Governo de PE

09/04


2008

Governo libera verbas do PAC a inadimplentes

 Reportagem de Marta Salomon, publicada na edição desta quarta-feira da Folha informa que o governo Lula dispensou consulta ao cadastro de inadimplentes para liberar dinheiro a cerca de 1.800 obras selecionadas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Das 10 cidades com mais obras, só Olinda (PE) está regular. Ontem, 9 dos 10 municípios mais beneficiados com obras de saneamento, habitação e urbanização de favelas, registravam problemas no cadastro que atesta a regularidade fiscal.

O ministro Márcio Fortes (Cidades) disse à Folha que o objetivo de dispensar a consulta ao cadastro foi eliminar obstáculos a obras consideradas importantes.(Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura do cabo

09/04


2008

Sob suspeita ida de técnico do BNDES para a Vale

 O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) abriu um processo interno de investigação para apurar se houve irregularidade na saída do ex-secretário-executivo da instituição, Luciano Siani Pires. No domingo, dia 6, ele encaminhou um e-mail a vários departamentos e diretorias do banco comunicando seu novo destino profissional: a diretoria de Planejamento Estratégico da Vale. Segunda-feira, dia 7, foi o primeiro dia de trabalho de Pires na Vale. O e-mail foi recebido com perplexidade por parte do corpo de funcionários do BNDES.

Segundo técnicos do banco, que preferem não se identificar por temer represálias, Pires foi um dos principais negociadores da linha de crédito de R$ 7,3 bilhões que o BNDES colocou à disposição da Vale. O contrato de financiamento foi assinado na terça passada, dia 1º. Trata-se do maior financiamento já aprovado pelo BNDES para uma empresa privada.(Do Congresso em Foco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Isso é "igreginha". Quem é que sabe definir essa expressão?


Detran

09/04


2008

Presidente da Abin defende sigilo total de gastos

O presidente da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Paulo Lacerda, disse hoje, na CPI dos Cartões Corporativos, que gastos com alimentação do presidente Lula e seus familiares devem ser mantidos em sigilo, porque podem revelar onde os produtos são comprados e possibilitar que os alimentos sejam envenenados. ''É natural que o encarregado da segurança se preocupe com a natureza do que está sendo comprado, através de um alimento pode-se envenenar quem o consome. Temos que ter preocupação com quem vende'', disse. Ele defendeu a investigação pela PF do vazamento do dossiê com informações sobre o governo Fernando Henrique Cardoso, informa a repórter do blog em Brasília, Vanessa Laurino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

É necessário que haja despesa. Carro não funciona sem combustível. Pessoas precisam ser alimentadas. O que a oposição quer e bagunçar e criar notícias para ficar na mídia. Maldito é aquele que escandaliza.


Magno coloca pimenta folha

09/04


2008

PF: já presos um juiz, 12 prefeitos e nove advogados

 A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira uma operação contra um esquema de liberação irregular de recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Já foram presas 44 pessoas suspeitas de envolvimento com o esquema. Entre os presos estão 12 prefeitos de cidades de Minas Gerais e da Bahia.

Também foram presos um juiz federal, nove advogados, quatro procuradores municipais, quatro funcionários do Judiciário, um gerente da Caixa Econômica Federal e um lobista. A PF informou que o nome dos presos não será divulgado por determinação da Justiça.

Além de Minas e Bahia, a operação --batizada de Pasárgada-- também foi deflagrada no Distrito Federal. Cerca de 500 policiais foram mobilizados para cumprirem 150 mandados --100 de busca e apreensão e 50 de prisão.

A investigação, iniciada há oito meses, revelou a envolvimento de magistrados, prefeitos, advogados, procuradores municipais, assessores e lobistas no esquema. Segundo a PF, a suposta quadrilha teria causado um prejuízo de R$ 200 milhões aos cofres públicos.

O esquema consistia na negociação de decisões judiciais para repassar verbas do FPM para municípios em débito com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Segundo a PF, os prefeitos contratavam, sem licitação, um escritório de advocacia que oferecia indevidas vantagens a juízes e servidores da Justiça para obter decisões favoráveis. O escritório pertenceria supostamente a um lobista, que repartiria seus honorários com os prefeitos envolvidos no esquema. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

.... Raul Massagem em hotel Jungmann, Alváro aloprado Dias, Cesar Dengue Maia,Eduardo Mensalão Azeredo, queres mais ou tá bom?

Pedro Batista Filho

João, ñ sou de fugir de nada nem de ninguém, só parei de responder tuas bobagens, mais se queres uma relação de santos, ai vai: Joaquim Bandepe Francisco,Jarbas Celpe Vasconcelos,Roberto Mandioca Magalhães,Inocêncio Denocs Oliveira,Pedro CPIs Correia,Roberto se Deus quiser p/sempre sem mandato Freir

Tajmahal Cruz

Aqui em PE, deveria começar por Vitória de Santo antão. O prefeito faz o que quer, sem um pingo de respeito por qualquer lei. Aliás, tás pouco se lixando para TCE, ou assemelhados. outro caipora na lista negra é o de Catende. Aguardemos...

Marcelo Araújo

Gilberto Balbino (PR), de Sobradinho (BA). Esse último continua preso na Delegacia da PF em Juazeiro-BA.

Marcelo Araújo

Entre os prefeitos presos, segundo informou a Polícia Federal, estão Carlos Alberto Bejani (PTB), de Juiz de Fora-MG; Demetrius Arantes Pereira (PTB), de Divinópolis-MG; Júlio Cesar de Almeida Barros (PT), de Conselheiro Lafaiete-MG; José Eustáquio Ribeiro Pinto (DEM), de Cachoeira da Prata; Geraldo



09/04


2008

Famílias atingidas pelas cheias recebem ajuda

O Governo de Pernambuco começa a distribuir hoje, 3,750 colchões e cobertores e mais 750 cestas básicas às famílias atingidas pelas cheias em todas as regiões do Estado. Por volta das 16 horas, quatro carretas sairão da sede da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) em direção aos municípios contemplados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

09/04


2008

PF caça quadrilha de juízes, promotores e prefeitos

 Cerca de 500 policiais federais deram início, na manhã desta quarta-feira (9/4), à Operação Pasárgada. O objetivo é colocar fim em um esquema de liberação irregular de verbas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os prejuízos para os cofres públicos podem ultrapassar R$ 200 milhões. Segundo a PF, serão cumpridos 100 mandados de busca e apreensão e outros 50 mandados de prisão em Minas Gerais, Bahia e Distrito Federal. São suspeitos juízes, prefeitos, advogados, procuradores municipais, assessores e lobistas. Por determinação da Justiça, o nome dos presos e os municípios onde está sendo deflagrada a operação não podem ser divulgados.

De acordo com a Polícia Federal, o esquema consistia em repassar a verba do FPM a municípios em débito com o INSS a partir de decisões judiciais negociadas. Ficou também evidenciado nas investigações que os prefeitos contratavam, sem licitação, um escritório de advocacia, supostamente de um lobista, que oferecia indevidas vantagens a juízes e servidores para obter decisões favoráveis e posteriormente repartia seus honorários com os prefeitos.(Do Consultor Jurídico)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

TENHO CERTEZA QUE ESSES LUGARES NÃO SÃO ILHAS. ESSA ATIVIDADE É ERVA DANINHA, DÁ EM TODO LUGAR. ACHO QUE A OPERAÇÃO PASSÁRGADA DEVE VIR DEPRESSA, VIR CORRENDO, VIR DEPRESSA, VIR CORRENDO...VIR DEPRESSA VIR CORRENDO PARA PERNAMBUCO...


Banner de Arcoverde

09/04


2008

Polícia Federal prende prefeito de Sobradinho

Acusado de desvio de verbas do Fundeb - o Fundo de Desenvolvimentpo da Educação - o prefeito de Sobradinho, Gilberto Balbino (PL) acaba de ser preso pela Polícia Federal, informa de Petrolina Josélia Maria, correspondente do blog no Vale do São Francisco. E prestao depoimento neste momento na sede da PF.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


09/04


2008

Querem derrubar fidelidade e salvar 128 cassados

 Seis meses depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) definir que o mandato pertence ao partido, e não ao eleito, deputados se movimentam em duas frentes para derrubar a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que regulamentou a fidelidade partidária.

A primeira delas é a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, na próxima semana, do projeto de decreto legislativo que anula a norma do TSE. A aprovação da proposta, que recebeu parecer favorável ontem do relator, é dada como certa na comissão.

Caso seja referendada pelos plenários da Câmara e do Senado, a proposição invalidará todos os 8,5 mil processos de perda de mandato por infidelidade partidária em tramitação na Justiça eleitoral. Mais do que isso: anulará as 128 cassações determinadas até o momento, estabelecendo uma verdadeira batalha entre o Legislativo e o Judiciário. (Do Congresso em Foco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Legislar em causa própria é imoral. O Supremo é Supremo, é perda de tempo desses escrotos.