ArcoVerde

06/09


2006

Vedoin depõe na Polícia Federal

O empresário Luiz Antonio Vedoin, sócio da empresa Planam, pivô do escândalo dos Sanguessugas, se apresentou na manhã desta quarta-feira à Polícia Federal de Brasília. Ele vai dar prosseguimento a uma série de depoimentos para fechar o inquérito do caso, na condição de réu colaborador.

Em depoimento à PF na véspera, os empresários Darci Vedoin e Luiz Antonio Trevisan Vedoin, da principal empresa envolvida no caso, prestaram depoimentos nesta terça-feira no Conselho de Ética do Senado. Em sessão fechada, os dois reafirmaram suas relações com os senadores Ney Suassuna (PMDB-PB), Magno Malta (PL-ES) e Serys Slhessarenko (PT-MT) e reiteraram que os três parlamentares e seus assessores estão envolvidos no esquema de venda de ambulâncias a preços superfaturados para prefeituras.

No depoimento, os empresários foram contundentes em relação à participação de um assessor de Suassuna, Marcelo Carvalho, na máfia das ambulâncias. Segundo o presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Antonio Carlos Biscaia, Darci Vedoin garantiu que o senador Suassuna sabia do esquema de venda ilegal de ambulâncias. Informações da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

Quando, de fato, teremos a verdade das falas do Vedoin?


Asfaltos

06/09


2006

Rossi foge de depoimento ao Conselho de Ética

O deputado Lino Rossi (PP-MT), acusado de receber mais de R$ 3 milhões em propina na máfia das ambulâncias, não atendeu ao convite do Conselho de Ética do Senado para prestar esclarecimentos hoje sobre as acusações contra o senador Magno Malta (PL-ES) --também suspeito de envolvimento nas fraudes. Rossi é dono do Fiat Ducato que teria sido repassado ao senador como suposta propina para a liberação de emendas parlamentares à Planam.

Rossi enviou carta ao Conselho na qual confirma que recebeu em 2002 o carro como empréstimo do empresário Darci Vedoin, sócio da Planam, e ofereceu o veículo a Malta --que na época enfrentava dificuldades financeiras.

''O senador me confidenciou as dificuldades financeiras pelas quais passava e a necessidade de transportar sua banda gospel pelas regiões onde realizava shows. Como temos os mesmos princípios religiosos, ofereci o veículo alertando-o, contudo, que deveria ser devolvido assim que eu requisitasse'', afirma Rossi na carta.

O corregedor do Senado, Romeu Tuma (PFL-SP), reagiu à ausência de Rossi. O senador propôs que o parlamentar seja convocado a depor na CPI dos Sanguessugas mesmo que levado à força. ''Esse desrespeito tem que ser corrigido através até, se for necessário, de uma condução coercitiva, vir preso aqui, porque se envolveu em esquema grave que tem relação com o caso de Magno Malta'', afirmou Tuma. Com informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

Tendo princípios religiosos arragaidos agem desse jeito, e se não os tivessem?



06/09


2006

Alckmin insiste em segundo turno e critica Lula

 O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, disse que continua confiante na realização do segundo turno e que a eleição somente será definida a 15 dias da votação. Ontem, o instituto Datafolha apontou intenção de voto de 51% para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição, o que lhe dá uma virtual vitória já no primeiro turno.

''Acredito que vai ter segundo turno. As pesquisas não me impressionam. Em São Paulo [na eleição para governador em 2002], somente passei para o primeiro lugar no dia 20 de setembro. O [Paulo] Maluf estava na frente'', afirmou ele, durante debate na AMB (Associação dos Magistrados do Brasil).

O candidato comentou que as pesquisas internas de sua campanha indicam que, com exceção do Norte e Nordeste, nas demais regiões já está configurado o segundo turno.

O candidato criticou a declaração do presidente Lula, que ontem em comício, na cidade de Caruaru (PE), disse que a democracia ''não é só coisa limpa'' e que ela às vezes tem ''coisas'' que causam ''preocupação'' e ''desgosto''.

Segundo Alckmin, quem pensa dessa forma, não deveria fazer política. ''O Brasil pode e deve ter governo honesto, que não compactue com corrupção'', disse ele. As informações são de Andreza Matais, da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Com a turma que ele chamou para auxiliá-lo, nem precisa de inimigo. Vade retro!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Coitado do Alckimin! Ainda acredita que vai chegar ao 2º turno. Acredita. Também acredita que vai fazer um governo ético com ACM, Bornhausen & Cia. Será que também acredita em papai noel, coelhinho da páscoa, saci-pererê e cumadre florzinha?



06/09


2006

Piauhylino presta esclarecimentos

Em contato, há pouco, com o signatário deste blog, o deputado Luiz Piauhylino(PDT-PE) explicou que não é responsável por nenhum tipo de emenda irregular, conforme apontou, hoje, o Tribunal de Contas, em matéria publicada na Folha de S. Paulo.

Ressaltou que, em nenhum momento, foi notificado pelo TCU e supõe que, pelas informações repassadas pela repórter da Folha, o problema identificado teria sido em Serra Talhada, numa emenda dele para construção de um ginásio de esportes coberto, já concluído e funcionando perfeitamente.

''Se há algo irregular na obra citada pelo Tribunal, o problema é com a Prefeitura, que construiu o ginásio e não comigo'', afirmou, revelando bastante indignação com a citação do seu nome num processo pelo qual não tem nenhuma responsabilidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Talves não seja de emenda, e,sim,de remendo.Onde há fumaça, há fogo.Creio que não é de geleira.Olha, quando há comentário em condições muito favoráveis, é difícil aceitar que não houve maracutaia.Possível é, mas quem lida com mel, dificilmente não põe a mão na boca.Acho que até diabético põe.É isso.



06/09


2006

Secretário não cumpre decisão em PE e pode ser preso

 O Primeiro Grupo de Câmara Cível, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, determinou, ontem, a prisão do secretário de Administração do Estado, Mauricio Romão, por não cumprir decisão judicial em relação a um grupo de policiais militares, que ganhou o direito a receber a gratificação de incentivo paga aos da ativa até o ano de 2001.

O Juiz Lúcio Grassi Gouveia, relator do processo, já determinou que o secretário seja levado até a presença da autoridade policial responsável para lavrar o auto de prisão. Determinou, ainda, a subida dos autos até o presidente do TJPE, para representar com o pedido de intervenção federal no Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Esse governo Jarbas-Mendonça é mesmo truculento, reacionário e antidemocrático. Há muito tempo que não respeita as leis e fica por isso mesmo. O povo pernambucano precisa mandar essa gente para casa para acabar com esse achincalhe. É 40 (Eduardo) neles!

Marcelo Mota Gomes

Esse pessoal de Jarbas-Mendonça não sabe conviver com Democracia, pois não respeita nem decisões judiciais. Cadeia nele!

caca di serrat

E ALUNO DE JARBA MARMELA O HOMEM QUE NUNCA MENTIU



06/09


2006

Suspensa promoção de juízes em Pernambuco

Mais uma promoção de juízes por merecimento foi suspensa. Dessa vez, em Pernambuco. O conselheiro Eduardo Lorenzoni, do Conselho Nacional de Justiça, suspendeu liminarmente a promoção de desembargadores, porque o tribunal ainda não disciplinou quais são os critérios para as promoções por merecimento. A questão foi levada ao CNJ pela Associação dos Magistrados de Pernambuco.

As promoções por merecimento foram normatizadas pelo CNJ em setembro do ano passado, pela Resolução 6. O documento estabelece que as promoções devem se feitas em "sessão pública, em votação nominal, aberta e fundamentada". O artigo 4 da resolução estabeleceu prazo de 120 dias para que os tribunais editassem atos administrativos disciplinando a fixação de critérios objetivos para aferição do merecimento para promoção de juízes.

Segundo a Associação dos Magistrados pernambucanos, mesmo sem haver editado a regulamentação da promoção, o TJ publicou edital de acesso por merecimento ao cargo de desembargador. As informações são da revista Consultor Jurídico.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/09


2006

Piauhylino na lista das emendas irregulares do TCU

 Nove deputados responsáveis por emendas parlamentares que resultaram em convênios considerados irregulares pelo TCU (Tribunal de Contas da União) tiveram os nomes encaminhados ontem à CPI dos Sanguessugas para investigação. Deles, apenas um --João Magalhães (PMDB-MG)-- aparece na lista dos 69 deputados que tiveram a cassação do mandato pedida por envolvimento na fraude das ambulâncias.

O tribunal analisou 58 convênios com 18 municípios e duas entidades para transferência de verbas da União, em 15 Estados. Para o TCU, há indícios de fraudes ou irregularidades semelhantes às detectadas pela Operação Sanguessuga.

A identificação dos autores das emendas não significa que eles tenham participado das irregularidades, segundo o relator do processo no TCU, Ubiratan Aguiar. Os nomes devem ser investigados pela CPI.

A maior parte das emendas trata de recursos dos ministérios da Saúde e dos Esportes.

Investigado pela CPI pelo suposto recebimento de propina de R$ 42 mil por emenda para compra de unidade móvel de informática, João Magalhães aparece na lista do TCU como autor de emenda para construção de quadra esportiva em Coroaci. Ele disse desconhecer irregularidade no convênio.

Os demais deputados contatados pela Folha também disseram desconhecer irregularidades. Ann Pontes (PMDB-PA), Ney Lopes (PFL-RN) e Mário Assad (PSB-MG) disseram que os convênios foram executados por prefeitos adversários. "A única coisa que me informaram é que o fornecedor não foi a Planam", disse Pontes sobre compra de ambulâncias para Tucuruí.

"Foi uma surpresa", respondeu Zico Bronzeado (PT-AC), com emenda para qualificação profissional em Brasiléia. "Não acompanhei a emenda", disse Jackson Barreto (PTB-SE), cuja emenda equipou hospital em Riachuelo. "Se tem irregularidade, o TCU que apure", disse Luiz Piauhylino (PDT-PE).
Moraes Souza (PMDB-PI) está doente e não se manifestou. Airton Roveda (PPS-PR) não foi localizado. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/09


2006

Voto obrigatório: oito deputados de PE deixam de votar

 Dos 25 deputados que integram a bancada federal de Pernambuco, oito não compareceram à sessão da Câmara em que foi aprovado, ontem, o fim do voto secreto para cassação de parlamentar. Só um deputado recorreu ao artifício da abstenção - Pastor Francisco Olímpio, do PSB. Eis abaixo a lista dos ausentes.

Armando Monteiro Neto (PTB), Inocêncio Oliveira (PL), Gonzaga Patriota(PSB), Eduardo Campos (PSB), Jorge Gomes (PSB), José Mendonça Bezerra(PFL), Maurício Rands (PT) e Osvaldo Coelho(PFL).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

Fizeram muito bem. Pois o Senado vai corrigir a besteira que a Câmara fez. Constitucionalmente há garantias para o voto secreto em determinadas circunstâncias, a fim de manter o equilíbrio dos poderes contra pressões. Vamos ver.

roberto lima

o sr rands que se elegeu com muitos votos da ufpe, tinha no seu escritorio de adv. ações de prof. (ex. correção do fgts).Na época ele combatia tudo que hoje defende, inclusive a taxação dos inativos que vergonhosamente foi confiscada dos aposentados. Como ele pode declarar seu voto?

roberto lima

o sr inocencio esá criticando a privatização da celpe no guia. Na época, ele fazia parte da aliança com o então governador! por isso, ele não quer declarar seu voto nas eleições ; quando nos livraremos dessa gente?

Raimundo Eleno dos Santos

Acontece , Pedro Araujo, que os outros ficaram de bico calado. Esse tal com a sua costumeira gaguice veio a público dizer de sua posição favorável( Vide alguns dias passados.Está no Blog.). Mas não foi lá para votar. Por isso é que fiz a citação. Não sou injusto. OK? É isso.

Pedro Araújo

Raimundo, de oito deputados lembras logo de Inocêncio? e os outros sete? não que vote em Inocêncio, mas não achas que isso é discriminação amigo. Se for para colocar na guilhotina, que vão os oito. Ou todos os federais de nosso Estado. Tá mais que na hora de reformular o guadro dos parlamentares.


bm4 Marketing 6

06/09


2006

Agenda dos candidatos em Pernambuco

 O candidato do PFL a governador de Pernambuco, Mendonça Filho, visita, às 9h30, o comércio de Camaragibe com o  ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB), candidato ao Senado. Às 11 horas, participa de entrevista na Rádio Folha; às 16h tem reunião com lideranças no Arcádia, do Paço Alfândega; às 19h30 faz caminhada no Jordão Baixo.

Humberto Costa, do PT, tomou café da manhã com militantes da cultura, no Recife Praia Hotel. Às10h, em Paulista, faz caminhada no centro comercial. Às 15h, em Abreu e Lima, participa de caminhada no bairro do Fosfato e no centro comercial e às19h tem outra caminhada no bairro da Mustardinha, no Recife.

Eduardo Campos, do PSB, faz, às 10 horas, palestra na Faculdade de Economia da Universidade Federal de Pernambuco; às 17h, em Goiana, participa de carreata e às 20h30, em Carpina, participa de carreata.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/09


2006

O dia dos presidenciáveis

A candidata do PSOL à Presidência, Heloísa Helena, faz campanha hoje em Brasília. Ela participa de reuniões de campanha e de gravações para a propaganda eleitoral gratuita.

José Maria Eymael, candidato à Presidência pelo PSDC, faz campanha em Brasília. Eymael participa de evento na AMB (Associação dos Magistrados do Brasil) e de caminhada na cidade-satélite Taguatinga.

Geraldo Alckmin, candidato do PSDB à Presidência, faz campanha em Brasília e Minas Gerais. Alckmin também participa de evento na AMB, em Brasília, e depois viaja para Teófilo Otoni (MG). Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, faz campanha hoje em Ceilândia, cidade-satélite de Brasília.

O candidato à Presidência do PDT, Cristovam Buarque, faz campanha hoje em Guarulhos, na Grande São Paulo. Luciano Bivar, candidato do PSL à Presidência, não tem compromissos eleitorais hoje.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/09


2006

Salto alto: Lula não participa de sabatina da Folha

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recusou oficialmente participar de sabatina promovida pela Folha. Embora estivesse sendo formalmente convidado há mais de dois meses, a assessoria de Lula apenas comunicou a decisão ao jornal ontem, por volta das 19h.

Lula encerraria hoje o ciclo de sabatinas com os principais candidatos à Presidência, após as sabatinas com Heloísa Helena (PSOL), na segunda, e Geraldo Alckmin (PSDB), ontem.

Nas eleições de 2002, Lula aceitou participar de sabatina promovida por esta Folha. Na época, o petista liderava as pesquisas eleitorais com apenas 5 pontos percentuais de vantagem sobre Ciro Gomes, que aparecia na segunda colocação.

Assim, o ciclo ''Candidatos na Folha'' deste primeiro turno acabou ontem. Foram sabatinados os principais candidatos ao Senado por São Paulo --Eduardo Suplicy (PT), Guilherme Afif Domingos (PFL) e Alda Marco Antonio (PMDB)-- , ao governo de Minas --Aécio Neves (PSDB) e Nilmário Miranda (PT)--, do Rio de Janeiro --Sérgio Cabral (PMDB), Marcelo Crivella (PRB) e Denise Frossard (PPS)-- e de São Paulo --Orestes Quércia (PMDB), Aloizio Mercadante (PT) e José Serra (PSDB). As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LandRover

Você já viu analfabeto ser aprovado em concurso público para cargo de direção? O similar se aplica. Ele não sabe se expressar tecnicamente.



06/09


2006

Três boas tiradas

 Três tiradas com o estadista Churchill enviadas por um leitor do blog que vale a pena reproduzir:

Tirada 1

Telegramas trocados entre Bernard Shaw (maior dramaturgo inglês do século 20 ) e Churchill (Maior líder inglês do século 20).
 
Convite de Bernard Shaw para Churchill:
 
“Tenho o prazer e a honra de convidar digno primeiro-ministro para primeira apresentação minha peça Pigmalião. Venha e traga um amigo se tiver.” Bernard Shaw.
 
Resposta de Churchill para Bernard Shaw:
 
“Agradeço ilustre escritor honroso convite. Infelizmente não poderei comparecer primeira apresentação. Irei à segunda se houver.” Winston Churchill.
 

Tirada 2

General  Montgomery estava sendo homenageado, pois venceu Von Rommel,

a ''Raposa do deserto'', na IIª Guerra Mundial.
 
Discurso do  General Montgomery:
 
“Não fumo, não bebo, não prevarico e sou herói.
 
Churchill ouviu o discurso e com ciúmes, retrucou:
 
Eu fumo, bebo, prevarico e mando nele! (Montgomery)

 Tirada 3
 
Bate-boca no parlamento inglês  aconteceu num dos discursos de Churchill; estava presente uma deputada oposicionista, do tipo Heloisa Helena, que  pediu um aparte. Todos sabiam que Churchill não gostava que interrompessem os seus discursos.
 
Mas foi dada a palavra à deputada e ela disse em alto e bom tom.
 
--Sr. Ministro, se V. Exa. fosse o meu marido, eu colocaria veneno no seu chá!
 
Churchill com muita calma, tirou os óculos e naquele silêncio em que todos estavam aguardando a resposta, exclamou:
 
--Se eu fosse o seu marido, eu tomaria o veneno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Flávio Zimmerman

A primeira foi a melhor...

Drácula

ÓTMIO...

DEYVISSON DA SILVA LIMA

Muito bom Magno.



06/09


2006

Sanguessuga: Prefeitura de Maceió envolvida em denúncia

 Maceió é a primeira capital cuja prefeitura é alvo de investigação da CPI dos Sanguessugas. O contrato com indícios de irregularidade foi fechado com a KM Empreendimentos, grupo apontado por Luiz Antonio Vedoin (dono da Planam) como operador de esquema de fraude a licitações semelhante ao empregado por suas empresas.

Contratada sem licitação, a KM forneceu um laboratório móvel de inclusão digital à prefeitura ao custo de R$ 440 mil. A maior parte do dinheiro (R$ 305 mil) foi liberada pelo MCT (Ministério de Ciência e Tecnologia). O convênio para a compra do veículo é um dos principais casos da CPI nas investigações sobre a participação do Executivo no esquema.

O dinheiro foi repassado pelo MCT à prefeitura menos de três meses após o fechamento do convênio (abril de 2004), tempo considerado recorde para um projeto desse tipo, na opinião de integrantes da CPI.

Em apenas um dia (2 de julho daquele ano), o coordenador-geral de Recursos Logísticos do ministério, Luiz Augusto de Cardoso Pinto, encaminhou ofício para a liberação do dinheiro ao subsecretário de Planejamento, Djalmo de Oliveira Leão, que o repassou ao ministro Eduardo Campos, que autorizou o pagamento à prefeitura.

Em depoimento à CPI, Vedoin disse que a KM atuava em alguns Estados do Nordeste, inclusive Alagoas, de modo parecido com a Planam, que fraudava concorrências para a venda de ambulâncias e veículos de inclusão digital. Segundo ele, a KM teria sido a idealizadora do esquema de venda de laboratórios móveis de informática a partir de recursos do MCT.

A Prefeitura de Maceió admitiu que houve ''evidentes irregularidades e improbidade'' na compra do veículo, atribuindo a culpa ao ex-secretário da Educação do município, Regis Cavalcante, presidente regional do PPS no Estado.

Em meados deste ano, técnicos do MCT elaboraram relatórios recomendando que a prestação de contas do convênio firmado com a Prefeitura de Maceió não fosse aprovada devido a um série de irregularidades.De acordo com um dos pareceres do Ministério, o projeto previa o fornecimento de 20 computadores de mesa, um servidor de rede e um computador portátil. No entanto foram fornecidos apenas 12 computadores de mesa e o servidor.

As máquinas deveriam contar com processadores Intel modelo Pentium, mas o equipamento fornecido dispunha de processadores AMD Sempron, ''mais baratos e inferiores em desempenho''. Também não foram adquiridos programas da marca prevista.

Devido à quantidade de máquinas inferior ao estabelecido no contrato, os técnicos estimaram que o laboratório teria capacidade para atender a menos da metade do número de alunos estipulado no convênio. Segundo o MCT, o veículo só entrou em operação em janeiro e atendeu funcionários da Secretaria Municipal da Educação, o que não era previsto.

O Ministério de Ciência Tecnologia disse que o processo da avaliação e liberação do dinheiro do convênio com a Prefeitura de Maceió ocorreu no prazo normal. O ministério informou ainda que não aprovou a prestação de contas apresentada pelo município para o convênio, devido às irregularidades detectadas, tendo mandado a prefeitura devolver o dinheiro integralmente corrigido (R$ 423 mil).

O advogado da KM Empreendimentos, Eduardo Trindade, disse que todo o procedimento para a venda do laboratório móvel de informática à Prefeitura de Maceió respeitou a lei e as condições previstas no contrato com o município.
A assessoria da prefeitura afirmou que toda a negociação para a compra do laboratório móvel de informática foi realizada pelo então secretário municipal da Educação Regis Cavalcante.

Cavalcante disse que o prefeito Cícero Almeida (PTB) também tem responsabilidade pelo convênio, apesar de ter ressaltado que não houve irregularidades na condução do processo. Segundo ele, a dispensa de licitação respeitou a lei. As informações são da Folha de São Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/09


2006

Mendonça cresce 7 pontos na pesquisa do Sensus

 Com o título ''Hemorragia'', a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, publicou, hoje, a seguinte nota: ''Pesquisa Sensus encomendada pela TV Tribuna, no Recife, aponta empate entre Humberto Costa e Eduardo Campos na segunda colocação em Pernambuco. O petista caiu de 23,1% em agosto para 18,5% no levantamento realizado nos dias 2 e 4 deste mês. O candidato do PSB oscilou de 17% para 18,5%.

O líder Mendonça Filho (PFL) saltou de 30,5% para 37%. ''A tendência é de queda de Humberto e possível segundo turno entre PFL e PSB'', diz o cientista político Ricardo Guedes, do Sensus. Para ele, o indiciamento de Costa pela PF começa a mostrar efeito sobre sua candidatura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

aconselho a tdos os institutos de pesquisa a cairem em campo pra fazer a avaliação do mendonça após o desmascaramento feito em Caruaru pelo Presidente reeleito pela maioria absoluta dos pernambucanos o nosso LULA.

Aonde é q ta a novidade desta pesquisa?uma manchete sensassionalista pra uma pesquisa q repete os mesmos indicies das outras.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Mendoncinha vai ser o governador só das pesquisas. O governador do povo de Pernambuco vai ser Eduardo Campois. O "mago" das pesquisas (Lavareda) vai levar mais uma rasteira para a coleção quando as urnas se abrirem. Depois das duas porradas com João Paulo agora vai comer 40 pela proa. Dá-lhe 40!

Flávio Zimmerman

Mendoncinha entrou na justiça para impedir a pesquisa Sensus anterior e conseguiu. Agora vem essa segunda com sete pontos de crescimento. Muito suspeito...

marloren

É MENDONÇA LÁ!!!!! SEGUNDO TURNO JÁ ERA ! COM PRECATÓRIOS E SANGUESSUGAS.... COMO PODE HAVER ????????? VITÓRIA JÁ !



06/09


2006

Uma reportagem fantástica

''O caderno Documento, na edição do Diário de Pernambuco do dia 30 de agosto, intitulado ''O Plano de Kennedy para o Nordeste'', pode ser considerado, tranqüilamente, como a mais séria e precisa avaliação da interferência histórica dos Estados Unidos nesta Região.

Esta reportagem investigativa do jornalista Vandeck Santiago, que ocupa todas as 16 páginas do caderno especial, recoloca o tema em discussão, agora num cenário diferenciado, passadas quatro décadas da presença de delegações norte-americanas nestas terras onde nasciam as Ligas Camponesas lideradas pelo marxista Francisco Julião e consolidava-se a administração de esquerda do então governador Miguel Arraes'', avalia o jornalista Sérgio Augusto Silveira, em artigo que acabo de postar sobre o belíssimo trabalho do companheiro Vandeck Santiago. Boa leitura!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha