FMO

05/06


2010

Voando nas asas do dinheiro público

 Além de verba para alugar escritórios nos estados, pagar as despesas com telefone, consultorias e assessores, os deputados federais têm outro benefício que ajuda muito na campanha eleitoral: o fretamento de aeronaves. Nos cinco primeiros meses deste ano, eles já gastaram R$ 1,8 milhão com o aluguel de aviões. Os gastos devem aumentar em junho, principalmente no Nordeste, quando os parlamentares costumar frequentar as festas juninas. Mas o maior proveito será mesmo no período de campanha eleitoral, quando eles poderão percorrer as suas bases eleitorais nas aeronaves fretadas pela Câmara. Um privilégio que não estará ao alcance dos candidatos que não têm mandato.

O deputado Jutahy Júnior (PSDB-BA) já gastou R$ 30 mil nos primeiros meses do ano em viagens aos municípios mais distantes de Salvador. Mas ele assegura que não vai mais viajar por conta da Câmara quando iniciar oficialmente a campanha, a partir de início de julho. “A partir do registro da candidatura, não usarei mais. Não usarei nenhuma ação que possa misturar campanha eleitoral com mandato. Utilizarei aviões na campanha, se necessário, mas por meio da verba da campanha”, disse o ex-líder da bancada tucana. Ele acrescenta que, simplesmente por estar no mandato, o deputado já está em situação melhor em relação aos demais candidatos: “Isso já é uma vantagem em relação aos outros que disputam as eleições”.(Informações do Correio Braziliense)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Maria Aparecida Lemos Melo

Que bobagem, até parece que é só ele a viajar e voar toda semana, quer seja para seus estados, que seja em missão???para o exterior. Eu acho lindo, afinal, procuro votar em nomes que pesquiso e vejo que são dignos de exercer o cargo. Povo não age assim, fazer o que? Voa passarinho, voa, vc pode.

ricardo antonio ribeiro de carvalho

E uma vergonha...


Governo de PE

05/06


2010

Esse (sujeito) Paulinho. O Lula paraguaio

Fernando de Barros e Silva

 Discursando outro dia diante de sindicalistas, Paulo Pereira da Silva chamou José Serra de ''esse sujeito''. Repetiu o tratamento pelo menos três vezes. Apesar da sua naturalidade, tratava-se de uma grossura premeditada. As pessoas que se incomodaram -- e com razão -- deveriam refletir por que talvez não sintam a mesma indignação quando Lula é tratado assim, como ''esse sujeito'' (ou variações), o que, aliás, é mais comum. Isso talvez nos ajude a entender certas encrencas brasileiras.

Mas nosso assunto é Paulinho. Na divisão das tarefas da campanha de Dilma Rousseff, a ele parece ter sido reservado o que, com eufemismo, se chamaria de ''serviço pesado''. Pregando em público, Paulinho dizia que Serra -''esse sujeito que fica aí tentando ganhar a eleição''- quer ''tirar o direito dos trabalhadores, mexer no fundo de garantia, nas férias, na licença-maternidade''. Ou seja, Paulinho age como quem recebeu uma espécie de licença-malandragem para propagar inverdades sobre seu desafeto.

Coerência não é o seu forte. Em 1998, o líder da Força Sindical apoiou a reeleição de FHC; em 2002, foi vice de Ciro Gomes; em 2004, na eleição à prefeitura paulistana, deu seu voto a ''esse sujeito'' -sim, José Serra- contra Marta Suplicy. De lá para cá, vem se acomodando no colo macio do lulismo.Este é o lado edificante da trajetória deste representante do peleguismo de resultados que se aninhou no Estado. O outro lado, como se sabe, é assunto da PF.

Lula passou a vida defendendo a liberdade sindical, falando contra a obrigatoriedade do imposto instituído pelo Estado Novo. No poder, não só preservou o traço autoritário da herança getulista como, não satisfeito, mudou a lei para repassar às centrais uma parte do bolo arrecadado. Paulinho faz parte da oligarquia sindical que se alimenta do imposto descontado compulsoriamente do trabalhador brasileiro.

Lula pôs o sindicalismo no bolso. E Paulinho é o Lula paraguaio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

MILTON VAI PRO SPETTUS LÁ COMIDA É UMA DELICIA.O LICOR É LEKKKER.

milton tenorio pinto junior

..e a reciproca é verdadeira..é bom conversar com quem pensa , estuda e lê...

milton tenorio pinto junior

..Pra mim o melhor seria num sabado ou sexta....Beleza?!

milton tenorio pinto junior

Caro Severino, vc tem meu e-mail...é só combinarmos o dia e a hora que pra mim será um prazer....Pedro com certeza fará parte da nossa mesa...Abraço fraterno!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Milton Tenório: diferenças a parte entre nós fica a admiração que tenho por você por expor suas divergências com respeito e elegância, respeitando o direito ao contraditório. Só está faltando aquele almoço ou jantar entre você, eu e o Pedro. Quando é que nos encontramos amigo?


Prefeitura de Paulista

05/06


2010

Coluna de hoje na Folha

         Jarbas está afiadíssimo

 

Na entrevista que concedeu, ontem, a uma emissora local, o pré-candidato da oposição ao Governo do Estado, Jarbas Vasconcelos, deu o tom da sua campanha no enfrentamento ao governador Eduardo Campos. Primeiro, quando respondeu à provocação do socialista, que sugeriu que ele era velho ao carimbá-lo de senhor.

 

“Se hoje sou um senhor, como ele diz, sou um senhor cioso das coisas, muito batalhador”, afirmou, sugerindo em seguida que Eduardo atingiu também, por tabela, o seu avo, o ex-governador Miguel Arraes, que governou o Estado por três vezes, tendo chegado ao poder, pela última vez, beirando os 80 anos.

 

“Arraes foi criticado por outras coisas, menos por ser velho, senhor ou gagá”, alfinetou. Sobre a Celpe, cuja privatização Eduardo costuma criticar quando diz que transformou Pernambuco num canteiro de obras sem vender um único patrimônio estadual, Jarbas lembrou que quem privatizou a então estatal geradora de energia foi Arraes, que mandou mensagem à Assembleia Legislativa, aprovada por ampla maioria.

 

“Quando assumi o Governo em 1999, a Celpe já estava privatizada. Fiz apenas o leilão”, destacou. Pelo discurso de Jarbas, seguro e afirmativo, ele está afiado, disposto e preparado para o bom combate, que tende a ser não apenas no campo das ideias, mas principalmente em cima da tese de “quem fez mais”.

 

VERGONHA – Lula governa para quem passou a vida inteira mamando nas tetas do poder. Levantamento oficial das emendas parlamentares empenhadas em sua gestão aponta que Sarney, a quem chamou de bandido no passado, foi o mais contemplado, passando a perna no PT. Foram liberadas mais de 70% das suas emendas, das quais apenas uma, de R$ 7,3 milhões, supera o total liberado por 70 parlamentares do PSDB, um dos principais partidos de oposição ao Governo.

 

Prefeito farrapa - Passados quatro meses, o prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), ainda não pagou a gratificação prometida aos servidores de cargos comissionados que trabalharam no carnaval. E ontem, para desapontamento da moçada, corria o boato de que o que foi prometido agora só será pago pela metade.

 

Comissão pressiona Governo - Uma comissão parlamentar da Assembleia Legislativa, liderada pelo deputado Raimundo Pimentel (PSB), aterrissa em Brasília, na próxima semana, para pressionar o Governo Federal a retomar as obras da transposição do São Francisco. Nem precisava! Com tanto prestígio que o governador Eduardo Campos tem com Lula, um simples telefonema ao “amigão” já resolveria a situação.

 

Revolta em Carpina - O prefeito de Carpina, Manoel Botafogo (PSDB), que também aderiu ao palanque de Eduardo, não paga o piso nacional dos professores e a categoria está em pé de guerra, prometendo paralisar as aulas por tempo indeterminado. Para refrescar a memória, Botafogo é aquele que ameaçou um radialista portando uma foice.

 

Nova invasão - Na semana que vem, os prefeitos invadem Brasília, novamente, para pressionar o Congresso a votar à emenda 29, que trata de uma melhor distribuição dos recursos destinados a saúde. Também aproveitam para cobrar a emenda dos royalties, que estava ainda sem acordo firmado entre lideranças do Governo e da oposição.

 

Curtas

 

ATO NO SERTÃO– O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), acertou com Jarbas a realização de um grande ato no município. Ali, a principal liderança do grupo do prefeito é o ex-deputado Osvaldo Coelho, que será candidato a federal.

 

MAIS ÁGUA– O presidente da Compesa, João Bosco, fez, ontem, os últimos testes do sistema Pirapama. Com isso, começa a contagem regressiva para o fim do racionamento de água para 400 mil pessoas na zona sul da Região Metropolitana do Recife.

 

DESAVENÇA– O presidente da Câmara de Pesqueira, Evandro Júnior, teve um bate boca com o secretário de Articulação, Edson Vieira, só porque o parlamentar participou de almoço na fazenda de José Mendonça em torno do senador Jarbas Vasconcelos.

 

Quem enriquece à custa dos pobres ou dando presentes aos ricos acabará ficando pobre''. (Provérbios 22-16)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

..e como vc tem meu e-mail, é só combinarmos...e Pedro será bem vindo em nossa mesa....só peço que ele não fale em futebol..rsrsrs..é brincadeira.."discussões" só engrandece..com civilidade e respeito..Abraço fraterno!

milton tenorio pinto junior

A reciproca é verdadeira amigo...E vc lembrou bem o trabalho que Dr. Arraes fez ao contemplar um contigente grande da Zona Rural com a eletrificação...dá a Cesar o que é de Cesar...

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Milton Tenório: diferenças a parte entre nós fica a admiração que tenho por você por expor suas divergências com respeito e elegância, respeitando o direito ao contraditório. Só está faltando aquele almoço ou jantar entre você, eu e o Pedro. Quando é que nos encontramos amigo?

Severino Isidoro Fernandes Guedes

... O PT teve desvios éticos, e isto é lastimável. Mas pelo menos não se desviou de seus compromissos com os excluídos. E nisso ele tem méritos. Tanto que o DEMO, legítimo representante do conservadorismo, não lhe faz concessões, sinal de que ideologicamente o partido não decepcionou.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

... Por isso, mesmo decepcionado com os desvios éticos, ao menos nao me senti traido, porque pelo menos os PT (partido ao qual faço questão de dizer que não sou filiado) desenvolveu esforços nunca antes levados a frente em prol da inclusão social (está aí o Pro-Uni para provar isso)...


Prefeitura de Ipojuca

05/06


2010

Revoada tucana para Eduardo é livre, leve e solta

De Marisa Gibson na coluna Diario Político

 PSDB: o risco maior - A convicção com que os prefeitos tucanos do interior asseguram apoio à candidatura de Eduardo Campos (PSB) abre um flanco para que toda a tropa ligada ao senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, passe a apoiar também Dilma Rousseff, numa espécie de apoio branco à petista, que é a candidata do governador. Esta é uma possibilidade que ninguém chegou a imaginar no início do processo eleitoral, mas que já começa a ser ventilada em alguns setores e que pode deixar o Guerra numa situação incômoda, na medida em que ele é o coordenador nacional da campanha de José Serra, candidato do PSDB a presidente da República.

Esses rumores são reflexos da evidente falta de controle do PSDB estadual sobre seus prefeitos e lideranças do interior, e numa situação dessas, tudo pode acontecer, até porque o governador está alimentando muito bem os tucanos interioranos e Dilma, tendo assumido a liderança nas pesquisas eleitorais, é um prato cheio para mais uma revoada. Ao contrário do que aconteceu em Minas, onde o PSDB agiu rápido e fechou questão em torno de José Serra, quando os tucanos quiseram voar, estimulados por Antonio Anastásia, candidato mineiro do PSDB a governador, em Pernambuco os tucanos estão livres e soltos, ou melhor estão quase que liderados por Eduardo. Para o palanque da oposição, os prefeitos tucanos já são um caso perdido.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

..e vc sabe que também tenho uma profunda admiração pelas suas leituras....é bom interagir com quem pensa e respeita a opinião dos outros...

milton tenorio pinto junior

..Tá feito Severino...a hora e o dia é só combinarmos..se vc não tem mais meu e-mail me avise....e Pedro será nosso convidado , com certeza.....abraço fraterno!

Wellington Jorge Pires Pereira

E a mala está surtindo efeito.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Milton Tenório: diferenças a parte entre nós fica a admiração que tenho por você por expor suas divergências com respeito e elegância, respeitando o direito ao contraditório. Só está faltando aquele almoço ou jantar entre você, eu e o Pedro. Quando é que nos encontramos amigo?

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Meu caro Milton, o PSB também tem feito algumas alianças esquisitas. Mas não vejo alianças com o PSDB (que é um partido ao menos nominalmente social-democrata) como espúria. Alianças entre socialistas e social-democratas não são estranhas. Estranhas e inaceitáveis são alianças com o DEMO.



05/06


2010

Prefeito valentão esmurra adversário na frente de Eduardo

 As duas forças políticas de Belém de Maria ainda não desarmaram os palanques de 2008. Informa a Folha de Pernambuco de hoje que,  irritado com o vereador oposicionista Val de Dânda (PDT), que tentou posar para fotos junto ao governador, durante a passagem de Eduardo Campos por este município, ontem, o prefeito Wilson de Lima e Silva (PTB), o Dinho, agrediu o adversário com um soco no rosto. E fez isso bem próximo ao governador.

Até Eduardo foi apartar os dois políticos, que, apesar de inimigos no município, são aliados ao socialista no plano estadual. O assunto caiu na boca dos populares, que só falavam disso durante a visita do governador. Acusado por aliados de Dinho de ter provocado o petebista, Val de Dânda disse que vai processar o prefeito. Questionado sobre o motivo da agressão, Dinho desconversou, argumentando que foi outra pessoa que bateu no vereador. “Foi um mal-entendido”, assegurou.

Durante sua fala, Eduardo deu uma “bronca” nos aliados pregando a unidade para desenvolver Belém de Maria. Dinho é ligado ao deputado federal Inocêncio Oliveira (PR); Val é do grupo do presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa (PDT). Os dois parlamentares presenciaram toda a confusão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

..não sei se vcs vem muito ao Recife..caso não venham muito, eu até poderei almoçar com vcs em Goiana....se vc não tem mais meu e-mail me avise..de qualquer forma entrarei em contato....Abraço amigo!

Wellington Jorge Pires Pereira

Eita povinho burro da gota serena. Na próxima eleição vota neles de novo.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Milton Tenório: diferenças a parte entre nós fica a admiração que tenho por você por expor suas divergências com respeito e elegância, respeitando o direito ao contraditório. Só está faltando aquele almoço ou jantar entre você, eu e o Pedro. Quando é que nos encontramos amigo?

Severino Isidoro Fernandes Guedes

É verdade Milton, só que o lema da campanha era: "nunca mais um usineiro assumirá o governo de Pernambuco". E não assumiu mesmo. Pelo menos essa "aliança" pontual teve esse mérito. Detalhe: dois anos depois os usineiros se aliaram aos militares para defenestrar Arraes.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

É verdade Milton, só que o lema da campanha era: "nunca mais um usineiro assumirá o governo de Pernambuco". E não assumiu mesmo. Pelo menos essa "aliança" pessoal teve esse mérito. Detalhe: dois anos depois os usineiros se aliaram aos militares para defenestrar Arraes.


Prefeitura de Abreu e lima

05/06


2010

Serra na tática de não bater em Lula, mas alfinetar governo

 Diante da alta popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Nordeste, sobretudo na Paraíba, o presidenciável José Serra (PSDB) adotou como estratégia não dirigir ataques ao presidente, nem tampouco às estratégias de governo. Ontem, na primeira visita ao estado após a confirmação da sua pré-candidatura ao Planalto, o tucano se colocou como o pós-Lula, como já havia dito em outros estados da região.

O presidenciável tucano fez questão de marcar a saída de Lula do governo, mas reforçando que alguns projetos terão continuidade. "O povo vai ter que escolher quem vai governar o país a partir de 1º de janeiro. Não será o Lula. Pra mim, o ideal é não deixar interrompido o que começou. Toque as coisas que deram certo e faça coisa nova", declarou. "A saúde andou para trás, a segurança é grave. Tem que ver quem é que vai tocar o barco. Uma coisa eu sei: o futuro presidente não será Lula", disse o presidenciável.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

romildo s. barros

A CARA DA DERROTA DALHE DILMA 2010

JARBASTA

Serra está sim com um discurso de oposição......oposição ao governo da Bolívia. Heheheheh


Prefeitura de Serra Talhada

05/06


2010

Lula recebe a 5ª multa por propaganda em favor de Dilma

 Pela quinta vez, o TSE multou o presidente Lula por propaganda eleitoral antecipada em favor da pré-candidata petista Dilma Rousseff.O ministro Henrique Neves aplicou multa de R$ 7,5 mil por conta do discurso do presidente em evento organizado pela CUT em comemoração ao Dia do Trabalho, em São Paulo. Nenhuma das multas, que somam R$ 37,5 mil, foi paga. No evento, Lula disse que precisava de mais tempo para terminar suas realizações e usou a palavra ''sequenciamento'', citando o no de Dilma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

O STF, TSE, STJ, TODOS VENDIDOS JANDILSON

ricardo antonio ribeiro de carvalho

Já, já, o dinheiro com a diária das viagens, vai se acabar. E vai ter que vender os apartamentos, os sítios e as casas de praia...

Jonas C Holanda Junior

Uma vergonha! Presidente da República?!...

ANTONIO MOREIRA DO AMARAL

Faço aqui uma aposta que Marco Maciel não será multado por fazer propaganda eleitoral antecipada. Então quem vai sair com imagem arranhada não é o presidente, é o TSE que sai desmoralizado.

ANTONIO MOREIRA DO AMARAL

Essa lei é capenga e o judiciário está cheio de anti-Lula


Prefeitura de Limoeiro

05/06


2010

STF quebra sigilo de petista acusado de fraudar licitação

 O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello ordenou a quebra do sigilo bancário do deputado Vander Luiz dos Santos Loubet (PT-MS), acusado de fraude quando era secretário de governo do Mato Grosso do Sul, informa o jornal Folha de S.Paulo. Marco Aurélio autorizou o Ministério Público Federal a investigar as contas e as declarações de Imposto de Renda do deputado entre 1999 e 2002. No período, Loubet foi secretário do primeiro mandato de Zeca do PT. Segundo o Ministério Público, houve irregularidades na contratação de uma agência de propaganda. A procuradoria quer que seja investigada a origem do dinheiro movimentado no negócio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Jorge Pires Pereira

Magno, eu nunca vi tanta roubalheira como agora, se fiscalizassem as prefeituras, governos estaduais e o governo federal, as prisões não caberiam de tantos ratos medonhos.

milton tenorio pinto junior

Mais um picareta petista.....


Banner de Arcoverde

05/06


2010

Brecha favorece o congressista com ficha suja

 Levantamento feito pela Folha em maio, partindo de processos ativos no STF (Supremo Tribunal Federal), mostrou que apenas dois congressistas em todo o Congresso podem perder o direito à candidatura por conta de condenações colegiadas, informa a Folha de S.Paulo. Foram encontrados outros quatro casos de políticos condenados por mais de um juiz. Estes, entretanto, escapam da punição por terem respondido a ações civis ou por terem sido condenados pelo TCU (Tribunal de Contas da União), que é um órgão administrativo e não judicial, como exige o projeto.O Ficha Limpa prevê punição somente para candidatos condenados por ações criminais, cujo crime tenha pena superior a dois anos de detenção.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/06


2010

Roriz está doente. ''''Menos em matéria de corrupção''''

 Há dias, numa radiografia-computadorizada sobre a campanha eleitoral de Brasília, informei que Roriz está doente, emagreceu tanto, que está irreconhecível, menos em matéria de corrupção.

Logo que saiu a matéria, o ex-governador foi hospitalizado no maior segredo, “baita depressão”. Ficou 48 horas, voltou para casa. Motivo: acha que não perde, mas tem medo de que não registrem sua candidatura. O espertíssimo e cada vez mais rico Estevão, aproveitou e quer ser vice de Roriz.

Muitos me perguntam: por que Estevão não sai candidato a governador? Primeiro que ele não sabe se a sua inelegibilidade já acabou. Ele diz que SIM, juristas dizem que NÃO. E ele conhece o estado de saúde de Roriz.

(Hélio Fernandes - Tribuna da Imprensa)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

Ligadíssimo a candidatura de Serra....



05/06


2010

Marta na saia justa: ''''Relaxa e goza''''

 Marta Suplicy, política experimentada, antiga estrela de TV, costuma sair-se bem das mais difíceis situações. Mas nem sempre: há uma semana, visitando a exposição turística Roteiro do Brasil, no Anhembi, SP, uma promoção do Governo federal, passou reto pelo estande paulista - o estande do Estado que ela pretende representar, como senadora. Mas teve a atenção atraída, ali pertinho, por atores vestidos como bandeirantes e nobres portugueses. Um deles, caracterizado de nobre, finíssimo, aproximou-se da candidata, beijou-lhe galantemente a mão, à moda antiga, e disse, relembrando a célebre frase do apagão aéreo: "Ministra, relaxe e goze". Fez-lhe uma elegante reverência e saiu. Marta ficou muda, sem reação.(Coluna Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Jarbasta não tomou o Lexotan...Jarbas está deixando o rapaz com os nervos à flor da pele..rsrsrs

Jair Lima Lopes de Vasconcelos

PHA faz parte da imprensa PIP (partido da imprensa pelega).

JARBASTA

Ficar babando aqui no Blog do Magno, que coisa ridícula essa de criticar o Blog do PHA... será possível?!

JARBASTA

Vai babar lá em PHA! que coisa ridícula essa de censurar todo post do blogueiro... será possível?!

milton tenorio pinto junior

Jarbasta não tomou o lexotan..


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores