Governo de PE

19/07


2019

Vou beneficiar um filho meu, sim, diz Bolsonaro

Sobre Eduardo embaixador

Em live, presidente disse que não pode fazer nada se perder votos por indicação

Gustavo Uribe – Folha de S.Paulo

O presidente Jair Bolsonaro rebateu na noite desta quinta-feira (18) as críticas de eleitores à indicação de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o cargo de embaixador nos Estados Unidos. Em transmissão ao vivo nas redes sociais, ele disse que pretende beneficiar seu filho, que não pode fazer nada se as pessoas deixarem de votar nele pela indicação.

"Lógico que é filho meu. Pretendo beneficiar um filho meu, sim. Pretendo, está certo. Se puder dar um filé mignon ao meu filho, eu dou. Mas não tem nada a ver com filé mignon essa história aí. É aprofundar um relacionamento com um país que é a maior potência econômica e militar do mundo", disse. Bolsonaro disse ainda que não entende o que chamou de "crítica pela crítica", porque não considera que o deputado federal será premiado caso aprovado para o posto diplomático. "Pretendo encaminhá-lo, sim. Quem diz que não vai votar mais em mim, paciência", ressaltou. "Em algumas coisas vou desagradar a vocês", acrescentou.

O presidente afirmou que seu filho é preparado para a função e que se fosse uma pessoa sem princípios, ele o indicaria para um cargo ministerial com um grande orçamento.  "Eu vou defender meu filho. Ah, o cara é fritador de hambúrguer. Além de fritar hambúrguer, ele entregou pizza também, pode colocar ai na matéria", ressaltou.

Mais cedo, em cerimônia no Palácio do Planalto, Bolsonaro deu como garantida a aprovação do parlamentar pela Comissão de Relações Exteriores do Senado. Em defesa do filho, ele citou que, se o nome não fosse aprovado, poderia inclusive indicar o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para a embaixada nos Estados Unidos e colocar Eduardo no ministério.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

18/07


2019

Alepe estreia TV em agosto com ampla programação

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) estreia em agosto sua própria TV no canal 28.2 – TV Futura visando dar mais transparência as ações do Poder Legislativo estadual. Os equipamentos para sua implantação chegaram ontem com capacidade tecnológica e infraestrutura de última geração, tudo em Full HD. Com a chegada dos equipamentos o telespectador acompanhará ao vivo as sessões plenárias, as discussões e debates nas três salas de comissões e o que acontece no auditório durante as sessões solenes e especiais.

Além do foco no conteúdo legislativo, a programação da TV Alepe terá uma forte presença no segmento cultural transmitindo ao vivo os principais eventos do estado, a exemplo do Carnaval, São João e Festival de Inverno de Garanhuns. O lançamento oficial da TV Alepe está previsto para acontecer na primeira semana de agosto, após o recesso parlamentar.

Desde o início deste mês a TV Alepe vem funcionando em caráter experimental com a TV Futura, da Fundação Roberto Marinho, emissora com programação voltada para formação de cidadãos como o Telecine 2º grau, a Hora do Enem, etc.

A TV Alepe também já tem parceria firmada para produção de conteúdo regional. Dentre os programas locais está a volta do “Programa Quórum” que terá duas edições sob a mediação da jornalista Mônica Alcântara. A segunda edição será comandada por funcionários da Casa após uma seleção interna.

Outra novidade é o “Programa em Discussão” da TV Alepe que deixará de ser semanal para exibição diária. Já o “Minuto Alepe” ganhará mais tempo e passará a se chamar “Destaque Alepe”. O jornalista Aderval Barros se prepara para comandar outra atração da grade local com o “Resenha Política”.

Pedro Paulo, que dirige a TV Alepe, fará ancoragem de um programa de debate semanal, além da abertura e encerramento das sessões plenária ao vivo.

A TV Alepe estará presente em todas plataformas de comunicação e nas principais redes sociais, como o Instagran (@tvalepe) e Facebook (facebook.com/TV Alepe).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/07


2019

Paulo comanda reunião do Pacto Pela Vida no Agreste

Interiorizando as ações do Pacto Pela Vida e ampliando as discussões sobre segurança pública, o governador Paulo Câmara comandou, hoje, a primeira reunião de acompanhamento do programa em Garanhuns, principal cidade do Agreste Meridional de Pernambuco. O município alcançou a maior redução de homicídios da série histórica do PPV, com uma diminuição de 70% nos crimes letais no último mês de junho, enquanto a região como um todo registrou uma retração de 50% no primeiro semestre.

Durante a reunião, realizada no Centro de Convenções do Hotel Tavares Correia, também foi apresentado o balanço dos números do último semestre em Garanhuns e na Área Integrada de Segurança 18, que abrange 23 municípios da região. Nos seis primeiros meses de 2019, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) cometidos nesta cidade sofreram uma redução de 36% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já em relação aos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), a diminuição foi de 37% para o mesmo recorte de tempo.

“Aproveitamos a oportunidade de estar no interior para ampliar a discussão sobre segurança pública. Quando fazemos uma retrospectiva, vemos que a interiorização teve uma contribuição muito importante nesses números. Realizamos a contratação de policiais militares e civis, reequipamos a polícia com viaturas e, além disso, realizamos reuniões como essa, que integra todas as partes envolvidas. Isso faz diferença para o que queremos: construir um Pernambuco com redução de crimes, para chegar a um patamar no Estado com taxas condizentes com as de países mais desenvolvidos. Segurança é um trabalho diário, e o Pacto Pela Vida está mais vivo do que nunca”, afirmou o governador.

Ao todo, foram registrados 16 CVLIs entre janeiro e junho deste ano, contra 25 notificados no mesmo período do ano passado. A análise dos CVPs revelou 10 ocorrências nos seis primeiros meses, contra 655 notificadas no período equivalente em 2018. Garanhuns faz parte da Área Integrada de Segurança 18, que engloba ainda os municípios de Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Iati, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha, Jurema e Ibirajuba.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/07


2019

Siqueira não quer deixar situação em banho-maria

Caro Magno Martins,

Lendo a edição de hoje da sua coluna, vi que você informa que os processos por infidelidade contra os deputados, em razão da votação a favor da reforma da previdência, poderão não ser julgamos este ano.

Estranhei essa informação porque, cabe ao presidente do partido, após a conclusão da instrução dos processos, convocar a reunião do DN que fará o julgamento, e não dei essa informação a absolutamente ninguém.

Tampouco deixarei isso em banho-maria, não apenas porque eu mesmo não pretendo deixar, mas também porque o Partido, na sua totalidade, exige uma solução dessa situação.

Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/07


2019

Estados podem voltar para reforma da Previdência

O deputado Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) ficou animado com a possibilidade de reinclusão dos estados e dos municípios na reforma da Previdência pelo Senado. O parlamentar, que é líder da oposição ao governo Paulo Câmara (PSB) na Alepe, tem defendido a proposta do governo Bolsonaro desde quando assumiu seu mandato. Na casa de todos os pernambucanos, Marco Aurélio é um dos poucos deputados que apoiam a nova Previdência, “não é de hoje que tenho destacado a importância da reforma para destravar nosso país”, destacou.

A ideia é que o Senado inclua os governos locais por meio de PEC paralela. Para Marco Aurélio, a reinclusão de estados e municípios na PEC é fundamental para Pernambuco. “Hoje nosso estado tem déficit gigantesco com a previdência de servidores, em 2018 custou R$ 2,6 bilhões para os cofres de Pernambuco, os números são claros, algo precisa ser feito e urgente, estamos de fato no vermelho”, argumentou.

Os recursos do Estado que foram consumidos para custear o déficit com aposentadorias de servidores públicos em 2018, citados pelo parlamentar, foi quase equivalente ao valor gasto com recursos próprios na Secretaria de Educação no período, que chegou a cerca de R$ 2,8 bilhões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/07


2019

Bolsonaro cita ex-embaixador nomeado por Lula

O presidente Jair Bolsonaro mencionou a nomeação de um ex-deputado federal do PT pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva para assumir a Embaixada do Brasil em Cuba, em 2003, ao justificar a intenção de indicar seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para chefiar a missão diplomática brasileira nos Estados Unidos.

“Olha só, o que você tem que ver na questão da indicação... Por exemplo, olha só: o Tilden Santiago não foi reeleito em 2002, foi ser embaixador em Cuba. Ninguém falou nada”, declarou o presidente, na manhã de hoje, na saída do Palácio da Alvorada, sua residência oficial.

Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores, pelo qual foi deputado federal entre 1995 e 2002, Santiago se candidatou ao Senado naquele ano, mas ficou em terceiro lugar, sendo indicado por Lula para a embaixada em Havana no ano seguinte. Desde sua saída do posto, em 2007, apenas diplomatas de carreira se tornaram embaixadores do Brasil. Em 2010, o ex-parlamentar foi eleito segundo suplente na chapa de Aécio Neves (PSDB-MG) ao Senado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/07


2019

TCE rejeita contas do município de Correntes

Em reunião, Auditores do Tribunal de Contas de Pernambuco votam pela rejeição das contas do município de Correntes, no Agreste, no exercício fiscal de 2015 do prefeito Edimilson da Bahia de Lima Gomes. O parecer com a recomendação do TCE- PE segue para a Câmara de vereadores do Munícipio.  Esta já é a segunda recomendação de rejeição enviada pelo Tribunal de Contas a Câmara de Vereadores de Correntes. Às contas do exercício de 2014 também foram rejeitadas pelo Tribunal.

Entre as irregularidades apontadas pelo tribunal de contas está a extrapolação no limite de despesa com pessoal, nível de transparência crítico e o não atendimento a Lei Orçamentária Anual.  No relatório que desaprova as contas de 2014, os motivos são ainda mais graves tais como, fraude em licitações e pagamentos por serviços não prestados principalmente na educação e saúde do munícipio.

O grupo de oposição ao prefeito de Correntes tem cobrado dos órgãos e da justiça à apuração dos fatos. O prefeito Edimilson da Bahia de Lima Gomes foi denunciado criminalmente em 2017 pelo Ministério Público Federal por desvio de verbas do Fundeb, em dezembro foi denunciado à Policia Federal com base no processo do Tribunal de Contas que apurou o desvio de verbas e irregularidades no exercício de 2014.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/07


2019

A dobradinha que vai furar muito

Este blogueiro e colunista político da Folha e a companheira Roberta Jungmann, colunista social do mesmo jornal, já estamos no batente há muitos anos.

Só em Brasília, onde estou costumeiramente, morei 15 anos, tendo o Congresso servido de formidável universidade. Já Roberta assumiu por muito tempo a coluna social do Jornal do Commercio, saindo de lá para a Folha, sendo hoje referência de grande furona.

Por sermos carimbados e experientes só postamos ontem o fim do noivado do deputado João Campos com Lara, filha do ex-prefeito de Ipojuca, Carlos Santana, e da deputada Simone Santana, depois de confirmamos com fontes das famílias envolvidas. E olha que eu estava sabendo do caso há 15 dias.

Jornalismo se faz assim.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/07


2019

Em tempo de apagar incêndio, Paulo chama Carreras

Folha Política

O deputado federal Felipe Carreras embarca, hoje, para viagem de férias com três das quatro filhas. Segue para Argentina, onde sob a neve, o clima estará, naturalmente, mais frio do que aqui. Antes que Carreras pegasse o voo, no entanto, o governador Paulo Câmara acionou o “extintor de incêndio” e o convidou para um almoço no Palácio do Campos das Princesas. Foram à mesa ontem.

O aceno do gestor estadual se dá em momento delicado no PSB. Segundo pessoas próximas ouvidas pela coluna, Carreras anda bem chateado com o tom adotado pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, em relação ao voto dado por ele a favor da Reforma da Previdência. Interlocutores dizem que o incômodo do parlamentar se dá a ponto de ele pensar em tudo, inclusive em deixar a sigla. Vai aguardar, no entanto, o julgamento do Conselho de Ética.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha