Faculdade de Medicina de Olinda

22/10


2006

Mendonça: "Eduardo é péssima referência em finanças"

O debate pegou fogo, há pouco, quando entrou em discussão a temática finanças públicas. Mendonça, que perguntou, acusou o adversário de quebrar o Estado, elevando a dívida em mais de 100%. Afirmou que o futuro se projeta olhando no passado. E o passado de Eduardo, nesta área, não poderia servir de referência para ninguém.

Eduardo disse que não iria sair do sério com as agressões de Mendonça, voltou a lembrar que não atrasou pessoal, disse que Jarbas pegou dinheiro em banco para pagar pessoal e acusou o adversário de, quando secretário de Agricultura, ter quebrado a Cilpe.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Soraya da Cruz Plácido

Eduardo Campos é de fato uma REFERÊNCIA PARA NÓS, em administrar finanças do nosso Estado, então, acho que todos os jornais locais MENTIRAM EM PUBLICAR MATÉRIAS EM QUE ELE AFUNDOU NOSSO ESTADO... Portanto a MENTIRA NÃO É DE MENDONÇA FILHO E SIM DOS JORNAIS LOCAIS QUE ESTÃO AÍ ESTAMPADOS PARA NOS..

Soraya da Cruz Plácido

Isso foi VERDADE, e os eleitores de Eduardo Campos não querem enxergar e nem se curvam na humildade em aceitar um FATO... Vamos pra frente que atrás vem gente. PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER...

José Manoel de Souza

Valeu Sr. Ary. É Eduardo É.. o nosso governador.

Eduardo irá resgatar a vontade de Dr. Arraes, que se fosse respeitada pelo escroto do FHC, estaríamos hoje, com muitas residências com água e luz no interior, mais preferiram cortar as verbas para Pernambuco, prejudicando os pernambucanos.

Fiscal, lembre-se que é uma obrigação do consumidor, agora como não temos essa cultura, juntamos o útil ao agradável, peça a nota e veja seu time jogar, um cineminha, uma peça teatral, Talvez um convênio com clube de campo, ingressos limitados, para levar à família.


Governo de PE

22/10


2006

Eduardo diz que Governo não tem políticas para o turismo

O assunto abordado agora é turismo. Eduardo perguntou a Mendonça por que só, agora, ao final do Governo, foi criada uma Secretaria de Turismo. Mendonça afirmou que a política de turismo não se tratava de uma ação isolada como a criação de uma pasta, mas um conjunto de realizações, como a construção de acessos viários às praias do litoral sul e norte.

Eduardo, na réplica, disse que o turismo representava 10% do PIB mundial e 5% do PIB nacional e que, no Estado, o Condepe não tinha sequer os números da geração de riquezas com o setor, culpando por isso a falta de políticas para o Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

O Lavareda tem muita história prá contar. Se ele abrisse a boca, o Jarbas hoje não era Senador.

Paulo M.

Kleber Dantas ia ter que explicar onde colocou os 200.000 dolares que Mendonça autorizou ele sacar dos cofres publicos para um voo fretado dos Estados Uniudos que nunca aconteceu. Mas o dinheiro foi pra MCI de Lavareda na época, e depois inventaram uma operação mentiorosa para esconder o desvio!

José Rodrigues da Silva

Recrutem Kleber Dantas e verão a capacidade desse cidadão produzir desavenças e cizânias! Viva Dudu! Fora Luiz!


Prefeitura de Abreu e Lima

22/10


2006

Mendonça diz que Lula abandonou projeto Moxotó

Começa o terceiro bloco. Os temas das perguntas estão sendo sorteados. Mendonça pergunta sobre agricultura, tratando da questão do Moxotó em termos de agropecuária. Eduardo disse que o Governo FHC abandonou o projeto de irrigação Moxotó, em Ibimirim, retomado pelo presidente Lula. E acusou o Governo Jarbas de abandonar a agricultura familiar.

Mendonça, na réplica, disse que Eduardo não conhece a realidade do perímetro irrigado de Ibimirim. Ressaltou que as comportas estão fechadas porque o Governo Lula, ao contrário do que Eduardo falou, abandonou o projeto de Poço da Cruz, em Ibimirim, e anunciou que seu projeto é estadualizar o projeto.

Eduardo negou a informação de Mendonça, ressaltando que fez uma visita ao perímetro irrigado e encontrou por lá dezenas de agricultores trabalhando em projetos do Governo Federal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

és governador com o respaldo do povo. Quando precisou do teu própreio esforço, estás vendo este desastre, que por enquanto está só nas pesquisas, agora precisa ser ratificado em 29/10/2006, nas urnas.

Um mal agradecido desse, diz que Lula não ajudou no moxotó, Lula fez por esse estado o que o escroto do FHC juntamente com Marco Maciel, nãi fizeram em oito anos, e agora vem falar do Lula. Mendonça estás muito longe de ser governador com sua própria competência, lembre-se que estás governador, não

José Manoel de Souza

Finalmente, Mendonça resolveu sair de cima do muro e falar mal do Presidente Lula. Será que na reta final vai mudar a sua estratégia de apelação? É Lula lá e Eduardo cá.


Prefeitura de Limoeiro

22/10


2006

Mendonça: "Quem não paga salário, não pode governar"

O tema agora é aumento dos servidores públicos estaduais. Eduardo não assume compromisso, diz que vai analisar o assunto com cautela e que, se houver condições, assim o fará.

Mendonça disse que Eduardo não pagou o salário quando foi secretário da Fazenda e agora não teria condições nem respeito de falar sobre reajuste para servidores. "Se alguém não paga em dia, não tem condições de ser governador", provocou Mendonça.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

O que mais se viu neste debate foi apelação por parte de Mendonça. A toda hora, quando não é precatórios é atraso de salários, o discurso de Mendonça não muda, mas também não muda os resultados das pesquisa e muito menos da eleição, é só aguardar o dia 29. É Eduardo o nosso governador.



22/10


2006

Eduardo diz que PE é o Estado campeão em violência

Eduardo disse, há pouco, que Mendonça foge do debate da política de segurança, porque sabe que ele ( Eduardo ) dispõe de dados em mãos que mostram que Pernambuco é o Estado que mais se mata mulher e que existem 400 mil jovens sem emprego.

O tema da segurança continua. Mendonça responde agora sobre a transferência da penitenciária de Itamaracá, mas disse que não, no momento, uma definição da sua transferência quanto ao município escolhido no Estado. Mendonça aceitou a provocação de Eduardo, afirmando que no Governo Arraes a Região Metropolitana do Recife atingiu os maiores índices de criminalidade.

Quanto ao presídio de Itamaracá, Eduardo apoiou a idéia de transferir para outro município, mas condenou o projeto do Estado de fazer uma detenção para mulher em Garanhuns, cidade turística.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

para que as sentenças sejam bem mais rápidas.

antiguidade é posto, as pessoas que estão muito tempo lá dentro, comandam as ações, e os que tem crimes hediondos. Temos que dar limites e exigir deles que respeitem para serem respeitados, se não serão colocados em punições mais severas. Dar boas condições alimentares e agilizar seus processos,

Os presídios no nosso país, precisam de administradores, competentes, pois até para se administrar um presídio, precisa saber conduzir as ações necessárias as ações ressocializadoras, bem como as punitivas severamente, separar os tipos de criminosos, o que estamos vendo é que nas nossas cadeias,

inclusive porque Já temos grupos empreendedores, dispostos em assumir 1/3 da Ilha, para investir milhões naquele paraíso, que inclusive precisa se tranferir mais recursos para aquela área, pois só levamos mais turistas para o litoral sul.

Talvez no passado muito longe, se pensava em criar penitenciárias em ilhas, por ser difícil a fulga de presos, pois nadar muitos metros era um suicídio. Diante do crescimento da nossa querida Ilha de Itamaracá tão bem explorada turisticamente, hoje temos realmente que transferir os presídio de lá,


Magno coloca pimenta folha

22/10


2006

Violência esquenta debate na TV Jornal

Neste segundo bloco, que começou há pouco, jornalistas perguntam aos candidatos. Na primeira pergunta, Mendonça foi questionado sobre segurança pública. Afirmou que a questão é nacional e que o o pico da violência no Estado se deu em 88, no Governo Arraes. E em seguida fez um balanço das ações do Governo para reduzir a criminalidade.

Eduardo Campos, ao comentar a resposta de Mendonça, disse que no Governo Jarbas não houve política de segurança pública e que se tratava de problema de tamanha gravidade que o governador teria que assumir de frente a questão, citando que no atual governo a criminalidade cresceu, citando um dado estarrecedor: mais de 1 mil crimes por ano.

Mendonça, na tréplica, disse que, no Governo a que Eduardo serviu, nem dinheiro havia para abastecer os carros da polícia cívil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcelo

Mendonça deveria falar que faz convenio entre a SDS e a Celpe que crio delegacia financiada pela Celpe para prender pessoas que por ventura tenho "macaco" de energia em sua casa, isso vale dizer que isso acontece por falta de investimento no setor.


Banner de Arcoverde

22/10


2006

Eduardo acusa Governo de abandonar o Interior

O assunto agora é sobre investimentos do Governo Jarbas no Interior. Eduardo perguntou a Mendonça por que o Governo só priorizou a Região Metropolitana. Mendonça citou várias obras que Jarbas fez no Interior, entre elas a BR-232, a Estrada do Vinho e o programa Água para Todos.

Mas, Eduardo contestou, afirmando que no Agreste os investimentos do Governo Jarbas não atingiram sequer 3% dos recursos e que ele ( Mendonça ) precisava ser mais transparente nas informações reais do Governo.

Mendonça disse, na réplica, que Eduardo, "que fez a operação dos precatórios, endividando o Estado, não tem moral para falar em transparência". Em seguida, voltou a dizer que Jarbas fez muito pelo Interior do Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o resultado não poderia ser outro. Talvez agora vá para Havard, ou outro grande centro mundial de ensinamento, se prentender ainda tentar candidatar-se ao governo. O povo está certo, entregar o estado em pré-falência nas mãos de um despreparado desse, é afundar o restinho. É Lula 13 lá e Eduardo 40

Eduardo, agora estou vendo porque o garupeiro, corre de falar de programas, quando você pergunta sobre percentual aplicado ele se perde, pois não sabe avalias a plicabilidade em percertuais do PIB nas microregiões do estado. Também para quem não soube, nem cuidar de galinhas se vê governador,

helenosilva

realmente jarbas fez muito pelo interior.por exemplo:o hospital publico de nazaré da mata foi derrubado e a barragem para coletar água para a cidade se arrasta já há mais de 3 anos,embora as caixas de água já estao prontas.alguem faturou.....



22/10


2006

Mendonça insiste em dizer que Arraes atrasou salários

Mendonça perguntou a Eduardo sobre o atraso de pagamento de servidores, que ele havia negado no debate na TV-Clube. Eduardo afirmou que pagou novembro e dezembro, tendo deixado o décimo terceiro salário para janeiro do ano seguinte. Citou, ainda, que Jarbas recorreu a um banco estrangeiro para pagar salário de servidores.

Mendonça reafirmou que Eduardo mente e que Arras deixou três folhas em aberto. Eduardo, por sua vez, disse o seguinte: "Isso é muito fácil de resolver. Basta irmos amanhã ao Sindifisco para saber se os salários de novembro e dezembro foram pagos".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Soraya da Cruz Plácido

PROVOCAÇÃO???NÃO MEU CARO JÚLIO, FOI UM FATO MESMO E REAL... Será que o POVO, quer passar uma borracha num passado SOMBRIO de um candidato? O POVO ESTA ACHANDO QUE EDUARDO CAMPOS É MUDANÇA? QUEM VIVER, VERÁ!!!

julio de adelaide b. de hollanda

Pronto taí uma boa provocação, O NOVO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO, O GUERREIRO DO POVO BRASILEIRO, O NETO DO DR ARRAES,fez um desafio ao MEDIOCRE MENDONÇA, ele peça autorização ao DETRATOR JARBAS, e acompanhe 2ª feira O EDUARDO, junto com o MAGNO, ao SINDIFISCO, pra ver quem tá dizendo a verade.

José Manoel de Souza

Essa proposta é típica de quem chegou armado para atacar, afinal, é só que ele sabe fazer: agredir, coisa de quem não tem proposta. E ainda quer nos convencer que vai fazer alguma coisa por nosso Estado. Vai te catar Mendonça.

Marcelo

A postura de Mendonça é muito ruin ele passa uma coisa muito agressiva