Gravatá IPTU 2019 Prorro

22/04


2019

Papéis de bobos

Elio Gaspari - Folha de S.Paulo

Pode-se fazer tudo para ajudar a turma da Lava-Jato, menos papel de bobo. Quando o juiz Marcelo Bretas prendeu o ex-presidente Michel Temer, noticiou-se que a procuradora Fabiana Schneider revelou o seguinte:

— Foi identificado pelo Coaf que houve uma tentativa de depósito de R$ 20 milhões em espécie na conta da Argeplan. Esse fato ainda precisa ser investigado e apurado. (...) É um indicativo que a organização criminosa continua atuando.

A Argeplan pertence ao coronel da reserva da PM João Baptista Lima, amigão de Temer. Ficou no ar a cena de um cidadão entrando numa agência bancária com duas malas de dinheiro, cada uma pesando cerca de 25 quilos.

Passou-se um mês e o Ministério Público Federal informou que a cena nunca aconteceu. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Congresso Nordestino de Educação Médica

21/04


2019

Bolsonaro: contratos da patrocínio passam por revisão

Patrocínio da Petrobras.

Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Bolsonaro.  Objetivo é "saber o que fazem com bilhões de reais da população".

Foto:siterenovamidea

Do Jornal do Brasil com Agência Brasil

 

O governo federal determinou a revisão dos contratos da Petrobras que estão em vigor para patrocínios ligados ao setor de cultura. Em publicação hoje (21) no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro disse que a revisão tem o objetivo de “saber o que fazem com bilhões de reais da população brasileira”.

Lançado em 2003, o Programa Petrobras Cultural patrocina projetos de música, artes cênicas e audiovisual. De acordo com a empresa, mais de 4 mil ações já receberam ajuda do programa. A seleção dos projetos se dá por chamadas públicas e por escolha direta. A última chamada aberta pela companhia foi em 4 de dezembro do ano passado. A “Petrobras Música em Movimento 2018” tinha valor total previsto de R$ 10 milhões. [...] Confira na íntegra aqui: Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisãodiz Bo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Transporte PMR

21/04


2019

Delações que expõem advogado e delegado da PF

Delação pode expor advogado que prometeu vantagens com procurador da Lava-Jato do Rio. Enquanto isso, Jacob Barata acusa delegado da PF em delação premiada.

Polícia Federal | Marivaldo Oliveira/Código19

O Globo - Coluna de Lauro Jardim
Por Lauro Jardim e Gabriel Mascarenhas 

 

O jornalista, Lauro Jardim, de O Globo, titular de coluna, que leva o seu nome, informa que, se fechada, uma delação de um peixe graúdo do Rio de Janeiro, que está em processo de homologação pela Justiça, exporá um advogado carioca. O delator relata (e dá os extratos) que pagou R$ 5 milhões ao profissional, que lhe prometeu conseguir vantagens com um dos procuradores da Lava-Jato fluminense. O delator admite que foi enganado e está contando a história justamente aos procuradores do Rio.

Enquanto isso, seu colega de coluna, o jornalista Gabriel Mascarenhas, diz que a proposta de delação premiada de Jacob Barata, o "rei dos ônibus", já nas mãos da força-tarefa da Lava-Jato no Rio de Janeiro, traz uma rajada contra um delegado da PF que foi alvo de buscas no caso Marielle Franco. O delatado tem nome e sobrenome: Hélio Khristian de Almeida é acusado de cobrar propina para enterrar um inquérito que dava dores de cabeça em Barata.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Olinda 2019

21/04


2019

Frente cobra de Onyx Reforma Tributária paralela

Onyx é cobrado por Reforma Tributária Paralela. Bancada da reforma não aprova texto protocolado.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em solenidade no Palácio do Planalto Foto: Jorge William / Agência O Globo

Época - Guilherme Amado

 

Em meio à queda de braço para saber quem vai ser o protagonista da reforma tributária, o Congresso ou o Planalto, deputados estão irritados com o ziguezague de Onyx Lorenzoni. 

A frente parlamentar tem uma proposta própria, em fase final de elaboração, para a qual volta e meia Onyx acena — mas sem, entretanto, bancá-la publicamente.

]Foi protocolada outra proposta, baseada em estudos do economista Bernardo Appy, e que tem o apoio de Rodrigo Maia. Esta, contudo, é rechaçada pela bancada.

Nos últimos dias, Onyx tem tentado apagar o incêndio. Prometeu marcar uma reunião da bancada com Paulo Guedes. Os deputados mais insatisfeitos lembram ao Planalto que a frente tem 200 colegas, e não pode ser desprezada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/04


2019

Preocupações de Maia: previdência e Moreira Franco

As contas de Maia para a reforma da Previdência. Enquanto isso, é aconselhado a manter distância de Moreira Franco.

Rodrigo Maia | Jorge William | Agência O Globo

O Globo - Coluna de Lauro Jardim
Por Gabriel Mascarenhas


Nas contas de Rodrigo Maia, a reforma da Previdência a ser aprovada no Congresso trará, em dez anos, uma economia 20% a 30% menor do que o cabalístico R$ 1 trilhão ambicionado por Paulo Guedes, ou seja, algo entre R$ 700 bilhões e R$ 800 bilhões. 

A propósito, Rodrigo Maia é o grande fiador da reforma junto ao mercado financeiro.

Enquanto isso, Maia foi aconselhado por gente que conhece de Direito Penal a manter distância de Moreira Franco. Visitas, então, sugeriram os conselheiros, nem pensar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

21/04


2019

Militares fazem filhos de Bolsonaro baixarem a bola

Após generais intervirem, filhos de Bolsonaro baixam a bola. Flávio, Carlos e Eduardo Bolsonaro estão mais comedidos nas redes sociais nas últimas semanas.

Família Bolsonaro: Carlos, Flávio, Jair e Eduardo Bolsonaro Foto: Reprodução/ Flick

Época - Guilherme Amado

 

Flávio sempre foi o mais maduro dos três.

Eduardo, embora seja o mais jovem dos três, também estava alguns degraus acima na escada da educação e da cordialidade.
Carlos, cujo pai se orgulhava de ser pitbull, também deu uma amenizada nas rosnadas.

Não foi à toa: generais com assento no Palácio do do Planalto recomendaram Jair Bolsonaro a conversar com os três e explicar que, na direção que especialmente Carlos ia, a coisa iria azedar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

21/04


2019

Nos bastidores, Bolsonaro incentiva ataques a Mourão

"Em 2022, ele vai ter uma surpresinha"

Lauro Jardim - O Globo

Jair Bolsonaro traçou uma estratégia para fazer frente aos movimentos de Hamilton Mourão, sem criar mais ebulição num governo que parece navegar em permanente efervescência: trata-se, na prática, de terceirizar ataques.

Bolsonaro tem estimulado alguns de seus líderes a descerem a borduna no vice.

A coluna teve acesso a um áudio de WhatsApp em que Bolsonaro lança algumas de suas marcas registradas verbais ("valeu aí" e "é isso aí") para agradecer e, mais grave, incentivar um aliado que lhe informara que vinha criticando Mourão nas redes sociais.

Em outro diálogo, com uma frase, Bolsonaro prevê que a batalha doméstica contra o companheiro de caserna vai perdurar pelos próximos três anos anos.

Mais: dá a entender que pensa mesmo em disputar a reeleição.

"Em 2022, ele vai ter uma surpresinha".

Palavras de capitão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/04


2019

Da cá, toma lá: Bolsonaro e o pai de Neymar

Elio Gaspari – Folha de S.Paulo

O pai e empresário do jogador Neymar, a quem a Receita Federal cobra um espeto milionário, foi ao presidente Bolsonaro tratar de seus interesses.

O capitão recebeu-o e tirou retrato, mas o caso ficou com o ministro da Economia, Paulo Guedes. O Ministério da Economia informou que “todo o encaminhamento da questão ocorrerá no âmbito do processo e observará todas as premissas legais aplicáveis”. Ou seja, por enquanto, nada feito.

Se esse procedimento for repetido, diminuirá o número de pessoas que vão ao Planalto ou aos gabinetes de ministros para pedir algum tipo de dá cá, em troca de um toma lá. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 3