Lavareda

02/01


2012

A última esperança dos mensaleiros

 O roteiro imaginado pelos interessados em adiar ao máximo o julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal inclui a convicção de que a ministra Rosa Weber, recém-chegada à Corte, egressa da Justiça do Trabalho e com pouca experiência em matéria penal, pedirá vista quando chegar sua vez de votar.
Na condição de mais nova integrante do STF, Rosa será a terceira a se manifestar, depois do relator, Joaquim Barbosa, e do ministro revisor, Ricardo Lewandowski. Barbosa é dado como voto certo pela condenação. Já Lewandovski é visto como uma espécie de porto seguro dos mensaleiros
. (Renata Lo Prete - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

cristiano lins de amorim

PENSE NUMA MARACUTAIA.ESSE BRASIL NÃO TEM GEITO TA TUDO DOMINADO. É CORRUPÇÃO POR TODA PARTE


ALEPE

02/01


2012

Prefeitos somem com R$ 700 milhões de convênios

 O governo federal não tem pistas do destino de R$ 700 milhões repassados para prefeituras por meio de convênios. As prestações de contas sobre o uso desse dinheiro deveriam ter sido apresentadas até 2011, mas não foram. O valor se refere a 3.481 convênios assinados pelos ministérios da Saúde, Educação, Esporte, Transportes e Cidades com os municípios. Os números foram levantados por uma força-tarefa do Ministério Público Federal.

Até o ano passado, muitos prefeitos não apresentavam comprovação para o uso de dinheiro, que deveria financiar, por exemplo, construção de hospitais e escolas. Apesar disso, eram raros os casos em que os administradores eram processados pelo crime de não prestação de contas, que tem pena de até três anos de prisão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Faz medo não nenhum PREFEITO IR PARAR NA CADEIA. Eles já sabem como fazer direitinho o arrumadinho.

José Carlos da Silva

Vou dá uma dica: Pergunta ao Dep. Carlos Santana ex-prefeito e ao atuall prefeito de Ipojuca Pedro Serafim que eles darão dicas aonde foram parar parte desses recursos. Ou eu estou mentidoo? Se quiserem tirar a dúvida visitem a pags. do TRF5º, TJPE, MPF ou TCU que tudo se explica.


O Jornal do Poder

02/01


2012

Decisão da Justiça suíça pode derrubar Teixeira da CBF

 Voltou a circular com força no fim da semana a informação de que Ricardo Teixeira pode deixar definitivamente a CBF, informa Mônica Bergamo, na sua coluna de hoje, na Folha de S.Paulo.

''''Faria isso na esteira da decisão da Justiça suíça de suspender o sigilo do dossiê ISL, o maior escândalo de corrupção da história da Fifa. O dossiê revelaria que Teixeira e João Havelange devolveram dinheiro de propinas após fazerem, junto com a entidade, acordo para encerrar sob sigilo investigação criminal, em 2010. A CBF não se pronuncia oficialmente desde que o caso explodiu. Interlocutores de Teixeira afirmam, no entanto, que ele não pretende se afastar da entidade.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Isso é vergonhoso para a justiça brasileira. é preciso alguém lá fora fazer alguma coisa para expurgar os bandidos aqui dentro. Ou justiça injusta!


Abreu no Zap

02/01


2012

Dilma visitará o Peru no início do ano

 A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, realizará uma visita oficial ao Peru nos primeiros meses de 2012 e se reunirá com seu colega peruano, Ollanta Humala, com o objetivo de fortalecer a relação bilateral entre os dois países, revelou neste domingo o embaixador peruano em Brasília Jorge Bayona Medina.

''A visita da presidente Rousseff constituirá a base essencial sobre a qual Peru e Brasil continarão trabalhando a fim de renovar o conteúdo social, político e económico das nossas relações'', declarou Bayona Medina, citado pela agência de notícias oficial Andina.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/01


2012

PF apurou desvio de R$ 3,2 bilhões públicos em 2011

 Operações da Polícia Federal flagraram desvio de R$ 3,2 bilhões de recursos públicos em 2011, dinheiro que teria alimentado, por exemplo, o pagamentos de propina a funcionários públicos, empresários e políticos. O valor é mais do que o dobro do apurado pela polícia em 2010 (R$ 1,5 bilhão) e 15 vezes o apontado em 2009 (R$ 219 milhões).

A PF realizou, em 2011, a maior apreensão de dinheiro da história das investigações no Brasil: o equivalente a R$ 13,7 milhões foi encontrado nas casas de auditores da Receita Federal em Osasco (SP). Em outra operação, a Casa 101, a PF descobriu que, na região do Recife, quase todos os contratos entre Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) e construtoras eram fiscalizados por apenas um servidor. Pagamentos eram liberados mesmo com fortes indícios de superfaturamento. Resultado: em um contrato, a PF calculou prejuízo de R$ 67 milhões. Segundo a investigação, o servidor do Dnit recebeu um pedaço do butim.(As informações são da Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Ué em Ipojuca não aconteceu nada? Olha, esquecerem de fiscalizar a dosordem na aplicação dos recursos públicos daqui. O rombo é tão grande que um cidadão comum como eu não posso imaginar as cifras desvidas.


Banco de Alimentos

02/01


2012

Mensalinho

MELCHIADES FILHO *

 Viraram a casaca os dois tucanos que, no passado, mais aguerridamente investigaram e denunciaram o esquema de desvio de dinheiro público para a compra de apoio político ao governo Lula.

Gustavo Fruet bandeou-se para o PDT. Neste ano sairá candidato a prefeito de Curitiba, como ''peão'' no jogo do PT para desbancar o PSDB do poder no Paraná -- o movimento seguinte será o lançamento da ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) ao governo em 2014.

Eduardo Paes, que em 2005 chamou Lula de ''chefe da quadrilha'', pediu desculpas, migrou para o PMDB e virou prefeito do Rio. Tem agora o respaldo do PT para se reeleger e comandar a festa (e os ''preparativos'') da Olimpíada de 2016.

Outro garoto-propaganda das CPIs nascidas do mensalão, ACM Neto (DEM-BA) por pouco não fechou com o PMDB e se juntou à base de Dilma no ano passado.

Seis anos atrás, Gastão Vieira (PMDB-MA) fazia parte da bancada não (tão) alinhada com o Planalto. Acusava Lula de ''comprar partidos e cooptar deputados'', em um ''caso de corrupção sem paralelo'' na história. Em setembro, foi premiado com o Ministério do Turismo.

Quem também virou ministro de Dilma foi Garibaldi Alves (PMDB-RN), que, à frente da CPI dos Bingos, acolhia sem pestanejar os pedidos da oposição para fustigar o presidente então enfraquecido.

Como peça de promotoria, o mensalão está mais forte do que nunca. Apesar dos ardis de alguns ministros e de personagens do bastidor, o julgamento deverá mesmo ocorrer neste ano no STF. Não surpreenderá se resultar em prisões. O inquérito é detalhado e devastador.

Do ponto de vista político, porém, o escândalo aos poucos esmaeceu. Perdeu a octanagem do ''nunca antes neste país'' e começa o ano novo sem apelo no Congresso, vítima da força dos governos do PT e do adesismo de ocasião.  (* Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/01


2012

Ressaca ministerial

DO BLOG DE DIOGO SALLES - JT

 

É, aguentar a ressaca ministerial não tá fácil. Dilma tentou Tylenol, Engov, Dramin… Nada adiantou. Pior ainda vai ser encarar a babação de ovo dos ministros que estão na corda bamba. Dilma não tem saco para aturar puxa-sacos. E Negromonte pode tentar o que quiser, mas o fato é que a corda dele será a primeira a arrebentar…


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos da Silva

Não podemos esquecer de Pimentel. Esse tem que cair também.



01/01


2012

Sartori e a ditadura

ELIO GASPARI

 Ao comparar a ação do CNJ com as práticas dos "tempos da ditadura", o novo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Ivan Sartori, mirou na corregedora Eliana Calmon e acertou o telhado de vidro dos poderosos que não gostam de investigações.

Por mais que o regime militar tenha mutilado o devido processo legal e praticado crimes, seu combate permanente e implacável dava-se contra quem quisesse investigá-lo. (Até hoje, suas viúvas lutam contra a Comissão da Verdade.)

O doutor Sartori pode ir às memórias do procurador Hélio Bicudo, encarregado de investigar a práticas do Esquadrão da Morte. Quando ele chegou aos malfeitos do delegado Sérgio Fleury, o mais conhecido torturador do regime, foi chamado ao gabinete do procurador-geral da Justiça de São Paulo e ouviu o seguinte:

"A impunidade do Dr. Fleury é ponto de honra para a cúpula do governo e das Forças Armadas. O perigo é enorme!"

Bicudo não se atemorizou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/01


2012

Brasil: Ficha Limpa na OEA

BOECHAT-04-IE-2199.jpg

Desde a semana passada, o Brasil não figura na lista de países em dívida com a OEA. Dilma Rousseff mandou quitar a pendência, da ordem de US$ 7 milhões. A decisão de não pagar contribuições foi política.  O governo se irritou com as críticas disparadas pela organização às decisões soberanas do País, como a de construir a Hidrelétrica de Belo Monte.(Ricardo Boechat)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/01


2012

Heleno, armado e perigoso


Ex-comandante militar da Amazônia e da força de paz no Haiti, o general Augusto Heleno entrou de cabeça na política depois que foi reformado, em maio. Armado com o Twitter, ele atira para todos os lados. Eis um de seus petardos: “Se o Brasil um dia for sério, o mensalão vira (sic) um ‘case’ para mostrar como o Judiciário era lento, inepto e ‘engavetador’”. A oposição também leva bomba: “Papai Noel está procurando até agora um líder sem rabo preso pedido pela oposição”. E o governo não é poupado: “Como se tecnologia bastasse. Marketing puro”, diz, sobre a distribuição de tablets a estudantes. É a revanche de Heleno, que ascendeu ao posto mais alto da carreira, converteuse na principal liderança militar da história recente e foi impedido de fazer um discurso defendendo o regime militar na cerimônia de sua aposentadoria.

Leonel Rocha - ÉPOCA


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LUCIANA ALVES

Vamos pra casa general curtir os nababescos proventos.

adalberto ribeiro

Perigoso para quem, bicho amarelo? O general Heleno está coberto de razão. E mais poderia ou poderá ter atirado nessa mesma direçao. O gene4ral Heleno é um dos caras mais preparados e lúcidos do Brasil atualmente.