e mulheres na mesma função. A proposição, que altera a CLT, segue para ser avaliada na Câmara dos Deputados.

APROVAÇÃO – As pesquisas de opinião mostram que está acima dos 90% a aprovação do prefeito de Paudalho, Marcelo Gouveia, cuja reeleição está pavimentada. Seu irmão, Gustavo Gouveia, assumiu o mandato recentemente na Assembleia Legislativa e também já desponta como um bom quadro político.

SEGUIR CARREIRA – Apesar da pouca idade, Guilherme Uchoa Neto já mostra que pode seguir carreira na política – ele acompanha o pai, Guilherme Uchoa Júnior, nos eventos. O jovem tem tudo para ser o próximo candidato da família Uchoa quando atingir a idade.

Perguntar não ofende: Você é contra ou favorável à flexibilização do porte de armas de fogo? Respostas no (81) 9.9198-0838.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

O pé de laranja do bozo tá ficando podre se empurra ele cai.

Fernandes

A gente já começa a separar os eleitores do bolsonaro em dois grupos: O primeiro votou por achar que ele poderia ser solução. Estes estão calados, claramente envergonhados. O segundo é composto por fascistas. Estes estão tentando passar pano para todas as atrocidades.

Fernandes

Esse episódio de Suzano, infelizmente ainda vai se repetir muito. Isso que deu incentivar o uso de armas. Foto fazendo arminha.

Fernandes

Quem tem mais moral o Brasil de Bolsonaro ou o cabaré de Rita?

Fernandes

O que tem a dizer aqueles fiéis das igrejas que fizeram arminha, sobre a violência contra inocentes no Brasil?




11/03


2019

Coluna da terça-feira

O associativismo como solução

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Diz a sabedoria popular que tempos de crise são os melhores para unir pessoas e instituições em prol de um objetivo comum, que ajude a amenizar a dor de todos. Nessa lógica, os nove governadores do Nordeste vão recorrer a uma alternativa que já é referência entre os municípios pernambucanos, e que tem auxiliado os prefeitos daqui a encontrarem soluções para seus intermináveis gargalos: o associativismo. Na próxima quinta-feira, no Palácio dos Leões, em São Luís, Maranhão, será assinado por esses gestores o protocolo de criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, ou Consórcio Nordeste, como já se convencionou a chamar.

Com a iniciativa, eles terão a possibilidade de firmar parcerias objetivando otimizar e economizar os recursos empregados na administração pública. Via consórcio, poderão ser feitas compras compartilhadas entre os estados, reduzindo os custos de produtos e serviços – a aquisição de medicamentos e de material escolar com preços mais acessíveis são exemplos de sucesso dessa experiência. Além de parcerias em áreas como segurança pública; administração prisional; desenvolvimento socioeconômico; infraestrutura; meio ambiente; tecnologia e inovação, só para citar as mais recorrentes.

A prática não é novidade em Pernambuco. Aliás, somos referência no assunto. Temos, hoje, 13 consórcios funcionando no estado; 12 no âmbito regional e um no estadual: o Consórcio de Municípios Pernambucanos (Comupe), presidido pelo prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, que também dirige a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe). Integram o colegiado, além de Afogados, as cidades de Águas Belas, Arcoverde, Bezerros, Buenos Aires, Chã de Alegria, João Alfredo, Lagoa Grande, Moreno, São Bento do Una e Serra Talhada.

Utilizando a ferramenta da compra compartilhada, o Comupe já conseguiu baixar em 30% os preços de medicamentos pagos pelas prefeituras. Esses recursos poderão ser investidos em outras políticas públicas. Temos um case de sucesso que, certamente, servirá de referência para o Consórcio Nordeste. Palmas para os governadores da região, que, por sinal, dão mostras todos os dias de que vão caminhar unidos neste próximo quadriênio. Melhor para o Nordeste e seu povo, que já sofre muito preconceito por parte do “Sul Maravilha” e da União.

Desenvolvimento Sustentável – Falando em José Patriota, o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco e prefeito de Afogados da Ingazeira participa de debate, hoje, na CBN Recife, das 15h às 16h. Patriota vai falar da experiência da Amupe com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), área coordenada por ele na Confederação Nacional de Municípios (CNM), com atuação em todo o Brasil.

Tentativa e erro – A gestão Bolsonaro funciona na base da tentativa e erro: toda vez que dá uma confusão, o presidente escala um militar para tentar resolver. Se continuar desse jeito, logo teremos mais militares no atual governo do que na época da Ditadura. Foi assim na recente crise das redes sociais. O coronel Didio Pereira de Campos entrou para o time com o objetivo de tentar conter a verborragia do presidente. Vocês acham mesmo que ele vai conseguir? Quem não deve ter gostado nada disso foi Carluxo, o filho trapalhão 02 do Jair, que adora tuitar pelo pai.  

Opção – Comenta-se, nos bastidores da oposição, que o ex-ministro e deputado federal Fernando Filho pode ser o cabeça de chapa em uma eventual aliança DEM/MDB para a Prefeitura do Recife. A opção ganhará força se os senadores Jarbas Vasconcelos e Fernando Bezerra Coelho selarem mesmo a paz. Para concorrer, a exemplo do pai, Fernandinho teria que mudar o domicílio eleitoral para a capital. A equação, contudo, ainda precisaria contemplar uma saída honrosa para Priscila Krause, que também está no páreo.

Audiência pública – Atento aos movimentos que culminaram no aumento das passagens de ônibus, o vereador Alcides Teixeira Neto vai realizar uma audiência pública para discutir seu Projeto de Lei 360/2017 – a matéria determina a instalação de ar condicionado em todos os coletivos que circulam no Recife. O encontro acontecerá na próxima sexta, a partir das 9h, na Câmara; e vai reunir parlamentares, representantes dos movimentos pela democratização do transporte público, das empresas, e da própria sociedade.

CURTAS

ANIVERSÁRIO – O presidente da Câmara de Vereadores, Eduardo Marques, vai acompanhar, hoje, a tradicional cerimônia de corte do bolo pelo aniversário do Recife ao lado do prefeito Geraldo Julio – o ato será no Compaz Governador Eduardo Campos, às 9h. No plenário da Casa, à tarde, também haverá uma saudação especial pela data.

NOME – Um novo bloco de oposição composto pelos vereadores Cezar Andrade (presidente da Câmara), Abrão Gomes, Jeck Leone, Jean da Peixoto e Goga Jogador, juntamente com o empresário Sivonaldo da Churrascaria, se uniu ao ex-vice-prefeito de São Caetano, Josafá Almeida. A meta é lançar Josafá candidato a prefeito.

PALESTRA – Convidado pela Rede Gestão e pelo Conselho Pernambuco Desafiado, o economista e ex-governador do Espirito Santo, Paulo Hartung, estará no Mar Hotel, na próxima quinta, às 8h30, para debater e apresentar o modelo de gestão que implantou no seu estado, ajudando o governo capixaba a enfrentar a crise, reconquistar o equilíbrio fiscal e inovar em políticas sociais.

Perguntar não ofende: Vão mesmo enterrar a Lava Jato?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Foi Bolsonaro quem armou esse menino Atirador de Suzano era fã de armas e de Bolsonaro : atirador suzano massacre. Os perfis nas redes sociais atribuídos a Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, indicam que ele era um amante de armas e apoiador de Jair Bolsonaro

Fernandes

A reportagem também aponta que a família de Bolsonaro está sob escrutínio por seus laços profissionais e pessoais com milicianos.

Fernandes

A tragedia da escola é culpa de bolsonaro, que só prega ódio, fiquemos atentos vai acontecer mais.

marcos

Quem mandou matar Celso Daniel, Palocci, Lula, Dirceu, Okamoto, Mercadante, Berzoíne, Rui Facão, Dilma ou Fernando Bittar?

marcos

New York Times revela em edição especial o que todos os Brasileiros já sabemos: O presidiário lula é um Bosta!




11/03


2019

Coluna da segunda-feira

Medo – Bolsonaro no Planalto

Por Arthur Cunha – especial para o blog

O decano do Jornalismo Político, Bob Woodward, afirma, em seu mais recente livro, intitulado “Medo - Trump na Casa Branca”, que assessores próximos ao presidente norte-americano aplicaram o que ele chamou de Golpe de Estado Administrativo – essa obra, por sinal, já nasceu um best seller, tendo mais de um milhão de exemplares vendidos na primeira semana. Temendo pela sanidade mental do líder da maior potência do planeta, esses funcionários, entre eles alguns equivalentes aos nossos ministros, esconderam memorandos e sonegaram informações de modo a impedir Trump de tomar decisões precipitadas pelas quais os Estados Unidos pagariam um alto preço.

Na prática, o que aconteceu foi um enfraquecimento da vontade do mandatário e de sua autoridade constitucional, afinal, ele foi eleito legitimamente para o cargo. “Um colapso nervoso do Poder executivo do país mais poderoso do mundo”, concluiu Bob Woodward, que já cobriu nove presidentes pelo Washington Post; escreveu 18 livros; ganhou dois prêmios Pulitzer e foi coautor da série de reportagens com Carl Bernstein sobre o caso “Watergate”, ainda nos 70, que culminaram na renúncia do então presidente Richard Nixon.

Se, ao ler esse preâmbulo, você fez um comparativo com o que estamos vivendo no Brasil, parabéns, você está certo. E pode se assustar, viu! É justamente isso, um Golpe de Estado Administrativo – ou mesmo um Impeachment –, que muita gente já defende em Brasília; no Congresso e na Caserna. A constante falta de decoro do presidente e dos seus filhos trapalhões está causando arrepios nos principais grupos que integram a administração: os militares e a turma da economia, ligada ao superministro Paulo Guedes. Inspirado no ídolo Trump, por quem será recebido no próximo dia 19, Bolsonaro parece seguir o mesmo script do norte-americano ao usar as redes sociais para destilar ódios desnecessários e criar polêmicas estapafúrdias que estão acabando, em tempo recorde, com seu próprio capital político. Com isso, ele esquece de governar.

Os fatos da última semana só comprovaram, de forma cabal, o que muitos já tinham certeza: Bolsonaro não faz ideia do que é ser presidente da República. Não tem filtros; não se preparou para exercer o cargo; não tem postura. Na linguagem popular, é um “sem noção”; um papangu que deu certo. A culpa, é preciso se dizer, não é só dele. E menos de quem o elegeu, porque votou nutrido de um sentimento de mudança necessário diante de tanto desgoverno, e mais da classe política – aí eu estou incluindo os principais líderes e partidos dominantes de outrora –, que falhou na missão de conduzir a nação. Agora, é torcer para a divindade (ou como você queira chamar) iluminar a cabeça do nosso presidente sem juízo. Este país não aguenta outro Impeachment. Que Deus nos ajude!

Olavistas x Militares – Não bastasse Bolsonaro, seus filhos trapalhões e seu partido “laranja”, o guru do Bolsonarismo, Olavo de Carvalho, é outro que está jogando contra. O filósofo, sustentáculo do núcleo ideológico do governo, entrou em guerra declarada contra os militares. Sexta, mandou seus alunos deixarem a administração. Agora, os olavistas estão acusando a turma da caserna de perseguição. Assessor especial do MEC, Silvio Grimaldo disse que o presidente preferiu os “generais positivistas” aos “ativistas intelectuais de Direita”. É uma guerra de egos!

Previdência – No bojo desse embate, o secretário de Políticas de Previdência Social, Leandro Rolim, afirmou que a alíquota para os militares vai aumentar de 7,5% para 10,5%. “A contribuição de pensionista, que hoje é zero, vai ser de 10,5%, igual à do militar. O tempo de atividade vai de 30 para 35 anos. E vai aumentar o percentual de militares temporários, reduzindo, portanto, a atividade militar. O temporário, depois que sai, não vai para a reserva, vai para o regime geral, ou, se passar em um concurso, para o regime próprio”, informou.

Fusão – O Estadão noticiou que deu para trás a fusão da Rede Sustentabilidade com o PPS. O partido de Marina Silva foi quem desistiu da proposta. Seus filiados avaliaram que o movimento a ser feito deve ser o de insistir no projeto que teve apenas 1% dos votos para a Presidência, em 2018. A própria Marina votou pela manutenção da sigla, que não conseguiu ultrapassar a cláusula de desempenho no ano passado. Teve gente também reclamando da falta de diálogo da turma de Roberto Freire durante as negociações.

Pouca relevância – Por aqui, as duas siglas devem continuar com pouca relevância, ficando a reboque de outras forças. A Rede, sem liderança, parece um balaio de gato – tem mais cacique do que índio. Já o PPS, que tinha um papel importante na época de Raul Jungmann, hoje é um partido esvaziado; seus principais quadros, ligados ao ex-ministro, optaram pelo afastamento depois do comando da legenda ir para Daniel Coelho. Uma pena! Tanto a Rede quanto o PPS tinham tudo para serem destaques no cenário local.

CURTAS

CHAPA ÚNICA – A exemplo da Amupe, que reelegeu o prefeito José Patriota (Afogados da Ingazeira) como seu presidente, a UVP também só registrou uma única chapa para a sua direção. O pleito, que acontece no final do mês, durante congresso da entidade, vai ratificar o nome de Josinaldo Barbosa, atual mandatário.

AFINADOS – Novo presidente do PR em Pernambuco, o prefeito Anderson Ferreira (Jaboatão dos Guararapes) deu mais uma mostra de que está afinado com Fernando Bezerra Coelho ao entregar o comando do diretório do PR em Petrolina a um aliado do senador: Simão Durando, secretário municipal de Governo e Agricultura.

RÁDIO – O jornalista Aldo Vilela está de volta ao rádio no próximo dia 25. Ele vai comandar o departamento de Jornalismo da Rádio Transamérica FM 92.7 Recife. Aldo vai ancorar dois programas na casa. Começa pela manhã, das 6h às 7h. À tarde, estará no Transamérica debate, das 15h às 16h.

Perguntar não ofende: Bolsonaro come o milho do São João?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bozo tem fetiche por gays. 1° kit gay, 2°mamadeira gay e agora vídeo gay. Se liberta capetão. Sai desse corpo.

Fernandes

Posta foto tomando café em copo de requeijão, assina decreto com caneta BIC e gasta mais de 1 milhão no cartão corporativo.Quem é?

Fernandes

Feminicídios aumentaram, desde que o presidente do Brasil é um homem que chama mulheres de fraquejadas.

Fernandes

O cara não sai do twitter. Só divulgando Fake News e pornografia. Que presidente é este?

Fernandes

A religião e as guerras em nome de Deus. Pense em uma palavra detestada, odiada, abominada, repudiada, execrada e marginalizada. Pensou? Não, é pior que isso. Tomara que você não se assuste e nem caia de cadeira ao ouvir isso: religião. Vou repetir: r-e-l-i-g-i-ã-o. O poder que essa palavra tem sobre as pessoas é destruidor. Alguns se insuflam de ódio só de ouvir a palavra. Outros fazem guerra por ela ou contra ela. Uma minoria insignificante de retrógados e reacionários ainda ousa perder o seu tempo defendendo-a. Que sacrilégio!




09/03


2019

Coluna do sabadão

Para além da promessa de campanha

Por Arthur Cunha – especial para o blog

As dificuldades que atrapalharam o andamento de várias ações do primeiro mandato do governador Paulo Câmara vão ficando no passado. O tema segurança, matéria que mais incomodou o gestor ao longo dos três primeiros anos de governo, é um bom exemplo. Câmara passou, já em 2018, a colecionar bons números, e, hoje, coloca Pernambuco como o estado que mais reduz a criminalidade no Brasil. Agora, ataca outra área: a social. Para tal, lançou o 13º do Bolsa Família.

Com o anúncio, feito nessa sexta-feira, o governador consegue, além de cumprir uma das principais promessas de sua campanha à reeleição, vislumbrar um novo momento junto aos mais pobres. Estamos falando de um alcance de mais 3,3 milhões de pernambucanos que são beneficiados pelo Bolsa Família. Nenhuma outra ação ou programa do Governo do Estado têm essa capilaridade; chegando, efetivamente, à casa de 35% da nossa população. 

A engenharia para isso não é fácil. O governador precisou afinar com a sua equipe os detalhes que causaram ruídos durante a apresentação do projeto, ainda no ano passado, na Assembleia Legislativa. Tudo superado. A medida vai diminuir a burocracia e aperfeiçoar a relação da iniciativa com outro novo programa criado, a Nota Fiscal Solidária.

Essa ferramenta, que antes soava como um grande dificultador para o recebimento 13º do Bolsa Família, passou a ser a chave para o Governo Paulo Câmara superar, inclusive, o pagamento extra do benefício, que deverá ser feito pelo Governo Federal; já que a apresentação de notas fiscais deixou de ser uma obrigação para quem recebe e assumiu o status de reforço no valor final a ser recebido. O próximo passo do governador é centrar fogo na comunicação do programa com o objeto de transformá-lo em uma de suas marcas.

Voo – O secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, comemorou o lançamento do voo ligando o Recife a Santiago. “Temos a certeza de que será uma excelente porta de entradas de turistas para Pernambuco. Os chilenos gostam de viajar para aproveitar destinos culturais e de natureza e aventura, que estão entre as especialidades do Estado. A partir de julho, vamos fazer um importante trabalho de divulgação do destino”, pontuou.

Investigação – O TRE autorizou a Polícia Federal a investigar o Laranjal do PSL em Pernambuco. Candidata à deputada federal pelo partido do presidente Bolsonaro, Maria de Lourdes Paixão recebeu R$ 400 mil da legenda via fundo partidário; mas só teve 247 votos. O deputado pernambucano Luciano Bivar, presidente nacional da sigla, foi para frente e para trás e não explicou a história cabeluda. Agora é com a PF!

Já larguei – Este colunista procurou, ontem, o Ministério Público para checar se o órgão iria recorrer da decisão do TJPE de indeferir o afastamento do prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira. Por meio da sua assessoria de Imprensa, o MPPE informou que não poderia dar a resposta porque, às 16h20, hora da ligação, a promotoria da cidade já estava fechada. E ainda tem gente que reclama quando eu chamo esse povo de semideuses do serviço público.

Outdoor – O blog de Nill Júnior noticia que uma simples campanha do Dia da Mulher, em Serra Talhada, virou holofote para divulgar a secretária de Saúde, Márcia Conrado, tida como a preferida do prefeito Luciano Duque para sucedê-lo. Um outdoor na cidade destaca, bem no meio da foto, a figura da pré-candidata. Márcia, claro, negou. Mas a imagem fala por si só. O jogo lá parece já está jogado.

CURTAS

PRESIDÊNCIA – A advogada Diana Câmara foi escolhida presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Pernambuco. A profissional já integrou a mesma comissão na Nacional como secretária. Na última campanha, ela coordenou o registro de candidaturas da Frente Popular e atuou no jurídico do então governador de São Paulo, Márcio França.

ELEIÇÃO... – A eleição para a Presidência dos Estados Unidos só será em 2020, mas o presidente Donald Trump já contratou um consultor para tratar da sua reeleição. Bill Shine, ex-diretor de Comunicação da Casa Branca, deixou a função para trabalhar na campanha do chefe.

... NOS EUA – Derrotada por Donald Trump em 2016, a ex-senadora Hillary Clinton descartou concorrer novamente ao cargo em 2020. A lista de candidatos democratas já conta com dez nomes; o que é comum lá por aquelas bandas, cujas primárias são bem agitadas.

Perguntar não ofende: Qual será a polêmica com Bolsonaro neste final de semana?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

marluxa de camaragibe, deixa de ser um falso crente. Que Deus tenha piedade de ti!!!

marcos

Nehemias , que Deus tenha piedade de ti!

Fernandes

Damares foi abusada por pastores, a família evangélica não a apoiou e ela acha que a religião vai salvar o Brasil

Fernandes

Crente o que você sente quando...O teu pastor está chegando de helicóptero...E você chegando a pé?

Fernandes

E você ai falando em Deus. Você nem se lembra dos descamisados, dos marginalizados. Alguns só são cristãos da boca para fora. e se dizem cristãos e frequentam templos ou igrejas apenas para disfarçar sua índole egoísta e exploradora. Se Jesus voltasse nos dias de hoje, com certeza ajudariam a crucificá-lo novamente. Quando amamos a Deus, amamos os nossos semelhantes. Porque ele está em cada pessoa que sofre no mundo. Te liga marluxa de camaragibe , tu é daqueles que só olha pro teu umbigo.




08/03


2019

Coluna da sexta-feira

Chama o Mourão

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Este governo recém-nascido é tão, mas tão surreal, que um personagem com o perfil do general Hamilton Mourão acabou se tornando o mais apaziguador da turma que forma o entorno do presidente. Vocês não leram errado, não. É isso mesmo! O outrora falastrão candidato a vice, afeito às declarações desastrosas, é, hoje, a figura de proa mais moderada dessa administração; a quem – pasmem! – os demais generais do Exército e representantes do primeiro escalão recorrem na hora de tentar apagar os incêndios causados, justamente, por quem deveria ser o mais ponderado do grupo: o senhor Jair Bolsonaro.

Com viagem marcada ao Recife, onde receberia, hoje, o título de cidadão na Câmara Municipal, o vice-presidente teve de cancelar a agenda às pressas para ficar em Brasília. O motivo, como este blog antecipou com exclusividade, foi o fato dele ter sido convocado para contornar mais uma crise criada pelo chefe. Em um discurso de apenas cinco minutos – imagina se ele fala mais?! –, Bolsonaro conseguiu dizer que só há Democracia no Brasil porque as Forças Armadas querem. Pronto, a fala caiu como mais uma bomba e gerou um novo imbróglio na República. “E agora, quem poderá nos ajudar?”, perguntaram na Caserna. “Chama o Mourão!”, devolveram os generais.

Já que é indemissível, o vice pode passar os recados da cúpula do Exército a Bolsonaro, além de expressar as suas próprias opiniões com mais liberdade que os ministros, por exemplo. A crescente preocupação com os rompantes do presidente, seu gênio indomável e a influência negativa dos seus filhos trapalhões está chegando ao chefe do Executivo pelo seu segundo em comando. A crise do golden shower no Carnaval, somada às declarações de ontem, jogaram mais lenha na fogueira dos que já falam em Impeachment. Nem a Live que Bolsonaro fez conseguiu abafar o assunto.

O problema maior é se Mourão, a exemplo de Michel Temer, for picado pela Mosca Azul do poder e passar a desejar a cadeira de Bolsonaro (se já não foi); começando a tramar com militares insatisfeitos e congressistas revoltados o afastamento do zero um. Motivo para tal não é bem um empecilho. Se não tiver, se arruma – vide as “pedaladas” de dona Dilma Rousseff. Em um governo imponderável como o atual, tudo pode acontecer. É torcer para que todos se acalmem. Afinal, já temos muitos gargalos para solucionar e uma crise econômica para superar.

Bolsonaro Influencer – A fala de Bolsonaro mais cedo foi tão atrapalhada que, à noite, o presidente fez uma Live para comentar essa e outras polêmicas, como o aumento dos cartões corporativos e a Previdência. Colocou o general Augusto Heleno, ministro do GSI, para negar que ele tenha dito o que disse, condicionando a Democracia brasileira à vontade dos militares. Bolsonaro assumiu de vez seu lado Digital Influencer. Vai fazer toda quinta um ao vivo para avaliar o que saiu na mídia. Deve estar sem ter o que fazer. Já não basta a verborragia do Twitter?   

Bolo Tributário – Já que o presidente Bolsonaro quer tanto promover discussões nas redes sociais, aqui vai uma sugestão. Por que ele não aceita dividir o bolo tributário da União de uma forma mais equânime com os municípios? O ano passado, último do Governo Temer, fechou com 19% de participação das prefeituras na repartição de tudo o que foi arrecadado, quando esse percentual deveria ficar entre 23% e 24%. Que tal subir para, no mínimo, 40% em 2019, seu Jair? 

Dia da Mulher – Este oito de março chama atenção para fatos importantes referentes às mulheres na política pernambucana. Apesar da pouca participação no Congresso, apenas com Marília Arraes, temos, pela primeira vez, uma vice-governadora, Luciana Santos, que assumirá interinamente. Na Alepe, são 14 (contando com as Juntas). Além da experiência exitosa das codeputadas nas urnas, tivemos a campeã e a vice de votos para estadual e federal: Gleide Ângelo e Marília. Política é lugar de mulher, sim!

Mal-estar – Por falar nas Juntas, está gerando um mal-estar entre os colegas a participação delas nas reuniões das comissões na Alepe. Pelo regimento, só quem pode estar presente é Jô Cavalcanti, que foi diplomada e tomou posse normalmente. As outras codeputadas, nomeadas formalmente assessoras, devem apenas acompanhar os encontros; o que não tem acontecido já que elas têm participado. A experiência de um mandato compartilhado é interessante, mas há ajustes a serem feitos.

CURTAS

CRESCIMENTO – Dados preliminares da Secretaria de Turismo e Lazer mostram que a média de ocupação hoteleira nos municípios sede do Carnaval ficou em torno de 95%, com destaque para o Recife (98,3%) e Olinda (99%); além de Belém de São Francisco, Bonito, Gravatá, Jaboatão, Surubim e Triunfo; esses com 100% de ocupação. O bom resultado aponta um crescimento de 6% em relação a 2018.

UTI – O deputado estadual Sivaldo Albino enviou indicação ao secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, solicitando a implantação de uma UTI Neonatal no Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns. A demanda é uma antiga reivindicação da comunidade médica que atende na unidade de saúde e do povo da região.

“BREGALIZANDO” – Depois de uma reivindicação do movimento Brega, o ritmo ganhou um polo exclusivo em Casa Amarela, no Recife. O “Bregalizando na Rua” teve sua primeira edição, ontem, nos resquícios do Carnaval, com shows do Conde e das bandas Sedutora e Torpedo. O vereador Hélio da Guabiraba, que apoia a causa, esteve presente.

Perguntar não ofende: Quem consegue segurar Bolsonaro?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

O paciente número 1 do sanatório chamado Brasil vai ao EUA dia 19. Vem merda por aí.

Fernandes

Trump disse que o comunista Coreano é um grande líder, o que dirá do Bozo?

Fernandes

Pq os crentes estão revoltados com o tema da gaviões da fiel se crente não assiste carnaval?

Fernandes

Casal bozo gastou 36,7 mil reais por dia no cartão corporativo em 1 mês. No que será que gastou? Temos direito de saber.

Fernandes

Bozo tem fetiche por gays. 1° kit gay, 2°mamadeira gay e agora vídeo gay. Se liberta capetão. Sai desse corpo.