Lavareda

09/04


2010

''''Nunca o PT teve uma eleição tão fácil'''', festeja Lula

 No primeiro ato de pré-campanha ao lado de sua ex-ministra Dilma Rousseff, o presidente Lula afirmou ontem, durante evento do PC do B, que a depender ''dos times que estão em campo'', nunca o PT teve uma eleição ''tão fácil em sua história'', informa a Folha de S.Paulo, na edição desta sexta-feira. Falando a uma plateia de cerca de mil militantes comunistas, Lula disse que a atual coalizão que o sustenta politicamente tem ''a obrigação'' de vencer as eleições para fazer ''mais e melhor para esse país''.

''Eu sinceramente acho que nós não vamos ter uma campanha fácil, mas, se depender dos times que estão em campo, nós nunca tivemos uma tão fácil. Não porque os adversários estejam fracos, mas porque nós somos mais fortes, mais preparados, temos história'', disse.

Segundo Lula, ninguém na campanha de Dilma ''tem que ter vergonha de debater qualquer assunto. Não existe nem comparação com qualquer um deles, não temos que ter medo de debater nada, absolutamente nada''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

.....Bebeu de novo.!!!

uilma

TEM MUITA HISTÓRIA MESMO, HISTÓRIA DE ROUBO HISTÓRIA DE MORTE, MUITA HISTÓRIA MESMO.CONCORDO COM OCTOPUS.

Jonas

Lema de Serra é paz e amor e o Dilma é guerra e terror.

Jonas

O lula nunca ganhou no primeiro turno, mesmop com os 150% de aprovação popular, porque dilma iria ganhar, o desespero e os ataques contra o pSDB já começaram, PT voltou a antiga forma.

Paulo Robkstikeare

Eleição fácil? do jeito que a doutora vai...Serra agradece muito ao lulla pela escolha da candidata ungida.


ALEPE

09/04


2010

Tucanos querem Serra na cama mais cedo hoje

 Sono da beleza. Tucanos tentam convencer José Serra a ir para a cama mais cedo hoje, para estar com o semblante descansado no lançamento de sua candidatura, amanhã na hora do almoço. Na véspera da desincompatibilização do governo paulista, ele virou a noite finalizando o discurso.

Tudo menos isso. A ordem entre os dirigentes do PSDB é fazer com que Aécio Neves ''se sinta confortável'' no evento. Tradução: nada de faixas ou palavras de ordem conclamando-o a ser vice.(Painel - Folha de S.Paulo - Renata Lo Prete)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Sem dormir o homem mais parece um lobisomem....é melhor ir pra cama cedo mesmo...

Paulo Robkstikeare

Boa lembrança, Uilma. O Poder para o petralha vale alguns homcídioszinhos...

uilma

BOA SORTE SERRA, MAS CUIDADO PRA NÃO SER MAIS UMA VITIMA DO PT PARTIDO DOS TRABIQUEIROS, LEMBRE-SE DO FINADO DANIEL.

JARBASTA

Fica difícil, vampiro adora a noite e as trevas....

Paulo Robkstikeare

Vai ser o grande evento do país. Faz mais de 4 anos que o povo quer Serra no poder...Está chegando a hora!!!!


O Jornal do Poder

09/04


2010

Gilmar critica Lula: ''''Não se pode brincar com a Justiça''''

 O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, criticou nesta quinta-feira as ironias do presidente Lula em relação a punições impostas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para Gilmar, que falou com O GLOBO antes dos ataques de Lula ao Judiciário, ''não se pode brincar com a Justiça''. Neste ano, Lula já foi punido com o pagamento de multas duas vezes por fazer campanha antes do prazo permitido por lei para a ex-ministra Dilma Rousseff.

Após a primeira punição, com sarcasmo, o presidente perguntou a pessoas que ouviam seu discurso em um evento público quem pagaria a multa se ele falasse novamente o nome de Dilma, conforme reivindicava a plateia. 

''Tenho a impressão que não se deve fazer brincadeiras com a Justiça. Não se pode brincar com a Justiça. Na verdade, independentemente de qualquer sanção, uma multa de R$ 5 mil ou R$ 10 mil, que pouco significa para muitas pessoas, há um dever muito maior de lealdade constitucional'', disse o presidente do Supremo. ''O presidente da República cumprir decisões judiciais é para dar exemplo, para mostrar que de fato observa a Constituição. Violar a Constituição é crime de responsabilidade.''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Piada irônica e de mau gosto esse malfasejo parasita do Daniel Dantas falar de levar a Justiça à sério, ele mesmo responsável-mor pela desmoralização quase endêmica do Judiciário nacional na atualidade...

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Sr. Gilmar, ELE SO NÃO BRINCA COMO DESMORALIZA A JUSTIÇA E O STF, POR QUE A MAIORIA FOI INDICADO POR ELE, CARGO PARA STF, TEM QUE SER CONCURSO Sr.GILMAR, por que fica livre para decidir,mas assim quem vaia acreditar? Jandilson

milton tenorio pinto junior

..esse é sem comentário...desprezivel...

EDSON COSTA DE SIQUEIRA

Surrealista esta declaração do Ministro Gilmar Mendes! Será que o Presidente do STF também “não sabe” tudo que o PeTralha Mor tem feito desde que assumiu a presidência!

Paulo Robkstikeare

Lulla é contra a democracia e o estado de direito. E o PT ainda consegue ser pior.


Abreu no Zap

09/04


2010

Lula adverte: "Não farão com o Irã o que fizeram com o Iraque"

 “Não podem é fazer com o Irã o que fizeram com o Iraque. O Brasil não abrirá mão de defender a reforma da ONU para que essas coisas sejam discutidas com seriedade. Eles pensam que eu sou duro? Então veja quando a Dilminha chegar lá. Aí sim vocês vão ver o que é falar duro”. Foi nestes termos que o presidente Luis Inácio Lula da Silva voltou a defender nesta quinta-feira a participação do Brasil em negociações com o Irã. Lula criticou os países que se opõem ao diálogo e disse que vai se reunir com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, independentemente das manifestações de oposição da comunidade internacional, principalmente dos Estados Unidos.

O presidente discursou durante cerimônia de apoio do PCdoB à pré-candidata do PT à Presidência. Antes, ele já havia defendido a continuidade de seu governo, mas sem citar a pré-candidata.

O Irã, quando governado por Saddam Hussein, foi invadido por tropas norte-americanas. O presidente dos EUA na época, George W. Bush, declarou guerra após acusar o Iraque de possuir armas de destruição em massa. As armas nunca foram encontradas.

“Vou ao Irã para dizer: Faça tudo o que o Brasil faz que tudo bem”, disse. O Irã é alvo de pressão no Conselho de Defesa da Organização das Nações Unidas por seu programa de enriquecimento de urânio. Os Estados Unidos acusam o país de tentar desenvolver armas nucleares. O Brasil defende o direito de o Irã possuir um programa nuclear para fins pacíficos. (Informações do portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

olha como tá brabo...até parece que os tanque de guerra do Brasil serve pra alguma coisa....na certa bebeu demais...

Luiz Maciel S Junior

Minha preocupação é saber que este não é o ultimo comentário infeliz desse presidente.

uilma

E BOTA IBECIL NISSO, SR. WELLINGTON

uilma

EUA NÃO FAZ SE NÃO QUISER, E SE MULA SE METER SOBRA ELEKKKKKKKKKKKKKKKK, ELE NÃO SE TOCOU QUE APITO DELE É SURDO.

Felisberto Nobre

Lula quer ser o chefe do renascimento comunista no Mundo. Daí ter fundado, e presidi-lo na clandestinidade, o Foro de São Paulo, redil dos comunistas bolivarianos, e narcoguerilheiros das Farc. Daí sua aliança preferencial com o PCChinês, máfias Russas de Putin, e terroristas muçulmanos. Xô !



08/04


2010

Arruda desviou R$ 1 bilhão do Bolsa Família

 O governo de José Roberto Arruda (sem partido) desviou R$ 1 milhão do principal programa social da gestão Lula, o Bolsa Família, segundo auditoria do governo federal. Arruda usou o dinheiro que recebeu, entre 2008 e 2009, do Ministério do Desenvolvimento Social para construir cercas e alambrados da Secretaria de Desenvolvimento Social. Em reportagem, a Folha de S.Paulo destacou que o desvio foi apontado em auditoria da Controladoria-Geral da União. A CGU declarou que a verba era para financiar o acompanhamento, o cadastro e a fiscalização das famílias beneficiadas pelo programa. O valor é suficiente para beneficiar quase mil famílias por um ano e, pelas regras do ministério, ele não poderia ser usado para construir cercas. O governo do Distrito Federal não comentou a auditoria da CGU.

 

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, declarou ao jornal O Globo que a intervenção no Distrito Federal continua indispensável, especialmente por causa da suspeita de que integrantes do Câmara Legislativa integravam o suposto esquema de corrupção instalado no governo local. Para Gurgel, a eleição de um novo governador por deputados distritais não resolverá o problema.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Robkstikeare

Bolsa Família...heheheheh...Mas, não é o carro chefe dos petralhas? Dem precisa ajuda de petralha? Tudo que tem petralha envolvido dá em roubo. Imagino quando o sombra abrir o bico. Vixe, vai ser um deus nos acuda.

JARBASTA

Cadê Paulo Robesteira e Zé Leseira da Silva para falarem desse careca, velho conhecido, amigo, correligionário, aliado e cotado para vice de Serra?

Veronildo José

Tá incompleta a nota. A secretaria que coordenava o programa era ocupada por uma deputada distrital do DEM - tá na mídia(portal UOL - ontem), inclusive por essa razões ela renunciou a presidência da CPI. Será que o DEM vai expusa-la?

uilma

A MÁFIA ITALINA COSA NOSTRA PERDE PRA ESSES BANDIDOS TRAVESTIDOS DE POLITICO.


Banco de Alimentos

08/04


2010

Rio: o governador, o caos e as Olimpíadas

 Não adianta o governador Sérgio Cabral alardear que a catástrofe abatida sobre o Rio em nada prejudicará a realização das Olimpíadas,  em 2016.  Só o caos no   trânsito causaria calafrios  nos organizadores do certame. Suponha-se a repetição da tempestade na hora em que estiverem sendo realizadas  as provas de  regata, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Ou as finais de basquete ou vôlei, no Maracanãzinho. O deslocamento dos milhares de turistas, da Zona Sul para a Barra da Tijuca, sede maior dos jogos. A chegada das delegações no Aeroporto Tom Jobim. O trabalho de milhares de jornalistas para transmitir  reportagens, sem energia no centro de imprensa.


Até 2016 o Rio precisará desatar mil e um nós que, permanecendo, poderão levar ao cancelamento das Olimpíadas na antiga capital. Quem viver, verá.(Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

POR MIM JÁ CANCELA TARDE.

Paulo Robkstikeare

A morte de muita gente entra na conta do PAC, não é? Afinal, segundo o LuLLa alardeava: nunca antes havia investido tanto no Rio. Para variar mentira. Se o carioca tiver o mínimo de brio não dá um voto no PT.

Veronildo José

Infelizmente, logo vai ser esquecida a tragédia. Permanecerá na mídia(JN) até amanhã. No sábado é para farrear com a festa do Serra, e o JN não poderá colocar festa efusiva e tragédia. Pega mal.



08/04


2010

Serra levrá detalhes de sua festa aos seguidores do Twitter

Um dos pioneiros entre os políticos no Twitter, o presidenciável do PSDB, José Serra, pode lançar mão da rede de microblogs para anunciar sua chegada ao evento de lançamento de sua pré-candidatura, sábado (10), em Brasília. Enquanto o público (estimado em 3 mil pessoas) aguarda o discurso do tucano, um telão de LED instalado no palco exibirá seu perfil no Twitter, com as postagens mais recentes. Em outubro passado, o ex-governador levantou a possibilidade de falar em primeira mão sobre a candidatura aos seus 189 mil seguidores.

 

A estimativa inicial de custo do evento, de R$ 300 mil, já foi ultrapassada. O gasto pode chegar a R$ 500 mil. Quatro telões vão compor o cenário do palco, junto a um grande banner com as cores do partido - azul e amarelo. Além de mensagens postadas no Twitter de Serra e do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, os telões vão exibir, ao longo da cerimônia, depoimentos em vídeo de militantes em apoio à pré-candidatura de Serra.

Para concorrer com o evento de Serra, o comando da campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República encomendou para sábado um ato político engrossado por seis centrais sindicais em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, na tentativa de fazer ''contraponto social'' ao lançamento da candidatura do ex-governador de São Paulo. A ofensiva do PT para bombardear a festa do PSDB, em Brasília, deverá contar com a ajuda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, convidado de honra da manifestação.(Portal Época)



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ADELMIR SILVA

No que comentamos podemos escolher nossos candidatos, ai eu pergunto porque o blogueiro não pode?. O crescimento do blog do magno é pela a imparcialidade e competência, e com relação do PTLUDILMA, querer esvaziar o lançamento de SRRA é normal só não vam consegui ao comtrario do esvaziamento da CHESF

Paulo Robkstikeare

Serra é antenado com o futuro, nao é ligado ao passado, como museu, poste e político sem passado digno.

milton tenorio pinto junior

E tu não deixa de acessar o Blog do Magno.....no fundo gostas do Jornalsta Magno...

Veronildo José

O blogueiro, definitavemente, começa a escancarar sua preferência. Do ponto de vista jornalistico é uma tragédia, porém do ponto de vista das compensações será um sucesso.



08/04


2010

Catástrofe: Lula condena ''''joguinho político pequeno''''

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva condenou nesta quinta-feira políticos e instituições que, segundo ele, apelam para um ''joguinho político pequeno'' após situações de catástrofe, como a que ocorreu com o Rio de Janeiro, informa o portal Terra. Lula saiu em defesa do ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), acusado de ter beneficiado com recursos o Estado da Bahia, seu berço político, em detrimento das demais unidades da federação. ''É uma leviandade de quem falou'', disse.

''O que eu acho pobre nesse País é que as pessoas esperam acontecer uma desgraça dessa magnitude para ficar tentando fazer um joguinho político pequeno. Nessa alturas a única coisa que temos que fazer - primeiro é ser solidário ao povo do Rio de Janeiro - depois pedir a Deus que mande um pouquinho de chuva para o Nordeste brasileiro e pare um pouquinho no Rio de Janeiro. Pare em São Paulo. É para chover no Nordeste. E depois cuidar de ajudar quem foi vítima dessas coisas que aconteceram no Rio de Janeiro'', disse.

A Bahia foi o Estado que mais recebeu dinheiro do programa de prevenção e preparação para desastres, com 61% dos R$ 39,4 milhões que foram desembolsados pelo ministério. O Orçamento de União teria autorizado R$ 318 milhões para esse programa, mas apenas 12% foram utilizados. Geddel deixou o cargo na semana passada para disputar o governo estadual. O Rio de Janeiro não teria recebido dinheiro desse programa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Antonio Auricélio

LEMBRAM-SE DE "A.C.M" O TRATOR QUE LEVAVA TODOS RECURSOS POSSIVEIS PARA SUA BAHIA? O GEDEL NADA MAIS É DO QUE A CÓPIA FIEL DO MESMO. PROCUREM SABER DOS RECURSOS DA "CODEVASF."QUE ERAM PARA SER DESTINADOS A TODO O VALE DO SÃO FRANCISCO, E VEJAM O QUE ACONTECEU ANO PASSADO, A BAHIA FICOU COM 70%.I

Lucas Queiroz e Silva.

Lula tenta tampar o sol com a peneira, ops a chuva com a peneira e não convence, discorda do TCU e atira no pé de Gedel e no dele.É vergonhoso a distribuição de 64% para a Bahia contra 0,9% para o Rio.E Pernambuco veio quanto mesmo???

Paulo Robkstikeare

Lulla parece juiz de 1ª instância...condena tudo que ver pela frente. Um sacana de marca maior.

JOSÉ DO PATROCINIO GOMES DE OLIVEIRA

OS NÚMEROS NÃO MENTEM. VAMOS DEIXAR DE FANATISMO BARATO E FALAR COM A RAZÃO E COM HONESTIDADE. O BRASIL ESTÁ GOVERNADO POR UMA FARSA. ANALISEM OS NÚMEROS DO PAC, E AGORA, OS NÚMEROS DAS TRANSFARÊNCIAS DE RECURSOS (DEFESA CIVIL) PARA BAHIA, COMPARANDO-OS COM OS TRANSFERIDOS PARA O RIO DE JANEIRO

Davidson Sampaio Amaral

Quanto ao crescimento, lembre-se que o mundo vivia uma crise como a que vivemos a pouco e isto somado ao problema energético foi o que derrubou a crença em FHC, é claro com ajuda de muita leviandade da oposição. Pois, vc não pode negar que tudo já estava muito melhor.



08/04


2010

Aécio, Freire, FHC, Maia e Sérgio discursam na festa de Serra

 O ex-governador Aécio Neves (PSDB) foi escolhido como um dos oradores do evento que lançará no sábado o ex-governador José Serra (PSDB) como pré-candidato à Presidência, informa o portal Folha Online. Possível candidato ao Senado, Aécio é o nome favorito dos partidos de oposição --PSDB, DEM e PPS-- para ser o vice na chapa tucana.

O primeiro orador do dia será presidente do PPS, Roberto Freire (PE), que será seguido pelo deputado Rodrigo Maia (RJ), presidente do DEM, e o senador Sérgio Guerra (PE), presidente do PSDB.

Em seguida fala Aécio Neves em nome dos governadores da oposição e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O nome de FHC e Aécio foram incluídos depois dos partidos afirmarem que apenas os três presidentes falariam. A ideia é que cada orador tenha 10 minutos de fala.

Antes do discurso de Serra, será exibido um vídeo sobre a carreira dele. A fala do pré-candidato terá cerca de uma hora. O evento contará também com a apresentadora e modelo Ana Hickmann como mestre de cerimônia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

FHC MERECE 60 MINUTOS DE DISCURSO.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Qual será o discurso da coligação PSDB-DEMO? Afinal em oito anos de oposição eles continuam a se mostrar sem proposta, sem projeto de Nação e sem alternativa de governo. Agora adotam o discurso do continuismo sem continuidade da Era Lula (o que quer dizer isso?). O que terão para dizer de tão nov

Paulo Robkstikeare

Serra fará um discurso histórico, divisor de águas.

Veronildo José

Será que o Rodrigo Maia permeará o seu discurso com, referência a deputada do Distrito Federal que quando secretaria de Arruda desviou hum milhão de reais do Bolsa Família que administrava. E o Roberto freire cobrirá o Serra de agradecimento pela sinecura que tinha nas estatais paulistas..



08/04


2010

Ciro sobe o tom contra o PSB: cobra apoio à sua candidatura

 Em carta postada no seu site, o deputado federal Ciro Gomes (CE), pré-candidato do PSB à Presidência, cobrou de seu partido a confirmação de seu nome na corrida sucessória. Na prática, o ex-governador do Ceará parece perceber que o comando do PSB não tem interesse na candidatura própria, embora ele apareça em todas pesquisas sempre com mais de 10 pontos percentuais, preferindo apoiar a petista Dilma Rousseff. Ciro lembrou que sua saída da disputa, inclusive, pode até reduzir as chances de vitória de Dilma, favorecendo o tucano José Serra.

''Apenas para encerrar um falso dilema que tem ocupado as páginas de jornal, discordo plenamente que minha eventual candidatura acabe prejudicando a estratégia da candidatura oficial. Ao contrário, basta ler as pesquisas de opinião para ver que quando meu nome é retirado a vida do candidato do PSDB se torna mais tranquila'', diz o deputado em seu texto.

O título do artigo de Ciro, ''está na hora do PSB pensar grande'', dá o tom do seu apelo ao comando da legenda, afirmando que o movimento será decisivo para que o partido defina ''se quer ser gente grande ou continuar pequeno e dependente de outros partidos''.

Cargos e favores

''Está na hora de decidir se vamos alimentar a estrutura e a estratégia dos nossos aliados ou se vamos exercer a opção que a democracia nos apresenta de concorrer com candidatos em todas as instâncias de poder no primeiro turno da eleição. Decidir se nos mostramos ao Brasil como uma força nova, coesa, com discurso afinado e gente decente disposta a melhorar o Brasil, ou se seremos apenas mais um dos partidos que se acotovelam em alianças pautadas pela mera distribuição de cargos e favores'', acrescenta.

Ciro avalia que, mesmo derrotada, a candidatura própria ajudaria a consolidar a marca nacional do PSB, abrindo espaço para uma vitória no futuro. ''A tese que defendo é que time que não joga não forma torcida. Mesmo que tome de goleada'', diz.

Ousadia

''Estou convencido que a candidatura própria do partido à Presidência da República será muito benéfica à estratégia de levar o PSB a ser grande. Se conseguirmos 15% que seja dos votos, significam cerca de 20 milhões de eleitores acreditando na mensagem do PSB. Se tivermos a ousadia de fazer uma campanha casada em todos os níveis poderemos eleger importantes bancadas nas assembleias estaduais, na Câmara e no Senado. Já imaginaram, então, se a nossa mensagem empolgar? E se algum dos favoritos escorregar e cair? Podemos chegar até mais longe'', afirma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Robkstikeare

E agora dudu?????

Joao Bosco Nogueira de Lima

Aqui no Brasil tenta-se, de todo jeito, fortalecer os partidos políticos porém, a cada pleito eleitoral, percebe-se que os interesses são meramentes pessoais. Façam logo esta reforma política!



08/04


2010

Modelo Ana Hickman vira mestre de cerimônia do PSDB

O PSDB contratou a apresentadora e modelo Ana Hickman para ser a mestre de cerimônia do evento que lançará a pré-candidatura à Presidência do ex-governador José Serra (PSDB). No sábado, as legendas de oposição --PSDB, DEM e PPS-- farão em Brasília o chamado "Encontro de Partidos", que na prática lançará Serra na disputa presidencial. Os organizadores esperam levar cerca de 3.000 simpatizantes para o ato, segundo a Folhaonline.

Além de Ana Hickman, os partidos querem usar a internet para dar maior repercussão. Uma das ferramentas que será usada é a página Twitter de Serra que conta com 180 mil seguidores. Os partidos usarão outras mídias sociais, como Orkut, YouTube e Facebook, para ampliar a repercussão do evento. O site oficial do PSDB fará a transmissão ao vivo. É espero um público de 3.000 pessoas.

Chamado de "Encontro de Partidos", o ato será feito no espaço de eventos Brasil 21, em Brasília. Como a legislação eleitoral só permite o início das campanhas em julho, o PSDB decidiu realizar o evento em um sábado, previsto para ter início às 9h e encerrar às 13h.

O PSDB prevê gastar R$ 500 mil no lançamento, segundo informou a Folha de hoje. Um telão exibirá as mensagens postadas no Twitter, seja pelos presentes ou por quem estiver seguindo pela internet.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Robkstikeare

Serra será lançado com toda força que a candidatura merece. Vamos lá!!!

Joelson Augusto

Isso é que é lançamento de peso, segurra a peruca dilma que José Serra vem aí com todo gás e puljancia mostrando que o Brasil pode mais, junto com as forças políticas de Pernambuco estado mais representativo no senário nacinal e hitórico. Contem com o povo politizado deste estado e consciente.JC