Governo de PE

23/05


2019

Atos pró-Bolsonaro: Planalto incentiva, sim

Apesar do discurso do Planalto de que os atos pró-Bolsonaro no domingo (26) serão fruto de mobilização espontânea, há forte trabalho de aliados do presidente nos bastidores.

Só o líder do PSL no Senado, Major Olímpio, gravou em um dia 80 áudios e vídeos chamando militantes de cidades de SP às ruas.  (FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

23/05


2019

PT dia 30: provar resistência popular a Bolsonaro.

Nós contra eles - Deputados do PT trabalham para ampliar protestos de estudantes e professores marcados para o dia 30. A ideia não é enaltecer bandeiras como o “Lula livre”, mas dar maior vazão à convocação.

A sigla vê esses atos como forma de mostrar que há, sim, resistência popular a Bolsonaro.

O novo teste de mobilização contra a política educacional do governo ganhou ainda mais peso após aliados do presidente convocarem marchas em defesa dele no domingo (26).      (Painel – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Congresso Nordestino de Educação Médica

23/05


2019

Crise faz PT debater rumos

‘Fora, Bolsonaro’ é descartado por desaguar em Mourão

Daniela Lima – Painel - Folha de S.Paulo

Fuga para adiante - A escalada da crise política fez com que dirigentes e líderes do PT promovessem, na terça (21), uma videoconferência para debater que rumo a sigla deve seguir. A data foi escolhida para contemplar a opinião de Lula, ouvido por um aliado em Curitiba.

O petista disse não ver sentido na defesa de um “Fora, Bolsonaro”, pois seria o mesmo que clamar pela ascensão de Hamilton Mourão. A tese do parlamentarismo também não tem guarida na sigla.

A saída, hoje, seria fazer “oposição propositiva”. 

Na avaliação do ex-presidente, para fazer um contraponto ao governo é preciso apresentar projetos alternativos e dar força amovimentos que questionam nas ruas as decisões da atual gestão. Após a conversa informal, o PT chamou reunião de sua executiva, na terça (28). Ela deve sacramentar o direcionamento da sigla.

Lembre do que escrevi - Lula disse a aliados que a legenda precisa abraçar o que propôs no programa de governo de Fernando Haddad para se contrapor a Bolsonaro no campo das ideias. O partido estuda apresentar uma proposta de reforma tributária.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Estadão: descompasso com o mundo

Trecho do editorial do Estadão desta quarta-feira, 22.

“Travado pela incerteza, o Brasil deve crescer apenas 1,4% neste ano e perder mais espaço na economia global, segundo as novas projeções da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O desempenho poderá ser melhor em 2020, com expansão de 2,3%, se empresários, investidores e consumidores estiverem mais confiantes.

Mas isso dependerá de avanço na pauta de ajustes e reformas, com destaque para a mudança da Previdência. Ao acentuar a importância da agenda reformista, os técnicos da OCDE repetem e reforçam a análise dominante no País.

O crescimento agora estimado para a economia brasileira em 2019 é 0,5 ponto menor que o calculado em março.”

Trecho do editorial do Estadão desta quarta-feira, 22.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Ministro ironiza: “Governo precisa de defesa?’

Marco Aurélio sobre ato de domingo

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, classificou de “inusitada” a manifestação convocada por grupos aliados ao presidente Jair Bolsonaro para o domingo, 26, com lemas contra o Congresso e o STF.

“O governo precisa de defesa? Eu acho que não. Eu conheço protesto para se reivindicar alguma coisa, para se reclamar. Mas para dar apoio ao governo, não vejo em um Estado democrático essa necessidade”, disse Marco Aurélio a jornalistas, ao chegar para a sessão plenária desta tarde de quarta, 22, informa o Broadcast Político.

“É inusitado. Lembra que o ex-presidente Fernando Collor conclamou a se sair de verde e amarelo e as pessoas saíram de preto…”, comentou o ministro, em referência ao gesto do ex-presidente, que em 1992, convocou o Brasil a ir às ruas de verde e amarelo, mas obteve o efeito contrário ao desejado e acabou impulsionando o movimento pelo impeachment ao ver as ruas dominadas por pessoas vestidas de preto. Marco Aurélio foi indicado ao Supremo Tribunal Federal pelo então presidente Fernando Collor, seu primo. (Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

23/05


2019

PSDB de SP quer expulsar antibolsonaristas

Tucanos querem a expulsão do partido do sociólogo Fernando Guimarães. O motivo seria a participação de Guimarães na formação de um grupo suprapartidário de oposição ao presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o Estadão, a participação de Guimarães no movimento, que conta com representantes do PDT, PSOL, PT, PCdoB e Cidadania, irritou dirigentes do PSDB em São Paulo.

“O Diretório Municipal do PSDB de São Paulo informa que não compactua com a postura de Fernando Guimarães Rodrigues ao assumir sua posição pessoal como a do partido”, disse o diretório em nota oficial.

Fernando Alfredo, presidente do PSDB paulistano, disse que quer que as medidas também sejam aplicadas para outros tucanos que apoiam o movimento como o ex-senador José Aníbal, o ex-ministro da Justiça José Gregori, o ex-governador Alberto Goldman e o senador José Serra. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

23/05


2019

Moro: “Perda do Coaf parte do debate democrático”

Após a Câmara dos Deputados confirmar que o Ministério da Economia terá o controle do Coaf, o ministro Sérgio Moro lamentou a decisão dos deputados de tirar o órgão da Justiça, mas disse entender a derrota.

“Faz parte do jogo democrático”, disse o ministro segundo o Broadcast Político.

Agradeço aos 210 deputados que apoiaram o Ministério da Justiça e o plano de fortalecimento do Coaf”, completou.

Os deputados mantiveram o texto que saiu da Comissão Especial que debateu a medida provisória.

A medida ainda precisa ser apreciada pelo Senado antes de ir para sanção presidencial. A MP 870 foi aprovada em votação simbólica e agora os deputados votam os destaques

 Entre as decisões já tomadas estão a manutenção da extinção do Ministério da Cultura e do Trabalho.  (Estadão -BR 18)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

MP de Bolsonaro aprovada e Moro fica sem Coaf

Câmara aprova MP de Bolsonaro e derrota Moro ao retirar Coaf da Justiça

Deputados deram aval a enxugamento de ministérios, mas frustraram planos do ex-juiz

Folha de S.Paulo

O plenário da Câmara aprovou nesta quarta-feira (22) o texto-base da medida provisória do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que reestrutura o governo, mas impôs derrota ao ministro da Justiça, Sergio Moro, e impediu que a votação chegasse ao fim, colocando em risco novamente a validade da MP.

O resultado é mais uma demonstração de força do centrão (grupo informal com cerca de 200 deputados de partidos como PP, DEM, PR, PRB, MDB e Solidariedade) para o Planalto e o PSL. 

Por 228 votos a 210, foi retirado da pasta de Moro o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), órgão que faz relatórios sobre movimentações financeiras suspeitas e que o ministro considera estratégico no combate à corrupção. Pela versão que recebeu aval dos deputados, ele voltará a ser da alçada do Ministério da Economia. 

Veja como votaram os deputados na retirada do Coaf de Moro

SIM: Votaram a favor da manutenção do Coaf com Moro no Ministério da Justiça
NÃO: Votaram pela mudança do Coaf da Justiça para o Ministério da Economia

Mostrar entradas 

Busca: 

Deputado

Partido

UF

Voto

Abou Anni

PSL

SP

Sim

Abílio Santana

PL

BA

Não

Adolfo Viana

PSDB

BA

Sim

Adriana Ventura

NOVO

SP

Sim

Adriano do Baldy

PP

GO

Não

Afonso Florence

PT

BA

Não

Afonso Hamm

PP

RS

Sim

Afonso Motta

PDT

RS

Não

Aguinaldo Ribeiro

PP

PB

Não

Airton Faleiro

PT

PA

Não


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5