FMO janeiro 2020

02/12


2011

Lupi: Dilma irritada com a "faca no pescoço" da Comissão

Dilma atropela Comissão de Ética para não ter que demitir seu 7º ministro - Celso Junior/AE Irritada com a "faca no pescoço", a presidente Dilma Rousseff desmoralizou na quinta-feira, 1º, a Comissão de Ética Pública da Presidência ao não aceitar de pronto a recomendação de demissão do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, feita pelo colegiado. Disposta ao confronto, Dilma desafiou os integrantes da comissão a demonstrar as razões que embasaram a decisão dos cinco conselheiros e abriu uma crise com o órgão incumbido de vigiar os malfeitos dos ministros e demais integrantes do governo. Ao atropelar a comissão, Dilma deu uma sobrevida a Lupi e ganha tempo político para, segundo assessores, restabelecer sua autoridade e preparar a mudança no Trabalho, em poder do PDT, mas cobiçada pelo PT.

Segundo assessores, a presidente Dilma exigiu explicações convincentes do ministro em relação às novas denúncias de que exerceu duplo emprego público, o que é proibido por lei, conforme revelado pela Folha de S.Paulo na quinta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ramilson Correia de Carvalho

É mais que indecoroso para o Brasil ter um ministro com tão poucas qualificações. Um gestor público com os procedimentos desse ministro não pode de forma alguma continuar em um posto tão alto. Ele é um mau exemplo para todos os que possui cargos públicos.Sua demissão serviria de exemplo para tantos.

jose carlos da silva

A culpa por essa e outras depravações cabem em primeiríssimo lugar aos militares que na década de 60 ñ exteminaram todos os ratos, e os mais de 50 milhões de imbecis que comeram conversa na última eleição presidencial.

Oráculo de Delfos

O zeitgeist instalado no país pela Era PT é esse mesmo. Culpem os mensageiros! A imprensa denuncia as tenebrosas transações? É golpista. Uma Comissão Oficial aponta desvios éticos num ministro? É culpada! De que eu não sei...

Oráculo de Delfos

Parem o mundo que eu quero descer! Em vez de se irritar (Dilma parece meio neurastênica, não?) com as estripulias de Lupi, a presidente, soi disant implacável com a corrupção (faz-me- rir...), fica braba com a Comissão? É isso mesmo? Patética...

José Cláudio Soares de Oliveira

A comissão está correta. Você Dilma é quem está perdendo a oportunidade para continuar tendo o apoio da sociedade na chamada ''FAXINA''. Absurdo segurá essse larápio no ministério.


Banco de Alimentos

02/12


2011

Na PUC: ''''Dilma vai demiti-lo. Adiar é falta de pudor''''

Para a professora e pesquisadora do Grupo Ética e Filosofia Política da PUC-SP Salma Tannus Muchail, sustentar o ministro Lupi no cargo para não tornar as coisas mais difíceis na reforma ministerial é ''falta de pudor'':  ''A presidente Dilma tem todo o aval da sociedade para tomar decisões como essa (proposta pela Comissão) agora. Seria falta de pudor adiar isso para 2012. Se errou, tem que sair.''''

Um dos motivos apontados para a demora de Dilma em tomar uma decisão no caso de Lupi é que a presidente gostaria de tirar o Ministério do Trabalho do comando do PDT, dando à sigla outro espaço no governo. E isso seria mais conveniente e fácil de ser feito no bojo da reforma ministerial. Salma considera que Dilma não tem escolha, caso queira manter a imagem que conquistou, a de que é pouco tolerante com casos de corrupção no governo. ''''Agora com a recomendação da Comissão de Ética, não me passa pela cabeça que ela não vai demiti-lo. Não tem como'''', avaliou Salma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

02/12


2011

FMI volta sem queixão. Arma agora é o chapéu na mão

Os detalhes do que conversaram ainda não se sabe, mas o fato é que o encontro de hoje entre Dilma Rousseff e Christine Lagarde, a diretora-geral do FMI, estava previsto para durar trinta minutos. Durou 75 minutos.  Ao contrário do que aconteceu por décadas, agora é o FMI quem precisa ser sedutor e mostrar suas credenciais – e não o contrário.(Lauro Jardim - Veja)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Com a saida dos fiscalizadores resta agora construir presídios para abrigar milhões de bandidos, ou construir uma muralha na metade do país.

José Cláudio Soares de Oliveira

O mundo tem suas voltas... Lembro-me muito bem quando ainda assistia ao Jornal Nacional(globo) com o então apresentador Cid Moreira, esse enchia a boca para dizer: "O DIRETOR DO FMI CHEGOU AO BRASIL E EXIGE CONTROLE DA INFLAÇÃO". ou "O BRAISL RECEBE EMPRÉSTIMO DE... agora mudou. xô satanás!

charlton augusto de araujo

É acabou o tempo que americano fazia do Brasil seu quintal.E nos tratavam como profissionais de prostíbulo.



02/12


2011

Cabral dá carteirada em SP mas PF leva vantagem

 O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, causou um verdadeiro tumulto no Aeroporto de Guarulhos ao se negar a passar pelo aparelho de raio-x. Segundo o deputado federal Anthony Garotinho, Cabral tentou dar a boa e velha "carteirada" e perguntou aos agentes federais se eles sabiam com quem estavam falando.

Tem mais

Ainda de acordo com o parlamentar, os agentes não se intimidaram e obrigaram-no a passar pela tradicional revista pela qual qualquer passageiro deve passar. Os seguranças do governador ainda teriam discutido com os agentes federais, que não baixaram a guarda.(Informe JB - Jorge Lourenço)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Chico Elizeu

Ai do Brasil se não tivesse a Polícia Federal, o nosso país ja tinha sido excluido do mapa, Viva a POLÍCIA FEDERAL, símbolo de honestidade e segurança.

Ramilson Correia de Carvalho

E tratando-se de um político é que deve realmente passar pela fiscalização.Corretíssimo o procedimento da polícia federal.

José Cláudio Soares de Oliveira

Corretíssima a polícia federal. Art. 5, caput - todos são iguais perante a lei...



02/12


2011

Filão da propaganda de bebidas com dias contados

 O filão publicitário das propagandas de bebida alcoólica pode estar com os dias contados, da mesma forma como aconteceu com os anúncios de cigarros. A medida é uma das propostas contidas no relatório do deputado Givaldo Carimbão (PSB-AL) à Comissão Especial de Políticas Públicas de Combate às Drogas. "O consumo de bebida alcoólica não deve ser estimulado porque é a porta de entrada para as drogas pesadas", advertiu.

Serão necessários cerca de R$ 4 bilhões para o combate às drogas em todo o Brasil, verba que poderá vir do aumento do imposto sobre bebidas alcoólicas e cigarros. O relatório propõe mais impostos sobre a venda de bebidas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2011

PT e MST dizem que verba de reforma agrária foi reduzida

 O núcleo agrário da bancada do PT no Congresso está preocupado com os rumos da reforma agrária no governo Dilma Rousseff. A preocupação está ligada sobretudo à proposta orçamentária para o Ministério do Desenvolvimento Agrário em 2012, noticiou Estadão.Em termos reais, segundo análise técnica do núcleo, a proposta ignora os avanços ocorridos nos mandatos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e retorna ao patamar de 2002, último ano do governo do tucano Fernando Henrique Cardoso.

Trata-se de um retrocesso, segundo o núcleo. Os 24 deputados que integram o grupo - a maioria vinculada a movimentos de sem-terra e de defesa da agricultura familiar - manifestaram seu descontentamento durante encontros em Brasília, no mês passado.
Mais tarde, um dos principais assessores técnicos da bancada para a área de política agrária, Uelton Fernandes, distribuiu uma nota, a título de oferecer subsídios para o debate. O texto começa da seguinte maneira: ''Os deputados que compõem o núcleo agrário da bancada do PT manifestaram preocupação com o orçamento da reforma agrária e dos programas e políticas públicas para a agricultura familiar''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2011

Sindicância será aberta para apurar denúncias contra Lupi

 A Câmara dos Deputados irá abrir sindicância para apurar se o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, acumulou cargos públicos simultâneos como assessor parlamentar da Câmara dos Deputados e da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, entre dezembro de 2000 e novembro de 2005. A anúncio foi feito pelo presidente da Casa, deputado Marco Maia (PT-RS).

 

Marco Maia havia pedido à Diretoria-Geral da Casa, um levantamento sobre o período que Lupi ocupou cargo na Câmara e sobre as regras que vigoravam na época, para saber se ele poderia ocupar o cargo e prestar serviços no Rio de Janeiro. O pedido do presidente da Câmara foi por causa de denúncias contra o ministro publicadas pela imprensa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2011

Copa pode legar herança indesejável, diz TCU

Relatório de avaliação das obras da Copa do Mundo de 2014 aprovado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) alerta para o risco de as obras da Copa se transformarem em "herança" indesejável, noticiou Estadão. A pouco mais de dois anos e meio do início do torneio, apenas 8 dos 49 projetos de obras para transportar torcedores e turistas nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo tiveram contratos assinados e 24 nem sequer lançaram licitação.

A área de mobilidade urbana é a que mais preocupa no cardápio de obras financiadas com dinheiro público. É também a que exigirá a maior fatia de investimentos da União: R$ 7,9 bilhões só em financiamentos da Caixa Econômica Federal (CEF), segundo a matriz de responsabilidade, que estabelece o custo das obras e quem faz o quê.

"Temo que essas intervenções de mobilidade, a serem inevitavelmente realizadas às pressas, baseiem-se em projetos sem o devido amadurecimento quanto ao seu detalhamento técnico; e mesmo quanto à sua viabilidade. Preocupa-me o risco de conceber uma herança que não corresponda às reais necessidades da população ao término dos jogos", diz o relator Valmir Campelo, responsável pelo acompanhamento das obras da Copa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2011

Dilma é recebida por Chávez ao chegar na Venezuela

A presidente Dilma Rousseff desembarcou nesta quinta-feira (1º) em Caracas, na Venezuela, onde participa da 3ª Calc (Cúpula da América Latina e do Caribe sobre Integração e Desenvolvimento).

No Palácio de Miraflores, sede do governo venezuelano, ela foi recebida pelo presidente Hugo Chávez, anfitrião do encontro.

A Calc será realizada entre sexta-feira (2) e sábado (3) e vai discutir o impacto da crise econômica nos países da região, a cooperação em projetos de infraestrutura e o desenvolvimento sustentável, noticiou R7.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/12


2011

Marco Maia recebe prefeitos na sua estreia como presidente

 Na sua estreia no cargo de presidente interino da República, o deputado Marco Maia dedicou a maior parte de seu tempo, no Planalto, a receber parlamentares, mas sem esquecer sua base eleitoral do Rio Grande do Sul, segundo Estadão. Assim que chegou, Marco Maia se reuniu com uma comitiva de prefeitos gaúchos e fez questão de enviar uma carta, escrita de próprio punho, com timbre da Presidência da República, para colegas de seu primeiro emprego, na empresa Matef.

"Hoje é um dia muito importante que gostaria de dividir com vocês. No início da tarde, assumi a Presidência da República, no lugar da presidenta Dilma, que viajou para a Venezuela. Eu não imaginava que um torneiro mecânico pudesse, mais uma vez, pudesse assumir o mais alto cargo da República, mesmo que por poucas horas", disse Marco Maia, na carta encaminhada aos companheiros da empresa Matef. "Há 25 anos, quando militávamos no chão de fábrica, não imaginava que um dia estaria na Presidência da República, mesmo que interinamente", prosseguiu Maia, acrescentando que fazia questão de dividir este "momento único" com todos os seus colegas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Neste país de silvícolas, abestardos, bajuladores e analfas o impossível acontece.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores