FMO janeiro 2020

06/08


2012

Pancadaria petista em cima de Eduardo e Geraldo Júlio

Candidato petista credita ao PT a responsabilidade pelas obras estruturadoras vindas para Pernambuco na gestão do PSB (Sérgio Figueirêdo/Grão Fotos)

Mais ou menos superada a chafurdação entre os petisas pernambucanos, outra pancadaria começa a tomar corpo em torno da sucessão do prefeito João da Costa: os petistas estão caindo de pau em cima dos aliados de Eduardo Campos, mais especificamente no seu candidato a prefeito Geraldo Júlio. Ontem, durante a inauguração do comitê central do PT no Recife, um palanque hostil ao socialistas abriu fogo em cima da candidatura eduardista. No palanque, Humberto Costa, e seu vice, João Paulo, o secretário-geral do PT, Eloi Pietá, e a prefeita de Fortaleza (CE), Luizianne Lins, acompanhada do candidato do PT na capital cearense, Elmano de Freitas, a guerra foi declarada, e externada em declarações incisivas a todo o momento.

“As principais ações que fizemos aqui (em Pernambuco) foram em parceria com o governo federal. E eu, atendendo a um pedido de Lula, resolvi assumir o desafio de ser candidato. Não poderia deixar de atender tanto aquele que mudou o Brasil quanto à presidente Dilma”, declarou Humberto Costa. “Lula já colocou muito bem qual a posição e avaliação dele. No Recife, ele está ao lado de Humberto”.

SEMPRE A FIAT 

Outra bandeira que os petistas vêm acusando os socialista de se apropriarem é a ação do governdo Lula em prol de Pernambuco, trazendo empreendimentos para o Estado. Humberto Costa não deixou barato quanto ao mérito do PT e de Lula de trazerem empreendimentos para o Estado, a exemplo da fábrica Fiat. Lembrou o papel em torno da Medida Provisória apelidada de “MP da Fiat” que prorrogou os incentivos fiscais às empresas automobilísticas instaladas na região .“Se eu não tivesse relatado essa MP e aprovado por unanimidade, Pernambuco não teria a Fiat”. Foi um estocada pesada nos socialistas, que divulgaram carta apresentando Geraldo Julio como aquele com todos os méritos pelo investimento do governo federal em Pernambuco. E disse mais João Paulo:

''''A Fiat só veio para cá porque eu fui relator de uma Medida Provisória que mudou a legislação e permitiu a instalação dessa fábrica. Se não fosse isso, ninguém teria Fiat hoje,   avisou Humberto. A pancadaria de ontem fez parte da missão a que se propõem os petistas no momento: “derrubar os pilares da campanha” de Geraldo Júlio, como diziam sem meias palavras os oradores de ontem na inauguração do comitê central da campanha petista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LUIZ MAIA

Mendonça? Quem é esse? É aquele do DEM? Quando muito uma candidatura olímpica,

o povo da de olho

MENDONÇA NÃO É SIMPLES OPOSIÇÃO ELE É A SALVAÇÃO DO REFIFE. QUERO SABER QUEM O ESTADO VAI APOIAR QUANDO DER NO SEGUNDO TURNO MENDONÇA E POR ACASO HUMBERTO. E POR FAVOR NÃO ME MATE MAIS DE VERGONHA, PERNAMBUCO.................

LUIZ MAIA

VOTE 40 - VOTE PELA RECUPERAÇÃO DA AUTO-ESTIMA DA CIDADE DO RECIFE. VOTE 40 !!!!

LUIZ MAIA

PARTIDO DE MENSALEIROS... CINISMO TEM LIMITES. ESSA TURMA VAI SER BANIDA DA VIDA PÚBLICA.

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

...majoritária) e vem com esse estória de conto de fadas que foi Mula quem o chamou para ser prefeito, se fosse assim porque Mula não o fez em 2008 no lugar do João de Bosta? Pra cima de moá vampiro? Vão perder porque cansamos de safadezas na prefeitura!!!


Cabo de Santo Agostinho

06/08


2012

Armando grava hoje para Geraldo Júlio. Olho em 2014

 O candidato do PSB Geraldo Júlio vai receber um reforço pesado na sua propaganda para o horário eleitoral gratuito na TV e rádio: o senador Armando Monteiro Neto(PTB) entra no estúdio nesta segunda-feira para formalizar na prática o apoio que já tinha garantido ao candidato  socialista e grava inserções para a campanha de Geraldo. O senador está fortalecido política e eleitoralmente dentro de seu leque de forças, com segmentos importantes dos aliados do senador não abrindo mão de que ele seja o candidato ao governo Estado em 2014, para o lugar hoje ocupado pelo governador Eduardo Campos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

06/08


2012

Lula sobe ou não no palanque do PT? Médicos dirão hoje

 Lula submete-se nesta segunda-feira (6) a uma bateria de exames. A avaliação médica é aguardada com rara expectativa pelo PT. Do resultado dependerá a amplitude da participação do principal cabo eleitoral do partido nas campanhas municipais de 2012. Antes de ser diagnosticado com câncer na laringe, o próprio Lula planejara um envolvimento intenso. Dizia que viajaria por todo país para pedir votos. Vencida a fase mais dura do tratamento, passou a dizer que estaria “em ponto de bala” até junho.

Há 40 dias, em 26 de junho, numa reunião em que celebrou a adesão do PCdoB à coligação de Fernando Haddad, Lula falara com otimismo sobre a própria saúde. Num discurso (aqui) entremeado por irrupções de tosse, dissera:

“A partir de julho ou agosto eu já vou estar com a garganta boa, eu já recuperei 70% de mobilidade na minha perna esquerda, [...] vou me dedicar à campanha de São Paulo, vou pra periferia fazer comício, vou fazer caminhada, vou gravar programa de televisão, vou gravar programa de rádio, se for necessário morderei a canela dos adversários para que o Fernando Haddad possa ser o prefeito.”

Além de São Paulo, o PT gostaria de levar Lula a pelo menos outras duas praças: Belo Horizonte e Recife. A depender da vontade da mulher Marisa Letícia, Lula não levará seu prestígio além das fronteiras de São Paulo. Ela aconselha-o a privilegiar a saúde em detrimento da política. Mas a palavra final, segundo disse o próprio cabo eleitoral ao comando do PT, será dos médicos. Daí a expectativa que cerca os exames desta segunda.(Do blog Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

POR FALAR EM APOSENTADO, EXISTE OUTROS QUE MALTRATARAM OS POLICIAIS MILITARES NO FIM DE SUAS CARREIRA. ISSO UM DIA MUDA . VAMOS PARA AS URNAS, ARENÇÃO POLICIA CIVIL.....

S. C. B. M.

FORA OS TRAIDORES DOS TRABALHADORES E APOSENTADOS DO INSS.OS TRABALHADORES DE HOJE,APOSENTADO AMANHÃ, VOCÊS VÃO SESTA EM PIOR SITUAÇÃO BEM MAIAS PIOR Q NOS.ELE E OS ALIADO QUEREM QUE NOS PG.CONSULTE EM HOSPITAIS PÚBLICOS.PARENTES,NETOS,VAMOS NOS UNIR E EXTINGUIR ESTES TRAIDORES DO P T E ALIADOS.

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Voce é outro cancer da NAÇÃO, lula.


Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

06/08


2012

Seca: medidas vêm desde o governo Lula, diz ministra

 A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, disse que medidas estruturais foram tomadas desde o governo passado para que a "a população possa enfrentar o fenômeno" da seca. "A ideia de caminhão enchendo balde de água nós revertemos com as cisternas", afirmou Tereza. Segundo a ministra, a garantia de renda para a população por meio dos programas de assistência -Bolsa Família, Benefícios da Assistência e Aposentadoria Rural- tem ajudado a garantir a alimentação das famílias.

O ministério da Integração Nacional informou que "o governo federal investe R$ 2,7 bilhões em ações para enfrentar e mitigar os efeitos da estiagem no semiárido".Segundo o órgão, 900 mil agricultores familiares serão atendidos por meio do Bolsa Estiagem e do Garantia-Safra. O órgão ainda afirma que R$ 184 milhões foram usados para a Operação Carro-Pipa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Deixe de ser Mentirosa , e desinformada, deixe de puxar saco, esse bandido mentiroso também foi o pior presidente da historia do brasil, voce precisa se informar para não dizer babaquisse.



06/08


2012

PT usou mensalão até em disputas internas

 As mais de 50 mil páginas do processo do mensalão trazem revelações como os indícios de que o Palácio do Planalto usou mensalão até em disputas internas do Partido dos Trabalhadores, revela site de Cláudio Humberto. Uma das vítimas da compra de votos, no partido, teria sido Virgílio Guimarães (PT-MG), que lançou sua candidatura a presidente da Câmara dos Deputados contra Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP), o candidato escolhido por Lula. Virgílio Guimarães era muito querido pelos colegas, que ainda hoje sustentam: seu favoritismo foi esmagado pelo dinheiro do mensalão. O lulista Greenhalgh teve mais votos que Virgílio Guimarães, mas foi obrigado a disputar o 2º turno com Severino Cavalcante, e perdeu. Advogados de mensaleiros alegam que o governo Lula não precisava comprar votos petistas no Congresso. Mas o fez em disputas internas.



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

06/08


2012

Hoje: defesa dos réus vai negar compra de votos

 Os advogados dos petistas José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares, os três principais réus do mensalão, vão negar nesta segunda-feira no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) que seus clientes tenham se associado para comprar votos de parlamentares a favor de projetos de interesse do governo no início do primeiro mandato do ex-presidente Lula. Como principal arma, vão alegar a falta de provas concretas nos autos do processo. Delúbio, ex-tesoureiro do PT e apontado como um soldado do partido, assumirá a responsabilidade apenas por caixa dois de campanha, um crime eleitoral já prescrito. Também hoje as defesas de Marcos Valério, denunciado como o operador do mensalão, e seu sócio Ramon Hollerbach vão igualmente negar que eles tenham participado do esquema.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

SERÁ QUE MAIS UMA VEZ O CRIME VAI FICAR ÓRFÃO NESTE PAIS.E O DINHEIRO ROUBADO NÃO PROVA NADA? SENDO ASSIM É MELHOR DEMITIR OS PROMOTORES, PROCURADORES, JUÍZES, DESEMBARGADORES E OUTRAS FIGURAS DECORATIVAS DA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA.


O Jornal do Poder

06/08


2012

Gilmar compra briga contra blogs sujos e Wikipédia

Gilmar investe contra Wikipédia e

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, acaba de comprar uma briga que ainda vai dar muito pano pra manga. Segundo informa o blog do jornalista João Bosco Rabello, do Estado de S. Paulo, ele pediu à Polícia Federal que abra investigação contra a Wikipédia, enciclopédia virtual, feita de forma colaborativa, que produziu um verbete a seu respeito. Nele, Gilmar é tratado de forma predominantemente respeitosa (leia aqui o perfil completo), mas a Wikipédia também incluiu dados de reportagens que o criticam, especialmente de Carta Capital.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

06/08


2012

Lula não está no banco dos réus. Ainda

 
A avaliação de parte da oposição de que o julgamento dos 38 réus do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) servirá para ''desconstruir'' a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é precipitada. Primeiro, o líder petista não está no banco dos réus; segundo, sua popularidade é associada à avaliação positiva de seus dois governos, independentemente do escândalo que marcou o primeiro mandato.

A pesquisa de opinião divulgada na sexta-feira pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) mostrou como anda o prestígio de Lula: se houvesse eleições para a Presidência, Lula venceria com 69,8% dos votos; Aécio Neves (PSDB-MG) teria 11,9%; e Eduardo Campos (PSB), 3,2%. Ou seja, o ex-presidente, aparentemente, continua imbatível nas urnas. Somente a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff, que hoje teria 56% dos votos, pode barrar o suposto projeto de volta ao poder.

Lula tirou o corpo fora da crise do mensalão quando ocupava a Presidência da República. Depois do barraco que armou ao procurar o ministro Gilmar Mendes para tentar adiar o julgamento, o ex-presidente ''arrecuou os arfes'', como diria o folclórico roupeiro botafoguense Neném Prancha. Ou seja, já deu a demonstração de solidariedade aos companheiros e aliados que estão no banco dos réus. Agora, vai aguardar o resultado numa espécie de ''me inclua fora dessa'' e tratar de aproveitar a campanha eleitoral para reencontrar os militantes petistas e seus eleitores.(Do blog de Luiz Caarlos Azedo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/08


2012

Brasil vive fantasmas da tortura de Dilma, diz NY Times

 

Site do NYT estampa a matéria impressa sobre Dilma: luta contra os fantasmas do passado no Brasil. Foto: New York Times/Reprodução

Site do NYT estampa a matéria impressa sobre Dilma: luta contra os fantasmas do passado no Brasil - Foto: New York Times/Reprodução

O jornal americano The New York Times publica na capa da sua edição deste domingo uma matéria sobre a busca pela verdade da violência política da ditadura militar brasileira (1964-1985) e a figura da presidente Dilma Rousseff. A matéria, intitulada A tortura da líder nos anos 70 agita fantasmas no Brasil, conta a história de Dilma, da oposicionista torturada na juventude à presidente respeitada na maturidade.

O texto, assinado pelo jornalista Simon Romero, dá particular atenção à discrição com que Dilma trata o assunto. A presidente, avalia a matéria, "recusou-se a desempenhar o papel de vítima quanto sutilmente pressiona por maior transparência (dos fatos ocorridos) nos anos da ditadura militar brasileira". A Comissão da Verdade, encarregada de averiguar os crimes do período, foi finalmente sancionada pela presidente em novembro de 2011, após longa negociação durante os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Foram poucas as manifestações recentes de Dilma sobre suas experiências pessoais. Uma ocorreu em 2001, quando prestou depoimento a Róbson Sávio, encarregado então pela investigação de crimes da ditadura ocorridos em Minas Gerais. Na ocasião, Dilma detalhou a tortura que sofreu, descrevendo os métodos da palmatória e do pau de arara e enriquecendo as provas da tortura de que a comissão dispunha. Ela terminou a entrevista às lágrimas.

A tortura é ainda questionada por oficiais do Exército, resguardados pela Lei da Anistia de 1979. O general Luiz Eduardo Rocha Paiva relativizou a questão da tortura no Brasil. O tenente-coronel Maurício Lopes Lima, acusado de ter torturado Dilma, também questionou as evidências de crimes cometidos pelo Exército.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/08


2012

Terceiro mundo? gringos aprendem português para quê?

Marcelo Justo/Folhapress
Os estudantes coreanos Sung Won Ahn (Ryan), 35, Jung Yun Soo Jung (Ian), 35 e Hee Taek Lee (Francisco), na sala de aula onde aprendem português
Os estudantes coreanos Sung Won Ahn (Ryan), 35, Jung Yun Soo Jung (Ian), 35 e Hee Taek Lee (Francisco), na sala de aula onde aprendem português

O mexicano Marcilio Maclean, 21, chegou há cerca de um mês a São Paulo. O norte-americano Gaetano Iaccarino, 22, ficará na cidade por um ano. Já a espanhola Beatriz Puyol, 21, está quase no fim de sua estada de dois meses. Todos têm um propósito: vieram aprender português.

Os três jovens são donos de um discurso parecido. Acreditam que saber o idioma se tornou um diferencial profissional para o futuro e, por isso, escolheram São Paulo para um intercâmbio.

Para eles (e para muitos), o Brasil se tornou o país do presente --as permissões temporárias de trabalho dadas a estrangeiros aumentaram 65%, entre 2009 e 2011. No mesmo período, a emissão de vistos de estudantes cresceu 34% e a entrada de turistas no país subiu 33%.

O reflexo disso pode ser conferido nas salas de aula. Dez dos principais cursos e professores de português de São Paulo são unânimes em dizer: a procura por aulas do idioma disparou.

Na Espanha Aquí, aberta por um espanhol para atuar principalmente em multinacionais de seu país com sede no Brasil, os 400 estudantes atuais representam um aumento de 87% em relação ao ano passado (eram 215). Na Berlitz já houve, neste semestre, 70% da quantidade de aulas de todo o ano passado (20 mil). Na Alumni, o número passou de 15 alunos mensais para 40.

A Faap (Fundação Armando Álvares Penteado) registrou um aumento de 110% no número de intercambistas estrangeiros entre os primeiros semestres de 2009 (123) e de 2012 (260) nos cursos de graduação. A maioria precisa fazer aulas extracurriculares de português, idioma das aulas.

Já a USP, que dá aulas para universitários estrangeiros, diz que a cada semestre tem que incluir mais opções de horários na grade.

VAI DAR SAMBA

A maior parte dos estrangeiros que procura aulas de português ainda é composta por trabalhadores de empresas multinacionais, como o coreano Ryan Ahn, 35.

Funcionário da área de marketing de uma grande empresa coreana, Ahn descobriu o Brasil por meio da ''Antes [das aulas], não sabia sobre o país'', diz ele, que veio a São Paulo estudar por um ano com um grupo de 16 colegas da empresa.

Mas um outro tipo de estudante começa a se destacar nas salas: os jovens, especialmente norte-americanos e europeus, que querem fugir das crises em seus países e veem o Brasil como uma terra de oportunidades.
''Meu sonho é ter uma empresa de organizações de eventos'', diz a espanhola Beatriz, que faz um ''intensivão'' de português na PUC-SP.

''Volto a Madri no mês que vem para terminar a universidade, mas o Brasil está nos meus planos futuros de trabalho'', empolga-se.

''Meus amigos disseram: ''Ah, você vai fazer samba em (sic) Brasil''?'', brinca o norte-americano Iaccarino.
''O país tem muito mais do que isso. Faz parte dos Brics'', diz, referindo-se ao grupo de nações em desenvolvimento composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. ''Tem, tem... Opportunities'', conta, enquanto estala os dedos à procura da palavra ''oportunidades''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha