FMO janeiro 2020

27/07


2011

Após crítica de Pelé, Dilma faz dele embaixador da Copa

O que é um critico? Para Dilma Rousseff, é um inimigo que, por abominável, deve ser transformado o mais depressa possível em amigo de infância. Depois de anular a acidez de FHC com uma carta amistosa, Dilma driblou as críticas de Pelé à organização da Copa. Nomeou-o embaixador honorário do certame. Em fevereiro, Pelé soava assim: ''O Brasil corre um grande risco de se envergonhar se não fizer uma boa Copa. Os principais problemas são a comunicação e os aeroportos…”

“…''[O atraso nas obras] não é só assunto de brasileiros. Conversei com o pessoal do Platini [presidente da Uefa] e eles também estão preocupados.''

Nesta terça (26), já entronizado no posto de “embaixador”, o craque soou assim: ''Eu não poderia deixar de aceitar esse convite da nossa presidenta…”

“…Eu já faço isso desde quando nasci, desde a primeira Copa eu defendo e faço a promoção do Brasil. É uma responsabilidade muito grande…''

''…Eu gostaria de pedir para todo o povo brasileiro que acreditasse porque estava meio confuso, meio em dúvida…”

“…Alguns problemas que nós tivemos aqui e que a gente sabe ainda das condições, mas que podemos acreditar…”

“…Porque a presidente disse que vai fazer todo o esforço e espero que a gente entregue bem essa copa do mundo.''                                                                                    (Do blog de Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jair Lima Lopes de Vasconcelos

Ou seja, vai ganhar dinheiro para ficar calado, porém sem fazer nada.


Prefeitura de Jaboatão

27/07


2011

Pivot de escândalo, Ministério dos Transportes gasta demais

 Alvo de denúncias de irregularidades desde o início do mês, o Ministério dos Transportes é também o recordista de gastos no balanço de seis meses do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que reúne as prioridades do Governo. Entre as obras que receberam recursos públicos, estão algumas com indícios de irregularidades apontados pelo TCU (Tribunal de Contas da União), segundo levantamento feito pelo Grupo Estado.

O balanço oficial de seis meses do PAC está previsto para ser anunciado nesta sexta-feira pela ministra Miriam Belchior (Planejamento). Sozinho, o Ministério dos Transportes é responsável por 48% do dinheiro público liberado para projetos do PAC até o final de junho, embora a lei do Orçamento da União autorize um volume maior de gastos para o Ministério das Cidades em 2011.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo de Santo Agostinho

27/07


2011

Governar à Dilma: ministro compara com o estilo Lula

 Em momento de desabafo, um ministro atribuiu a morosidade da máquina de sua pasta ao estilo Dilma Rousseff de governar e fez uma comparação com o do ex-presidente Lula, conta Jorge Félix, no blog Poder Online:

''''Segundo ele, Lula determinava linhas gerais e cobrava resultados finais. Nesses seis primeiros meses, Dilma estabeleceu tarefas, acompanhou a execução e analisou o trabalho “minuciosamente nos detalhes”. Ou seja, é como aquelas faxineiras que deixam a casa limpinha. Mas demoram o dia inteiro na empreitada.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

27/07


2011

Exame da OAB: querem derrubar a todo o custo

 A disputa que divide advogados de todo o país em torno do exame da Ordem dos Advogados do Brasil poderá ser decidida pelos próximos meses pelo Congresso Nacional. Proposta de Emenda à Constituição está pronta para ser votada no plenário do Senado que pretende que o diploma de instituição superior de ensino valha para todos os fins da profissão. A polêmica pode impulsionar a inclusão da matéria em pauta. A proposta, no entanto, encontra resistência. O relator da matéria, Demóstenes Torres (DEM-GO), apresentou voto contrário na CCJ e foi acompanhado pelos demais membros da comissão.(Informe JB - Ana Magalhães)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/07


2011

Tortura e torturadores

 No Tribunal de Justiça de São Paulo, encontram-se alguns personagens de um acontecimento trágico: a prisão, tortura e morte do jornalista Luís Eduardo Merlino - amigo e companheiro de redação deste colunista. O réu é o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o ''Major Tibiriçá'', que por quatro anos comandou o Doi-Codi em São Paulo, um dos mais notórios centros de tortura do país. Na acusação, cinco ex-presos políticos; na defesa, um coronel e três generais (todos da reserva) e um civil em plena atividade: o presidente do Senado, José Sarney.

De certa forma, explica-se: era ele o presidente do partido da ditadura, a Arena. De certa forma, não se explica: poucas coisas são mais impossíveis do que testemunhar em favor de um cavalheiro já tão conhecido como Ustra.

Lembrai-vos de Bete Mendes

Ustra estava no Governo Sarney e foi reconhecido por Bete Mendes, numa viagem oficial, como torturador. Justo Sarney vai testemunhar em sua defesa?                    (Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

27/07


2011

Corrupção: apurar, afastar e punir, é dever do governo

 Continua forte sobre a presidente Dilma  a pressão dos partidos apavorados em que chegue até eles  a faxina praticada diante do  Partido da República. O lobby é poderoso e atinge a imprensa, levada a divulgar que os ministérios do  PMDB  estão fora de investigações e de denúncias de corrupção, pelo simples motivo de que o partido é essencial para a preservação da base parlamentar oficial. O mesmo, então, aconteceria com o PT e penduricalhos, tipo PP, PTB e PDT.

Ledo engano. A presidente não desencadeará uma caça às bruxas  por  conta da lambança verificada no ministério dos Transportes, entregue ao PR, mas, no reverso da   medalha, não vai blindar nenhum aliado. Caso surjam acusações de irregularidades em outros ministérios, a postura do governo será a mesma de hoje, ou seja, de apurar, afastar e punir.  (Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

26/07


2011

DEM nega apoio do partido à candidatura de Chalita

 O presidente nacional do DEM, senador José Agripino (RN), rechaçou hoje as especulações em torno da possibilidade do partido apoiar o PMDB na sucessão municipal de São Paulo, informa a Agência Estado. Mesmo com o DEM passando por um período de reestruturação após a saída do prefeito Gilberto Kassab, Agripino deixou claro que a sigla pretende apresentar um candidato em 2012 e não cogita a possibilidade de apoiar o deputado federal "neopeemedebista" Gabriel Chalita (SP).

"Isso (apoio) não existe. Nós temos um pré-candidato, que é o Rodrigo Garcia (Secretário Estadual de Desenvolvimento Social). E estamos conversados", enfatizou o senador. O líder do partido negou que o PMDB tenha pedido o apoio a Chalita. "É de conhecimento do PMDB que o Rodrigo Garcia é pré-candidato", argumentou. Para o senador, embora as conversas entre os partidos sejam encaradas como naturais, o DEM tem como parceiro número um o PSDB. "A aliança prioritária do DEM é com o PSDB", ressaltou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

26/07


2011

Projeto cria fundo para garantir recursos previdenciários

 A Câmara analisa o Projeto de Lei 586/11, do deputado licenciado Paulo Bornhausen, que cria o Fundo para a Aposentadoria do Povo Brasileiro (FAPB), com o objetivo de garantir recursos emergenciais para o pagamento das aposentadorias do Regime Geral e dos servidores públicos e viabilizar uma eventual mudança de regime previdenciário, informa Agência Câmara.

O fundo será composto pelo lucro repassado à União pela participação em empresas estatais, sociedades de economia mista e outras empresas; pela sobra de caixa do regime previdenciário; e por contribuições destinadas ao novo regime, se houver reforma do modelo. Os estados, municípios e Distrito Federal poderão participar do FAPB se constituírem fundos semelhantes. A proposta prevê que relatórios trimestrais sobre a administração e o desempenho financeiro do FAPB sejam encaminhados ao Congresso regularmente.

(Foto: Luiz Alves)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

26/07


2011

Kassab troca, de uma vez só, nove dos 31 subprefeitos

 O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, trocou, de uma só vez, o comando de nove das 31 subprefeituras da capital paulista. Segundo a Agência Estado, a mudança começará a valer a partir do dia 8 de agosto. Seis subprefeitos vão assumir postos em outras subprefeituras.

Outros três foram afastados e passarão a ser assessores especiais da Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras (SMSP), cujo titular, Ronaldo Camargo, saiu ontem em férias.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/07


2011

Oposição conta com independentes para emplacar CPI

 O líder do PSDB, senador Alvaro Dias (PR), disse que vai retomar a ofensiva para instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Transportes no Senado na primeira semana do próximo mês, quando termina o recesso parlamentar. Segundo a Agência Estado, das 27 assinaturas necessárias para abrir a investigação, o tucano já obteve 23 e acredita que conseguirá o restante, diante da evolução da crise no Ministério dos Transportes e no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Além das 15 assinaturas dos senadores do PSDB e DEM, Dias obteve a adesão dos dois parlamentares do PSOL e de nomes independentes na Casa, como Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) e Pedro Taques (PDT-MT). Ainda da base aliada, assinou o senador Sérgio Petecão (PMN-AC), cuja sigla integra o bloco do PMDB. Estão na mira da oposição outros senadores com postura independente na Casa, como Cristovam Buarque (PDT-DF) e Ricardo Ferraço (PMDB-ES).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/07


2011

Dilma se derrama em elogios a ministro Fernando Bezerra

O ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, recebeu mais uma missão da presidente Dilma. Coordenará o programa ''Água para todos'', que investirá R$ 4,5 bilhões do OGU - Orçamento Geral da União - para levar água a cerca de três milhões de nordestinos. Serão construídas 750 mil cisternas, das quais 600 mil para consumo humano e 150 mil para produção; seis mil sistemas de abastecimento de água familiar, 20 mil kits de irrigação e mais três mil pequenas barragens.

Fernando garante que os recursos já estão assegurados e que, em parceria com os Estados, pode tirar do papel 30 mil cisternas por mês. Na reunião com os governadores, ontem, em Arapiraca, a presidente Dilma detalhou o programa e pediu para o ministro da Integração fazer o discurso de encerramento.

Na volta a Brasília, no voo saindo de Arapiraca, a presidente Dilma se derramou em elogios ao ministro pernambucano. ''Quero dizer, Fernando, que você encerrou com chave de ouro a reunião'', disse Dilma, adiantando que, por isso mesmo, estava plenamente confiante nos resultados do projeto sob a coordenação de FBC.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jorge luis da silva

O HOMEM E BOM O HOMEM E ESPETACULAR!

claudio viana

EU GOSTARIA QUE O MINISTRO, QUE EU GOSTO DO SEU TRABALHO, ME MANDASSE UMA "RADIOGRAFIA" DA TRANSPOSIÇÃO. COMO VAI, ONDE PAROU, POR QUE PAROU... ESTOU AGUARDANDO.Claudio_aquicultura@hotmail.com

SILVIO ERALDO GOMES

Fernado Bezerra de Souza Coelho é um político que na primeira oportunidade mostra sabedoria e habilidade. Sempre admiro FBC pela sua coragem, como Dr. Paulo Coelho. Um dia pedirei a Fernando que visite o Perímetro Irrigado de IBIMIRIM e vou lhe oferecer um bode assado, como o de Avelar na Cohab Mass

jose carlos da silva

Este é mesmo e com todas as letras o país dos tolos e bajuladores. Quanto aos outros adjetivos, depois informaremos,sempre de conformidade o ajuste da carapuça.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Este ministro esta só esperando a vez de ser governador de pernambuco. Primeiro Armando depois ele.