ArcoVerde

07/11


2012

Pajeú: pipeiros ameaçam paralisar serviço

















Como retrata a série de reportagens iniciada na última segunda-feira (5) pelo blogueiro, diversos municípios do interior de Pernambuco sofrem com a falta de água e as consequências que a estiagem traz, como a morte de animais e a falta de alimento para consumo humano. Em muitos lugares, a única solução até o momento tem sido o rodízio de carros-pipas, que, com a ajuda do Exército Brasileiro, tem levado esperança para quem atravessa mais uma grande seca.

Porém, a situação, que já não é das melhores, tende a piorar. Pipeiros de algumas cidades do Sertão do Pajeú - como Afogados da Ingazeira, Tuparetama e Ingazeira - atendidas pela Secretaria de Agricultura do Estado, ameaçam parar suas atividades no próximo dia 15. A classe diz não querer receber por quilômetro rodado, como estabeleceu a Secretaria e o IPA, e sim por trecho, como ainda acontece. Os pipeiros alegam ainda que o sistema de monitoramento via GPS desenvolvido pela Secretaria de Agricultura trará prejuízo para quem dirige os carros-pipas.

Até o momento nenhum dos órgãos citados se pronunciou sobre o assunto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

07/11


2012

Senador quer isenção fiscal para estimular infraestrutura

Representante da indústria brasileira e membro da Comissão de Assuntos Econômicos do Congresso, o senador pernambucano Armando Monteiro (PTB) defendeu, durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), no Senado, que a criação de um novo pacto federativo no Brasil estimularia investimentos em infraestrutura. Para tanto, o trabalhista propôs a criação de um fundo que compense os Estados que ofereçam isenção fiscal aos projetos de infraestrutura, tanto públicos quanto privados.

Na opinião do senador, a promoção e o incentivo fiscal nessa área poderiam ser estabelecidos por meio da criação de um fundo de desenvolvimento regional ou de compensação fiscal, em Proposta de Emenda à Constituição (PEC). A audiência contou ainda com a presença do relator da comissão de especialistas que elaborou um projeto de novo pacto federativo, o ex-secretário da Receita Federal, Evaldo Maciel.

O texto formulado pela comissão será analisado pelos senadores e, se acatado, transformado em proposições que tramitarão no Senado e na Câmara dos Deputados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/11


2012

Dilma defende "imprensa livre" em evento anticorrupção

Durante a 15ª Conferência Internacional Anticorrupção, na manhã de hoje (7), em Brasília, a presidente Dilma Rousseff (PT) defendeu a “imprensa livre” como meio de ajudar na prevenção e combate à corrupção no Brasil, segundo a Folha.

"Como eu já disse várias vezes, estou convencida de que mesmo quando há exageros, e nós sabemos que eles existem, é sempre preferível o ruído da imprensa livre ao silêncio tumular das ditaduras", declarou em meio ao debate no Partido dos Trabalhadores e em setores do Governo Federal que buscam a promoção de um sistema de regulamentação da imprensa.

A presidente destacou também que o discurso contra a corrupção não pode ser usado como arma política. "O combate ao malfeito não pode ser usado para atacar a credibilidade da ação política. O discurso anticorrupção não deve se confundir com o discurso antipolítica ou antiestado. Deve-se reconhecer o papel do Estado como desenvolvimento importante à transparência. O Estado é o destinatário das mobilizações por transparência", afirmou a presidente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luiz carlos da silva

josadaque. que é isso. remedio de hemorroida. será.

JORGE GUERREIRO

Essa PRESIDENTA quer regulamentar a IMPRENSA, pra esconder as FALCATRUAS dos PTralhas.

ney durval dos santos

Seria muito bom presidente se a midia colocase os fatos da forma que vosa excelencia pensa.

Josadaque Vieira

Luis carlos quando for pra regulamentar besteira ai tu chia.

luiz carlos da silva

direito.



07/11


2012

Tucano ironiza aproximação entre Kassab e Haddad
















Ex-vice-governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB) criticou, na última terça-feira (6), em um texto recheado de ironias, a aproximação do prefeito Gilberto Kassab (PSD) com o Fernando Haddad (PT), seu sucessor na Prefeitura de São Paulo. Goldman disse que Kassab ''parece estar sob o efeito de uma espécie de Síndrome de Estocolmo'' por se colocar ''de maneira tão repentina e apressada à disposição do PT e de seu futuro sucessor'', segundo a Folha.

''Síndrome de Estocolmo é o nome que um médico deu a pessoas que, tendo vivido em cativeiro, adquiriram sentimento de amor pelos sequestradores'', explicou Goldman. ''Depois de ser verdadeiramente torturado pelo PT, por Lula, Dilma e Haddad, durante a campanha, [Kassab] parece estar sob o efeito de uma espécie de Síndrome de Estocolmo em relação aos seus torturadores.''

Haddad teceu duras críticas à gestão de Kassab ao longo de sua campanha, chegando inclusive a dizer que tinha “indignação” pelo estado da cidade. Um dia após a vitória de Haddad, o social-democrata se colocou à disposição da equipe de transição petista oferecendo ao grupo uma sala no andar de seu gabinete.

Gilberto Kassab é cotado para comandar um ministério em 2013. Procurado, o prefeito não quis comentar o texto de Goldman.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Esse KASSAB, é um APROVEITADOR DESREGRADO que CRIOU um PARTIDO para sair da OPOSIÇÃO, e MAMAR na SITUAÇÃO(os PTralhas).

LUIZ CARLOS

Kassab: Oportunista-Mor da República...

ney durval dos santos

Agora o PT mostra um jeito novo de governa,é diferente daqueles que jamais deram abertura a outros com ideias e pensamentos futuristas.

ney durval dos santos

quem não gosta de poder hojé?

ney durval dos santos

vc tem razão cidadão...



07/11


2012

Integrantes da OAB descontentes com eleição no papelzinho

A Ordem dos Advogados do Brasil não engoliu até agora a negativa da presidente do Tribunal Superior Eleitoral, a ministra Cármen Lúcia, ao pedido de empréstimo de urnas eletrônicas para realizar eleições nas seccionais da OAB nos Estados. O pleito ocorrerá daqui a duas semanas e os advogados reclamam de ter que votar no papelzinho, segundo o blog de Felipe Patury.

A ministra sustenta que não haverá tempo para adaptar o programa de computador das 3 mil urnas requisitadas pela entidade para as eleições locais. Ela também afirma que o TSE não pode abdicar de tanta urna em um intervalo tão curto do período eleitoral. Já o departamento de tecnologia da OAB sustenta que é possível programar as máquinas a tempo. E seus advogados apontam que o tribunal cedeu as urnas para a realização de pleitos menores, como o das eleições à presidência do Grêmio de Porto Alegre.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilberto Carvalho Moura

Ocorre que na OAB o comparecimento ao pleito é obrigatório, a ausência não justificada enseja multa equivalente ao valor de uma anuidade.

GILBERTO ANDRADE RODRIGUES

MAGNO A OAB VIVE NA IDADE DA PEDRA - POIS HOJE SE VOTA ATÉ PELA INTERNET EM QUAISQUER LOCAL QUE TENHA COMPUTADOR.... UM BOM EXEMPLO É A VOTAÇÃO DO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE E DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE...

GILBERTO ANDRADE RODRIGUES

MAGNO A VOTAÇÃO NO CRC - CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE ELA É FEITA PELA INTERNET, E SÓ VOTA QUEM ESTIVER EM DIA COM A ANUIDADE...

Gilberto Carvalho Moura

Com o dinheiro que cada advogado paga, no meu caso R$ 718,30 por ano, a OAB bem poderia ter suas proprias urnas e parar de procurar chifres em cabeças de cavalos.



07/11


2012

Sertânia: equipes de transição se reúnem e iniciam diálogo

Aconteceu, na tarde da última terça-feira (6), a reunião com as equipes de transição do prefeito eleito da cidade de Sertânia (Sertão Pernambucano, a 316 km do Recife), Guga Lins (PSDB), e da atual gestora do município, Cleide Ferreira (PSB). O encontro foi realizado na Câmara de Vereadores e, segundo o secretário de Saúde de Sertânia, Paulo Ferreira, foram entregues ao grupo do tucano todas as informações que haviam sido previamente solicitadas.

Ainda segundo o secretário, os integrantes da futura gestão municipal foram orientados a, caso se faça necessário, enviar ofícios solicitando qualquer informação adicional, garantindo responderer em tempo hábil. “Tudo será feito com transparência e com muita tranquilidade, afinal, as eleições passaram e os palanques, acredito que foram desarmados, e não há motivo algum para negar qualquer dado que seja solicitado”, pontuou Ferreira.

A equipe do atual Governo é formada por Paulo Fernando, Lourdinha, Antônio Cajueiro e Loudes Dantas. Já o grupo de Guga Lins é composto por Juliana Lins, Manoel Lins, Anselmo Lima, Wilma Lula e Álvaro Gois.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Maria Isabel Siqueira Sousa

Que esta atitude sirva de lição para vcs que vão assumir o poder. Quando chegar o dia de devolvê-lo à oposição, lembre-se de rever esta fotografia. Se não estão lembrados, procurem se informar como aconteceu a transição para Ângelo Ferreira em 1997."NÃO HOUVE E AINDA DESTRUÍRAM TUDO-OBJETOS E PAPÉIS

Gilberto Carvalho Moura

Até parece que para trocar o prefeito de certas currutelas é preciso esse cerimonial todo.



07/11


2012

Serra: Duque acusa instituto de politizar ações emergenciais

Durante assembleia geral dos trabalhadores rurais de Serra Talhada (Sertão do Pajeú, a 418 km do Recife) na última segunda-feira (5), o prefeito eleito do município, Luciano Duque (PT), aproveitou para alfinetar o IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco) – ligado ao Governo do Estado – acusando o órgão de negligência em relação aos agricultores.

Segundo Luciano, para atender uma demanda política, o instituto teria furado uma série de poços artesianos sem utilizar critérios de necessidade. Várias comunidades ainda estão sem qualquer fonte de abastecimeto de água na zona rural do município, de acordo com o Farol de Notícias.
 
“Lamentavelmente eu vou fazer, mais uma vez, um protesto. Porque o IPA, durante o período político, não teve um olhar para essas comunidades. Um monte de poços foi aberto em Serra Talhada e construíram vários açudes sem olhar critérios de necessidade”, alfinetou o petista, ouvindo dos próprios agricultores reclamações de que o IPA não teria construído açudes, mas apenas “buraquinhos”. Conforme relatou Duque, a Secretaria Municipal de Agricultura e a Defesa Civil devem fazer um levantamento das comunidades mais afetadas com a ausência total de abastecimento.

“Porque é preciso saírmos daqui com um encaminhamento. Se um açude secou, o IPA precisa ver isso. Então é preciso que se solicite ao IPA, que acione o secretário estadual de Agricultura. Porque uso político já houve, mas agora não vamos ficar questionando os motivos de usarem politicamente horas de trator, ou porque usaram politicamente os poços”, disparou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ney durval dos santos

o povo sertanejo do estado de pernambuco esta completamente desenganado, somente Deus para salvar a situação desse povo sofrido.

Adeildo Jose

O TRECHO ENTRE FLORESTA A IBIMIRIM, MUITOS AGRICULTORES ESTÃO PERDENDO SEUS ANIMAIS DE SEDE, PQ NÃO SE TEM UM AÇÚDE CONSTRUIDO, UM POÇO ARTESIANO RECUPERADO...UM DESCASO TOTAL, NOP RIACHO DO NAVIO, NÃO SE TEM UM POÇO AMAZONAS FEITO ETC... CADÊ O IPA...

Adeildo Jose

VENHO DAR MEUS PARABENS AO PREFEITO ELEITO DE SERRA TALHADA LUCIANO DUQUE, E DIZER QUE AKI EM FLORESTA TAMBÉM NÃO É DIFERENTE E ACONTECEU A MESMA COISA QUE EM SERRA, ONDE O IPA VOLTOU-SE PARA A GESTÃO MUNICIPAL E OS CONTEMPLADOS COM FEITIOS DE AÇÚDES E POÇOS, SÓ FORAM PESSOAS ELEITORES DA PREFEITA



07/11


2012

Vidas secas - terceira etapa

 













Já chegamos ao Sertão, Otávio Souto e este blogueiro. A partir de agora, cumpriremos a etapa mais dramática do percurso de vidas secas. São mais de 100 municípios em estado de calamidade pública, decretado pelo Governo do Estado.

Nosso roteiro hoje começa pela cidade de Triunfo, um oásis em pleno semi-árido do Nordeste, incrustado numa Serra 1100 metros acima do nível do mar. O roteiro de hoje inclui também Serra Talhada e Salgueiro. Em três dias, já rodamos 680 quilômetros.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

.triste ver nosso povo nessa situação, e como sempre a industria da seca não perdoa..bem disse Luciano Duque novo Prefeito de Serra Talhada: " para atender uma demanda política, o instituto teria furado uma série de poços artesianos sem utilizar critérios de necessidade"

milton tenorio

Um documentario bastante pertinente....

ROGÉRIO MOTA E ALBUQUERQUE

Amigo Magno, visite ai em Triunfo o distrito de Jericó. Você vai com certeza fazer uma matéria de Vidas Secas com mais consistência do que é sofrimento com dignidade de uns verdadeiros sertanejos.


BM4 Marketing