ArcoVerde

15/11


2018

Riscos do Novo Federalismo proposto Bolsonaro e Guedes

Riscos do Novo Federalismo de Bolsonaro e Guedes. A promessa de dividir recursos arrecadados em leilões do pré-sal, em troca de apoio dos governadores à reforma da Previdência, é um mau começo.

Veja - Por Maílson da Nóbrega

 

O presidente eleito e seu futuro ministro da Economia são partidários de uma maior descentralização das receitas da União, o que seria um Novo Federalismo. Bolsonaro assim falou logo após ganhar as eleições. Paulo Guedes defendeu várias vezes a ideia em sua coluna semanal no jornal O Globo.

Guedes é um crítico da centralização de recursos na União, aparentemente desconhecendo que a federação brasileira é uma das mais descentralizadas do mundo. A participação federal nas receitas disponíveis é de 55,7%, menos do que na Nova Zelândia (88,9%), na Áustria (65,1%) e no México (57,8%).

A partir de 1979, a transferência das receitas do Imposto de Renda e do IPI para estados e municípios passaram de 20% de cada um deles para 49% do Imposto de Renda e 59% do IPI. A Constituição de 1988 lhes transferiu a arrecadação federal dos impostos únicos sobre combustíveis, energia e minerais.

Apesar disso, os últimos quarenta anos têm sido caracterizados por recorrentes crises fiscais dos estados. As transferências possibilitaram a elevação dos gastos de pessoal e previdenciários, que hoje se aproximam de 80% da arrecadação em alguns estados. Dezesseis deles não cumprirão as regras da Lei de Responsabilidade Fiscal sobre gastos de pessoal, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional.

A nova crise já alcançou o Rio de Janeiro, o Rio Grande do Sul, Minas Gerais e o Rio Grande do Norte. Estima-se que nos próximos dois anos mais de vinte estados ficarão impossibilitados de pagar pessoal, aposentados e outros destinatários de seus recursos.

O governo federal, é certo, não pode ficar alheio à quebra dos estados, que são responsáveis por três dos principais serviços prestados à sociedade: segurança, saúde e educação. Há que desenvolver um programa para salvá-los, condicionado a duras reformas estruturais centradas essencialmente nas áreas de pessoal e previdência.

Ontem, Bolsonaro e Guedes anunciaram que vão dividir com estados e municípios os recursos obtidos em leilões de áreas do pré-sal antes concedidos à Petrobras, mediante cessão onerosa associada ao aumento de seu capital. Calcula-se que os leilões possam gerar 100 bilhões de reais. Em troca, os estados apoiariam a reforma da Previdência.

Três erros foram cometidos: 1) a partilha pode abrir um precedente. Os royalties do petróleo passariam a ser distribuídos com todos os estados e municípios e não apenas com os localizados em áreas de extração de petróleo, prejudicando os atuais beneficiários; (2) a partilha seria feita sem compromisso de reformas pelos estados; (3) avaliou-se mal o a influência dos estados em votações no Congresso. Os governadores não têm o poder que se imagina sobre as bancadas dos seus estados, menos ainda em assuntos polêmicos.

Esse passo mal dado pode custar muito ao novo governo e ao país. Para começar, os governadores aproveitaram para reivindicar mudanças na Lei de Responsabilidade Fiscal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Falta médicos no SUS, nas grandes capitais. Quero ver como o mito fake irá convencer os médicos daqui atender tribos indígenas, população ribeirinha e comunidades com índice de malária lá no topo Pago pra ver o doutor que adora postar foto sorrindo no Instagram ir pra lá.

Fernandes

Presta atenção jumento, só existem dois lados: Lula representa os explorados e Bolsonaro os exploradores.

Fernandes

Médicos Patriotas e Cidadãos de bem. Estão convocados para substituir os comunistas cubanos nas aldeias, zonas rurais, florestas amazônica, caatingas. Onde tem malária, tuberculose, esquistossomose, hanseníase, leshimaniose, mas não tem shopping. Brasil acima de tudo. Lembram?

Fernandes

Bolsofake, Carniça.


Asfaltos

15/11


2018

Influência de filho de Bolsonaro na escolha de novo chanceler

Participação ativa (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Filho de Bolsonaro foi determinante na escolha de novo chanceler. Palavra do herdeiro teve peso no bastidor.

Veja - Coluna Radar

Por Gabriel Mascarenhas

 

Eduardo Bolsonaro participou ativamente das conversas que culminaram na opção por Ernesto Henrique Fraga Araújo para ser o chanceler do futuro do governo.

Mais do que isso, a opinião do deputado teve peso. Araújo era o nome preferido do filho do presidente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Duas carniças.



15/11


2018

Bolsonaro e os governadores; Doria dono da festa

Doria tentou ser o dono da festa nessa reunião de Bolsonaro com os governadores.

Foto: Adriano Machado/Reuters

O Globo - Por Ancelomo Gois

 

O dono da bola

João Doria tentou ser o dono da festa nessa reunião que Bolsonaro fez com 20 governadores eleitos, ontem, em Brasília. Ele assumiu o lugar do cerimonialista e conduziu o andamento do encontro, inclusive controlando o tempo que cada um tinha para falar.

Por fim, pediu que todos os presentes deixassem seus números de telefone, pois criaria um “grupo de WhatsApp dos governadores”. Já está em campanha para 2022.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Médicos Patriotas e Cidadãos de bem. Estão convocados para substituir os comunistas cubanos nas aldeias, zonas rurais, florestas amazônica, caatingas. Onde tem malária, tuberculose, esquistossomose, hanseníase, leshimaniose, mas não tem shopping. Brasil acima de tudo. Lembram?

Fernandes

Duas carniças. Estão fadados ao fracasso.



15/11


2018

Socioeducandas da Funase participam de fórum sul-americano

O fórum contará com crianças e adolescentes de cinco países. Evento, que ocorre a partir desta quinta-feira (15), no Rio de Janeiro, discutirá protagonismo juvenil e temas que afetam esse público.

Duas adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) participam, a partir desta quinta-feira (15), do Encontro de Crianças e Adolescentes da Sub-Região Sul, no Rio de Janeiro. Com o tema “O Protagonismo Infantojuvenil em Rede: Fortalecendo a Política de Direitos de Crianças e Adolescentes na América do Sul”, o evento deve reunir mais de 180 meninos e meninas de cinco países para falar sobre experiências e boas práticas desenvolvidas por coalizões de proteção aos direitos da infância e juventude que atuam na região, além de refletir sobre temáticas que afetam esse público. O encontro seguirá até o próximo domingo (18). 

No Brasil, o evento é promovido pelo Fórum Nacional de Defesa das Crianças e Adolescentes (Fórum DCA), pela Articulação Nacional dos Centros de Defesa das Crianças e Adolescentes e pelo Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH). Segundo os organizadores, os países da América do Sul enfrentam problemas comuns nessa área, como o combate à pobreza, a violência, a desigualdade social, a falta de moradia e saneamento básico, a ocorrência de homicídios, trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes, o que torna oportuno que discussões como essas sejam feitas de maneira regional, como o evento propõe.

As adolescentes pernambucanas são do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Santa Luzia, unidade da Funase no Recife voltada à internação de socioeducandas com idades entre 12 e 18 anos e, excepcionalmente, até os 21 anos. Elas foram selecionadas por meio de tratativas entre a fundação e o Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares (Gajop). As meninas poderão fazer um intercâmbio de experiências com jovens do Brasil, da Argentina, do Chile, do Paraguai e do Uruguai. “É uma oportunidade nova de conhecer o que se fala sobre esses temas em nível mundial”, comentou a adolescente F.L., de 17 anos. “Vamos ter a chance de conhecer outros jovens e vivenciar algo um pouco diferenciado”, complementou M.B., de 13 anos.

As socioeducandas estão acompanhadas pela assistente socioeducativa Jéssica Feitosa, que atua no Case Santa Luzia. “Antes mesmo de o evento começar, houve uma dinâmica, e estamos todas bem empolgadas. O evento está acontecendo em uma escola, com muita gente e é tudo muito novo para elas, que estão se sentindo muito valorizadas pela oportunidade de estar aqui”, avaliou.

Para a coordenadora técnica do Case Santa Luzia, Jailda Castro, a possibilidade de proporcionar para as socioeducandas a chance de refletir sobre temáticas tão importantes na área de infância e juventude contribui de maneira decisiva para o processo de reinserção social. “Todos os custos delas estão sendo pagos pelo Fórum Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, após uma articulação com o Gajop, e é, sem dúvida, uma oportunidade diferenciada. Elas e todos os adolescentes que estão participando do encontro estão sendo chamados em uma perspectiva de protagonismo nas discussões e experiências”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/11


2018

Os embates entre Lula e a juíza Hardt

Os três embates entre Lula e a nova juíza da Lava Jato. Ex-presidente e magistrada tiveram momentos de tensão logo no início e no final de interrogatório sobre sítio de Atibaia (SP).

O ex-presidente Lula e a juíza Gabriela Hardt (//Reprodução)

Veja - Por João Pedroso de Campos

 

Assim como o juiz federal Sergio Moro, que deixará a magistratura para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro, a juíza federal substituta Gabriela Hardt também teve embates com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao ficar frente a frente com ele durante uma audiência de processo da Operação Lava Jato.

No interrogatório de Lula na ação envolvendo o sítio de Atibaia (SP), nesta quarta-feira, 14, foram três os momentos de tensão entre o petista e a magistrada. A existência do sítio de Atibaia e os favores da Odebrecht a Lula foram reveladas em 2015 por VEJA.

Logo no início do depoimento, a juíza perguntou se o ex-presidente sabia do que era acusado no processo. Lula respondeu que não e gostaria que ela explicasse. Gabriela, então passou a citar as acusações pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por suposto recebimento de propinas de empreiteiras por meio de obras na propriedade do interior paulista.

O petista, em seguida, replicou: “Eu sou dono do sítio ou não?”. Do outro lado, Gabriela Hardt deu uma resposta ríspida. “Isso é o senhor que tem que responder não eu, doutor, e não estou sendo interrogada nesse momento. Senhor ex-presidente, esse é um interrogatório, e se o senhor começar nesse tom comigo a gente vai ter problema. Então vamos começar de novo, eu sou a juíza do caso e vou fazer as perguntas que eu preciso para que o caso seja esclarecido para que eu possa sentenciá-lo ou algum colega possa sentenciá-lo”, cortou.

O advogado Roberto Batochio, que defende Lula, interrompeu a altercação e alegou que o ex-presidente poderia se manifestar como quisesse. A magistrada rebateu: “ele responde respondendo e não fazendo perguntas ao juízo ou à acusação”.

“Pelo que eu sei é meu tempo de falar”, afirmou Lula, que ouviu de Gabriela que “é o tempo de responder minhas perguntas, não vou responder interrogatório nem questionamentos aqui, está claro? Está claro que não vou ser interrogada?”.

O petista ainda disse que “não imaginou” que seria assim. A juíza replicou: “eu também não imaginava, então vamos começar com as perguntas, eu já fiz um resumo da acusação e vou fazer perguntas, o senhor fica em silêncio ou o senhor responde”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Presta atenção jumento, só existem dois lados: Lula representa os explorados e Bolsonaro os exploradores.

Fernandes

Lula uma lágrima de Cristo.



15/11


2018

ALEPE faz homenagem ao Hospital do Câncer de PE

Na próxima quinta-feira, dia 22 (às 10h30, no auditório Sergio Guerra) estará acontecendo um grande expediente especial para marcar os 73 anos do Hospital do Câncer de Pernambuco. 

A proposta é do deputado estadual Aluisio Lessa (PSB) e tem como objetivo reforçar o trabalho do HCP que atende atualmente cerca de 55% dos pacientes oncológicos de Pernambuco, de maneira totalmente gratuita, realizando mensalmente mais de 3700 sessões de quimioterapia, 1350 atendimentos de urgência, 680 cirurgias por mês e 5 mil sessões de radioterapia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/11


2018

Relatos de tortura na intervenção do Rio

De mãos atadas: relatos de tortura na intervenção do Rio. Depoimentos de agressões e ameaças em quartel do Exército mostram a gravidade da crise de segurança pública no Rio, há oito meses sob intervenção.

Segundo o relato dos presos, a tortura se dava numa sala vermelha no quartel Foto: Arte sobre reprodução

Época - Rafael Soares

No dia 20 de agosto, as Forças Armadas realizaram a maior operação no Rio desde o 
início da Intervenção Federal na Segurança Pública no Estado. Foram presas 86 pessoas nos complexos da Penha, do Alemão e Maré; três suspeitos foram mortos em confrontos; e apreendidos 15 fuzis, 27 pistolas e 11 granadas de mão.

A operação se tornou também a ação que registrou o maior número de militares mortos na história das Forças Armadas do Brasil desde a Segunda Guerra Mundial. Dois soldados e um cabo morreram baleados. [...] Confira na íntegra a matéria aqui


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/11


2018

Senador eleito do Rio, só pensa no Grammy Latino

A gravadora gospel de Arolde de Oliveira (PSD-RJ) conseguiu emplacar cinco indicações.

O senador eleito do Rio Arolde de Oliveira (PSD) - Divulgação

Época - Por Gabriel Hirabahasi


Senador eleito pelo PSD do Rio de Janeiro, Arolde de Oliveira só pensa no Grammy Latino, que será realizado nesta quinta-feira (15).

Oliveira é dono de uma gravadora gospel que emplacou cinco indicações na premiação. MK Music é presidida pela mulher do futuro senador, Yvelise de Oliveira. A filha de Arolde, Marina de Oliveira, já levou o prêmio em 2010 por melhor álbum cristão em língua portuguesa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 3

15/11


2018

Governo de PE prestigia policiais da Força-Tarefa Bancos

Governo de Pernambuco faz reconhecimento público de policiais da Força-Tarefa Bancos. O governador em exercício homenageou, nesta quarta-feira, no Palácio do Campo das Princesas, policias civis e militares que integraram operações exitosas.

O governador em exercício, Eriberto Medeiros, recebeu, nesta quarta-feira (14.11), no Palácio do Campo das Princesas, policiais civis e militares responsáveis por ações exitosas em operações da Força-Tarefa (FT) Bancos. Na primeira delas, dia 19 de outubro, a Polícia Militar conseguiu capturar integrantes da quadrilha que explodiu duas agências bancárias em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste Setentrional. Na segunda, ocorrida no último sábado (10.11), denominada Operação Benfica, foi um trabalho conjunto entre as Polícias Civil e Federal, evitando um assalto a carro-forte que fazia o abastecimento de caixas eletrônicos em um supermercado, na Zona Oeste do Recife.

“Um momento que julgamos muito importante para o Governo e para toda a sociedade de reconhecimento pelo serviço prestado com bastante êxito pelas nossas forças policiais. Sabemos que é importante reconhecer, mas também que precisamos continuar investindo e valorizando os nossos profissionais da segurança pública, como o ex-governador Eduardo Campos fez e como o governador Paulo Câmara vem fazendo. Investindo em promoções, novos concursos, reforma e criação de novas delegacias, aquisição de novas viaturas, entre outras medidas que demonstram a preocupação do Governo de Pernambuco com essa importante área”, destacou Eriberto Medeiros.

O ato de reconhecimento público foi uma homenagem ao trabalho dos policias e da FT Bancos, operação integrada entre as Polícias Militar, Civil e Federal, sob a coordenação da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE). “Essas operações bem sucedidas são frutos de investimento em inteligência, técnica policial e integração. E a Força-Tarefa Bancos, reformulada em agosto de 2017, com a inclusão de diversos órgãos de segurança e representantes das instituições bancárias, tem tido um papel fundamental no combate a essas investidas em Pernambuco, contribuindo para a diminuição geral do índice de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs)”, avaliou o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

A Operação Benfica foi realizada com sucesso, garantindo a segurança dos frequentadores do local. Foram apreendidos dois veículos roubados, uma ambulância que teria sido roubada para facilitar a fuga dos criminosos, e cinco armas de fogo. Os sete homens passaram por audiência de custódia e foram encaminhados ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (COTEL). 

Já o confronto em Santa Cruz do Capibaribe resultou na captura de três bandidos, recuperação de dois carros que eram usados pela quadrilha, além de um saco com dinheiro roubado dos bancos, explosivos, um fuzil e pistolas. Atuaram no caso, policiais do 24º Batalhão, do 1º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) e do Grupamento Tático Aéreo.

 QUEDA DOS ÍNDICES - Outubro passado foi o 14º mês seguido em que as estatísticas de roubos foram reduzidas em relação ao mesmo mês do ano precedente. A queda foi de 22,3%, comparando-se com as 8.970 queixas de outubro de 2017. No total dos 10 meses de 2018, a diferença é de - 23,33% em relação ao período equivalente do ano anterior. Se em 2017 a soma de janeiro a outubro ultrapassava a casa das 100.000 ocorrências de CVP no Estado, com 104.043 queixas registradas, em 2018 reduziu-se o índice para 79.771 casos de roubo (diferença, para menos, foi de 24.272 ocorrências).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/11


2018

Carta pedindo cargo tumultua médicos

Uma “Carta dos Médicos Brasileiros ao presidente eleito Jair Bolsonaro” criou uma crise na comunidade médica.

Assinada por 80 presidentes de entidades, ela indica Lincoln Lopes Ferreira, presidente da Associação Médica Brasileira, para assumir o Ministério da Saúde.

 “A Fenam jamais assinaria um documento com essa característica”, afirma Jorge Sale Darze, presidente da Federação Nacional dos Médicos.

A Federação Médica Brasileira também diz que não endossa o documento. A AMB não se pronunciou.(Mônica Bergamo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/11


2018

Médicos do interior vão para grandes centros

93,4% dos médicos formados no interior migram para grandes centros

Desde que a lei foi promulgada, 9.137 vagas foram abertas em novos 117 cursos

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

A lei que criou os Mais Médicos, em 2013, incentivou também a abertura de cursos de medicina no Brasil: desde que ela foi promulgada, 9.137 vagas foram abertas em novos 117 cursos —81% delas, no interior do país.

A possibilidade de que os novos profissionais se fixem no interior, onde hoje trabalham os médicos cubanos que sairão do Brasil, é remota de acordo com o histórico do país: 93,4% dos doutores formados em cidades pequenas migraram para centros maiores, segundo estudo feito pela Faculdade de Medicina da USP.

 “Os dados mostram como será um problema de difícil solução”, diz o professor Mario Scheffer, autor do levantamento.

 “A quantidade de novos profissionais que se formarão mostra o potencial de ocupação desses espaços. Resta saber se os novos médicos brasileiros estarão capacitados, como os cubanos, para trabalhar na atenção primária de locais desassistidos”, afirma. 

De acordo com ele, o Brasil “ainda não tem um modelo de avaliação eficiente” sobre a qualidade dos cursos de medicina. É preciso saber, ainda, “se haverá políticas de incentivo à permanência dos médicos nesses lugares, o que hoje não existe”. Em 2017, o Ministério da Saúde abriu concurso para selecionar brasileiros para o Mais Médicos: 6.285 se inscreveram para 2.320 vagas. Só 1.626 apareceram para trabalhar. Cerca de 30% deixaram seus postos antes de um ano de serviço.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Médicos Patriotas e Cidadãos de bem. Estão convocados para substituir os comunistas cubanos nas aldeias, zonas rurais, florestas amazônica, caatingas. Onde tem malária, tuberculose, esquistossomose, hanseníase, leshimaniose, mas não tem shopping. Brasil acima de tudo. Lembram?



15/11


2018

Maia em campanha pela reeleição da Câmara

Em campanha para se reeleger presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) vai receber deputados recém-eleitos para um jantar, na terça (20), em sua residência oficial. A expectativa é a de que ao menos 50 dos 243 novatos compareçam ao encontro.

Gustinho Ribeiro (SE), do Solidariedade, está ajudando na organização do jantar. Além de convocação geral no grupo de WhatsApp chamado “Bancada da renovação”, ele tem disparado convites individuais para os estreantes.

Anote - Dois nomes entraram na bolsa de apostas para a Advocacia-Geral da União no governo Bolsonaro: Marcelo Siqueira e José Levy Mello do Amaral. Siqueira é ex-procurador-geral federal e diretor de compliance do BNDES. Levy é ex-consultor-geral da União.(Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/11


2018

Haddad não quer nada

A assessoria de Fernando Haddad diz que ele “não recebeu nenhuma sugestão de criar um instituto com perfil interpartidário para liderar a oposição”.

“Não recebeu e não tem nenhuma intenção de trilhar este caminho”, diz o texto.

informação, publicada pelo Painel nesta quarta (14), foi confirmada por três aliados do petista.(FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Presta atenção jumento, só existem dois lados: Lula representa os explorados e Bolsonaro os exploradores.

Fernandes

Bolsofake deu dignidade aos burros, elevou a autoestima dos idiotas, valorizou a estupidez, deu voz aos imbecis e cargos aos canalhas.

Fernandes

Médicos Patriotas e Cidadãos de bem. Estão convocados para substituir os comunistas cubanos nas aldeias, zonas rurais, florestas amazônica, caatingas. Onde tem malária, tuberculose, esquistossomose, hanseníase, leshimaniose, mas não tem shopping. Brasil acima de tudo. Lembram?

marcos

Hadad fala com a Odebrecht, pega propina e cria um instituto também, assim como fez o Cotó



15/11


2018

Juíza quer caso de Lula acelerado

A atuação da juíza Gabriela Hardt, substituta de Sergio Moro, no depoimento de Lula à Justiça Federal do Paraná, nesta quarta (14), deixou aliados do petista com a impressão de que ela está em “marcha acelerada” para concluir o caso do sítio de Atibaia (SP).

A expectativa é de um desfecho –a condenação– ainda este ano.

Se seguir rigorosamente os prazos processuais e rejeitar eventuais pedidos da acusação e da defesa de apresentação de novas provas, Hardt pode condenar Lula às vésperas das festas de fim de ano.(Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Gabriela êêê, meus camadas. Mais uma vez o Cotó vai tomar no @.



15/11


2018

Embaixador no gabinete de Temer: rabo entre as pernas

Michel Temer recebeu o embaixador de um país do Oriente Médio em seu gabinete há alguns dias. Na despedida, o emissário elogiou avanços da gestão emedebista, disse ter ficado feliz em ampliar parcerias e arrematou:

“Lamento que todo o trabalho do sr. agora esteja ameaçado”.

Houve constrangimento no Planalto. Foi após o aceno de Bolsonaro a Israel. (FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/11


2018

Indicação de ministro divide o Itamaraty

indicação de Ernesto Araújo para o Ministério das Relações Exteriores dividiu o Itamaraty. Para fazer a mudança radical na política externa que Bolsonaro tem pregado, dizem diplomatas, ele era a opção lógica. Há temor, porém, pelo fato de o escolhido ter sido promovido há pouco tempo e nunca ter chefiado embaixada no exterior.

No universo político, a decisão de Bolsonaro para a pasta causou preocupação. Quem lida com o cotidiano do governo diz que o blog de Araújo, prato feito para polêmicas, será esquadrinhado com lupa pela imprensa estrangeira, que já torce o nariz para o presidente eleito.  (Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores