Governo de PE

15/12


2011

Mensaleiros: perigo de impunidade espanta a todos

Em privado, ministros do STF manifestaram grande desconforto com a entrevista na qual Ricardo Lewandowski previu que o julgamento do mensalão não se dará antes de 2013, com a consequente prescrição de penas como formação de quadrilha, informa Renata Lo Prete, na sua coluna na Folha de S.Paulo. Encarregado de produzir voto de revisão paralelo ao do relator Joaquim Barbosa, Lewandowski alega que, ao receber o processo, será obrigado a ''começar do zero''.

''Como ''do zero''?'', estranha um ministro, lembrando que os autos estão digitalizados e que nada impediria o colega de se debruçar sobre o trabalho. E emenda outra pergunta: ''A quem ele serve?''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

A todos quem ? O povo já está ressabiado de tanta bandalheira, os políticos, como urubu na carniça, avançam cada vez mais sob o erário e a justiça cobra cada vez mais a sua fatia no bolo da corrupção. A todos quem ?

LUCIANA ALVES

As famiglias serão todas anistiadas, e os peraltas do Serra terão o mesmo tratamento. Todos comemorarão numa retumbante desta intramuros e famigliar. Sob o manto do cúmplice e conivente silêncio dos capos da mídia.

Oráculo de Delfos

Quero ver o pronunciamento do Senador Falafina. E o tal Delegado Protógenes, o Chapolin Colorado da súcia, o que tem a falar sobre isso? Em vez disso, se prestam a reverberar vigaristas. O tempo é o senhor da razão...


Governo de PE

15/12


2011

Impunidade: a falência do Judiciário

Trecho de artigo de Carlos Chagas:

 ''''Nossas estruturas jurídicas confessam sua impotência. Se o mensalão não será punido, tudo parece válido. A Justiça está morta, ao menos no que se refere a crimes cometidos pelos habitantes do andar de cima. Sairão ilesos, sequer condenados a devolver ou prestar contas do dinheiro fraudulento que distribuíram ou receberam. Muito menos responderão pela montagem de um dos mais sórdidos esquemas elaborados para garantir maioria parlamentar ao governo, no caso, do Lula. Exultantes estão muitos companheiros de José Dirceu, Waldemar da Costa Neto, Delúbio Soares, Marcos Valério, Duda Mendonça, Roberto Jefferson e outros. O mínimo a esperar é que outro mensalão venha a ser armado ano que vem.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

A justiça nunca esteve morta. Nas esferas superiores dos tribunais sempre esteve lotada de ladrões de toga, a começar pelo boca murcha e o cabelo pintado. Se as sentenças judiciais invertessem o caminho com fim na 1ª instância, ou teríamos muito político ladrão preso, ou baixaria o preço das sentenç

LAURO SOUSA

DISCORDO DO CARLOS CHAGAS: A JUSTIÇA NÃO ESTÁ MORTA. Se estivesse, causaria MENOS MAL. Está MUITO VIVA e atuante no SUBMUNDO POLÍTICO. É a MÁFIA em ação no MERCADO DE SENTENÇAS. Isso só vai acabar na porrada, no cacete...

LUCIANA ALVES

Não se apoquente não que no Brasil é assim. A turma peralta do Serra terá o mesmo destino, e todos vão se confraternizar em uma grande festa famigliar. As máfias dominam tudo, inclusive nosso suado dinheirinho. É como o silêncio cúmplice que atormenta as mentes.

Oráculo de Delfos

Cadê o Senador Falafina? E o torquemada que é aliado objetivo do Daniel Dantas? Ora, o banqueiro orelhudo baiano só está solto por causa das suas trapalhadas criminosas...


Congresso Nordestino de Educação Médica

15/12


2011

Volta de mansinho: Collor quer a presidência do Senado

A um ano e dois meses das eleições para a sucessão da Presidência do Senado, o PMDB está certo de que indicará o substituto de José Sarney (PMDB-AP), mas tem dificuldades em escolher o nome ideal para o posto. E, no ninho desunido formado pelos peemedebistas, um estranho se movimenta: Fernando Collor (PTB-AL). Na Casa, parlamentares relatam uma mudança no comportamento de Collor nas últimas semanas. Depois de concentrar todas as suas energias na Comissão de Relações Exteriores, o ex-presidente da República voltou a se interessar por outros assuntos que fazem parte da rotina do Senado. A convivência com as pessoas também mudou.

“Acho que ele voltou para a terra, agora até fica no cafezinho e cumprimenta os servidores”, conta um parlamentar. A proximidade entre Collor e Sarney também tem chamado a atenção dos colegas. A discussão do presidente do Senado com o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) é lembrada como símbolo da afinidade. Collor foi o homem do “deixa disso” quando a briga esquentou entre Sarney e o líder da oposição.(Informações do Correio Braziliense)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

O nome desse filme é A ´´Volta Dos Que Não Foram``

LAURO SOUSA

Os puxa-sacos. Eles catam moedas e SE ACHAM RICOS. Comem MUNGUZÁ e arrotam caviar... DESGRAÇADOS...

LAURO SOUSA

No Brasil, TODO LADRÃO MERECE DESTAQUE!! Com Collor não seria diferente. Os gabinetes do Poder ESTÃO RECHEADOS DE RATOS - incluindo-se aí o PIOR DO PIOR: Os puxa-sacos. Eles catam moedomem MUNGUZÁ e arrotam caviar... DESGRAÇADOS...



15/12


2011

Dilma vê dedo do PMDB fisiológico nos votos contra Rosa

 O governo viu o DNA dos insatisfeitos do PMDB em parte dos 14 votos contra a indicação da ministra Rosa Weber Candiota para o STF (Supremo Tribunal Federal). ''O PMDB está inconformado de ter perdido o poder de barganha e de chantagem no governo da presidente Dilma. A larga margem de votos para aprovar a DRU mostrou que eles não são mais os fieis da balança'', analisou um petista.

A presidente Dilma Rousseff teria ficado espantada com os 59 votos favoráveis à prorrogação da DRU, quando líderes como Romero Jucá (PMDB-RR) alertavam para possíveis dificuldades no plenário do Senado. ''A Dilma termina o ano tendo neutralizado as antigas armas do PMDB'', conclui um interlocutor da presidente.(Blog Presidente 40 - Vera Magalhães)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2011

Livro começa a fazer estragos nos meios políticos

 O livro "A Privataria Tucana", de Amaury Ribeiro, começa a ter impactos concretos em Brasília. O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), recebeu um pedido de abertura de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar os supostos casos de lavagem de dinheiro e a realização de uma audiência pública para debater as denúncias.

O pedido de CPI partiu do delegado e deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), segundo o qual os esquemas de lavagem de dinheiro denunciados no livro "constituem ameaças reais a democracia brasileira". Vale lembrar que o banqueiro Daniel Dantas, também citado nas denuncias do livro, foi preso pelo próprio protógenes na Operação Satiagraha, em 2008. (Informe JB - Jorge Lourenço)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

charlton augusto de araujo

E começa a guerra rumo as eleições municipais 2012.


ArcoVerde

15/12


2011

Pesquisa marota

 Anthony Garotinho tem usado o seu blog para divulgar pesquisas em que sua mulher, Rosinha,  aparece como líder absoluta para se reeleger prefeita de Campos,conta Lauro Jardim, em sua coluna na Veja. Ate aí beleza, nao fosse o fato da própria Rosinha gastar milhões de reais desde fevereiro com a empresa que faz os levantamentos.

O Instituto Precisão (que não se perca pelo nome), que coloca Rosinha com mais de 60% de intencao de votos, tem um contrato com a prefeitura de Campos no valor de 3,7 milhões de reais. A empresa informa que foi a unica empresa a entregar proposta de consultoria para melhorar a gestão do município e que espera renovar contrato em 2012.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

15/12


2011

Briga Serra e Aécio cresce e chega à Juventude Tucana

 A antecipada e já acirrada disputa entre Aécio Neves e José Serra pela candidatura à Presidência da República pelo PSDB em 2014 chega neste fim de semana à Juventude Tucana.Aécio, que tinha programado comparecer no sábado ao Congresso da Juventude, em Goiânia, antecipou sua participação para sexta-feira, logo na abertura do evento de dois dias.

A razão velada para a mudança de planos é que Serra também confirmou presença no evento na sexta-feira à noite. O mineiro quer ser o primeiro a falar aos corações e mentes dos jovens tucanos.(Do blog Presidente 40 - Vera Magalhães)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2011

Suplente acusa ministro e luta contra posse de Jader

Marinor Brito (foto) disse que vai recorrer contra posse de Jader no SenadoMarinor Britto disse que vai recorrer contra posse de Jader

 Ocupante da vaga de Jader Barbalho (PMDB-PA), a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) disse nesta quarta-feira (14) que vai recorrer ao próprio STF (Supremo Tribunal Federal) contra a decisão que liberou a posse do peemedebista, que foi barrado pela Lei da Ficha Limpa em 2010. Marinor fez duras críticas ao presidente do STF, Cezar Peluso, que segundo ela é responsável por um ''golpe'' na Lei da Ficha Limpa para ''privilegiar um corrupto''.  Escoltado por Renan Calheiros (PMDB-AL), Barbalho recebeu cumprimentos e comemorou: ''O STF não me deu o mandato. Quem me deu o mandato foi o povo do Pará. Eu estou muito feliz’’

''É um golpe antecipado na Ficha Limpa e a responsabilidade é do presidente Peluso que tomou uma decisão unilateral para privilegiar interesses das pressões feitas pelo PMDB'', diz Marinor. Ontem, Peluso se reuniu com senadores da legenda e ouviu um pedido para que ele decidisse sozinho a questão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LAURO SOUSA

É FO.. ouvir alguém DIZER que essa desgraça É LEGÍTIMA!!!! Como É que um ladrão pode ser LEGITIMADO????? Que lógica do CACETE!!!! A GANG de toga PERMITIU. Milhões de IDIOTAS votaram... ISSO LEGITIMA o GANGSTER?????

Deomiro Silva dos Santos

Ele é legitimo, obteve votos para se eleger, a Lei da Ficha Limpa tem que impedir é o registro de candidaturas. O que fizeram com o Senador Jader Barbalho foi um crime com o povo do Pará que votaram nele. É muito justo a decisão da sua posse. É respeitar o povo.


bm4 Marketing 5

14/12


2011

Câmara revoga criação de cargos para PSD

 O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), anunciou há pouco que vai revogar amanhã (15) o artigo incluído no projeto de resolução que criou os 66 cargos para atender a estrutura do PSD, noticiou Uol Notícias. O projeto foi aprovado na noite de hoje (14) com um artigo que acaba com dispositivo, anteriormente aprovado, de extinção de cerca de 300 cargos de nível médio na estrutura da Câmara.

“Por ato da presidência da Mesa, vamos repor a condição anterior, não permitindo que haja nenhuma nomeação de servidores para estes 300 cargos, que estavam anteriormente extintos”, disse Marco Maia. Segundo ele, no ato será colocado que os cargos serão extintos na medida que os servidores forem se aposentando ou deixando a Câmara.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores