ArcoVerde

09/01


2011

''''Contar com o Lula esquecido é supor elefantes voando''''

 Trecho de artigo de hoje de Carlos Chagas:

''''Se o governo Dilma der certo, se alcançar significativos índices de popularidade na esteira de realizações ainda por vir, nada impedirá que a presidente dispute um segundo mandato. Seria o Plano A, para o PSDB: enfrentar uma adversária aparentemente sem carisma. O Plano B ficaria na dependência de uma sofrível  performance da atual administração e na decisão de Dilma  de não concorrer. Nessa hora, emergiria a candidatura Lula, ainda que arranhada pela hipotética evidência de a sucessora não ter dado certo.  Seria o que de pior aconteceria no ninho dos tucanos. Enfrentar o ex-presidente equivaleria a uma disputa quase perdida de ante-mão. Contar que o Lula será esquecido é o mesmo que supor elefantes voando.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

TARTARUGUINHA.KKKKKKKKKKK, ESSA FOI BOA.KKKKKKKK TORTUGA.KKKKKKKK

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Para mim o plano A nunca existiu, acho que há um acordo entre Lula e a tartaruguinha. Certo dia ele disse: Olha tartaruguinha, vou lhe colocar você aqui em cima do poste, mas preste atenção, daqui a quatro anos você vai ter que descer ok? Taí Dilma, onde muitos preparados jamais estarão.


Asfaltos

09/01


2011

Govermo Dilma: os primeiros percalços

 A primeira semana do governo Dilma foi marcada pela desavença com o PMDB e pelas palavras do novo chefe do Gabinete de Segurança Institucional, José Elito Siqueira. O general foi chamado pela presidente para se explicar após dizer que desaparecidos políticos são um "fato histórico" do qual "não temos que nos envergonhar ou vangloriar". Já o PMDB, descontente com perda de cargos para o PT, chegou a dizer que trabalharia contra o mínimo de R$ 540 estabelecido pela equipe econômica.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


09/01


2011

"O Supremo está ficando muito mais enrolado do que admissível"

A ocultação, pelo uso só de iniciais, da identidade de réus privilegiados - determinada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso - exige uma discussão mais ampla que a da apontada censura na restrição ao nome completo na titulação do processo.

Já que que a medida se inclui no mal afamado segredo de Justiça, é melhor discutir se o que existe é ''processo que corre sob segredo de Justiça'', como se encontra sempre, ou se o segredo protege tudo, até a instauração do processo e, portanto, o próprio réu.
O Supremo está ficando muito mais enrolado do que admissível nesta fase em que sua clareza é fundamental para a construção democrática.                                                  (Jânio de Freitas - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O judiciário tem uma caixa preta. Lula tinha razão quando dizia isso. A caixa preta está exalando mau cheiro. Ela, a caixa, pode estar lacrada mas o mau odor já causa náuseas.



09/01


2011

Dilma não quer repetir as gafes de Lula nos países que visitar

Em uma entrevista ao jornal americano ''Washington Post'', a presidente Dilma deixou implícito que usará sua condição de mulher e defensora dos direitos humanos para dar opiniões nessa área. Foi assim ao declarar que é contra o apedrejamento no Irã, duas semanas depois de o Brasil se abster na ONU sobre o tema. Um experiente diplomata, hoje perto da presidente, arrisca-se a dizer que a marca de Dilma será ''um pragmatismo suave e sereno''. Ela quer continuar a busca iniciada por Lula a uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU. Mas almeja ter uma marca própria.

Dilma pode viver momentos difíceis, ao passar por EUA e China, países que visitará este semestre. Se tiver oportunidade, dirá a Barack Obama que o Brasil é criticado em direitos humanos porque dá, periodicamente, todas as informações pedidas nessa área pela ONU, ao contrário dos EUA.

Ao passar pela China, seguindo o princípio de não intervenção em assuntos internos, a presidente Dilma Rousseff deve se esquivar, caso seja perguntada sobre a situação dos direitos humanos naquele país, para fugir de uma gafe. Mas não tentará agradar a ninguém e, dificilmente, oficializará a economia chinesa como de mercado.

Cuba também

Outro tema delicado é Cuba. Segundo fonte de governo, deve-se evitar o que aconteceu quando o ex-presidente Lula falou sobre prisioneiros políticos cubanos que estavam em greve de fome. Em visita a Havana, além de nada ter feito para interromper o dramático processo que culminou com a morte de Orlando Zapata, opositor dos irmãos Fidel e Raúl Castro, Lula declarou: ''Imagine se todos os bandidos presos em São Paulo entrarem em greve de fome e pedirem liberdade''. Dilma não diria isso, acreditam seus auxiliares.

A presidente também gostaria de ajudar em uma negociação para a paz duradoura no Oriente Médio. Mas isso só será passado por sutis recados diplomáticos. Ninguém espere que Dilma vá direto a Israel e aos territórios palestinos para tratar do assunto, como fez Lula.

“A presidente será mais cautelosa. Jamais ela fará declarações mais impulsivas, que podem levá-la ao erro”, disse um integrante da equipe de Dilma. (Com informações de O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cátia Santos

E todos nós sabemos que não foram poucas GAFES COMETIDAS POR ELE...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk



09/01


2011

Jobim: sem simpatia de Dilma, mas tem o respeito dos militares

 O ministro da Defesa, Nelson Jobim, não era o nome dos sonhos da presidenta Dilma Rousseff, mas permaneceu no cargo, como se sabe, graças a uma recomendação do ex-presidente Lula. Agora que o Congresso vai decidir sobre a criação da Comissão da Verdade, proposta ainda no governo Lula, Jobim se tornou figura-chave do governo.

Primeiro, porque tem biografia que lhe garante interlocução com a esquerda, interessada na criação da Comissão.

Depois, porque tem o respaldo dos militares quando defende publicamente que  “não pode haver nem glorificação nem retaliação” em relação à repressão do período da ditadura.

Aliás, é cada dia maior o respaldo de Nelson Jobim entre os militares. A caserna considera que este é o ministro mais forte a representar o setor, desde o fim do governo Sarney.  (Do blog Poder Online - Tales Faria)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Ok, ok, mas alguém pelo amor de Deus pode explicar porque ele quer tanto os aviões franceses (RAFALE) que são bem mais caros que os demais?

roberto lima

Nem se quer votou nela.devia ser despachado para casa. Deveria ir cuidar dos netos e bisnetos.



09/01


2011

No fim de semana livre, Dilma caminha com segurança e labrador

Do blog Presidente 40 - Anna Virgínia

Dilma Rousseff passou seu primeiro fim de semana como presidente da República na Granja do Torto, em Brasília, sem compromissos oficiais. Na manhã deste domingo, ela aproveitou a folga para fazer uma caminhada acompanhada de dois seguranças --um deles carregava um guarda-chuva, informa a repórter Fernanda Odilla, da Sucursal de Brasília. Dilma vestia calça legging e camiseta pretas, boné branco e óculos escuros e foi avistada caminhando às 10h25, enquanto carros da segurança vistoriavam os principais acessos da residência oficial que tem características de casa de campo.

Nego, o fiel labrador herdado do ex-ministro José Dirceu, não estava na caminhada. Ao lado da presidente, estava um outro cão, de cor caramelo. Mais cedo, por volta das 8h, entrou na Granja do Torto o assessor pessoal Anderson Braga Dorneles, o ex-office boy que acompanha Dilma há 17 anos.

Até o final da manhã deste domingo, Dilma não havia saído de casa no fim de semana. Uma moradora de uma chácara ao lado da residência, que se diz fã declarada de Dilma, passou pelo local anunciando que traria mangas para a presidente. Ainda não apareceu com as frutas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

A propósito, Dilma gosta tanto de cachorro. Que trata seus auxiliares como tal!

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Antes trazer mangas para presidente que pedir uma xicara de açucar a presidente...kkkkkkkkkkkkkkkk



09/01


2011

SP: depoimento no MP revela propina a cunhado do governador

 O empresário Paulo César Ribeiro, irmão de Lu Alckmin, mulher do governador Geraldo Alckmin (PSDB), é alvo de inquérito do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço do Ministério Público. Segundo o jornal O Estado de São Paulo, a apuração, que corre sob segredo, aponta Ribeiro como lobista de uma organização que, em troca de contratos para fornecimento de merenda escolar, fazia doações em somas elevadas para campanhas eleitorais de prefeitos. Em 27 de dezembro, promotores e oficiais da Polícia Militar vasculharam dois endereços do investigado em Pindamonhangaba: a casa e o escritório do empresário sofreram batidas simultâneas, resultando na apreensão de documentos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

hummmm tô sentindo cheiro de carniça.

uilma

PENA, QUE NO BRASUCA CADEIA É SÓ PARA LADRÃO PÉ DE POEIRA.



09/01


2011

Política externa do governo Dilma voltada aos direitos humanos

 A marca pessoal que a presidente Dilma Rousseff quer imprimir em corações e mentes de brasileiros terá forte influência na política externa. Ao lado do chanceler Antonio Patriota e do assessor para assuntos internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, ela adotará a inserção dos direitos humanos nos grandes debates multilaterais, área em que o Brasil mais recebe críticas, por suas tradicionais abstenções.

O estilo de Dilma vem agradando à diplomacia brasileira: é mais pragmática e menos barulhenta que seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva. Ele, por outro lado, precisou desbravar caminhos inóspitos para projetar o Brasil no cenário externo. A presidente quer resultados nas relações internacionais mas, assim como vem fazendo no campo doméstico, adotará o jeito de ser low profile, ou seja, sem muita publicidade por perto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Lembrando que DIREITOS HUMANOS, deve ser para HUMANOS DIREITOS!


bm4 Marketing 6

09/01


2011

Reajuste encarece Assembleias em R$ 6,5 milhões em fevereiro

 As folhas de pagamento das Assembleias Legislativas ficarão ao menos R$ 6,5 milhões mais caras em fevereiro, quando entrará em vigor o reajuste salarial dos deputados estaduais e distritais de 18 Estados e do DF. Em um ano, o impacto chegará a R$ 78,2 milhões. O aumento vem na esteira do reajuste de 61,8% aos deputados federais (de R$ 16,5 mil para R$ 26,7 mil), aprovado em dezembro.

O subsídio dos deputados estaduais é limitado pela Constituição a 75% do valor pago a deputados federais. Com o reajuste, o teto nas Assembleias passa de R$ 12.384 para R$ 20.042. O último reajuste foi em 2007.

Em São Paulo, o inchaço vai gerar um gasto adicional de R$ 8,6 milhões por ano --os salários foram de R$ 12,3 mil para R$ 20 mil. A Assembleia disse que o aumento será apenas dos salários e que benefícios não terão reajuste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Diego Santos

Besteira isso. O Repasse para o legislativo continua o mesmo. Deviam reduzir era o repasse.

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Saudades das grandes do congresso fechado. Nossa!



09/01


2011

Farra dos passaportes: deputados e famílias viajam pelo mundo

A regra para emissão de passaportes diplomáticos tem sido usada por deputados e parentes para conhecer o mundo. Pelo menos dois terços desses passaportes especiais solicitados pela Câmara dos Deputados ao Itamaraty, entre fevereiro de 2009 e a última sexta-feira foram para mulheres, maridos e filhos dos parlamentares. Cerca de 87% dos vistos internacionais para esses documentos tiveram motivação turística, segundo dados da Segunda Secretaria da Câmara, responsável por essa tarefa.

 

Desde 2009, a Segunda Secretaria solicitou 662 vistos para viagens de deputados e parentes que têm o documento, mas só 69 eram para trabalho. Filhos de deputados que vão estudar no exterior também viajaram com o passaporte especial.Com o documento, o cidadão recebe privilégios em aeroportos, como fila e atendimento especiais, prioridade em bagagens e, dependendo do país, a necessidade de visto é dispensada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

GOTA D´ÁGUA.

S. C. B. M.

DEFENDENDO,FORMA DE AGRADECIMENTO POR A DILMA TRE ATENDIDO O PEDIDO DO LULA E TER ACEITO COMO MINISTRO (NÃO ENTENTE DE FORÇAS ARMADAS NEM O QUE É UMA CONTINÊNCIA)

S. C. B. M.

EM RELAÇÃO AS INDECISÍVEIS DOS 8 ANOS DO GOV. LULA,E SEUS ALIADOS(MENSALÃO LALÉRIO DUTO, ETC ETC.) ESTÃO FAZENDO TEMPESTADE COM UM GOTA ÁGUA.VEJAM QUANTOS SINDICALISTA O LULA NOMEOU PARA DEFENDER EM QUALQUER DIREÇÃO E O DÉFICE DE + DE100 BI.COMO EX CONTINUA INFRINGINDO AS LEIS,E O JOBIM

uilma

kkkkkkkkkkkkkkkk passaport especial dose dupla.kkkkkkkkkkkessa foi boa.kkkkkkkkkkk.triste brasuca.kkkkkkkkkkk


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores