O Jornal do Poder

03/05


2012

Lula: “Não queremos hegemonia, queremos parceria”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De bengala e reclamando da própria voz, o ex-presidente Lula participou hoje (3) do seminário “Investindo na África: Oportunidades, Desafios e Instrumentos para a Cooperação Econômica”, organizado pelo BNDES, no Rio de Janeiro, como informa o site Brasil 247. O ex-presidente aproveitou a oportunidade para criticar as políticas de austeridade adotas por governos europeus para enfrentar a crise e elogiou, por outro lado, a iniciativa africana de fomentar o crescimento do continente.

O ex-presidente destacou, no contexto da crise europeia, a importância de iniciativas como o Programa para o Desenvolvimento da Infraestrutura na África, o Pida. Segundo Lula, o Pida aponta para uma África do século 21, nos moldes do que é o PAC, que começou em seu governo e hoje é ainda melhor gerenciado pela presidenta Dilma. Em sua fala, Lula defendeu a importância da parceria entre o Brasil e a África e ressaltou que ela deve se dar não no sentido de imposição de modelos e sim no de construção conjunta de para desenvolver o continente africano. “Não queremos hegemonia, queremos parceria”, disse ele.

Na ocasião, Lula também chamou atenção para a condição de sua garganta. “Faz sete meses que eu não falo. Vou ler o mais rápido possível para a garganta permitir que eu termine”, disse o ex-presidente.

O seminário faz parte das comemorações dos 60 anos do BNDES e contou com a presença de Luciano Coutinho, presidente do BNDES; Thomas Sukutai Bvuma, embaixador do Zimbábue e decano do Corpo Diplomático da África no Brasil; Edison Lobão, ministro de Minas e Energia; Sérgio Cabral, governador do Estado do Rio de Janeiro; Eduardo Paes, prefeito do Município do Rio de Janeiro e Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

É CASTIGO POR TRATAR MAL OS APOSENTADOS,QUEM FAZ AQUI, AQUI PAGA;PARA SERVIR DE EXEMPLO


Potencial Pesquisa & Informação

03/05


2012

Mendonça Filho diz que funcionalismo não pode ter perdas

O deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE) apresenta nos próximos dias o parecer à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 156/2012, que inclui o reajuste geral do funcionalismo na Lei Orçamentária. A Constituição Federal prevê a reposição salarial anual para o servidor público, mas o Governo não vem repondo as perdas inflacionárias, por entender que o artigo da Constituição que prevê o reajuste não tem auto-aplicabilidade.

 

“Por princípio sou favorável ao reajuste, porque o funcionalismo não pode acumular perdas com a inflação”, afirmou Mendonça Filho. O deputado informou ainda que vai discutir o assunto mais detalhadamente e, por isso, fará uma audiência pública na Comissão de Justiça da Câmara dos Deputados. “Vamos discutir com os servidores e com o Governo antes de dar o parecer, pois dessa discussão podem surgir ideias de melhoria do próprio projeto”, disse Mendonça.

 

O projeto, de autoria do deputado Esperidião Amim (PP-SC), na prática garante ao servidor público da União reposição salarial anual, de forma a cobrir as perdas inflacionárias e tem mobilizado as diversas categorias pela sua aprovação. Há, também, processos na Justiça movidos por entidades representativas dos servidores para assegurada o reajuste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

03/05


2012

Comissão de Mobilidade debate transporte público em audiência

A Comissão Especial de Mobilidade Urbana da Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe, realiza na próxima segunda-feira (7), mais uma audiência pública para debater o transporte público no Estado com a presença de especialistas e professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O debate será mediado pelo deputado estadual e presidente da Comissão, Sílvio Costa Filho (PTB)

 

Esta será a sétima e última audiência pública realizada pela Comissão Especial de Mobilidade Urbana da Alepe. Uma carta aberta com a radiografia da mobilidade da Região Metropolitana do Recife (RMR) e do Estado de Pernambuco vai ser apresentada no mês de junho, com planos governamentais já existentes e metas para os próximos 10 anos.

 

Iluminação pública, pavimentação, sincronia entre semáforos, rodízio de veículos, ciclovias, sistema de transporte público integrado, corredores exclusivos para ônibus, passarelas em pontos estratégicos, manutenção das calçadas, acessibilidade, campanhas educativas de trânsito, estacionamentos público-privados, ampliação de agentes de trânsito, fiscalização de carga e descarga de mercadorias, transporte fluvial, central de monitoramento do trânsito, qualificação de taxistas e motoristas de ônibus, são algumas das vertentes reproduzidas no relatório.

 

“É fundamental a participação do corpo docente e dos universitários, assim como da população no geral, para trocarmos experiências e propostas que possam melhorar o trânsito da RMR e a qualidade de vida das pessoas. O diálogo é o melhor caminho”, convidou Costa Filho. Estão confirmados na audiência o consultor em transporte público Germano Travassos; o doutor em transporte e professor da UFPE, Oswaldo Lima Neto; o vice-presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) e também professor da UFPE, César Cavalcanti; o reitor Anísio Brasileiro; a diretora de Avaliação e Planejamento Institucional da UFPE, Maria Leonor Alves Maia; o pesquisador em planejamento de transportes e engenharia de tráfego, Leonardo Herszon Meira; e o engenheiro civil, mestre, doutorando e professor da UFPE, Maurício Pina.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/05


2012

Sérgio Guerra (PSDB-PE): “A CPI começou muito mal”

O presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE), não está otimista sobre o futuro da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira, que teve ontem sua primeira reunião deliberativa. A preocupação do deputado começa desde o plano de trabalho sugerido pelo relator da CPI, o deputado Odair Cunha (PT-MG) e sua tentativa de limitar as investigações à ação da Cachoeira e da empreiteira Delta no Centro-Oeste.

 

Para Sérgio Guerra, “a CPI começou muito mal. Ao que tudo indica, o PT quer fazer uma CPI regional, com medo que as investigações cheguem ao governo federal, em especial ao Dnit e obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Isso é brincadeira, quase uma piada. Desse jeito, não podemos esperar muita coisa da CPI, no máximo muitos adjetivos e pouca apuração”, disparou o presidente nacional do PSDB.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/05


2012

Gestão de Yves em Paulista desaprovada por 55% da população

O prefeito de Paulista, Yves Ribeiro (PSB), tem uma rejeição alta. Segundo pesquisa do Instituto Opinião contratada exclusivamente por este blog, 55,9% desaprovam a administração contra 35,6% que aprovam. Apenas 8,5% não quiseram responder ou disseram que não sabiam avaliar. Já reeleito, o socialista não deve se apresentar como um bom cabo eleitoral para o candidato que apoiar.

Os maiores percentuais de rejeição de Yves estão entre os eleitores com renda entre um e três salários (60,7%), entre os jovens (59,8%), entre o universo feminino (56,3%) e entre os que cursam da quinta à oitava série (58,7%). Seus índices mais favoráveis se situam entre os que ganham apenas um salário (43,3%), os que têm formação até a quarta série (43,3%) e entre os eleitores na faixa etária entre 45 a 59 anos (38%).

A pesquisa foi a campo nos dias 25 e 26 de abril, tendo sido aplicados 601 questionários. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. O registro no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco recebeu o número PE-00017/2012. Os números de intenção de voto para prefeito estão na postagem das 18 horas.

As entrevistas foram realizadas nos seguintes bairros: Arthur Lundgren I, Arthur Lundgren II, Centro, Engenho Maranguape, Jaguarana, Jaguaribe, Janga, Jardim Maranguape, Jardim Paulista, Jardim Velho, Maranguape I, Maranguape II, Marinha Farinha, Mirueira, Nobre, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Ó, Paratibe, Pau Amarelo e Torres Galvão.

METODOLOGIA – A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. O intervalo de  confiança estimado é de 95% e a margem de erro de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/05


2012

Speck é o mais rejeitado em Paulista e Nena o segundo

O candidato do PTB a prefeito de Paulista, Antônio Speck, que aparece empatado, tecnicamente com o socialista Júnior Matuto em segundo lugar, é o que apresenta a maior taxa de rejeição entre os postulantes. Dos leitores entrevistados, 23,1% disseram que não votariam nele de jeito nenhum.

Em segundo lugar aparece o candidato do PRTB, Nena Cabral, com 7,2%, seguido do petista Sérgio Leite com 5,5%. Entre os candidatos mais competitivos, Júnior Matuto, do PSB, é o menos rejeitado, com 4%. Dufles Pires (PSDB) aparece com 3,5% de rejeição, Felipe do Veneza (PTC) com 3%, Jorge Carreiro (PCdoB) 2,7% e Severino Ramos (PMN) com 2,5%. Dos entrevistados, 9% rejeitaram todos os nomes. E 34,7% optaram por não rejeitar nenhum deles.

Speck tem as maiores taxas de rejeição entre os eleitores que ganham acima de cinco salários (31,9%), entre os eleitores do sexo masculino (27%), entre os eleitores jovens (29%) e entre os que têm formação superior (28,8%).

Já Sérgio Leite tem as maiores taxas de rejeição entre os que ganham até um salário (9,6%), entre os na faixa etária de 35 a 44 anos (8,6%), entre os de sexo feminino (5,8%) e entre os que cursam até a quarta série (8,3%).

Por fim, Júnior Matuto tem a maior taxa de rejeição entre os que cursam até a quarta série (7,7%), entre os na faixa etária de 25 a 34 anos (7,1%) e entre os que ganham entre um a três salários mínimos(5,5%), além dos eleitores do sexo feminino (5,5%).

A pesquisa foi a campo nos dias 25 e 26 de abril, tendo sido aplicados 601 questionários. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. O registro no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco recebeu o número PE-00017/2012.

As entrevistas foram realizadas nos seguintes bairros: Arthur Lundgren I, Arthur Lundgren II, Centro, Engenho Maranguape, Jaguarana, Jaguaribe, Janga, Jardim Maranguape, Jardim Paulista, Jardim Velho, Maranguape I, Maranguape II, Marinha Farinha, Mirueira, Nobre, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Ó, Paratibe, Pau Amarelo e Torres Galvão.

METODOLOGIA – A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Veja daqui a pouco: a avaliação da gestão de Yves Ribeiro


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

pedo siqueira

Já era esperada essa rejeição de Speck e ele não vai ser candidato, morre por inaniççao.



03/05


2012

Paulista: Sérgio lidera com 24%, Speck tem 16% e Júnior Matuto 15%

O pré-candidato do PT a prefeito de Paulista, Sérgio Leite, lidera com 24,5% das intenções de voto a primeira pesquisa do Instituto Opinião contratada exclusivamente por este blog. Em segundo lugar aparece o ex-prefeito Antônio Speck (PTB) com 16,8%, seguido de Júnior Matuto, do PSB, com 15,5%. Jorge Carreiro (PCdoB) vem depois com 4,7%, Nena Cabral (PRTB) tem 3,8%, Felipe do Veneza (PTC) 3,5%, Souza (PV) 2,2%, Severino Ramos (PMN) 1,8% e, por fim, o tucano Dufles Pires com 1,2%.

Brancos e nulos somam 9,8% e 16,2% não quiseram responder ou afirmaram que não sabiam. A pesquisa foi a campo nos dias 25 e 26 de abril, tendo sido aplicados 601 questionários. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. O registro no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco recebeu o número PE-00017/2012.

Na sondagem espontânea, na qual o entrevistado cita o nome do candidato sem o auxílio da listagem com os devidos nomes, o petista Sérgio Leite também lidera com 14%, Speck tem 8,8% e Júnior Matuto 7,3%. Foram citados ainda Jorge Carreiro (2%), Felipe do Veneza (1,3%), Nena Cabral (1,2%), Severino Ramos (1%), Souza (0,5%) e Dufles (0,3%). Brancos e nulos somam 7,7% e indecisos sobem para 53,2%.

As entrevistas foram realizadas nos seguintes bairros: Arthur Lundgren I, Arthur Lundgren II, Centro, Engenho Maranguape, Jaguarana, Jaguaribe, Janga, Jardim Maranguape, Jardim Paulista, Jardim Velho, Maranguape I, Maranguape II, Marinha Farinha, Mirueira, Nobre, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Ó, Paratibe, Pau Amarelo e Torres Galvão.

Sérgio Leite tem maiores percentuais de intenção de voto entre os eleitores na faixa etária de 25 a 34 anos (29,9%), entre os que têm ensino superior (26,3%), entre os com renda acima de cinco salários (26,4%) e entre os eleitores do sexo feminino (24,9%). Suas menores indicações aparecem entre os eleitores na faixa etária de 45 a 59 anos (19%), entre os com renda até um salário (20,2%) e entre os que cursam até a quarta série (20%).

Já Speck tem seus maiores percentuais entre os eleitores na faixa etária dos 35 a 44 anos (23,4%), entre os que têm apenas a quarta série (23,3%), entre os eleitores do sexo feminino (19,7%) e entre os que ganham até um salário (21,2%). Seus menores percentuais aparecem entre os que ganham acima de cinco salários (5,6%), entre os com nível superior (12,5%) e entre os eleitores jovens (14,4%).

Por fim, Júnior Matuto, que aparece em seguida, empatado tecnicamente com Speck, detém maiores percentuais entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (19,5%), entre os que têm apenas a quarta série (18,3%) e entre os eleitores com renda entre três a cinco salários (18,6%). Suas menores intenções de voto aparecem entre os eleitores com ensino superior (6,3%), entre os que ganham acima de cinco salários (11,1%) e entre os que estão na faixa etária de 45 a 59 anos (12%).

METODOLOGIA –
A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.



Veja daqui a pouco: a rejeição dos candidatos


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ariadne Morais Dias

Agora está explicado o desespero petista, levando às raias da justiça a pesquisa, tentando impedi-la de ser publicada: Queda vertiginosa!!!

pedo siqueira

O futuro prefeito de Paulista é Júnior Matuto. Sérgio Leite é o Barriquelo. Bom de largada, ruim de chegada. KKKKKK



03/05


2012

Queiroz responde: multa será paga por motorista que conduzia carro

Por meio de nota enviada pela sua Assessoria de Imprensa, o prefeito de Caruaru, José Queiroz, disse que, em relação à multa registrada pela Polícia Rodoviária Federal no dia 1º de abril, o prefeito, ''como faz todos praticamente os domingos, José Queiroz vistoriou obras em Caruaru. Nesta data ele foi ao Rafael e percorreu trechos da BR 104, que está sendo duplicada pelo Governo do Estado. A multa em questão já havia sido identificada e a Prefeitura informa que o motorista que conduzia o veículo irá pagar pela infração'', finalizou o documento.  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/05


2012

PSB de São Paulo ultrapassa o PT em arrecadação

No ano passado, o maior caixa partidário de São Paulo era o do Partido dos Trabalhadores (PT), com R$ 953,4 mil, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral daquele Estado. O PSDB ficou em terceiro lugar, mas acumula uma dívida de R$ 124,2 mil. Agora, quem surpreende é o Partido Socialista Brasileiro (PSB), do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. A legenda conseguiu arrecadar cerca de R$ 1,5 milhão. Os dados da prestação de contas foram entregues no início desta semana à Justiça Eleitoral pelos próprios partidos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


03/05


2012

BID promove seminário em Pernambuco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Realizado pela primeira vez em Pernambuco, o Seminário para Intercâmbio de Experiências em Gestão Pública foi aberto hoje e segue até amanhã, no Hotel Transamérica, em Boa Viagem. O encontro é organizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), representado por Verônica Zavala, chefe da missão. Participam do encontro dezenas de gestores públicos locais e de países como o Peru, Equador, Bolívia e Colômbia. O governador Eduardo Campos abriu o encontro com a palestra "A experiência reformista do Governo de Pernambuco: o modelo de planejamento e gestão".

O governador apresentou os principais resultados da política de metas e objetivos nas áreas de saúde, segurança pública e educação. Destacou que para a adoção desse novo modelo de gestão foi preciso “enfrentar a velha política” e realizar mudanças na máquina pública. “Devemos ao povo um Estado que funcione para os que mais precisam. Um Estado que respeite a cidadania e que não chegue apenas para os engravatados ou os que morem próximo da capital”, cravou Eduardo.

Amanhã os gestores andinos visitam o Complexo Industrial e Portuário de Suape. Depois da visita, apresentam-se no seminário o secretário estadual de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Antônio Carlos Maranhão; o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Sérgio Goiana, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), Jorge Côrte Real. O secretário estadual de Cultura, Fernando Duarte; a economista Tânia Bacelar e o coordenador da Fenearte, Roberto Lessa, fecharão os trabalhos do segundo dia, abordando a cultura como peça-chave de um desenvolvimento integral e sustentável.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha