FMO janeiro 2020

16/07


2008

Banqueiro chega a Polícia Federal-SP para depor

 O sócio-fundador do Banco Opportunity,  Daniel Dantas, chegou por volta das 15 horas à sede da Polícia Federal, em São Paulo, para prestar depoimento sobre sua participação no suposto esquema descoberto nas investigações da Operação Satiagraha. Dantas chegou acompanhado de seu advogado Nélio Machado, e não falou com a imprensa.

Na semana passada, Dantas foi preso por duas vezes na carceragem da PF. Orientado por Machado, ele recusou-se a responder às perguntas dos investigadores, sob a justificativa de que não tinha tido acesso a todo o conteúdo dos autos da investigação e nem aos áudios interceptados pela PF. De acordo com seu advogado, somente um inquérito tem mais de 6 mil páginas. Ao fim do depoimento, seus advogados devem conversar com a imprensa(Portal Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Jaboatão

16/07


2008

Piso nacional de R$ 950 para professores sai hoje

 Na tarde desta quarta-feira , durante cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sanciona o projeto de lei que cria o piso nacional do magistério, no valor de R$ 950.

A criação do piso nacional do magistério vai beneficiar, imediatamente, pelo menos 800 mil professores da educação básica pública que ganham menos de R$ 950 por mês. Estados e municípios terão 18 meses, até 2010, para pagar o valor integral de R$ 950, a partir de reajustes anuais. Segundo o Ministério da Educação, a fixação do piso salarial é uma reivindicação histórica da categoria, que firmou compromisso com o governo federal há 14 anos para estabelecimento desse piso.(JB Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo de Santo Agostinho

16/07


2008

Garotinhos na Operação Pecado Capital da PF

 Uma investigação sobre desvio de cerca de R$ 70 milhões da Saúde no governo Rosinha Garotinho, batizada de Pecado Capital, levou na terça-feira (15/7) à prisão 12 pessoas, incluindo dois ex-secretários estaduais: Gilson Cantarino (Saúde) e Marco Antônio Lucidi (Trabalho). Segundo o Ministério Público Estadual, o esquema criminoso sacou, na boca do caixa, R$ 60,9 milhões que deveriam ir para a saúde pública; outros R$ 8,8 milhões foram gastos sem a comprovação do serviço. Rosinha e o ex-governador Anthony Garotinho, que foi secretário de Governo na gestão da mulher, foram denunciados por improbidade administrativa. A reportagem é do jornal O Globo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Com o nosso judiciário fajuto, duvido que eles fiquem na prisão. O nosso judiciário é uma lenda da carochinha. Só tem goelas, tanto para comer bola quanto para verbalizar heresias. Pensam que as cabeças pensantes da sociedade é penico, por isso falam trantas coisas.


Prefeitura de Serra Talhada

16/07


2008

Defesa de Cacciola não quer algemas nem camburão

 Um dos advogados de Salvatore Cacciola, Carlos Eluf, disse hoje que não há nenhuma estratégia de emergência para impedir a extradição do ex-banqueiro para o Brasil, mas que dois pedidos de habeas-corpus já foram enviados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) ontem. A defesa pede que Cacciola, ao chegar ao Brasil, não seja algemado ou transportado na parte de trás de um camburão policial.

"Para que sejam respeitados os direitos humanos referentes à dignidade e à integridade. É uma medida que tem que ser aplicada em qualquer país civilizado", afirmou o advogado. Eluf confirmou que o ex-banqueiro já está em Paris, onde aguarda um vôo da empresa aérea TAM. A previsão, segundo ele, é que Cacciola deixe a França no final da tarde de hoje e chegue ao aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, às 5h30 de amanhã.

A defesa do ex-banqueiro explicou que, como a prisão de Cacciola foi decretada como cautelar ou preventiva, com prazo máximo de 81 dias, ele poderia ficar em liberdade no Brasil. "Só em Mônaco, ele está preso há 11 meses. Extrapolou muito o prazo legal. Tem ainda outro habeas-corpus que está sendo remetido agora ao ministro Humberto Campos (presidente do STJ) para que, quando ele chegar no Brasil, (fique) sob custódia em uma prisão especial, por ser detentor de diploma de curso superior." (Portal Terra)

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Já basta de bandido nessa terra. Deveriam deixar esse por lá mesmo.

Gilberto Carvalho Moura

O advogado está fazendo o papel dele. É uma profissão legal, regulamentada e necessária. Já pensou se não houvessem meios de defesa? Seja civilizado! Eu mesmo acharia mais produtivo recuperar o Bilhão que o Cacciolla levou e deixava ele lá na Europa mesmo.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Então que se estenda um tapete vermelho e se use uma Limusine para transportar o ilustre trambiqueiro. Só falta agora esses advogados de porta de cadeia de luxo quererem que o sr. Cacciola fique hospedado em algum hotel de luxo ao invés de ficar encarcerado na PF. Francamente!



16/07


2008

Afastamento do delegado parece operação-abafa

 O afastamento do delegado federal Protógenes Queiroz da Operação Satiagraha é um erro do governo Lula e da cúpula da Polícia Federal. Transmite a idéia de operação-abafa e enfraquece a chance de uma segunda fase da investigação chegar a políticos envolvidos no esquema de proteção aos negócios do banqueiro Daniel Dantas.

As informações são de Kennedy Alencar, colunista da Folha Online e repórter especial da Folha em Brasília. Segundo ele, a saída do delegado passa a imagem de que o governo e a Polícia Federal ficaram insatisfeitos com a investigação, o que não é o discurso oficial do governo.

"Na semana passada, Lula dizia o seguinte: ''Quem não quiser ser incomodado pela Polícia Federal deve andar na linha''. Em reunião, quando voltou do exterior, o presidente avaliou a Operação Satiagraha como ''consistente do ponto de vista investigatório'' e ''positiva'' para a imagem do governo", diz o jornalista.
O colunista fala que, no entanto, o afastamento do delegado aconteceu no dia em que o presidente Lula se reuniu com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, ministro que mandou soltar Daniel Dantas duas vezes.

"O delegado Protógenes Queiroz pode ter cometido excessos, mas o seu trabalho é muito importante para tentar desvendar um grande esquema de corrupção. No atacado, as operações da PF têm mais acertos do que erros. Elas ajudam a combater a corrupção, colocando medo em corruptos e corruptores", afirma Alencar.

De acordo com o jornalista, o governo Lula deve explicar a situação, pois a a versão de que Protógenes pediu para sair não convence.

"O seu afastamento causa dano à imagem positiva que a Polícia Federal construiu nos últimos anos. Para a opinião pública, a imagem que fica é a de que um delegado honesto foi punido e de que um banqueiro criminoso está solto", declara o colunista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Parece?!

Jonas C Holanda Junior

A vida imita a arte, quem aqui já viu o filme O SENHOR DAS ARMAS? No caso brasileiro, e real, as armas são dólares,reais,euros... Viva a Era Lula!

guilherme alves

Parece não, é. A máfia venceu com o arsenal de armas que possui estocadas. O únicao assunto que uniu governo e oposição nos últimos tempos, ou seja, abafar a operação e dar proteção ao Daniel Dantas. Todos ficam agradecidos, inclusive a imprensa.

samuel sebastião nascimento dos santos

Certamente revelaria muita podridão, e esses caras que se mostram, dignos e éticos cairiam na malha da competentíssima Policia Federal, seria ótimo se pudesse acontecer, talvez tivéssemos alguns BANDIDOS de PE. quem sabe! aqueles q/ se locumpletam da miséria alheia, o tempo dirá....................

samuel sebastião nascimento dos santos

Já vimos este filme no passado, qdo um delegado, me parece de Brasília fez uma investigação na Bahia, e ACM, atravéz de sua inflência o afastou, do inquérito, certamente tem gente gde envolvida c/ DD, tanto do Gov. quanto da oposição, seria muito bom se o Protégenes continuassem nas investigações,


Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

16/07


2008

Americano condenado à morte é extraditado no Recife

 A Polícia Federal de Pernambuco extraditou, na manhã desta quarta-feira (15), o americano Stephen Mathieu Workman, 36 anos. A operação, realizada por policiais lotados na Representação da Polícia Internacional (Interpol) no estado, aconteceu por volta das 9h.

O americano estava preso desde o dia 5 de setembro de 2005 por causa de um mandado de prisão preventiva expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi condenado por homicídio doloso no estado da Flórida, nos Estados Unidos, tendo pena de morte ou prisão perpétua como sentença. O traficante americano Jason Gucwa teria sido a vítima do assassinato.

Segundo informações da Polícia Federal, Stephen estava foragido quando o aconteceu processo, que correu à revelia. A Polícia Federal informou ainda que o Brasil não podia extraditar o condenado caso o governo americano não concordasse em substituir a pena de morte pela pena máxima existente no Brasil, que é de trinta anos. Isso está determinado pela lei 6.815/80, conhecida como Estatuto do Estrangeiro.

O Ministério da Justiça, através do Departamento Estrangeiro da Secretaria Nacional de Justiça, acionou o país de origem do condenado, deixando claras as condições para que houvesse a extradição. Assim, a determinação foi concedida pelo STF mediante a substituição da pena de morte, concedida pela Justiça dos EUA, por 30 anos de prisão, que é a pena máxima no Brasil.

Condições aceitas, o Ministério da Justiça determinou que a Polícia Federal encaminhasse Stephen até o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, onde dois agentes da Polícia Federal Americana (FBI) o aguardam para levá-lo para a Flórida.

A viagem do Recife para São Paulo está prevista para o início da tarde desta quarta-feira (16). Stephen deve chegar aos Estados Unidos na madrugada desta quinta-feira (17). (Portal pe360graus)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

16/07


2008

Gretchen dispara na enquete em Itamaracá

Em sua primeira incursão pela política a cantora Gretchen só tem motivo para se animar com a experiência, pelo menos quanto à enquete do blog para a prefeitura de Itamaracá. É que a rainha do bum bum e candidata do PPS disparou na preferência dos votantes, superando em muito seus adversários nesta primeira rodada. Até a manhã desta quarta-feira Gretchen estava com 56,47% dos votos, contra 24,71% de Rubens Catunda(PT) e 16,47% de Paulo Volia(DEM). Com esse resultado, tudo indica que vai pegar  fogo a disputa na ilha. Lembrando que enquete não é pesquisa conforme resolução do TRE, pedimos aos ilhéus que continuem votando. Vamos votar, gente!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ernesto de paula

lamentavel a candidatura desta mulher na politica da ilha de itamaraca, já basta o caos em quie se encontra, vamos pra frente.

Igor Costa Siqueira

Cara isso não existe, como vocês vêem o cenário político do nosso país se confunde com um programa onde só ganham os artistas mas inusitados. Igor Siqueira Abraço

Mahmoud Ahmadinejad

Já pesou se gretechen pedir aki uma resposta para cada comentario vai ter que fazer outro blog cai na real magno não deixa esse pilantras responder os comentarios que os desmascaram...

ricardo luiz oliveira arcoverde

Isso mostra quem são nossos dirigentes politicos, Roberto Freire dá legenda a Gretheen, e Mendoncinha a Pink, é isso mesmo, a gente só da o que tem.

guilherme alves

Só falta a Odete ser eleita em Jaboatão, aí o serviço é completo.


O Jornal do Poder

16/07


2008

Enquete: Dinca Brandino parte na frente em Tabira

Em Tabira a disputa pela prefeitura do municipio na enquete do blog vem sendo liderada pelo candidato do PSB Dinca Brandino, que supera seus adversarios Carlos Veras(PT) e Josete Amaral(PTB). Dinca tem até o momento 41,86% dos, votos contra 32,56% de Carlos Veras e 25,58% de Josete Amaral. Vamos continuar votando gente, ainda há muito tempo!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

16/07


2008

Os poderosos de plantão têm medo da Internet

Por que será que em eleições passadas, incluída a recentíssima de 2006, essa polêmica sobre o uso da Internet na campanha eleitoral não pegou fogo como agora? Essa pergunta nos faz rememorar o clima no qual se revestiram as eleições gerais de 2002 e as municipais de 2004. Vale a pena prosseguir a reflexão sobre esse assunto.

É claro que no início desta década, já estávamos, nós brasileiros, em plena era da mídia eletrônica. No entanto, não acontecia esse bulício, essa discussão, colocando a autoridade eleitoral contra candidatos, seus blogueiros e marqueteiros.

Por que será que só agora a coisa está pegando fogo? A resposta está em vários lugares. Talvez o principal seja o de que, com o crescimento da campanha online, a diferença entre os candidatos cheios da grana e poderosos venha a ser eliminada gradualmente no enfrentamento com os candidatos de menor poder e de bolso vazio. A continuar nessa marcha, já já essa diferença, que é de classe social, será coisa do passado.

Essa nova situação, de igualdade e liberdade plena entre os contendores, é uma coisa inadmissível na cabeça daqueles que detém a máquina do estado,  E as máquinas financeira e produtiva. No ver destes poderosos, não faz parte da cultura política e eleitoral brasileira essa história de que todos devem ter o mesmo poder de fogo na busca dos votos. Para eles, isso não passa de utopia socialista, irrealizável.

Essa inspiração, essa orientação infra-estrutural em nossa sociedade levou e leva a que todos os poderes de estado a reproduzam. Daí entendermos o motivo pelo qual as autoridades eleitorais vêm, a cada eleição, fechando o cerco contra a ''''ousadia'''' dos candidatos menos poderosos ou sem poder algum.

Pelo que se vê do trecho acima, do artigo do jornalista Sérgio Augusto Silveira hoje no blog, a resistência dos poderosos de plantão ao uso da Internet na campanha eleitoral está relacionada a interesses fisiológicos, ao medo da democratização do processo, e conseqüente quebra da hegemonia que os de maior poder econômico detêm.  Vale a pena ler o artigo na íntegra. Boa leitura!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/07


2008

Coluna de hoje na Folha

                A dinheirama de Quipapá

O carnaval de Olinda, quem diria, com tantas tradições e renome internacional, que arrasta milhões de foliões, com transmissão ao vivo para o Brasil inteiro, perdeu feio, em termos de patrocínio do Governo Federal, para o ilustre desconhecido Festival da Canção Popular de Quipapá! Graças ao “prestígio e a desenvoltura” do deputado Negão Abençoado (PRB), o município de Quipapá abocanhou R$ 1 milhão do Ministério do Turismo para tirar o projeto do papel.

Enquanto Olinda, coitada, só recebeu R$ 200 mil, mesmo com a força do vice-líder do Governo, Renildo Calheiros. O que leva o Governo a abençoar uma emenda individual de um parlamentar para uma promoção que, na prática, não custaria R$ 200 mil? Um senador graduado da República teve o cuidado de vasculhar os recursos liberados para eventos tradicionais em Pernambuco e constatou que o Festival de Inverno de Garanhuns foi o que obteve mais verbas da União – algo em torno de R$ 350 mil.

Mesmo assim, os números não se comparam a Quipapá. Ouvido sobre o assunto, o Negão Abençoado disse que não via nenhuma distinção no tratamento dado pela ex-ministra Marta Suplicy. Cinismo à parte, eis pela frente um belo trabalho de investigação para o Ministério Público. Afinal, nunca se viu na história do Estado um festival de música tão caro.

IMPUGNAÇÃO EM SERRA – Em Serra Talhada, o candidato do PTB, Geni Pereira, ainda paga um preço alto por não ter aprovado todas as contas da sua gestão no Tribunal de Contas. Em razão de uma conta pendente, que resultou em um processo, o trabalhista está, agora, ameaçado de ficar inelegível. O promotor Vandeci de Souza pediu, ontem, à justiça eleitoral do município, a impugnação de Geni. A ação caiu nas mãos da juíza Maria Eliane, que deve se pronunciar logo, logo.

Cenário de guerra - Com fama de fazer das eleições palco de verdadeira guerra, Gravatá até pelos nomes dos seus candidatos no pleito deste ano não vai perder a tradição: Ozano, do PSDB, virou Ozama Bin Laden, e Bruno Martiniano, do PTB, é o “Bruno Espoleta”. Para completar, surgiu o vereador Pedro Bala.

 

 

 

Tem boi na linha - Lula tem razão por ter perdido o sono com a prisão de Daniel Dantas. Por unanimidade, a Comissão de Ética Pública da própria Presidência da República decidiu analisar a ação do chefe-de-gabinete do presidente, Gilberto Carvalho. Segundo a Polícia Federal apurou, Carvalho deu informações privilegiadas ao ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT), que atuou em favor do banqueiro.

 

Sem Uribe - Sobre a atuação de Hugo Acero, Murilo Cavalcanti, assessor de Raul Henry, esclarece que Bogotá começou a reverter a violência a partir de 94, antes de Uribe. A partir de 94, os prefeitos assumiram suas responsabilidades e Acero ficou nove anos como secretário, sem atuar com Uribe. A Colômbia não consome, exporta drogas.

 

Pisou na bola - O prefeito de Petrolina, Odacy Amorim (PSB), deu uma pisada de bola, ontem. Em entrevista a uma emissora de rádio afirmou que se tivesse vencido a convenção para Patriota, o hospital de Traumas seria inaugurado no próximo dia 30. Como perdeu, só no final da sua gestão. Concluindo, então seria obra eleitoreira?

 

 

Curtas

 

ORÇAMENTO – Em seus discursos ao fim de cada caminhada, o candidato do PMDB a prefeito do Recife, Raul Henry, tem contestado o Orçamento Participativo. Para ele, o OP não tem planejamento nem é integrado com a população.

 

SEM FESTA – O deputado Paulo Rubem completa amanhã 53 anos de idade, dos quais 30 militando no PT. Como a justiça eleitoral proíbe festas, o agora pedetista e candidato a prefeito de Jaboatão vai comemorar numa lanchonete popular.

 

PESQUISA– Ficou para amanhã, devido aos prazos da justiça eleitoral, a divulgação da pesquisa Método sobre a sucessão em Petrolina. Sem o prefeito no páreo, o pleito ficou polarizado entre Gonzaga Patriota (PSB) e Júlio Lóssio (PMDB).

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Batista esquece que esse rapaz tem proximadade e negocios com gente desse governo também. É tudo picareta!

Pedro Santos

Muito me adimira as peripécias que esse deputado "Negão Abençoado?" tem feito na política pernambucana em tão pouco tempo de vida legislativa. Creio que grande parte da desenvoltura politiqueira desse indivíduo-deputado se deve à política "odoricoparaguaçueira" da "sucupirense" cidade de Jaboatão.

Wendell dos Santos Silva

GRAVATÁ: Se Oxano está apelidado de Ozama Bin Laden o Prefeito deveria ser o BUSH porque todos os dois são malcarater, mas em Gravatá o Ozama e o Bush são aliados.

Paulo Kigrer

Que me perdoem os que se acham mais... porém nenhum cidadão é mais pretencioso que esse Murilo Cavalcanti...principalmente quando arrota pretender competênca na área de segurança... escolheu um tema...sem saber seus fundamentos...resultado= só diz bobagens...

Raimundo Eleno dos Santos

O governo do sociólogo FHC foi só de prejuízo para o Brasil. FHC a besta do apocalipse. Foi ele quem adubou a terra para o surgimento de tantos ratos. Ele é um traidor deveria estar na cadeia junto com suas crias.