Governo de PE

07/10


2006

Na Bahia, Lula também parte para o ataque

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem em Salvador que a loucura do PSDB e do PFL é "vender o patrimônio público". Em comício no Farol da Barra, Lula cobrou de seus adversários explicações sobre os gastos com as privatizações do governo FHC.
"Onde está o dinheiro da Vale do Rio Doce? Onde está o dinheiro dos bancos estaduais? Onde está o dinheiro das telecomunicações? Se a gente não ficar esperto, eles vão querer privatizar a Petrobras, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal", disse Lula.
O presidente disse que Geraldo Alckmin (PSDB) vai demitir servidores públicos e congelar salários caso seja eleito. "É só olhar o programa partidário dele e comprovar que estou certo", disse Lula.
Lula disse também que seus adversários vão aproveitar os debates para mostrar o preconceito em relação aos nordestinos. "Eles acham que o nordestino só pode ser servente, mas acho que os nordestinos também podem ser engenheiros."
O presidente atacou o senador Antonio Carlos Magalhães (PFL). "Cale a boca, mal-educado, porque você não representa o povo da Bahia."
Do outro lado da rua, a 80 metros de distância do palanque oficial, o publicitário Duda Mendonça acompanhou todo o discurso do presidente, na sacada de seu escritório.
Marqueteiro da campanha de Lula em 2002, Duda Mendonça protagonizou no ano passado o ápice da crise do mensalão ao revelar que recebeu cerca de R$ 10 milhões do caixa dois do PT em uma conta no exterior. Com isso, ele não pôde repetir a função na campanha de Lula neste ano, mas foi substituído por João Santana, próximo a ele. Duda mantém, porém, a conta publicitária da Petrobras.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

O povo gosta mesmo é de privatização.O que o povo não gosta de saber é que existe um bando de parasitas ganhando dinheiro às nossas custas e estatal servindo de aparelhamento dos governos.


Governo de PE

07/10


2006

Lula: "Não pensem que vou me curvar"

O presidente Lula abriu ontem sua campanha para o segundo turno com ataques ao PFL e ao PSDB, em discursos nas cidades de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). Em Juazeiro, disse que "PFL e PSDB não têm moral para discutir ética com quem quer que seja neste país". Depois, em Petrolina, afirmou que não evitará debater ética. "Não pensem que vou me curvar." No palanque, Lula mostrou um panfleto com seu rosto e o número de Geraldo Alckmin (PSDB). O PT-PE enviou cópias à Direção Nacional do partido para apuração. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Drácula

ENQUANTO UM PRIVATIZA...O OUTRO ASSALTA....NÃO SEI MAIS EM QUEM ACREDITAR....O CERTO É QUE NESSES DOIS BOSTAS....NEM PENSAR... DE BANDIDO JÁ CHEGA OS QUE DEFENDEM LULA NESTE BLOG...

cristiano lins de amorim

olha que o PFL - o - PSDB - e o - PMDB vão tentar privatizar o exército a marinha a petrobras etc. vamos ficar de sobreaviso as privatisações que já fizeram ficou sobre o controle deles. preste atenção.


Congresso Nordestino de Educação Médica

07/10


2006

Publicitário de Lula recupera os seus bens

O Tribunal de Justiça da Paraíba suspendeu ontem a liminar que bloqueava os bens e as contas correntes da agência CEP Comunicação e Estratégia Política, do publicitário Duda Mendonça e da sócia Zilmar Fernandes.

O desembargador José di Lorenzo Serpa suspendeu os efeitos da liminar concedida em abril pelo juiz Valério Porto, da 5ª Vara Cível de Campina Grande.

Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, a suspensão ocorreu porque as investigações já estão avançadas e porque os sócios continuam a responder processo por improbidade administrativa.

A liminar (decisão provisória) bloqueava as contas correntes da agência em até R$ 800 mil.

No início deste ano, o Ministério Público Federal na Paraíba elaborou ação para investigar suposto contrato informal de R$ 800 mil entre a ex-prefeita de Campina Grande Cozete Barbosa (PT) e a agência de Duda. Segundo a ação, o dinheiro foi transferido dos cofres municipais à agência de propaganda, de março de 2003 a abril de 2004, sem que houvesse contrato formal.

A denúncia foi feita no ano passado pela ex-secretária das Finanças de Campina Grande Aleni Rodrigues de Oliveira. Segundo sua versão, esse contrato foi acertado no início de 2003 para serviços de mudança do logotipo da prefeitura e de assessoria para melhoria da imagem da prefeita.

Segundo a denunciante, o dinheiro para o pagamento saía dos cofres da prefeitura, em parcelas de R$ 80 mil.

Na ocasião, a prefeita Cozete Barbosa declarou à Folha que ''tudo foi pago dentro da legalidade''. Segundo ela, ''a história é falsa, a agência de Duda fez uma consultoria à empresa Criare [Propaganda] que era a empresa de comunicação da prefeitura''.

A reportagem tentou contato com os advogados do publicitário na agência Duda Mendonça e Associados Ltda., mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.
(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/10


2006

Dois ícones, duas histórias de vida

São dois os ícones políticos de Pernambuco. Eles sensibilizaram o país inteiro sinalizando, cada um em seu tempo, com a inserção de conceitos rapidamente absorvidos pela nação brasileira. Agamenon Magalhães e Miguel Arraes. Agamenon pôs a carteira profissional do Ministério do Trabalho no bolso de cada operário brasileiro, estabelecendo um vínculo de responsabilidade social inédito na América Latina. Era um homem polêmico.

Mais perto dos nossos dias, Miguel Arraes foi  um revolucionário. O movimento de cultura popular, a grandiosa inserção dos métodos de Paulo Freire na alfabetização de Pernambuco e do resto do mundo, a ruptura da escravidão explícita na zona canavieira, as políticas que legitimaram os direitos humanos são algumas das suas referências'', diz o jornalista Angelo Castelo Branco, em artigo que acabo de postar em Opinião. Boa leitura! 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

continuando: passemos uma borracha no governo Arraes, pois não?

...o governo Arraes ficou marcado por biirras, futricas , falta de ações nunca se aliou aos governos federais. ...Arraes promoveu a maior favelização jamais vista na estória deste estado ,é só olharmos os morros do ibura ,curado .... passemos um

milton tenorio pinto junior

Belo artigo Ângelo,valeu a leitura!!!!!!!!!!!!!



07/10


2006

Apoio de Sérgio Cabral para Lula pode ser decisivo

O candidato do PMDB ao governo do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, lidera a primeira pesquisa Datafolha de intenções de votos para o segundo turno com 53%. A candidata Denise Frossard (PPS) tem 34%.

Se a eleição fosse hoje, Cabral teria 61% dos votos válidos, excluindo votos brancos e nulos, e Frossard 39%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O Datafolha ouviu 1.709 eleitores em 39 cidades entre ontem e hoje. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 73022/2006. (Folha Online)

Comentário: Com a provável vitória de Cabral, o presidente Lula poderá neutralizar o crescimento de Alckmin no Rio de Janeiro, em cima dos votos de Heloisa Helena e de Cristovam Buarque.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

07/10


2006

Manchetes dos principais jornais do país

- Folha de S.Paulo: Lula sai na frente no segundo turno

- Estado de S.Paulo: Pesquisa: Lula, 54%; Alckmin, 46%

- Jornal do Brasil: Fantasma do dossiê derruba Berzoini

- O Globo: Lula sai na frente de Alckmin; Cabral se distancia de Frossard

- Correio Braziliense: Berzoini cai e o PT expulsa ''aloprados''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cesar Augusto R. Cavalcanti

Enquanto isso, o Diário De Pernambuco, não deu sequer uma linha na primeira página, sobre a primeira pesquisa do segundo turno. Limitou-se esse jornal reacionário, a umas linhazinhas bem escondidas no caderno de política, sem nenhuma manchete.

milton tenorio pinto junior

Sem emoção,aposto uma garrafa de cavalo branco,o Presidente será reeleito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Asfaltos

07/10


2006

Moda Center impulsiona economia da sulanca, diz prefeito

 Meca da sulanca no Nordeste, Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, ganha, hoje, um moderno e arrojado centro de comercialização de tecidos, o maior do País, com 6,2 mil boxes internos e mais 9 mil na sua área externa, com infra-estrutura de primeiro mundo.

 

O projeto pode dar ao prefeito José Augusto Maia (PTB), que apostou na idéia mediante uma parceria com a iniciativa privada, o prêmio “Prefeito Empreendedor”, do  Sebrae. “Nós estamos investindo na geração de renda e trabalho. A partir de hoje, Santa Cruz passa a ser uma referência nacional como centro de tecidos e por que não dizer de moda no País”, diz Maia, nesta entrevista ao blog.

 

Com o Moda Center, acaba a feira da sulanca na cidade?

 

Na verdade, não acaba, mas disciplina, formaliza e situa a feira apenas numa área, a que ficará de fora do centro, que comporta mais de nove mil barracas, cujos proprietários pagarão apenas a taxa de ocupação do solo. No Moda Center, todos os 6,2 mil boxes já foram comercializados.

 

Mas, o que parece importante é que acaba o congestionamento no centro da cidade, não é?

 

Isso é verdade. Santa Cruz do Capibaribe, conhecida como a capital da sulanca, passa a ter o maior centro de comercialização de tecidos do País, com uma grande estrutura – estacionamento, bancos, restaurantes, banheiros, enfim, tudo indispensável ao seu perfeito funcionamento, num padrão classe A, coisa, verdadeiramente, de primeiro mundo. E quem for a cidade, a partir de agora, ficará livre daqueles desconfortáveis congestionamentos e terá ao seu dispor conforto, tranqüilidade e uma grande área para estacionar o seu carro e fazer suas compras sem estresse.

 

Quanto foi investido no projeto?

 

Cerca de R$ 60 milhões. A Prefeitura fez a doação do terreno, deu todo o apoio logístico e o projeto acabou saindo do papel, virando uma bela realidade, graças à visão dos empresários que criaram a sociedade e, posteriormente, o condomínio. O centro será mantido com a taxa dos 17 mil condôminos. E boa parte dessa receita será investida em projetos novos, que possam aperfeiçoar o seu funcionamento, além da mídia, o que fará com que o nosso município tenha uma visibilidade nacional. Com isso, estaremos, na prática, atraindo mais receitas e gerando mais desenvolvimento.

 

O que será feita da antiga área da feira da sulanca?

 

Nós vamos revitalizar a praça e ali criar uma central de transportes urbanos integrada ao Moda Center. A idéia é humanizar a área. Será o nosso próximo passo. Já estamos fazendo o projeto e vamos buscar as parcerias indispensáveis para tirar a idéia do papel.

 

Qual foi a participação do Governo do Estado no projeto?

 

O Estado entrou com a duplicação de um trecho de 800 metros, que dá acesso ao centro. Isso foi importante, porque melhorou bastante o acesso até ao local, evitando congestionamentos.

 

É verdade que o senhor está concorrendo ao prêmio Prefeito Empreendedor, do Sebrae?

 

Sim e acho que somos um forte candidato, porque o Nordeste passa a ter a maior e mais estruturada área de comercialização de tecidos do País. O que é isso? É geração de renda e emprego. É Santa Cruz do Capibaribe dando um grande passo à frente, para se transformar num modelo nacional. A cidade está eufórica com o empreendimento, que será inaugurado hoje com uma grande festa, estendendo-se por uma semana. Para uma cidade, cuja população superior a 70 mil pessoas, vive em torno da sulanca, este centro significa apostar no futuro da economia do município.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/10


2006

Charge do dia - Lailson

 














Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Lailson foi infeliz e demonstrou parcialidade. Deveriter feito alusão à NOSSA CAIXA E A 70 CPIs engavetadas por Alckmin. Não gostei. Está reprovado. Nota ZERO.


BM4 Marketing
Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores