Faculdade de Medicina de Olinda 2

19/10


2019

Deputado critica ajuda federal às praias

O deputado Romero Sales Filho (PTB), o primeiro à esquerda

O deputado Romero Sales Filho (PTB) estranhou que o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, tenha assumido a paternidade de uma ajuda federal para limpezas das praias em Ipojuca que não envolveu as três forças armadas como destacou. "Para nós, o Governo só enviou 20 fuzileiros navais", disse.

Romero contou que os 20 fuzileiros chegaram a Ipojuca sem equipamentos e sem a menor proteção. "Até água a Prefeitura teve que fornecer" , desabafou, acrescentando que pega muito mal para um auxiliar do presidente querer tirar proveito de uma ajuda pífia. 

O deputado revelou, ainda, que falou, sim, com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, para pedir socorro a Ipojuca. "Se não fosse, entretanto, o envolvimento solidário da população e a iniciativa da Prefeitura não teríamos limpado a maior parte da sujeira", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detran

19/10


2019

Etanol: resolução com novas regras de importação

Governo publica resolução com novas regras para cota de importação de etanol

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

Da Isto É - Por Estadão Conteúdo

 

O governo federal publicou, em edição extra do Diário Oficial da União, resolução do Comitê Executivo de Gestão da Secretaria-Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex) com as novas regras para a cota de importação de etanol, de 750 milhões de litros, isenta de tarifa de 20%. A medida, assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ratifica a deliberação do Gecex/Camex aprovada durante a semana.

Segundo as novas regras, a cota de importação de etanol sem tarifa, vigente de 31 de agosto de 2019 a 30 de 2020, será destinada apenas aos produtores do biocombustível. As distribuidoras e outras empresas importadoras continuarão a pagar 20% para todo o etanol que comprarem no exterior. No entanto, as licenças de importação sem tarifa concedidas antes da publicação da resolução serão honradas.

Ficou definida também a divisão temporal dessa cota de importação no período de vigência. Até 29 de fevereiro de 2020, ou seja, em um período de seis meses, o volume máximo importado e isento dos 20% será de 200 milhões de litros. Entre 1º de março e 31 de maio de 2010, o volume sem tarifa será de 275 milhões de litros. Para os três meses restantes, de 1º de junho a 30 de agosto, mais 275 milhões de litros de etanol poderão ser adquiridos sem os 20%.

Cada produtor ou grupo de usinas poderá importar, no máximo, 2,5 milhões de litros com isenção no período. A medida atende demanda de produtores nordestinos de etanol, pois a cota menor, de 200 milhões de litros, pelo maior período, de seis dos 12 meses, coincide com a safra local de cana-de-açúcar. A região é a porta de entrada do biocombustível importado, basicamente dos Estados Unidos, o que deprime os preços locais do etanol.

Os restantes 550 milhões de litros sem tarifa, divididos igualmente em dois trimestres, poderão entrar no País no início da próxima safra de cana-de-açúcar do Centro-Sul do País.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

19/10


2019

Crise no PSL: Bolsonaro se reúne com Aras e Fraga

Bolsonaro trata de crise no PSL com Augusto Aras e com ex-deputado Alberto Fraga

Valter Campanato/Agência Brasil

Da Isto É - Por Estadão Conteúdo

 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) recebeu na manhã deste sábado, 19, no Palácio da Alvorada, o procurador-geral da República, Augusto Aras, e o ex-deputado federal Alberto Fraga, amigo do presidente. Segundo Fraga, a visita foi uma cortesia, pois Bolsonaro partirá na noite deste sábado para a sua mais longa viagem internacional, mas a implosão do PSL entrou em pauta. “Claro que o assunto surge”, disse o ex-deputado.

A reunião não estava prevista na agenda oficial do presidente. Bolsonaro não teria indicado se deixa o partido, disse Fraga. O ex-deputado afirmou ter dado conselhos ao presidente. “É preciso ter calma e amenizar os ânimos”, declarou.

Ainda segundo o ex-deputado, Aras não fez comentários sobre a crise no PSL. “Não caberia ao procurador se envolver neste assunto”, disse.

Bolsonaro também não teria tratado da situação de seu “filho 03”, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que perdeu a disputa nesta semana para assumir a liderança do PSL na Câmara. Além disso, sem apoio para aprovação no Senado, está suspensa a indicação de Eduardo a embaixador do Brasil nos Estados Unidos. “Sobre a Embaixada, quem vai decidir é o próprio Eduardo”, disse Fraga.

Amigo de Bolsonaro, o ex-deputado apresentou Aras ao presidente antes da escolha para sucessão na PGR. Neste sábado, o procurador-geral da República chegou ao Palácio em carro pilotado por Fraga.

Bolsonaro não deixou o Alvorada até o final da manhã deste sábado. É costume do presidente ir até a portaria de sua residência oficial para tirar selfies com fãs. Segundo Fraga, há uma festa de aniversário dentro do Palácio para a filha mais nova de Bolsonaro, Laura, que completou 9 anos nesta semana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

19/10


2019

Bolsonaro incia viagem para países da Ásia e Oriente médio

Bolsonaro inicia neste sábado viagem de 2 semanas para 5 países da Ásia e do Oriente Médio. Japão, China, Emirados Árabes, Catar e Arábia Saudita estão no roteiro de quase duas semanas. Viagem busca intensificar relações com países e divulgar privatizações.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Do G1

 

O presidente Jair Bolsonaro embarca na noite deste sábado (19) para uma viagem internacional de quase duas semanas. O roteiro inclui Japão, China, Emirados Árabes, Catar e Arábia Saudita. O retorno a Brasília está previsto para o dia 31.

Segundo o governo, o giro por Ásia e Oriente Médio tem o objetivo de intensificar relações com países das regiões e de divulgar oportunidades de investimentos no Brasil, como o programa de concessões e privatizações, o PPI.

A viagem também busca ampliar as vendas de produtos agropecuários brasileiros, já que países asiáticos e árabes são grandes compradores de soja e carne, por exemplo, e de defesa. Segundo Bolsonaro, há interessados no novo cargueiro KC-390.

Durante a semana, Bolsonaro declarou que a expectativa da viagem era a “melhor possível”, com a possibilidade de assinar acordos com os países visitados.

“Há interesse da parte deles, não é nossa apenas. O Brasil está aberto para o mundo. Não temos mais o viés ideológico para fazer negócios e a gente espera que seja uma viagem bastante proveitosa”, declarou o presidente.

Comitiva

Bolsonaro tem previsão de decolar às 22h deste sábado com destino ao Japão, o primeiro dos quatro países visitados. Ao longo do giro internacional, a prévia da agenda do presidente reserva encontros com empresários, integrantes de famílias reais e líderes políticos, como o presidente da China, Xi Jinping.
De acordo com o Palácio do Planalto, a comitiva oficial do presidente durante o roteiro terá 20 integrantes, entre os quais, assessores, parlamentares, o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), e seis ministros:

Ernesto Araújo (Relações Exteriores)
Onyx Lorenzoni (Casa Civil)
Tereza Cristina (Agricultura)
Osmar Terra (Cidadania)
Bento Albuquerque (Minas e Energia)
Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional)

Leia a reportagem na íntegra aqui: Bolsonaro inicia neste sábado viagem de 2 semanas para 5 ...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2019

Governo aboliu PNC para acidentes por óleo este ano

Governo Bolsonaro extinguiu comitês do plano de ação de incidentes com óleo. Plano Nacional de Contingência (PNC) foi criado em 2013, na gestão de Dilma. Governo Bolsonaro extinguiu comitê e mais uma dezena em abril desse ano.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Do Último Segundo - IG

 

O governo Bolsonaro extinguiu dezenas de conselhos da administração federal em abril deste ano. Desses, dois eram integrantes do Plano Nacional de Contingência Para Incidentes de Poluição por Óleo em Água (PNC), criado no ano de 2013.

Por conta dessa extinção associada ao desastre ambiental envolvendo o litoral nordestino, o Ministério Público Federal deu entrada em uma ação contra o governo federal na quarta (17), alegando omissão diante do cenário. O Ministério pediu que a Justiça Federal obrigue o governo Bolsonaro a colocar em vigor o PNC. O prazo do pedido era de 24h. 

A Procuradoria alega que o governo federal não está adotando medidas adequadas para conter a emergência ambiental. 

Já foram contabilizados mais de 180 pontos de contaminação por petróleo no litoral nordestino de acordo com informações apuradas pela Folha de São Paulo junto ao Ibama. Isso representa uma faixa de 2.100 km contaminados em nove estados. As primeiras manchas foram vistas em agosto, em praias da Paraíba.

A extinção dos conselhos poderia ser parte da explicação para a demora de ações de contenção do desastre por parte do governo federal. 

O PNC foi instituído no governo Dilma e tinha como intuito preparar o país para enfrentar situações como essa. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

19/10


2019

Machado assume paternidade federal

Gison Machado Neto, presidente da Embratur/Foto por: Embratur

Ao ler no meu blog que o deputado Romero Sales, com base principal em Ipojuca, havia assumido a paternidade dos fuzileiros navais na limpeza das praias no município de Ipojuca, o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto (foto), ficou colérico.

"Tem muita gente querendo tirar proveito dessa ação, que foi um pedido meu ao presidente", disse. Com a palavra o caroneiro Romero Filho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

19/10


2019

Protestos no Chile: presidente decreta estado emergência

Segundo os primeiros relatórios, 19 estações de metrô e 16 ônibus urbanos foram danificados e 180 pessoas foram presas.

Por Redação da Veja

 

O presidente do Chile, Sebastian Piñera, decretou na noite desta sexta-feira (18) estado de emergência em Santiago, após a capital ser sacudida por violentos protestos contra o aumento das tarifas do metrô, que incluíram ataques a várias estações do serviço de transporte metropolitano, saques e incêndios. Segundo os primeiros relatórios da polícia, 19 estações de metrô e 16 ônibus urbanos foram danificados e 180 pessoas foram presas.

“Decretei o estado de emergência (…) e para sua aplicação designei o general de divisão Javier Iturriaga del Campo como chefe da defesa nacional, como determina a legislação”, declarou Piñera. “O objetivo do estado de emergência é muito simples, mas muito profundo: assegurar a ordem pública e a tranquilidade dos habitantes de Santiago”, completou.

Desde a segunda-feira (14), centenas de pessoas, especialmente estudantes do ensino médio e universitários, realizam medidas de protesto pelo aumento de 30 pesos no preço das passagens de metrô decretado há duas semanas. A passagem passou a custar até 830 pesos (R$ 4,80) na hora do rush. A governadora de Santiago, Karla Rubilar, definiu o levante “como um ataque nunca antes visto à cidade”.

Na sexta, os manifestantes compareceram em massa às estações de metrô e entraram sem pagar, enfrentando a polícia. Com o aumento das manifestações, o metrô de Santiago, que transporta diariamente quase 3 milhões de pessoas, fechou todas as estações, o que produziu o colapso do trânsito e e pedestres sem locomoção. A radicalização dos protestos causou graves desordens, com incêndios em vários pontos da cidade, saques e atos de vandalismo que geraram o caos na capital.

Ao decretar estado de emergência, que pode ser prorrogada com aval do Congresso Nacional, o general Iturriaga está autorizado a mobilizar os militares. “Assumi o controle e o comando das forças militares e as forças de ordem e segurança, e estamos autorizados a evitar que continuem cometendo desmandos e destruição na cidade e, o mais importante, a recuperar rapidamente os direitos e as liberdades das pessoas para que possam seguir exercendo a sua vida com normalidade”, disse o general em entrevista coletiva.

Embora tenha recomendado aos cidadãos que retornassem às suas casas, o general de divisão declarou que, por enquanto, não irá decretar o toque de recolher.

O metrô de Santiago é gerido por uma empresa privada que tem participação do Estado chileno. O preço das passagens é estabelecido pelo chamado Painel de Analistas com base em vários indicadores, como a inflação, o custo dos recursos para a operação, entre outros fatores, e é aprovado pelo Ministério dos Transportes.

(Com AFP e EFE)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2019

Romero Filho quer unir forças por usina em PE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2019

Frente a Frente na TV

Cheguei do Rio, ontem, de madrugada, e cumpro agenda de almoço com Marcelo Carvalheira, para fechar detalhes do lançamento do meu programa de TV Frente a Frente direto de Brasília na TV. Aguardem!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2019

Presidente de comissão volta animado de Angra


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2019

Ceará: encontrado 8º corpo de vítima de desabamento

Bombeiros localizam 8º corpo no desabamento do Edifício Andrea, em Fortaleza. Subiu para oito o número de mortos na tragédia. Bombeiros continuam as buscas para tentar localizar corpo da síndica do prédio.

Foto: Helene Santos/SVM

Do G1 - Ceará

 

Os bombeiros localizaram, na manhã deste sábado (19), o corpo de mais uma vítima do desabamento do Edifício Andrea, no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza. Com isso, subiu para oito o número de mortes confirmadas na tragédia.

O corpo resgatado nesta manhã foi o de José Eriverton Laurentino Araújo, de 44 anos, cuidador dos idosos Vicente de Paula e Izaura Marques Menezes, ambos também mortos no desastre.
Por volta das 10h40, um carro da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) chegou ao local do desmoronamento. Logo em seguida, os agentes recolheram o corpo em direção à sede da Pefoce.

Desta forma, somente a síndica do prédio, Maria das Graças Rodrigues, de 53 anos, ainda é tratada como desaparecida. O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Eduardo Holanda, afirmou que ainda há esperanças de encontrá-la viva, mas dentro da técnica e experiência dos bombeiros, classifica as chances como remotas.

Leia mais aqui: Bombeiros localizam 8º corpo no desabamento do Edifício ...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha