ArcoVerde

05/09


2006

Emenda do voto aberto tem brecha

Governo e oposição fecharam acordo para votar hoje, na Câmara dos Deputados, a emenda que retira da Constituição a obrigatoriedade de que cassações de mandato ocorram por meio de votações secretas. Do jeito que estava redigida ontem, entretanto, a proposta mantém brecha para que determinadas votações de cassação continuem sigilosas de forma relativamente simples.


A articulação pela aprovação do ''voto aberto'' ganhou força devido aos escândalos dos sanguessugas e do mensalão. A maioria dos líderes partidários avalia que o voto secreto dá mais chances ao acusado de escapar da punição. No caso do mensalão, dos 14 acusados julgados pelo plenário da Câmara, 11 foram absolvidos.

A proposta original era de acabar com todas as votações secretas no Congresso -além das cassações, a analise dos vetos presidenciais e as eleições dos integrantes das Mesas da Câmara e do Senado. Devido à resistência da oposição, a tendência é que a emenda se restrinja às votações de cassação. As informações são da Folha de S. Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

05/09


2006

Câmara limpa pauta e vota hoje fim do voto secreto

 A Câmara dos Deputados votou na noite de ontem as últimas cinco Medidas Provisórias (MPs) que trancavam a pauta da Casa. Com isto, os deputados devem votar, hoje, a aprovação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas e a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que acaba com o voto secreto nas votações em Plenário.

O presidente da Casa, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), convocou duas sessões para hoje - a primeira delas às 9h30, para votar os destaques apresentados ao projeto de lei que cria a Timemania, e o projeto de Lei Complementar que trata da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (Supersimples).

Como se trata de lei complementar, para ser aprovada a matéria precisa de no minimo 257 votos favoráveis. A votação da proposta de emenda constitucional (PEC 349) que acaba com as votações secretas no Congresso Nacional está marcada para a sessão da tarde. Aldo Rebelo ainda busca acordo e são necessários no mínimo 308 votos favoráveis para que o texto seja aprovado em primeiro turno. As informações são do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/09


2006

SP: Ibope confirma vitória de Serra no primeiro turno

Pesquisa Ibope divulgada, ontem, mostra que o candidato do PSDB ao Governo de São Paulo, José Serra, mantém vantagem na disputa pelo voto paulista e seria eleito no primeiro turno. O panorama considerando os três candidatos mais bem colocados não se alterou, em relação ao último levantamento, feito no final do mês de agosto.

Serra tem 46% das intenções de voto, Aloizio Mercadante (PT) 18% e Orestes Quércia (PMDB), 8%. Carlos Apolinário (PDT) surge com 2%. Plínio de Arruda Sampaio (Psol) e Cunha Lima (PSDC) têm 1%, cada. Fred Correia (PTN), Anai Caproni (PCO), Cláudio de Mauro (PV), Mario Luiz Guide (PSB), Pedro Viviani (PMN), Roberto Siqueira (PSL) e Ruy Renato Reichmann (Prona) receberam menos de 1% das citações, cada.

Sarli Junior (PAN), Eder Xavier (PTC) e Tarcísio Foglio (PSC) não foram citados pelos entrevistados. Votos brancos e nulos somaram 9% e eleitores indecisos, 15%. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela Rede Globo e ouviu 1.806 eleitores, em 88 cidades, entre os dias 1º e 3 deste mês. O registro do TRE-SP é o de número 748473/2006. As informações são do portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


04/09


2006

Armando: "Mendonça não se emancipou nem no discurso"

Presidente licenciado da CNI e candidato à reeleição na Câmara Federal, o deputado Armando Monteiro Neto (PTB-PE) aproveitou uma conversa com jornalistas, há pouco, no Recife, antes do jantar de adesão em favor da sua candidatura, para dar umas estocadas no ex-governador Jarbas Vasconcelos(PMDB), que carimbou de mentirosos os ex-ministros Humberto Costa e Eduardo Campos, candidatos ao Governo do Estado, respectivamente pelo PT e PSB.

''Jarbas tem um estilo próprio. Ele é autoritário. Talvez ainda esteja na fase de adaptação da era pós-governador. Da forma que ele age, só passa a impressão de que Mendonça Filho (candidato ao Governo pelo PFL) ainda não conseguiu a sua emancipação nem no discurso'', disse, para acrescentar: ''O autoritarismo é um cacoete dele ( Jarbas )''.

E, num tom de ironia, provocou: ''Logo, logo, Jarbas vai se adaptar ao novo papel, que não é mais o de governador. O processo de adaptação, aliás, é muito natural, mas muitas vezes demora demais a ser absorvido por certas pessoas''.

Perguntado sobre a possibilidade de o presidente Lula convocar Jarbas para o seu Ministério, num eventual segundo mandato de um governo de coalizão, Armando disse que via com naturalidade o fato de o presidente buscar a governabilidade no PMDB e até no PSDB. ''Mas, como Jarbas faz parte do PMDB independente e mais duro no combate ao Governo Lula, acho muito difícil que ocorra a possibilidade dele vir a ser ministro'', afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

REVERENDO

BRASILEIROS: O ARMANDO TEM UMA INVEJA DE JARBAS ARRETADA. NÃO CONSEGUIU NEM SER CANDIDATO A GOVERNADOR PORQUE NÃO TEM VOTO. AGORA A INVEJA DELE ESTÁ VIRANDO CONTRA MENDONÇA. ARMANDO VC NÃO PRECISA TER INVEJA, POIS VC É UM GRANDE EMPRESÁRIO E PRESIDENTE DE MAIS IMPORTANTE CONFEDERAÇÃO DO BRASIL.

caca di serrat

jarbas chamou eduardo de mentiroso. é pq jarbas nunca mentiu, se no passado era verdade sobre marco naciel , roberto magalhes ea pefelandia esse jarbas marmelada que eu conheço

DEYVISSON DA SILVA LIMA

Engraçado é a capacidade desse cidadão em mudar de opinião tão rapidamente! Antes queria ser até governador apoiado por Jarbas, como não conseguiu fica falando asneiras, igualzinho ao Inocêncio, outro que sonhava ser governador! Como diz o velho deitado, "Quem tem boca fala o que quer"

Drácula

ARMANDO... VOLTA PRO SEU REDUTO.... VC ESTÁ POSANDO DE TRABALHISTA, COISA QUE NÃO É, HAJA VISTO SER PRESIDENTE DA MAIOR CONFEDERAÇÃO PATRONAL DO BRASIL.....ESTÁ POSANDO DE APOIADOR DE "SOCIALISTA", COISA QUE TAMBÉM NÃO É.... NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE ESTARÁ FORA DESSE CIRCULO....

Mariana

Esse Armando é pura inveja...



04/09


2006

Suassuna nega dossiê contra cúpula do PMDB

Acusado de integrar a máfia dos sanguessugas, o senador Ney Suassuna (PMDB-PB) ocupou hoje a tribuna do Senado Federal para rebater reportagem publicada pela revista "Veja", que o acusa de estar ameaçando integrantes do PMDB.

Segundo a reportagem, Suassuna teria em mãos um "dossiê" com informações que comprometeriam a alta cúpula do partido. Se os peemedebistas não lhe apoiassem no processo de perda de mandato, o senador estaria disposto a divulgar as supostas informações.

Suassuna disse não ser "homem de dossiês" e garantiu nunca ter ameaçado nenhum membro do Senado Federal. "A quem interessaria se indispor com os principais líderes do seu partido? Jamais poderia dedicar algo que não lealdade a todos eles", afirmou.

A reportagem afirma que Suassuna teria distribuído "recados ameaçadores" a colegas de partido, incluindo o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros, o ex-presidente José Sarney e o relator da CPI dos Sanguessugas, Amir Lando.

Os documentos supostamente comprovariam a participação dos peemedebistas em irregularidades. "Não me bastasse o massacre moral a que fui submetido, ainda tenho que passar por isso", afirmou. Com informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Esse pessoal aprende rápido. Já existe exemplo: A PASTA COR DE ROSA. O estilo é o morde e sopra. Morcego faz assim. Derruba um boi. Ney Sanguessuna tá com a corda toda.

Drácula

UM DIA AMEAÇA.. NO OUTRO TIRA DA RETA... É O ESTILO SUASSUNA... QUE EM TUPI GARANI SIGNIFICA.. SANGUESSUGA.....

roberto lima

ele diz que teve assinaturas em documentos, falsificadas. Foi feita a pericia ? parece que não , pois caso contrario ele apresentaria o laudo. Fica então a pergunta: por que não se fez ainda essa pericia? (exame grafologico é rápido)

José Rodrigues da Silva

Todo castigo prá ... é pouco!



04/09


2006

Câmara começa a votar MP´s que trancam a pauta

A Câmara começou, no início da noite desta segunda-feira, 04, a votar as medidas provisórias que estão trancando a pauta do plenário. A votação faz parte do acordo fechado na tarde de hoje entre os líderes dos partidos governistas e os da oposição.

Mais de 260 deputados já registraram presença na Câmara. A última vez em que o plenário da Câmara votou uma medida provisória foi no dia 7 de junho; a última vez em que votou um projeto de lei foi no dia 23 de março.

Desde março, a pauta da Câmara vem-se mantendo trancada por medidas provisórias com prazo de votação vencido. Quando isso ocorre, nenhuma outra matéria pode ser votada antes da apreciação dessas MPs. Informações da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


04/09


2006

Alckmin sofre derrota no TSE

O candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, sofreu hoje uma derrota no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e corre o risco de ter de ceder espaço no seu horário eleitoral para que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se defenda de supostas ofensas veiculadas em um programa do tucano da semana passada.
 
O ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu uma liminar proibindo Alckmin de reapresentar o programa questionado por Lula. Na propaganda foram usadas imagens e falas de Lula de 2002. Na ocasião, ele disse que "a cada eleição o PT cresce mais. Porque sabe governar com planejamento, dedicação e, sobretudo, com seriedade e respeito pelo seu dinheiro".
 
Em seguida, um locutor completava: "Mensalão, caixa 2 do PT, corrupção nas estatais, dólar na cueca, máfia das ambulâncias. O Brasil vive a maior crise de corrupção da história. E você ainda acredita no Lula?"
 
Em sua decisão, Marcelo Ribeiro disse que a vinculação da afirmação "maior crise de corrupção de sua história" à credibilidade de Lula parece ofensiva. Sobre a alusão a episódios como mensalão e sanguessuga, Ribeiro afirmou que não ficou impressionado. Segundo ele, são fatos "públicos e notórios". Informações da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fabio Henrique Cavalcanti Pedrosa

Essa foi a primeria derrota. A segunda será nas urnas, infelizmente.

Dessa forma fica mais fácil chuchuzeiro, se o presidente e futuro presidente Lula ainda terá tempo no seu guia a goleada cada vez mais se consolidará.



04/09


2006

Um ilustre desconhecido

 Um militante petista perguntou a uma mulher que fazia a sua feira semanal no bairro de Areia Branca, em Petrolina: em quem a senhora vai votar para presidente?
 
Desconfiada como todo matuto, ela olhou para o jovem militante a arrematou: "O Lula já conheço de muitas datas e talvez lhe dê a última chance. Esse Alckmin, quem é? Trabalha na televisão?
 
 
 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 6